A suplementação alimentar pode trazer diversos benefícios, como dar um gás para a prática de atividade física e ajudar a eliminar os quilinhos a mais. Porém, o uso indiscriminado dessas substâncias pode ser prejudicial à saúde, segundo especialistas.

Os termogênicos, por exemplo, têm por finalidade queimar gordura e são potentes agentes emagrecedores. Quem está de dieta e lutando para eliminar aqueles quilos a mais vê os olhos brilharem com essa descrição. Mas o uso deles requer cuidados, segundo médicos e nutricionistas. Cardiologistas alertam para o impacto no coração provocado pelo uso de termogênicos. Por isso, é fundamental uma ida ao médico antes do consumo destas substâncias.

A nutricionista e educadora física Natasha Barros explica que suplementos alimentares e alguns alimentos naturais têm ação de termogênico – aceleram o metabolismo, aumentam a temperatura corporal e contribuem para que o corpo use as reservas de gordura como fonte de energia e, com isso, ajudam a emagrecer. Eles também facilitam a eliminação de líquidos do corpo, diminuindo os casos de retenção.

É possível ingerir essas substâncias por meio de suplementos (capsulas e pó)  e também pelos próprios alimentos. Gengibre, pimenta, chá verde e de hibisco, salmão e canela, além das substâncias que têm cafeína, como café, são bons exemplos.

“Outro fitoquímico encontrado nos alimentos é a capsaicina. Ele está presente em grande quantidade na pimenta. Essas substâncias possuem efeito termogênico, pois são estimuladoras do sistema nervoso, nas quais resultam em termogênese e na oxidação lipídica, ou seja, aumento do gasto energético e perda de gordura”, diz Natasha.

Outra substância que tem o mesmo efeito é um suplemento alimentar à base de citrus aurantium que pode ser encontrado na laranja amarga. Vários estudos indicam que ele possui atividade lipolítica devido à ligação com receptores adrenérgicos no tecido adiposo. “Ele pode ser utilizado juntamente com a cafeína para melhorar seu efeito”, afirma a nutricionista. Ainda de acordo com ela, esses suplementos alimentares melhoram a atenção, o foco no treino e nos estudos, pois aumentam a lipólise e estimulam a perda de gordura quando aliados a atividade física.

“Todo termogênico rouba energia. O consumo pode melhorar a atenção e disposição durante os primeiros 40 minutos, entretanto, eles possuem um efeito rebote, no qual, após o período de ação, há grande liberação de cortisol, causando os sintomas como indisposição, cansaço, desatenção, dores de cabeça, náuseas.  Por isso o nutricionista é quem deve prescrever qualquer suplementação ou mudança no cardápio. Assim você perderá peso com saúde e qualidade de vida”, recomenda.

Procure sempre um especialista. Cuide bem da sua saúde.

 

Até semana que vem!