Adolescente morre após ingerir alta quantidade de cafeína

Redação - O Estado de S.Paulo

Garoto teve um colapso na escola no mês passado

O excesso de cafeína no organismo pode provocar uma arritmia cardíaca

O excesso de cafeína no organismo pode provocar uma arritmia cardíaca Foto: Unsplash/Pixabay

No dia 26 de abril, Davis Allen Cripe teve uma arritmia cardíaca provocada pela ingestão excessiva de cafeína. O coração de Davis não conseguiu bombear sangue suficiente para o corpo. A ausência de sangue pode afetar o cérebro, coração e outros órgãos.

Duas horas antes do colapso dentro da sala de aula, no colégio Spring Hill High, o garoto bebeu um café latte, um refrigerante Mountain Dew grande e uma bebida energética. Especialistas afirmam que uma grande quantidade de cafeína ingerida em pouco tempo pode causar uma arritmia cardíaca.

A autópsia concluiu que a morte não foi provocada por uma overdose. Davis era saudável e não tinha nenhum problema que poderia ser desencadeado pela ingestão de cafeína. Além disso, drogas e álcool não foram identificados no organismo do garoto.