Tempero oriental

Natália Mazzoni - O Estado de S.Paulo

Autoditada, artista busca na estamparia japonesa e nos poemas haikai inspiração para compor vasos

Peças da designer Rachel Hoshino para a Wee

Peças da designer Rachel Hoshino para a Wee Foto: Divulgação

Rachel Hoshino tornou-se designer por amar o branco que via no algodão, em folhas de papel e em peças de porcelanas. Como autodidata, já fez pintura manual em objetos que encontrou em mercados antigos e azulejos que comprou em suas viagens pelo mundo. Em sua recente coleção para a We, composta de vasos em formato cilíndrico, a designer buscou em clássicos da estamparia japonesa a inspiração para criar peças que “conversam” entre si. “Podem ser usados vazios, com flores, ou com qualquer outra coisa. Para mim, eles formam uma atmosfera imaginativa, como num poema de haikai.”