Tratamento paisagístico transforma cobertura em quintal. Saiba como

Marcelo Lima - O Estado de São Paulo

A pedido de leitora que está de mudança, a arquiteta Debora Aguiar desenha uma cobertura com ares de casa

A madeira é o principal material empregado por Debora Aguiar no desenho desta cobertura para uma leitora que vive na Vila Mariana. Além dos móveis, a matéria prima aparece nas estruturas e revestimentos, como no lambri que reveste toda a extensão da mureta de proteção

A madeira é o principal material empregado por Debora Aguiar no desenho desta cobertura para uma leitora que vive na Vila Mariana. Além dos móveis, a matéria prima aparece nas estruturas e revestimentos, como no lambri que reveste toda a extensão da mureta de proteção Foto: ESTUDIO DEBORA AGUIAR

De mudança para um apartamento, leitora teme sentir falta de seu jardim. A solução proposta pela arquiteta Debora Aguiar? Criar uma cobertura com ares de casa. Tem também alguma dúvida de decoração? Mande sua solicitação para: meuprojetonocasa@estadao.com

PERGUNTA

Olá! Estou saindo de uma casa grande com jardim e, principalmente, duas mesas grandes, uma na cozinha, outra no quintal, onde todos os domingos recebo meus três filhos, noras, quatro netos, minha irmã e minha tia de 102 anos para almoçar. Estou mudando para uma cobertura onde eu gostaria de manter um pouco de tudo isso. Penso em desfrutar dela sem sentir tanta falta da minha árvore de frutas, das minhas flores, do meu banco de madeira. Por isso gostaria que ela recebesse um tratamento mais paisagístico. Não tenho ideia do que usar como piso, mas me agradam soluções rústicas.

Elaine Martins

Vila Mariana, São Paulo

RESPOSTA

Querida Elaine, mesmo não sendo tão ampla como a antiga, penso que com um bom projeto você poderá desfrutar de sua nova morada com todo conforto e bem-estar. Começaria por envolver todo o espaço com floreiras e vasos baixos para você ter a sensação de estar em uma casa com jardim. Prolonguei o fechamento de vidro e a cobertura para abrir espaço para uma grande mesa de madeira para comportar toda a família. Ao invés de cadeiras, optei por bancos de madeira por ocuparem menos espaço. Para esconder as portas, apliquei um painel de madeira ripada em toda extensão da parede. Já a porta central foi revestida de espelho para aumentar a sensação de profundidade. A bancada gourmet conta com um fogão de mesa, ou cooktop, e uma cuba de apoio. Do lado oposto a ela posicionei um aparador. Para ajudar a filtrar o calor da cobertura, você pode aplicar um forro de bambuzinho e, para a parede de elevação do deck, pensei em algum acabamento texturizado, mas em tom mais escuro, pois como haverá muita incidência de sol, tons muito claros podem refletir demais. Além disso, uma tonalidade mais rebaixada fará sobressair o que você mais deseja, que são as plantas. No deck, coloquei ainda uma grande floreira para acomodar uma linda jabuticabeira, uma jacuzzi e uma mesinha. Para deixar o ambiente ainda mais verde, sugiro a implantação de um pergolado de madeira bem leve para sevir de apoio a uma trepadeira. No piso, um bom porcelanato cairia muito bem. No mais, espero que você curta muito seu novo cantinho com muitas flores e alegria!

Assine a newsletter do Casa