Cão arranca bochecha de garota e dono é preso na Inglaterra

Redação - O Estado de S. Paulo

Fazendeiro de Liverpool foi condenado a 18 meses na cadeia após ataque de seu cachorro

Cão de fazendeiro inglês invadiu casa ao lado e atacou criança de apenas dois anos

Cão de fazendeiro inglês invadiu casa ao lado e atacou criança de apenas dois anos Foto: Pixabay/leoleobobeo

Um fazendeiro de Liverpool foi condenado a 18 meses de prisão após seu cachorro atacar uma garota de dois anos.

Andrew McGowan, de 35 anos, deixou quatro cães da raça American Bully no jardim de sua casa no dia 7 de maio. Após ficarem soltos durante um tempo, os animais escaparam para a residência da vizinha.

Um deles atacou a criança, que não teve o nome revelado, e sua tia-avó Sandra McKevitt. A menina teve a bochecha separada do corpo e precisou ser levada às pressas para o Hospital Infantil Alder Hey. Ela fez uma cirurgia que durou sete horas e deve ficar com sequelas no rosto.

Além da bochecha direita, a garota também teve lacerações no queixo, no pescoço e acima do olho direito, além de lesões nos braços, pernas e costelas.

Na sentença, o juiz afirmou que McGowan "colocou o dinheiro e as perspectivas de aproveitamento da reprodução dos cães à frente da segurança das pessoas”.