SP-Arte estreita relação entre design e artes visuais

Roberta Cardoso - O Estado de S.Paulo

Em sua terceira edição, Festival Internacional de Arte de São Paulo terá destaque para designers independentes

Banco Batlló, de Antoni Gaudí; móvel foi projetado pelo arquiteto catalão em 1906.

Banco Batlló, de Antoni Gaudí; móvel foi projetado pelo arquiteto catalão em 1906. Foto: Antoni Gaudí

Em sua terceira edição, o Festival Internacional de Arte de São Paulo (SP-Arte) pretende estreitar ainda mais os laços que unem as artes visuais e o design. Neste ano, de 12 a 15 deste mês, o espaço dedicado aos designers independentes, focados em trabalhos mais autorais, foi ampliado. Doze profissionais – ainda sem vínculos com as grandes galerias ou lojas – vão dividir com antiquários e nomes de peso o terceiro andar do Pavilhão da Bienal, em São Paulo. 

Segundo a diretora do festival, Fernanda Feitosa, a ideia é destacar a força que o Brasil vem adquirindo no setor. “Queremos ver representadas todas as expressões do design na nossa mostra. Nosso único e definitivo compromisso é com o autoral”, diz.

Não por acaso, a seleção priorizou móveis e objetos nos quais a criatividade de seus autores, como na arte, imprima traços de singularidade aos produtos. Perceptível também é uma maior preocupação dos participantes com o espaço expositivo, com muitos deles apresentando estandes com projetos elaborados, visando uma maior interação com o público. 

Veja fotos de peças que estarão em exposição: