Aparelho eletrônico liga automaticamente para a polícia e evita tragédia

Redação - O Estado de S.Paulo

Aparelho percebeu discussão violenta entre casal e ligou para a polícia sem que ninguém desse o comando

Aparelho tem função de reconhecimento de voz

Aparelho tem função de reconhecimento de voz Foto: Pixabay/ @Pexels

Um aparelho eletrônico ligou para o número de emergências de Novo México, nos Estados Unidos, durante a briga de um casal e solicitou a intervenção policial sem que ninguém tivesse dado o comando. Policiais afirmam que o aparelho impediu uma tragédia.

O caso ocorreu no começo de julho. Segundo a equipe policial da região contou ao portal de notícias ABC News, um homem chamado Eduardo Barros discutia verbalmente com sua namorada em sua residência. A briga teria ficado violenta e ele teria apontado uma arma contra a companheira.

Segundo o relato do xerife, Eduardo teria questionado a sua namorada se ela havia chamado a polícia. O aparelho da residência tem a função de entender comandos de voz e considerou que a fala de Barros era uma ordem.

O aparelho, então, ligou para o 911, número único de emergências dos Estados Unidos. A polícia se dirigiu até o local e se deparou com a cena. A mulher e a criança foram atendidas pelos oficiais e passam bem. Eduardo Barros foi preso por posse de arma, ameaça e violência doméstica.

O xerife responsável pelo caso, Manoel Gonzalez III, acredita que o aparelho salvou a vida da mulher. “O inesperado uso dessa tecnologia para entrar em contato com serviços de emergência pode ter salvado uma vida. Definitivamente, essa tecnologia salvou uma mãe e sua filha de uma situação violenta”, declarou.