Muita gente dá pouca importância a ela e acaba negligenciando, no dia a dia, o treino da panturrilha. Mas você sabia que ela é considerada nosso segundo coração? Isso mesmo. Segundo especialistas, cabe a ela enviar de volta para o coração cerca de 100 ml de sangue por minuto.
Além disso, o músculo é responsável pela postura e equilíbrio. Desta maneira, a musculatura da panturrilha está em constante contração para dar estabilidade aos joelhos. Para médicos e educadores físicos, fortalecer a panturrilha é uma questão de saúde.
A pedido do blog, Roberto  Lima, educador físico da Iron Box, no Rio de Janeiro, falou sobre o assunto. Segundo ele, é possível ativar as panturrilhas de forma eficiente não apenas nas salas de musculação. Mas também em casa e até no ambiente de trabalho.
Nas salas de musculação, segundo ele, o músculo pode ser exercitado em aparelhos como: Leg Press, Hack Machine, Barra Smith, Barra livre ou em cima do step com o peso do próprio corpo. “Em casa, também pode ser feito em cima de qualquer apoio semelhante a um step ou até mesmo sem o mesmo. Para aumentar a dificuldade, faça somente com uma das pernas. Caso continue fácil, aplique uma sobrecarga externa na mesma mão que a perna apoiada”, recomenda.
Para quem trabalha sentado, Roberto também afirma que é possível aproveitar e exercitar as panturrilhas. “Caso trabalhe sentado, apoie seus pés em uma superfície mais ou menos acima do tornozelo fazendo o movimento semelhante ao que se faz em pé”, ensina.
Ele lembra que por ser um músculo bastante utilizado no dia a dia, o número de repetições pode ser entre 15 a 25. “É claro que é preciso respeitar a dose com resposta de descanso.” E Roberto alerta: procure sempre um profissional de Educação Física para montar seu treino.
Boa semana e até semana que vem!