Meu Projeto no Casa: Morando na casa dos pais

Marcelo Lima - Reportagem

Arquiteto Gustavo Calazans desenhou um estúdio a pedido do casal leitor do 'Casa' que pretende morar no andar de baixo da casa de seus pais

A planta do espaço concebido no térreo da casa, sem divisórias fixas entre os ambientes, com exceção do banheiro e da cozinha

A planta do espaço concebido no térreo da casa, sem divisórias fixas entre os ambientes, com exceção do banheiro e da cozinha Foto: ESTÚDIO GUSTAVO CALAZANS

Uma cabana rústica contemporânea. Eis o visual do espaço sem divisórias internas imaginado pelo arquiteto Gustavo Calazans para receber um casal gaúcho que pretende viver juntos no andar de baixo da casa de seus pais. E você? Tem alguma dúvida de decoração? Escreva para meuprojetonocasa@estadao.com

PERGUNTA

Olá. Sou de Garibaldi, cidadezinha serrana no interior do Rio Grande do Sul. Eu e meu noivo pensamos em ter uma família e vamos morar juntos. Para juntar uma graninha, vamos ficar no andar de baixo da casa dos meus pais. É um espaço aberto de 150 m², tirando a lavanderia e o banheiro. Do lado esquerdo, fica a cozinha. É bem ensolarado e o teto tem duas vigas de sustentação. Queremos ser econômicos no nosso futuro lar, mas, além de dormitório, sala e cozinha, precisamos pensar em um quarto para o futuro bebê e um espaço para guardar nossa bike e nosso caiaque. Somos dos esportes, gostamos de coisas rústicas e gostaríamos de dividir os cômodos sem precisar de paredes. Obrigada.

(Jocélia Cagliari - Garibaldi - RS)

RESPOSTA

O arquiteto Gustavo Calazans, autor do projeto

O arquiteto Gustavo Calazans, autor do projeto Foto: ESTÚDIO GUSTAVO CALAZANS

Olá, Jocélia! Começar uma família exige não apenas afeto, mas também investimento. Então, me pareceu ótima a ideia de vocês morarem no andar de baixo da casa dos seus pais.

Como moram na Serra Gaúcha, imaginei um pequeno estúdio, com estrutura e piso de madeira e paredes de tijolos descascados. Como você nos disse que as únicas áreas fechadas são o banheiro e a área de serviço, pensamos em revestir o volume da parede de separação com cimento queimado, um material simples e barato. Uma vez que todo o restante do espaço não terá divisões, e você já pontuou que gostariam de elementos menos tradicionais, pensei em isolar os quartos com cortinas e armários.

Área íntima separada por cortinas

Área íntima separada por cortinas Foto: ESTÚDIO GUSTAVO CALAZANS

Respeitamos os pilares existentes e aproveitamos a estrutura para demarcar as separações entre os diversos cômodos. Uma vez que vocês gostam de esportes, vamos sugerir que tanto a bicicleta quanto o caiaque sejam integrados à decoração, e não guardados ou escondidos. Acho muito bonito que a casa transpareça o estilo de quem vive nela. Espero que vocês gostem!

O setor social do estúdio 

O setor social do estúdio  Foto: ESTÚDIO GUSTAVO CALAZANS