Este título parece um pouco fantasioso, mas não é. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) manter o hábito de lavar as mãos pode reduzir em até 40% a contaminação por vírus e bactérias. Isso quer dizer que, este simples ato pode diminuir a incidência de doenças comuns como gripes, resfriados, conjuntivites e viroses.

Nesta época do ano em que a umidade relativa do ar fica baixa e torna os dias quentes e as noites frias é comum as pessoas ficarem doentes. Para aquelas pessoas com mais de 60 anos o risco destas doenças é ainda maior.

As mãos são o grande “transporte” de vírus e bactérias, pois sempre a usamos para nos alimentar, coçar nariz, olhos e ouvido e sempre a levamos à boca.

A primeira dica é que as mãos devem ser lavadas não só quando estiverem sujas, mas em várias situações como: antes e depois de ir ao banheiro, antes e após as refeições, ao chegar em casa, ao preparar alimentos, após utilizar transporte público, antes e após visitar alguém doente e ao fazer curativos.

Uma informação muito importante é utilizar água e sabão e, se não for possível, higienizar as mãos com álcool gel.

Para a correta higiene das mãos é preciso:

  • Retirar todos os acessórios como anéis, pulseiras, relógios etc;
  • Aplicar o sabão de forma que cubra toda a mão;
  • Comece lavando a palma, esfregando uma das mãos e vice-versa;
  • Passe o sabão sobre os dedos, limpe os polegares as pontas dos dedos e as unhas/
  • Esfregue os punhos.

Com este simples gesto você pode evitar essas desagradáveis doenças, lembrando que é preciso manter uma alimentação saudável, beber bastante água, praticar exercícios físicos e manter uma vida social ativa. Lave as mãos regularmente e viva mais e melhor.