Jovem mostra redução de espinhas após adotar dieta vegana

Redação - O Estado de S.Paulo

Rachel mostra o antes e depois num perfil do Instagram

Rachel acredita que a dieta vegana reduziu suas espinhas. 

Rachel acredita que a dieta vegana reduziu suas espinhas.  Foto: instagram.com/asprinkleofhealthandbeauty

A inglesa Rachel Crawley, de 22 anos, criou um perfil no Instagram para mostrar as mudanças em seu rosto após adotar uma dieta diferente. A jovem recusou-se a usar remédios e resolveu que iria tentar tratar o problema de forma mais natural.

A dieta de Rachel é completamente vegana e exclui alimentos ultraprocessados. "Meu progresso desde que comecei essa página. Sem medicamentos, dieta baseada em produtos veganos (nada processado), comidas de verdade, rotina de cuidados naturais com a pele", explicou Rachel numa imagem.

Na primeira imagem postada na rede social, em janeiro, ela conta que já adotava a dieta vegana há seis meses. "Minha dieta consiste em vegetais, frutas e grãos, feijão e gorduras saudáveis como abacate. Antes de ser vegana eu comia muito bem, a única diferença é que agora não como frango/peixe. Eu sofri com problemas digestivo por anos. Eu cortei o glúten, o trigo, qualquer comida processada que eu percebi que me deixavam muito doente! Comer comida de verdade faz com que eu me sinta melhor", escreveu ela na legenda.

Em muitas fotos, porém, a jovem indica que os seguidores encontrem o que é melhor para cada um, "já que todo mundo é diferente e o que funciona para um pode não funcionar para outro", um ponto importante, já que não há estudos científicos que comprovem a relação entre o que se come e a redução da acne.

 

E a alimentação de Rachel também muda ao longo do tempo. Na imagem abaixo, por exemplo, ela conta que reduziu a ingestão de arroz e de frutas, por conta dos açúcares, e aumentou a ingestão de vegetais.