vegetables-1584999_640

Você sabia que uma alimentação saudável e a prática regular de atividade física pode minimizar os efeitos da terrível Tensão Pré- Menstrual (TPM), atualmente denominada Síndrome Pré-Menstrual (SPM)? Pois acredite. Comer bem faz toda a diferença para evitar os aborrecimentos do período. Os sintomas da SPM são mais frequentes em mulheres entre 25 e 35 anos.

Para falar sobre o tema, convidamos hoje a médica Bruna Pitaluga Peret Ottani, ginecologista e obstetra e pós-graduada em Nutrologia e membro do The Institute for Functional Medicine (IFM), Veja a entrevista:

 

O que é a TPM?

Bruna – TPM significa tensão pré-menstrual, atualmente denominada síndrome pré-menstrual – SPM, e representa uma variedade de sintomas físicos, emocionais e comportamentais que aparecem nos dias que antecedem a menstruação. A intensidade dos sintomas varia em cada mulher. Os sintomas se relacionam com a queda da progesterona (um hormônio produzido no ovário depois da ovulação) que acontece, geralmente, três dias antes da menstruação e a sua associação com a produção de neurotransmissores, como a serotonina e endorfina. Nesse período, algumas mulheres sentem inchaço, desânimo, irritabilidade, falta de energia, dor de cabeça, dor nas mamas, alterações de humor etc. Com o início do sangramento menstrual, esses sintomas tendem a desaparecer. Mulheres que usam hormônios sintéticos, como anticoncepcionais orais, não têmSPM já que os níveis hormonais se mantêm constantes durante o uso dos mesmos.

Os quarto grande grupos de sintomas são:

A. se predomina ansiedade, irritabilidade ou tensão nervosa;

B. se predominam edema, dores abdominais, mastalgia e ganho de peso;

C. com cefaléia, podendo ser acompanhada por aumento de apetite, desejo de doces, fadiga, palpitação e tremores;

D. se o quadro depressivo é preponderante, com insônia, choro fácil, esquecimento e confusão.

Essa classificação tem sido utilizada para entender as diversas causas para os sintomas de SPM e para direcionar o tratamento mais adequado para cada um desses grupos. Alguns sintomas da SPM são semelhantes a outras condições como endometrioses, síndrome dos ovários policísticos, alterações tireoideanas, etc. Portanto, consulte um médico para avaliação clínica e tratamento adequado.

 

A SPM pode aumentar ou diminuir em alguns períodos da vida como, por exemplo, antes ou depois da menopausa?

Bruna – A SPM não ocorre depois da menopausa por definição, já que é necessária a menstruação para caracterizar a existência desses sintomas. No entanto, os sintomas são mais comuns em mulheres entre 25 a 35 anos.

Como evitar?

Bruna – A melhor forma de evitar a SPM é manter um estilo de vida saudável, com prática regular de atividade física e alimentação rica em nutrientes. Estresse e excesso de peso intensificam os sintomas nessa fase do ciclo. Sabe-se que mulheres que tem uma alimentação tipicamente ocidental tendem a se queixar mais de sintomas da SPM do que as mulheres orientais, já que no Ocidente tem-se uma alimentação rica em industrializados e produtos químicos, como conservantes. Além disso, mulheres que praticam atividade física apresentam menos queixas de sintomas de SPM do que as mulheres sedentárias.

De que maneira a alimentação pode aliviar a SPM?

Bruna – Muito. A alimentação é uma das melhores maneiras de evitar a SPM. Alimentos ricos em nutrientes como verduras e legumes, que apresentam grandes quantidades de magnésio e complexo B, principalmente B6 e B12, devem ser ingeridos diariamente para evitar os sintomas. Alimentos ricos em sal, cafeína, refrigerantes, bebida alcóolica e carboidratos simples (ricos em açúcar) pioram os sintomas da SPM. Quando necessário, pode-se usar suplementos que contenham nutrientes e fitoterápicos (como óleo de prímula e extrato de vitex agnus-castus) melhoram os sintomas e podem ser utilizados para ajudar o tratamento. Em casos extremos, podem ser utilizados medicamentos que estabilizam o humor, como os inibidores seletivos de recaptação da serotonina.

Verdade ou mito que temos mais desejo por doces na SPM? E quais as razões?

Bruna – Verdade. Nesse período menstrual existe a queda da serotonina também, um neurotransmissor relacionado ao prazer e felicidade. Os doces, como o chocolate, têm efeitos metabólicos semelhantes à serotonina, por isso quando existe o desejo de comer doces no período é uma forma de compensar a queda da serotonina. Caso a mulher decida comer chocolate, deve-se priorizar o chocolate com mais de 70% de cacau, pelas suas propriedades anti-inflamatórias e anti-oxidantes, que auxiliam no controle da SPM.

 

Até semana que vem!