Saúde bucal: uma lista de alimentos para evitar ou aproveitar

Sara Abdo - O Estado de S.Paulo

Os hábitos necessários para manter o bom hálito e deixar a boca longe de açúcar e excesso de ácidos

Saúde bucal, um aspecto importante para a saúde do corpo e para o convívio social. 

Saúde bucal, um aspecto importante para a saúde do corpo e para o convívio social.  Foto: Fabio Motta/Estadão

Já que é com a boca que falamos e interagimos, é fácil perceber a tamanha importância que tem a saúde bucal, seja para a saúde do corpo como um todo, seja para o nosso convívio social. O E+ conversou com a dentista Sandra Kalil, odontopediatra da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD) e fizemos duas listas, uma que indica alimentos prejudiciais à saúde bucal, e outra que a favorece. 

Cuidado. Mau hálito, boca seca, ácida e gengivite. Muito desses problemas podem estar relacionados à alimentação e hábitos de higiene. Veja quais alimentos são mais prejudiciais e, se fizer questão deles, saiba quais cuidados podem manter a saúde e conciliar o prazer de comer à higiene. 

Use a gosto. Agora, se você sofre de mau hálito e procura uma forma simples de reduzir esse incômodo, veja alguns alimentos que podem estimular a salivação e reduzir as bactérias na boca e as placas bacterianas nos dentes. Recomenda-se apenas o cuidado para manter o equilíbrio entre as vitaminas no corpo e reconhecer quando um alimento faz mal ao seu corpo.  

E lembre-se, nenhuma mudança na alimentação surtirá grandes efeitos se não for acompanhada por uma boa e frequente escovação de dentes, ingestão de água, e claro, zero roedura de unhas.