Fábrica de doces mais antiga dos EUA ameaça fechar e causa corrida por seus produtos

Redação - O Estado de S.Paulo

A Necco faz biscoitos desde 1842 e pode fechar se não achar um interessado em comprar a empresa

Norte-americanos estão atrás de doces produzidos pela Necco, a fábrica mais antiga dos EUA, após surgirem rumores que ela pode fechar

Norte-americanos estão atrás de doces produzidos pela Necco, a fábrica mais antiga dos EUA, após surgirem rumores que ela pode fechar Foto: Scott Eisen/Bloomberg

Uma fábrica que faz doces desde antes da Guerra Civil dos Estados Unidos está próxima de fechar e a notícia causou uma corrida em busca dos seus produtos nos supermercados norte-americanos. A Necco, New England Confectionery Company, produz biscoitos wafers desde 1842 - um dos alimentos que soldados mais comiam durante o conflito.

Após o CEO da empresa, Michael McGee, dizer para o jornal Boston Globe no fim de março que a Necco pode fechar se não encontrar um interessado em adquirir a fábrica, pessoas estão atrás do doce por todo o país. Considerado como 'doce de gente velha', os wafers da Necco vêm nos sabores de chocolate, alcaçuz e menta e nos últimos anos vinham sendo deixados de lado.

O site de atacado de doces, CandyStore.com viu um aumento de 63% na venda dos produtos da Necco desde o anúncio do executivo da empresa. Clair Robins, uma assessora da loja, disse ao The Wall Street Journal que isso é um claro sinal das pessoas estocando os produtos com medo que eles não sejam mais fabricados.

VEJA TAMBÉM: 12 doces que você gostaria que voltassem a ser vendidos.