Esqueceu de tomar a pílula? Veja o que fazer

Redação - O Estado de S.Paulo

Ginecologista explica quando tomar duas juntas, pular para a próxima ou usar proteção extra

Quando a dosagem hormonal das pílulas varia, pode ser preciso descartar os comprimidos esquecidos. Fique de olho na bula!

Quando a dosagem hormonal das pílulas varia, pode ser preciso descartar os comprimidos esquecidos. Fique de olho na bula! Foto: GabiSanda/Pixabay

Um dos grandes pesadelos das mulheres que confiam apenas na pílula como método anticoncepcional é pegar a cartela e perceber que o medicamento do dia anterior ainda está ali, esquecido. 

A situação acontece com a maioria das mulheres, mas poucas sabem como agir ao se darem conta do erro. A ginecologista Mariana Maldonado ressalta que, antes de tudo, é preciso olhar a bula do medicamento nesses casos. Confira as instruções da marca e siga essas recomendações. 

No entanto, as orientações dos fabricantes costumam ser similares e, salvo exceções, seguem certo padrão, como descreve Mariana. Esqueceu de tomar um único comprimido? “Nessas horas, o ideal é tomar a pílula esquecida assim que lembrar e seguir tomando a cartela normalmente”, explica a ginecologista. “Se a pílula esquecida só for lembrada no momento da próxima tomada, pode-se tomar as duas pílulas ao mesmo tempo. Não é necessário usar métodos adicionais, como, por exemplo, a pílula de emergência ou do dia seguinte.” Apesar de não haver motivo para pânico, vale usar proteção extra no primeiro mês em que você estiver tomando uma nova pílula.

Já nos casos de esquecimento de duas pílulas ou mais, a proteção extra, como uso da camisinha, é essencial. Assim que perceber, tome um comprimido esquecido e, depois, siga a cartela normalmente - mas é preciso tomar muito cuidado para não se perder nos dias da semana. Se a pílula tiver dosagens hormonais diferentes em cada comprimido, é preciso descartar as que foram esquecidas. Por isso, é muito importante ler a bula antes.

Há algumas diferenças quando se esquece de tomar mais de uma pílula na última semana da cartela, ou seja, nos últimos sete dias. Nesses casos, “os comprimidos restantes deverão ser tomados até o final, descartando-se os esquecidos [quando a dosagem hormonal varia em cada pílula]. Uma nova cartela deve ser iniciada logo em seguida, sem intervalos”, avisa a ginecologista. É preciso tomar cuidado extra e usar preservativos por pelo menos uma semana depois do esquecimento. E, no caso de qualquer dúvida, consulte um ginecologista.