Hoje minha convidada é a psicóloga Vera Bifulco, coordenadora do Grupo de Apoio a Cuidadores de Alzheimer do Centro de Longevidade do Hospital 9 de Julho.

Quem viaja ou já viajou de avião conhece bem o aviso da aeromoça que diz: “Em caso de despresturização, as máscaras de oxigênio cairão automaticamente. Caso esteja acompanhado de alguém que necessite de ajuda, coloque primeiramente a máscara em você para em seguida ajudar a outra pessoa”.

Esse “aviso de segurança” ilustra bem o que acontece na relação entre portador de Alzheimer e seu cuidador. Se a pessoa que zela por ele tem conhecimento adequado sobre a doença e como cuidar, isso se refletirá na melhor qualidade de cuidados repassada ao portador. Além disso, o cuidador, seja ele da família ou contratado, também conseguirá conciliar sua vida pessoal e ao cuidado, sem maiores estresses e com mais significado.

Resumindo, a mensagem é: O cuidar do outro não exclui o autocuidado.

alzheimer_cuidador

Para que o cuidado seja feito com excelência para todos os envolvidos nesta relação, é preciso dois fatores primordiais: conhecer a doença e o portador de Alzheimer.

Por isso, lançamos o Grupo de Apoio a Cuidadores de Alzheimer, com palestras informativas e elucidativas, focando o cuidar em todas as suas peculiaridades. Participe das palestras e viva mais e melhor.