Meu Projeto no 'Casa': Uma cozinha quente e acolhedora

Marcelo Lima - O Estado de S. Paulo

Leitora recebeu sugestão do arquiteto Renato Mendonça para reformar a cozinha

Projeto de cozinha utiliza coifa multiuso para iluminar bancada

Projeto de cozinha utiliza coifa multiuso para iluminar bancada Foto: Estúdio Renato Mendonça

Concluída a decoração dos demais ambientes, chegou a hora da família pensar na cozinha, que recebeu projeto do arquiteto Renato Mendonça. E você? Tem alguma dúvida de decoração? Escreva para meuprojetonocasa@estadao.com.

PERGUNTA

Olá, tudo bem? Minha família já mora há algum tempo em nosso atual apartamento. Como a cozinha estava em ordem, e já com alguns armários, deixamos para pensar no seu projeto após concluir todos os outros cômodos. Agora acho que chegou a hora. Tenho dois filhos e meu marido adora cozinhar. Temos uma vida bem dinâmica e prática. Não conseguimos definir um estilo, mas estamos cansados dos armários brancos e pretos e da pia. Estamos abertos a propostas.

(Andrea Correa - São Paulo-SP)

Armário como o das antigas farmácias garante atmosfera vintage

Armário como o das antigas farmácias garante atmosfera vintage Foto: Estúdio Renato Mendonça

RESPOSTA

Oi Andrea. Como o living, considero a cozinha um dos ambientes mais importantes da casa. Hoje, ela deixou de ser uma área de serviços para se transformar em um espaço de confraternização. Pensando nisso, minha primeira preocupação foi integrá-la com a sua sala. No seu caso, pensei em um ambiente que resgatasse memórias afetivas. Seja pelo cheirinho de pão transbordando ou pelas longas conversas em família.

Com esta ideia em mente, investi em uma estante em estilo vintage, quase como a de uma farmácia dos anos 1930. Nela, além de peças decorativas, você pode abrigar suas louças e utensílios diários. Ainda assim, o micro-ondas pôde ser perfeitamente integrado à decoração.

Pensando na praticidade, proponho uma bancada em “L”, de aço inox escovado, que “abraçasse” a parede existente entre a cozinha e a sala. Como estamos trabalhando com ambientes integrados, é importante pensarmos numa boa coifa para evitar que o cheiro se espalhe.

Proponho ainda substituir o piso cerâmico, com aspecto frio, por cerâmicas rústicas menores, em tons terrosos. Para trazer maior integração, a parede do fundo também foi revestida no material. Gosto do contraste entre o cinza, o verde-musgo e a cerâmica rústica. Enfim, acho que chegamos a um projeto quente e super acolhedor. Uma verdadeira cozinha botânica! Espero que goste!

O arquiteto Renato Mendonça

O arquiteto Renato Mendonça Foto: Estúdio Renato Mendonça