Pensada para interiores, coleção de vasos propõe hortas urbanas

Alessandra Monnerat - ESPECIAL PARA O ESTADO

Com estrutura versátil, suportes para jardins verticais pode ser transportada com facilidade

Pode ser utilizado tanto individualmente quanto agrupado. Sua forma com duas alturas e maior profundidade permite o desenvolvimento melhor de uma maior variedade espécies de plantas do que as utilizadas em jardins verticais convencionais

Pode ser utilizado tanto individualmente quanto agrupado. Sua forma com duas alturas e maior profundidade permite o desenvolvimento melhor de uma maior variedade espécies de plantas do que as utilizadas em jardins verticais convencionais Foto: Vasos da Terra

Um conjunto de vasos de visual neutro e versátil que pode ser transportado com facilidade de um lado para o outro. Assim são os ‘jardins itinerantes’, da Vasos da Terra, marca do paisagista e designer Marcelo Belloto que propõe peças que apostam na mobilidade.

Por meio deles, é possível encaixar as plantas onde se quiser e com as mais diversas finalidades. São ideais, por exemplo, para quem vive em casa alugada, mas não abre mão de ter seu verde próprio. “Meu processo de criação passa pelo inusitado. Pretendo levar a natureza até as pessoas de uma forma que ninguém nunca pensou”, diz Bellotto.

Entre suas criações está, por exemplo, a estante Espiral, que pode ser movida pelo jardim e foi pensada para colecionadores de plantas. Já os vasos da série Vértice, com dois níveis, podem ser utilizados tanto como peças únicas ou agrupadas, dando origem a completos muros verdes. Feitos de fibra de vidro com composição de garrafas PET, com duas alturas e profundidade maior, os suportes permitem criar composições a partir de diferentes espécies. “Em um jardim vertical tradicional, o investimento, em caso de mudança, fica no imóvel. Já um painel feito com os vasos Vértice pode ser transportado com facilidade”, garante o paisagista.

Peça inspirada na estética da arquitetura contemporânea. Indicada para pequenas hortas e plantio de espécies variadas desde forrações, arbustos até arvoretas e palmeiras. Ideal para jardins residenciais, varandas, shoppings, entre outros

Peça inspirada na estética da arquitetura contemporânea. Indicada para pequenas hortas e plantio de espécies variadas desde forrações, arbustos até arvoretas e palmeiras. Ideal para jardins residenciais, varandas, shoppings, entre outros Foto: Vasos da Terra

Outro lançamento é o Colecione, uma estrutura de ferro vazado com opção de dois andares (para acomodar oito vasos) ou três (para 12 vasos). Seus níveis em diferentes alturas foram projetados para facilitar o manuseio e o plantio. “Como os vasos são móveis, a peça proporciona uma interatividade legal. É uma peça que se encaixa em várias situações, e isso é muito útil para o decorador”, comenta Bellotto.

Além da fibra, a Vasos da Terra também aposta no lançamento de vaso de concreto aparente para jardins residenciais, decks e varandas. Segundo Belloto, que comercializa suas criações pela internet, as peças têm visual purista e foram inspiradas na arquitetura contemporânea. Podem ser utilizadas para cultivar hortas domésticas, mas também como suporte para plantas variadas, de forrações a arbustos, incluindo pequenas palmeiras.

É uma estante metálica de estrutura vazada que funciona como suporte para uma composição de pequenos vasos. Foi projetada para facilitar o manuseio e plantio

É uma estante metálica de estrutura vazada que funciona como suporte para uma composição de pequenos vasos. Foi projetada para facilitar o manuseio e plantio Foto: Vasos da Terra