Espaço dos leitores

- O Estado de S.Paulo

CARTAS - Av. Engenheiro Caetano Álvares, 55, 6º andar. CEP 02598-900, São Paulo, SP. casae@grupoestado.com.br

Comércio dos tamboretes No projeto do arquiteto Marcelo Suzuki, publicado no dia 10 de agosto, aparecem alguns tamboretes na varanda. Onde posso encontrar modelo parecido? Cristina Barbosa, por e-mail R: Lojas de móveis étnicos são bons endereços para adquirir os tamboretes - feitos de cerâmica, porcelana, metal e madeira, entre outros. Sugestões em São Paulo: L'Oeil (tel.: 11 3897-8787), Espaço Til (tel.: 11 3063-5603), Bali Express (tel.: 11 3062-6061) e Indoasia (tel.: 11 3082-8717). Idéias de fechar o passa-prato Durante a reforma do meu apartamento, fiz um grande passa-prato entre a cozinha e a sala, quase transformando o ambiente em uma cozinha americana (vigas laterais impediram o corte total da parede). Agora, gostaria de ter uma solução econômica para isolar visualmente esses ambientes, quando for necessário (como não faço frituras, não quis de início algo como uma janela...). Pensei em persianas claras, instaladas do lado da cozinha. Seria uma opção a ser recomendada? Caso contrário, o que deveria fazer? Carla Freitas, por e-mail R: Fernanda Arduino, do escritório de arquitetura Fernanda Arduino e Sandra Piacentini (tel.: 11 3044-9134), responde: "Instalar persianas claras por dentro da cozinha é uma boa opção. Hoje, há grande variedade de acabamentos de persianas no mercado, como as de alumínio com aletas estreitas ou largas, lisas, perfuradas, texturizadas e em formato reto ou ondulado. Existem, também, as peças de madeira sintética ou natural. Para evitar ondulações, use trilhos nas laterais (por dentro da cozinha) para que a persiana fique rente à parede. Outra opção, mas de custo mais elevado, é revestir a parede da sala com algum tipo de acabamento e fazer correr sobre ela painéis de MDF forrados com o mesmo material. Entre as possibilidades, cito painel folheado de madeira, MDF laqueado, papel de parede, espelho, vidro e massa texturizada". Pintura no azulejo do banheiro O azulejo do banheiro de casa, que foi pintado, já está descascando e me parece ser a hora de repintá-lo. Qual seria a freqüência para fazer essa manutenção? Wanderley Blat, por e-mail R: De acordo com o SAC da Suvinil (0800-11-7558), se a aplicação da tinta foi bem feita, não há por que o azulejo descascar. A pintura desse tipo de produto consiste em aplicar uma demão de fundo epoxi e, após a secagem, aplicar duas demãos de epoxi na cor escolhida. Em ambas etapas coloca-se, segundo instruções do fabricante, um produto catalisador para garantir a boa fixação do acabamento no azulejo. O SAC da Coral (0800 11 7711) ainda explica que o descascamento pode ocorrer em razão de umidade do banheiro ou infiltração. Nesses casos, a solução é repintar, tendo o cuidado de lixar o epoxi antes. Correções Ao contrário do que foi publicado na edição passada, a cozinha do chef Roberto Eid é da Elgin - e não da Kitchens. O nome correto do fotógrafo que assina as fotos de divulgação da reportagem Modos de Morar, também da última edição, é Alain Brugier.