Empresa desenvolve aparelho que detecta maus odores do corpo

Redação - O Estado de S.Paulo

O KunKun Body chega para tratar de uma preocupação séria na sociedade japonesa

Empresa japonesa desenvolveu aparelho que detecta odores humanos para melhorar a convivência em ambientes de trabalho.

Empresa japonesa desenvolveu aparelho que detecta odores humanos para melhorar a convivência em ambientes de trabalho. Foto: Pixabay / rawpixel

No Japão, a questão de odores corporais em ambiente de trabalho é coisa séria. Existe até uma palavra - sume-hara (um neololgismo com as palavras em inglês smell e harassment) - para definir o incômodo que uma pessoa sem muita higiene pessoal pode causar.

Com verões cada vez mais quentes e úmidos na `terra do sol nascente` e uma sociedade radicalmente introvertida, a Konica Minolta desenvolveu um aparelho que consegue detectar diversos tipos de odores e enviar alertas para um smartphone avisando que a pessoa deve se higienizar.

Chamado de KunKun Body (kunkun significa cheirar em japonês), o aparelho consegue identificar odores quando colocado em quatro regiões do corpo: pescoço, atrás das orelhas, axilas e pés.

Sem planos de vender o aparelho fora do Japão, o KunKun Body será lançado no final de 2017 com o preço de 30 mil ienes (cerca de R$ 850) e vai tentar acabar com a maior reclamação em ambientes de trabalho no país.

VEJA TAMBÉM: Notícias reais que mais parecem 1º de abril.​