Cachorros são enviados a local de tragédia para confortar vítimas

Redação - O Estado de S.Paulo

Cães da raça golden retriever ficam à disposição para serem abraçados por sobreviventes de tiroteio em escola dos Estados Unidos

Animais levam conforto a sobreviventes de trágedias

Animais levam conforto a sobreviventes de trágedias Foto: Pixabay / @Chiemsee2016

Um grupo de cães da raça golden retriever foi enviado para a Flórida, nos Estados Unidos, para confortar os alunos da escola onde um jovem de 19 anos matou 17 pessoas em um tiroteio na última quarta-feira, 14.

Os 39 animais pertencem ao Lutheran Church Charities K-9 Comfort Dogs, criado em 2008 para dar consolo e carinho a vítimas do furacão Katrina. Inicialmente com quatro cães, hoje o grupo está presente em 23 Estados com aproximadamente 130 animais.

“Quando alguém acaricia um cachorro, ele relaxa. E quando estão relaxados, estão mais dispostos a conversar sobre o que passaram. É uma parte fundamental do processo de cura”, disse Tim Hezner, presidente da instituição em Illinois, à People.

“Nós enviamos um cão para lá [na Califórnia] na noite da tragédia para ficar com as pessoas que estavam em vigília. O resto dos animais chegaram, no dia seguinte, aos centros onde os alunos sobreviventes estavam reunidos”, contou Tim.

Os cães também visitaram vítimas do atentado a armas em Las Vegas em 2017, além de tragédias em Orlando, Sandy Hook, Sutherland Springs e Boston, entre outras.

Os cachorros são treinados para confortar estudantes e parentes de vítimas de atentados, mas também para veteranos de guerra e oficiais da polícia (aposentados ou não).

Os cães ficarão na Califórnia por uma semana, quando serão substituídos por novos animais. “Os cachorros absorvem as emoções das pessoas que estão lhes fazendo carinho. Por isso, temos que dar uma folga a eles a cada uma hora ou duas. E para os cuidadores deles também. Você chora quando vê alguém chorando”, explicou Tim.

 

VEJA TAMBÉM: Provas de que os cachorros são os animais mais fofos do mundo