No poema “Receita de Ano Novo”, Carlos Drummond de Andrade diz que para “ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre
”.

São muitas as promessas que cercam o ano novo. Fazer dieta, acertar as finanças, entrar na academia, ufa! Será que vai dar?

new-year-2016-1120960_1280

Independentemente do que você pretende mudar, aproveite o momento para fazer algo novo. Se está sedentário, levante deste sofá e ande pelo menos 30 minutos por dia, que tal? Esse pequeno gesto vai lhe proporcionar algumas pequenas mudanças. Tente.

O Dr. Ricardo Nahas, coordenador do Centro do Exercício e do Esporte do Hospital 9 de Julho  – que é nosso parceiro aqui no blog – ensina que basta começar andar alguns lances de escada, deixar o carro na garagem para ir até a padaria e saltar do ônibus uma ou duas paradas antes do seu destino já são bons começos. Faça isso, inove.

Na alimentação que tal experimentar fazer um prato mais colorido, com um terço de proteína, um terço de legumes e verduras e um terço entre feijão e arroz. Mude, você vai se surpreender com resultado.

Em fevereiro deste ano, falamos aqui no blog sobre a alimentação do Mick Jagger, vocalista dos Rollings Stones que, dentre tantos segredos, revelou em uma entrevista que sua vitalidade está em fazer o que gosta, por isso mostra jovialidade aos 70 e poucos anos. Que tal começar o ano fazendo o que gosta?

Que tal aprender a mexer no computador, no smartphone, praticar aquela atividade social que tanto almejava, ligar para aquela pessoa querida que há tempos está esquecida? Seja o que escolher, faça no ano novo algo de novo. Tenho certeza que isso o tornará mais feliz e o ajudará a viver mais e melhor. Feliz 2017!