pop1pop2

O ano de 2015 não foi dos melhores para a música. Discussões sobre qualidade à parte, os números falam por si: nos EUA, por exemplo, maior mercado fonográfico do mundo, apenas dois discos ultrapassaram a marca de 1 milhão de cópias vendidas até outubro: If You’re Reading This It’s Too, de Drake, e 1989, de Taylor Swift (um lançamento de 2014). O novo álbum de Adele, 25, deve se juntar ao clube — a previsão de fontes do mercado é de que o trabalho a ser lançado no dia 20 ultrapasse a marca de 1 milhão comercializados já na primeira semana. Ainda assim, o cenário aponta que a mesmice dos lançamentos não empolgou.

Ao que tudo indica, porém, 2016 vai ser muito mais interessante. Quer ver? Listamos 10 artistas que devem voltar com boas novidades no ano que vem.

David Bowie, Blackstar: o camaleão do rock prepara o muito aguardado sucessor de The Next Day (2013) para 8 de janeiro. O single que dá título ao trabalho vem antes: dia 20 de novembro. Segundo o jornal britânico The Times, o álbum foi gravado em Nova York com jazzistas da cidade. Promete.

Sia, This Is Acting: a voz por trás dos sucessos Chandelier e Elastic Heart vai lançar um novo disco em 29 de janeiro. O excelente primeiro single, Alive, já está tocando bem nas rádios.

Elton John, Wonderful Crazy Night: o 33º álbum de estúdio do lendário músico britânico chega ao mercado em fevereiro. O que vem por aí? “É como voltar aos anos 1970, tem muita influência dessa década, mas é um disco feito em 2015”, disse.

Bon Jovi: o primeiro disco inédito da banda de Nova Jersey sem o guitarrista Richie Sambora será lançado entre abril e maio, segundo o vocalista Jon Bon Jovi. Ele sabe que as expectativas são altas e promete um “grande disco de rock”. Será que Jon, Tico e David dão conta do recado sem Richie? A ver.

Britney Spears: a princesinha do pop afirmou que está trabalhando “bem devagar” em seu novo disco, mas o lançamento do sucessor de Britney Jean (2013) está programado para o ano que vem. Especula-se que ela deve emendar o novo trabalho com uma nova temporada de shows em Las Vegas.

Gorillaz: o quinto disco da elogiada “banda virtual” liderada por Damon Albarn começou a ser gravado em setembro. Albarn disse à revista Rolling Stone que está trabalhando “cinco dias por semana” no sucessor de The Fall (2011) e que ele vem com “muita energia” em 2016. Ou seja: música para dançar.

Red Hot Chili Peppers: o grupo californiano está gravando seu 11º álbum desde o começo do ano. Aos fãs, o baterista Chad Smith afirmou que o disco está tomando “uma boa forma”. Quem assina a produção é Danger Mouse, que trabalhou com o U2 em Songs of Innocence (2014).

Christina Aguilera: se você estava com saudades dela, prepare-se: em 2016, a cantora deve lançar dois álbuns, um em inglês e outro em espanhol. Em entrevista ao programa Today Show, ela revelou que acumulou muitas ideias desde seu último trabalho (Lotus, de 2012) e está de volta ao estúdio com força total. “Estou excitada pelos meus fãs finalmente receberem algo de mim”, afirmou a dona do maior vozeirão do pop.

Radiohead: o sucessor de The King of Limbs (2011) está pronto e deve ser lançado em 2016. O guitarrista Jonny Greenwood revelou no Twitter que “muito foi gravado” e provavelmente o lançamento deve ser acompanhado por uma turnê — pelo menos, esse é o plano da banda.

Guns N’ Roses: quando se trata deles, todo lançamento é um assunto delicado. Axl costuma trabalhar anos e anos a fio em suas novas músicas, o que irrita parte dos fãs – e da imprensa especializada. Mas, de acordo com entrevistas recentes do vocalista, o novo disco vem mesmo em 2016. Richard Fortus, o guitarrista remanescente do grupo, foi além: “2016 será um grande ano para a banda”, declarou em entrevista à rádio americana KSHE 95. Esse ano, a notícia de que finalmente Axl e Slash haviam feito as pazes animou muitos fãs que sonham com a volta do guitarrista ao Guns. Será?