Bebê morre aos 18 dias de vida com doença transmitida pelo beijo

Ludimila Honorato - O Estado de S.Paulo

Caso ocorreu nos Estados Unidos e, embora os pais acreditem que a doença tenha sido transmitida dessa forma, especialista alerta para outras possibilidades

A herpes é uma das doenças que podem ser transmitidas pelo beijo.

A herpes é uma das doenças que podem ser transmitidas pelo beijo. Foto: Pixabay

Uma bebê de apenas 18 dias de vida morreu na última terça-feira, 18, em Iowa, nos Estados Unidos, depois de contrair uma meningite letal causada pelo vírus da herpes. Embora não se saiba exatamente como a pequena Mariana contraiu a doença, os pais acreditam que tenha sido por meio de um beijo dado por alguém já contagiado.

Mariana nasceu no dia 1º de julho e uma semana depois foi levada ao hospital, horas após o casamento dos pais Nicole e Shane Sifrit.

Eles tiveram de sair da festa para socorrer a filha, que começou a ficar pálida, parou de se alimentar e tinha dificuldade de se manter consciente. Ao chegar ao Blank Children's Hospital, os médicos deram o diagnóstico de meningite.

Nas primeiras 48 horas, a recém-nascida passou por algumas transfusões de sangue, mas os rins começaram a falhar, exigindo que ela fosse submetida a diálise. Os pulmões também pararam de funcionar adequadamente, o que resultou em sangramento interno.

Heloisa Helena Marques, pediatra do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas, diz que a herpes simples pode ser transmitida pelo beijo, sim. No caso da norte-americana, porém, ela considera que o tempo de uma semana entre o nascimento da menina e a manifestação dos sintomas é muito curto para descartar outras possibilidades de contágio.

"Nessa idade, não se pode afastar o risco de a exposição ter sido pelo canal do parto", explica. De acordo com a imprensa internacional, os pais da menina fizeram o teste para o vírus da herpes, que deu negativo.

A pediatra afirma que a evolução da doença é muito rápida mesmo, principalmente em recém-nascidos, cuja imunidade ainda não está totalmente formada. Os anticorpos que eles carregam nos primeiros dias de vida são provenientes da mãe e transmitidos pela placenta durante a gestação.

No Facebook, Nicole fez um alerta para as mães: "não deixem que ninguém beije seus filhos". Heloisa afirma que a orientação é válida. "A herpes simples não é a única que pode ser transmitida pelo contato oral. Além disso, a transmissão pode ocorrer pela via respiratória, com contato muito próximo da criança", diz.

Para evitar que o bebê contraia alguma doença nos primeiros dias de vida, a especialista orienta a não expor o recém-nascido a grandes concentrações de pessoas. Pelo menos nos dois primeiros meses de vida, quando se está aplicando as vacinas, é aconselhável ficar em um ambiente mais recolhido. É importante também lavar as mãos para pegar no bebê e evitar que ele tenha contato com pessoas que não estão em bom estado de saúde.

Nicole comunicou a morte da filha pelas redes sociais. "Nossa princesa ganhou suas asas de anjo nesta manhã nos braços do pai dela e a mãe do lado. Ela não está mais sofrendo e está com o Senhor. Obrigada a todos que acompanharam a história dela e nos apoiaram. Em seus 18 dias de vida, ela provocou um grande impacto no mundo e esperamos que com a história da Mariana nós salvemos a vida de inúmeros recém-nascidos", escreveu.