Atriz cria hashtag para denunciar abusos sexuais sofridos por mulheres

Redação - O Estado de S.Paulo

A #MeToo chegou a ser o assunto mais comentado no Twiter no último domingo, 15

A atriz Alyssa Milano mobilizou o Twitter no último domingo, 15, ao incentivar mulheres a revelarem suas histórias de abuso sexual

A atriz Alyssa Milano mobilizou o Twitter no último domingo, 15, ao incentivar mulheres a revelarem suas histórias de abuso sexual Foto: Mario Anzuoni/Reuters

A atriz Alyssa Milano mobilizou o Twitter neste último domingo, 15, com a criação de uma hashtag para denunciar abusos sexuais sofridos por mulheres. Em um tuíte na rede social, ela incentivou que as mulheres usassem #MeToo (eu também) para relatar casos em que tenham sido vítimas.

“Eu também. Uma amiga sugeriu que se cada mulher que sofreu algum tipo de abuso sexual escrevesse ‘eu também’ aqui no Twitter poderíamos mostrar o tamanho do problema para as outras pessoas”, escreveu a atriz. Mais de 12 mil pessoas aderiram à campanha, entre elas algumas personalidades.

Milano foi uma das primeiras pessoas a defenderem a também atriz Rose McGowan após a conta dela ter sido temporariamente suspensa por violar os termos de uso do Twitter. McGowan denunciava os abusos cometidos pelo produtor Harvey Weinstein quando a rede social a suspendeu por ter xingado o ator Ben Affleck, que também foi acusado de abusar sexualmente de mulheres.

Veja abaixo algumas das mulheres que aderiram à campanha #MeToo.