Quem come ao menos 20 gramas de nozes por dia tem menos risco de morte, aponta estudo

- O Estado de S.Paulo

Pesquisa indica que comer nozes, avelã e amendoim diminuem riscos de morte por câncer, problemas cardíacos e diabetes

Comer nozes diminui risco de morte por algumas doenças, aponta estudo.

Comer nozes diminui risco de morte por algumas doenças, aponta estudo. Foto: Pixabay

Gosta de nozes? Então, temos uma boa notícia: pessoas que comem ao menos 20 gramas de nozes por dia têm menos risco de desenvolver doenças mortais, como câncer e problemas cardíacos, segundo estudo da Imperial College London e da Norwegian University of Science and Technology.

O estudo, que foi publicado na revista especializada BMC Medicine, destacou como o consumo de nozes, avelã e amendoim têm bons efeitos sobre a saúde. A pesquisa mostrou que o consumo desses 20 gramas está ligado a 30% de redução de risco de doença coronária (obstrução de vasos que levam o sangue até o coração) e do risco de morrer de doenças respiratórias e diabetes.

Pesquisas anteriores já mostravam o consumo de nozes relacionado à redução do risco de morte, mas agora isso foi observado com doenças específicas e menos comuns. O novo estudo foi feito com base nessas 29 pesquisas anteriores que, ao todo, envolveram 819 mil participantes. 

"Encontramos uma consistente redução no risco entre diferenças doenças, o que é uma indicação forte de que há relação oculta entre consumo de nozes e diferentes resultados em matéria de saúde. É um efeito substancial para esta baixa quantidade de comida [ingerida].", disse Dagfinn Aune, autoras do estudo do Imperial College London, num comunicado.

Além dos resultados positivos desse estudo, comer nozes também faz muito bem  por outros motivos: elas são ricas em fibras, proteínas, gorduras poliinsaturadas, que ajudam a reduzir o nível de colesterol, e magnésio.