“Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida. Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudades. Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei.

Sinto saudades da minha infância, do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro, do penúltimo e daqueles que ainda vou ter, se Deus quiser. Sinto saudades do presente, que não aproveitei de todo, lembrando do passado e apostando no futuro. Sinto saudades do futuro, que se idealizado, provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser”.

Para quem não conhece estes versos são da escritora Clarice Lispector. No último dia 9 fez 40 anos que ela nos deixou. Quis começar este texto com alguns versos do seu poema “Saudades” por vários motivos. Primeiro para homenageá-la e mostrar o quanto o Brasil sente saudade das suas doces palavras.

Segundo, para mostrar o quanto – sem perceber – sentimos saudade das coisas, das pessoas, dos sentimentos e até dos cheiros.

Clarice começa este texto de forma intensa. Mostrando que tudo o que marcou em sua vida, que foi importante, deixa saudades. É normal que a nostalgia depois de bons anos vividos invada nossos sentimentos. Dizer que algo é bom só porque ficou no passado é mania do ser humano e, às vezes, há razão de ser.

Reviver momentos felizes, se alegrar com pessoas que conhecemos e até reviver emoções do passado são salutares.

Mas quando a escritora diz que tem saudade até do futuro, penso o quanto somos autores da nossa vida e do quanto podemos fazer hoje para colher amanhã. Esta é a fonte da longevidade. É preciso se preparar um pouco a cada dia no presente para, no futuro, ter saudades apenas das coisas que foram concretizadas e não daquelas que deixamos de fazer.

Não lamente, como Clarice, das coisas boas que perdemos ao longo de nossa existência. Apenas sinta saudades e realize novas conquistas para, no futuro próximo, serem lembradas como escolhas certeiras e saudáveis. Viva o hoje, se alegre com o ontem e celebre o amanhã. Viva mais e melhor.