Casacor 2018 vai celebrar a vida em contato com a natureza

Marcelo Lima - O Estado de S. Paulo

Área conhecida como 'bosque' do Jockey Clube de São Paulo funcionará como portal da edição deste ano

O chamado 'bosque' do Jockey será a porta de entrada da mostra

O chamado 'bosque' do Jockey será a porta de entrada da mostra Foto: ZECA WITTNER/ESTADÃO

A área conhecida como bosque, que concentra a maior parte da vegetação remanescente, e tombada, da antiga chácara que deu origem ao Jockey Clube de São Paulo funcionará como portal de entrada da próxima edição da Casacor, que deve ocorrer entre 22 de maio e 29 de julho. E a escolha não se deu apenas em função do irresistível apelo campestre do local.

“A locação tem tudo a ver com o tema ‘Casa Viva’, que norteará todas as nossas edições deste ano, em todos os Estados brasileiros. Nossa ideia é convidar o visitante a desvendar ambientes que o coloquem em contato com a natureza, que ofereçam um refúgio para se celebrar a vida” afirma a diretora-superintendente de Casacor, Lívia Pedreira.

Não por acaso, será também em torno da área que se concentrará o núcleo construído da mostra, com algumas casas, entre elas a do ‘Desafio Casa Sustentável Casacor’, resultado de concurso realizado em parceria com a Inovatech Engenharia, em fase de seleção final, que vai apresentar o projeto de uma residência completa, realizada a partir de bases sustentáveis, que vai ocupar uma das casas que compõem o conjunto do Jockey.

Vista aérea das instalações do Jockey, com a área de realização do evento assinalada em vermelho

Vista aérea das instalações do Jockey, com a área de realização do evento assinalada em vermelho Foto: RAFAEL RENZO

Com 74,93 m², o espaço que deverá incluir, obrigatoriamente, sala, cozinha, quarto e banheiro, não poderá descaracterizar ou danificar a fachada da casa, nem tampouco a vegetação de seu entorno, que, tal como a construção, é protegida por tombamento pelo Estado e Município de São Paulo.

“É a casa vista como organismo que pulsa, como espaço camaleônico adaptável às novas formas de desfrutar do convívio doméstico”, explica Lívia, atualmente empenhada em montar o verdadeiro quebra-cabeça que consiste em eleger quem vai assinar cada um dos espaços do evento, que este ano pretende apresentar cerca de 70 ambientes, entre espaços residenciais e instalações comerciais, ocupando uma área total de 25 mil m². 

Prêmio

Criado não apenas para reconhecer o talento dos profissionais, mas também para dar destaque a boas práticas e soluções, a Casacor e o Estado realizam a segunda edição do Prêmio CASA, que vai eleger os melhores projetos em exibição. Este ano, tanto o público que vota pela internet, quanto o júri técnico, vão eleger os vencedores em 9 categorias, sendo que um décimo prêmio poderá ser concedido, a critério dos jurados, a um projeto ou profissional que mais se destacar na mostra.