Decorar mesas para primavera é uma forma de realçar visual da casa

João Abel* - O Estado de S. Paulo

Exposição 'Verdigris' na loja Divino Espaço mostra como celebrar chegada da estação sem gastar muito

Mesa para ambiente interno usou flores mais clássicas como a rosa e o lírio; ao fundo, papel de parede floral contrasta com a montagem

Mesa para ambiente interno usou flores mais clássicas como a rosa e o lírio; ao fundo, papel de parede floral contrasta com a montagem Foto: Zeca Wittner/Estadão

A chegada da primavera deixa um clima de alegria no ar e aguça a criatividade de muitos quando o assunto é decorar a casa. Ainda assim, não são necessárias mudanças radicais para deixá-la com um visual mais afinado com a nova estação. 

“Basta ornamentar alguns móveis ou partes específicas deles de uma maneira diferente, para mudar por completo o visual de um ambiente”, explica Amelinha Amaro, proprietária da loja Divino Espaço, por prazer (e vocação) empenhada em produzir mesas temáticas mais ‘floridas’, e deixá-las permanentemente em exibição na casa durante os meses de setembro e outubro. 

Este ano, por exemplo, a produção de cada uma de suas mesas foi inspirada por uma flor, ou conjunto delas, tendo como base as variedades mais populares no mercado – como lírios, orquídeas e rosas – sobretudo em contraste com tonalidades mais vibrantes. 

“As estampas verdes estão muito presentes na decoração atual, até porque elas têm tudo a ver com a nossa flora. Então, resolvi tomá-las como inspiração, mas sempre mesclando-as a outras cores. São coisas que podem andar juntas”, pondera a autora de ‘Verdigris’: nome da mostra de mesas que fica em exposição na Divino Espaço até o dia 18 deste mês . 

Segundo Amelinha, vale a pena combinar o estilo de cada mesa ao ambiente em questão. Se já existem plantas na varanda, por exemplo, pode se decorar o móvel do local de acordo com as espécies encontradas ali. Já os ambientes ao ar livre permitem uma maior mistura de cores quentes como o laranja, o roxo ou tonalidades mais impactantes de rosa. 

Para decorar uma mesa em uma sala de jantar mais convencional, a aposta são flores clássicas, combinadas a jogos americanos, louças e talheres mais sóbrios. Ainda segundo a consultora, em situações mais informais, as mesas podem estar conectadas a peças de decoração, como vasos de barro e cestas de fibra natural.

Amelinha aconselha ainda atentar para a funcionalidade de cada morada: casas de campo ou de praia são feitas para situações específicas e períodos mais curtos de estadia, então podem ter decorações mais fixas.

Por fim, a especialista ressalta que é preciso aproveitar cada objeto na hora da organização: “As coisas que você leva para dentro de casa nem sempre são descartáveis. Nós esquecemos que é possível mudar sem precisar comprar nada. Basta rearranjar, trocar as coisas de posição, readaptá-las”. 

*Estagiário sob supervisão do editor de suplementos Daniel Fernandes