De tirar o fôlego

Suzy Dissat - O Estado de S.Paulo

Pequenas interferências em apartamento de Ipanema trazem a paisagem para dentro dos ambientes

A reforma do apartamento na beira da praia de Ipanema não chegou a ser um quebra-cabeça para Andrea Chicharo - a beleza da paisagem já ajudava muito. À arquiteta coube adaptar o imóvel às necessidades de um casal com dois filhos: com quatro quartos e área de 360 m², a planta não foi muito alterada. Tanto que as obras duraram apenas cinco meses.   Foto: Kitty Paranaguá/AE O piso do living, de réguas de ipê de 30 cm de largura, foi mantido, ganhando clareamento - assim como as esquadrias da ala social. "O vidro fumê protege do sol, mas escurece um pouco o ambiente. Pintei as esquadrias de branco por dentro, que funcionam até como molduras para a vista", explica a arquiteta. A piscina, na varanda, foi ligeiramente modificada, com pastilhas de cerâmica (da Atlas) em vez de vidro; ao redor dela, o deck pintado de branco. Um truque para trazer ainda mais a paisagem para dentro foi a instalação de espelhos nas laterais das paredes da entrada do living. Nesse ambiente, a grande mudança ficou por conta da incorporação da varanda lateral. "Era um espaço pequeno, por isso resolvi transformá-lo em janela. Deixei os vãos e projetei, abaixo, um armário onde fica embutido o ar-condicionado", diz Andrea. Para dividir a sala de jantar do living e da entrada, a arquiteta criou um painel divisório em ripas de madeira pintadas de branco. Encostado ao painel há um aparador feito de madeira de demolição (da Tradição Mineira, R$ 2.773). O mar, a partir da copa O living tem espaço destacado, como se fosse jardim de inverno, onde Andrea posicionou a mesa Saarinen (na Hetty Goldberg, R$ 2.500) que serve tanto de mesa de jogos como de apoio para dias de festa, rodeada por cadeiras de Sergio Fahrer, da Way Design. Para dar volume, desenhou um painel de ipê (da marcenaria Rigoti, R$ 1.200 o m²), que reveste uma das paredes onde fica a TV de plasma. Ao longo do painel, um móvel baixo - e também branco - abriga os equipamentos de áudio e video. Almofadas do Empório Beraldin dão nota colorida ao estar e destacam sofás bege (da Montenapoleone forrados com tecido da Covering, R$ 17.406). A copa transformou-se em copa-cozinha gourmet da proprietária. "Fiz uma porta de correr com um vão mais largo, para que fosse possível aproveitar a vista da sala de jantar, também para o mar. A cozinha do dia-a-dia fica atrás dessa copa", conta Andrea, explicando que as paredes são de granilite, e a mesa (com tampo de vidro) e as estantes foram desenhadas por ela (execução da marcenaria Rigoti). Na ala íntima, o piso de tacos foi trocado por tábua corrida de 15 cm. Um dormitório virou closet e, para aumentar o banheiro do casal, a arquiteta eliminou um dos quartos de empregada. Quanto aos dormitórios das crianças, cada um é de um estilo. O da menina tem estantes brancas e um grande painel iluminado que serve como cabeceira da cama, com um recorte de flor sobre fundo de acrilato. O do garoto exibe o colchão sobre um tablado de freijó, com gavetas nos degraus, enquanto uma pintura trompe l?oeil, de chapas de ferro oxidadas e parafusos - do artista plástico Stephane -, embeleza uma parede.