Alvenaria ganha espaço na decoração. Veja algumas possibilidades

Gabriel Navajas, especial para o Estado - O Estado de S.Paulo

Paredes sem revestimento ganham cada vez mais adeptos, mas o serviço deve ser executado por profissionais habilitados

Contrastar superfícies rústicas e frias com outras mais quentes e bem acabadas produz efeito na decoração. Não por acaso, o uso de blocos de concreto e de tijolos ganha cada vez mais espaço nos interiores. Mas, para um bom resultado, em termos visuais e de funcionalidade, é essencial contar com mão de obra especializada. 

Projeto de Gabriel Garbin, com contraste entre tijolos e decoração.

Projeto de Gabriel Garbin, com contraste entre tijolos e decoração. Foto: Valentino Fialdini

Desenhamos todo o projeto tendo em vista a instalação elétrica que deveria atravessar os blocos. Temos de subir as paredes com a infraestrutura de elétrica pronta. É bem complexo. Não há margem de erro. Ou dá certo, ou dá certo”, relembra o arquiteto Ariel Bery, autor em parceria com o também arquiteto Felipe Rezende, do projeto de alvenaria do apartamento que ilustra nossa capa e que, além de paredes de blocos, traz uma estante executada no mesmo material. Não surpreende, portanto, que o valor cobrado pela execução de um serviço do tipo, com vistas a ficar aparente, varie de R$ 100 a 120 por m².

De acordo com o empreiteiro João do Nascimento, o primeiro cuidado é nivelar a superfície dos tijolos. “Muitos deles chegam à obra tortos”, diz. Com ele concorda o engenheiro civil Paulo Pestana, da Encorp Construtora. “É preciso ter experiência para obter uma superfície em condições de ficar aparente”, observa. 

Parede em projeto de Juliana Moyses aquece o ambiente.

Parede em projeto de Juliana Moyses aquece o ambiente. Foto: Thiago Mancini

Segundo o profissional, uma vez que a base tenha sido bem executada, as opções de acabamento são muitas. É possível, por exemplo, aplicar uma camada de verniz ou resina sobre a parede, sem alterar o visual do material. Também é possível se trabalhar com ou sem rejunte. “Isso não interfere em nada. É só uma questão mais estética”, ressalta Andrade.

“A alvenaria aparente dá personalidade aos ambientes, seja ela rústica ou bem acabada”, comenta a arquiteta Juliana Moyses, que, em um de seus mais recentes projetos, acaba de deixar à vista uma parede que funciona como divisória entre as salas de estar e de jantar.

Blocos de concreto em paredes internas, em obra de Ariel Bery e Felipe Rezende.

Blocos de concreto em paredes internas, em obra de Ariel Bery e Felipe Rezende. Foto: Electroma.Core

“Era uma parede branca, muito sem graça, de pé-direito duplo. Como ela começava na sala de jantar no andar inferior e terminava na entrada da sala de estar no superior, tinha grande destaque e apelo visual nos dois ambientes. Por isso resolvi executá-la com tijolos aparentes”, explica a arquiteta.