Sofisticada geometria

Jennifer Gonzales - O Estado de S.Paulo

Apartamento decorado por Ieda Korman é tributo ao ao poder das formas e uma aposta nas cores sóbrias

O apartamento de 260 m² na região da Avenida Paulista é morada exclusiva de adultos - uma jovem profissional e sua mãe. A pedido da proprietária, a arquiteta e decoradora Ieda Korman concebeu espaços nos quais a linearidade é a marca dominante. "Tudo foi pensado em nome de uma executiva formada em História que gosta de ler e de ambientes modernos com tonalidades neutras", resume Ieda. Do off-white ao negro, a paleta de cores passa pelo marfim, bege e marrom, enquanto materiais frios - como aço e vidro - mesclam-se a texturas rústicas.

A horizontalidade pontua boa parte dos ambientes, decorados com peças que valorizam esse conceito. Na área social, a mesa de jantar (3,80 m x 0,90 m) de carvalho americano (desenho da Korman Arquitetos e execução Dpot) tem placas de acrílico espelhado na base interna, o que confere leveza visual. Sobre a mesa, a sequência de pendentes (Puntoluce) acentua o efeito linear, assim como as fotos em preto e branco ao longo do aparador (do Elkis Studio e de Adriano Gamberini).

Toque rústico

Elementos trípticos também se fazem notar na sala de estar, caso das esculturas brancas (Zona D) e das poltronas revestidas de seda (Dpot). O toque rústico fica por conta das cortinas que combinam rolos de bambu e seda (da Slap Slap).

Em meio à decoração do apartamento, algumas curvas trazem suavidade à composição, como os tapetes de náilon com desenhos de espirais (Santa Mônica) e a pequena mesa oval de resina branca e tampo de vidro jateado (Dpot). Em frente a esse móvel, um painel de MDF laqueado de branco acolhe um módulo para TV, de carvalho-do-pântano, enquanto nichos com iluminação embutida se transformam em prateleiras (da Korman Arquitetos com execução da Lindomoveis Marcenaria). No lavabo, a escolha foi por um mix de materiais polidos e texturizados: cuba de inox (desenho da Korman Arquitetos e execução da Mekal) e papel de parede de palha em tom chocolate (Celina Dias).

Dos três dormitórios, o da área contígua à sala de TV foi convertido em escritório também usado como quarto de hóspedes. Ganhou um banheiro e está ligado ao estar por meio de porta de correr (Lindomoveis Marcenaria).

"A dona queria ambientes distintos, mas integrados à área social", diz a arquiteta. O escritório, que tem biblioteca com portas de vidro jateado para proteger os livros, conta ainda com mesa e armários laqueados de branco e sofá-cama (Eva Modiano). No quarto principal, nichos na parede da cama (revestidos com madeira zebrano) guardam livros e outros objetos , enquanto o pequeno aparador, no lado oposto, chama a atenção pelas linhas modernas (Korman Arquitetos). O jogo de cama preto e branco de algodão (Slap Slap) e o pendente lateral salientam a proposta contemporânea do ambiente.