Algumas traduções da palavra Réveillon apontam que a palavra em francês representa  acordar ou deixar de dormir. Estas traduções me chamaram a atenção sobre o que podemos fazer no ano novo. Deixar de dormir ou acordar. Não no sentido literal, claro, pois o sono é fundamental para a nossa saúde e já discutimos isso aqui no blog.

Mas o sentido que quero dar aqui é o de despertar. Acordar para uma nova vida, um novo ano.

Se tem um período que as pessoas refletem sobre a sua vida e suas atitudes, o ano novo ganha disparado de outras datas festivas. Primeiro porque serve como um balanço de tudo o que realizamos durante 365 dias passados e, segundo, por representar realmente uma zeragem no cronômetro. Começar de novo.

O que proponho a você neste ano novo é um despertar diferente. É a mesma vida, mas o pensamento pode ser outro. Realmente encare a volta a uma atividade prazerosa como algo sério. Desperte, enfim para os exercícios físicos. Seu corpo não será o mesmo, nem sua mente.

Desperte para um novo olhar sobre fazer amigos, compartilhar experiências. Até na cozinha, experimente novos sabores, mais saudáveis e menos industrializados.

Pense no empoderamento dos mais velhos, na felicidade e na inovação como fonte da longevidade. Todos assuntos discutidos aqui, mas que podem ser revisitados com um novo despertar. Um novo olhar.

Aproveite as luzes do ano novo para acordar para uma nova forma de ver e viver a vida. Tenho certeza que assim você pode viver mais e melhor. Feliz Ano Novo a todos!