Já falamos aqui no blog sobre inspiração. Na arte, na música, no modo como as pessoas lidam com a velhice etc., mas recentemente vi uma história aqui mesmo neste jornal que me inspirou profundamente.

Instagram/conchagzaera

Concha Garcia Zaera, de 87 anos, mora na Espanha e está fazendo história na internet com suas pinturas no computador. Ela usa um programa chamado Paint para pintar paisagens inspiradoras. O interessante é que, embora o programa seja hoje muito pouco utilizado por ter poucos recursos, Concha o transformou em uma ferramenta incrível para sua arte. As paisagens reproduzem fotos, cartões postais ou até mesmo cenários da  cidade onde ela mora, Valencia.

Ela conta que começou a “pintar” após seu marido ficar doente, o que a obrigou ficar mais em casa. E, sem ter como sair, começou a utilizar o programa como um passatempo.

As obras da espanhola ganharam notoriedade após sua neta postar os desenhos nas redes sociais. “É só uma questão de paciência e tempo”, disse Concha em entrevista a um jornal periódico, mostrando simplicidade.

Histórias como a desta artista nos motivam e nos inspiram. Como disse certa vez Picasso: “A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos”. Deixemos aflorar em nós o artista, o atleta, o escritor ou simplesmente o melhor de nós. Viva intensamente. Viva mais e melhor.