32ª Bienal de Arte de SP traz obras contemporâneas ao Parque Ibirapuera

- O Estado de S. Paulo

Exposição fica em cartaz até 11 de dezembro

Vão central do Pavilhão com obra de Lais Myrrha durante a abertura para convidados da 32a Bienal de São Paulo. 

Vão central do Pavilhão com obra de Lais Myrrha durante a abertura para convidados da 32a Bienal de São Paulo.  Foto: Divulgação/Leo Eloy/Fundação Bienal de São Paulo

Aos apreciadores de arte contemporânea, a dica do fim de semana é visitar a 32º Bienal de Arte de São Paulo, que já está acontecendo no Parque Ibirapuera, em São Paulo. Com entrada gratuita, a edição deste ano tem o tema Incerteza Viva e traz 370 obras que, em comum, abordam as estratégias que a arte contemporânea usa para lidar com a incerteza.

Com curadoria de Jochen Volz, Gabi Ngcobo, Júlia Rebouças, Lars Bang Larsen e Sofía Olascoaga, a exposição fica em cartaz por três meses, até 11 de dezembro, no Pavilhão Ciccillo Matarazzo do Parque Ibirapuera. 

Obras de 81 artistas e coletivos nacionais e internacionais, representando 33 países, discutem a incerteza, um sentimento cada vez mais preponderante na sociedade contemporânea. A maioria dos artistas são mulheres. 

Para além das obras que ficam expostas de forma permanente, a Bienal apresenta uma programação aberta ao público sempre às quintas e aos sábados. Entre as atividades, há shows, palestras, performances, exibição de filmes, apresentações de dança e oficinas de culinária coletiva e de bordado. 

 

32ª Bienal de Arte de SP

Onde? Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Portão 3 do Parque Ibirapuera

Quando? Até 11 de dezembro. 

Horários: terças, quartas, sextas, domingos e feriados das 9h às 19h (entrada até as 18h); quintas e sábados das 9h às 22h (entrada até as 21h). Não abre às segundas.

Programação no link

Preço: grátis