Na ordem do dia

Marcelo Lima - O Estado de S.Paulo

As novidades para a casa, segundo as organizadoras das principais feiras de utilitários domésticos e artigos para decoração da cidade

Daniela Cecchini e Elaine Landulfo, responsáveis pela Craft Design

Daniela Cecchini e Elaine Landulfo, responsáveis pela Craft Design Foto: Marcelo Lima

Elas estão à frente das quatro maiores feiras de utilitários, presentes e artigos de design e decoração da cidade. Juntas, as feiras organizadas por Cecilia Rima, da Abup Show, Elaine Landulfo e Daniela Cecchini, da Craft Design, Solange Lucas, da Gift Fair, e Marisa Ota, da Paralela Gift, movimentam milhões de reais a cada edição. Revelam talentos e antecipam, duas vezes por ano, as novidades que prometem redesenhar vitrines e casas. Com a palavra, as organizadoras.

Quais são os pontos altos de sua feira?

Cecilia Rima:Acredito que nosso mix de expositores. São 114 no total, com artigos que vão de presentes a móveis. 

Elaine Landulfo:Não foram poucos os talentos que revelamos. Investir no novo sempre foi nosso maior diferencial.

Solange Lucas:Atuamos no atacado e no varejo, apresentando lançamentos produzidos tanto pela grande indústria quanto pelos pequenos artesãos.

Marisa Ota:Apostamos no design autoral, na criação brasileira. Ao contrário de priorizar o importado, na nossa feira procuramos criar condições para que o independente se mostre e ganhe mercado.

Cecilia Rima, diretora executiva da feira Abup Show

Cecilia Rima, diretora executiva da feira Abup Show Foto: Marcelo Lima

Quais foram as novidades da última edição?

CR:A madeira está em alta, aparecendo com força também nos objetos. Bambu e silicone são outros dois materiais em evidência: além de resistentes ao calor, são mais leves e bastante versáteis. 

EL:O Espaço Coletivo, um local especialmente projetado para apresentar as criações da nova geração de designers.

SL:Os objetos estão visivelmente mais divertidos. Formas geométricas, grafismos, estampas tropicais, formatos de animais estão por toda a parte. Tudo em nome do lúdico.

MO:Percebo que propostas mais conceituais começam a ganhar relevância aos olhos do consumidor. Objetos que sugerem frescor, novidade, mudanças de hábito, enfim, estão na ordem do dia.

Marisa Ota, criadora da Paralela

Marisa Ota, criadora da Paralela Foto: Marcelo Lima

Em uma palavra, o que pede o momento atual?

CR:Oriente.

EL: Talento.

SL: Decoração.

MO: Autenticidade. 

Solange Lucas, diretoar executiva da Gift Fair

Solange Lucas, diretoar executiva da Gift Fair Foto: Marcelo Lima