adele

Cantora reapareceu esta semana 30 quilos mais magra. Reprodução/Instagram

O nome de Adele voltou com força para o noticiário nos últimos dias. Dietas à parte, muito está sendo especulado sobre o novo álbum da cantora britânica, que promete ser o maior lançamento da indústria fonográfica este ano. Depois de vender 30 milhões de cópias com 21, faturar seis Grammys e um Oscar, parece que Adele finalmente está pronta para voltar aos holofotes. A nova empreitada vem cercada de mistérios: ela não dá entrevistas sobre o assunto e é pouco ativa nas redes sociais. Abaixo, reunimos tudo o que sabemos sobre o disco:

– O nome deve ser 25: a cantora costuma batizar seus álbuns fazendo referência à idade na época em que escreveu as canções. Foi assim com 19 (2008) e 21 (2011). Em entrevistas, ela já se referiu ao próximo disco como 25 – novamente, a tradição deve ser mantida.

– Deve ser lançado em novembro: no campo de Adele, ninguém se pronuncia, mas a revista Billboard já dá como certo que o novo material está em fase de masterização e chega às lojas em novembro. As especulações sobre o lançamento começaram em maio do ano passado.

– O produtor norte-americano Danger Mouse (integrante do Gnarls Barkley), o “midas” sueco Max Martin (que assina hits de Britney Spears, Katy Perry, Celine Dion e outras dezenas de músicas pop que dominaram as paradas nos últimos anos) e os cantores Ryan Tedder (do One Republic) e Tobias Jesso Jr. são alguns dos nomes de peso que estiveram nos estúdios com Adele e devem participar do álbum.

– As expectativas são altas: em julho, o cantor Ed Sheeran, outro queridinho do público britânico, disse à rádio Capital FM: “Ainda não ouvi, mas todo mundo que trabalhou no disco diz: ‘Caramba, que álbum!”. Parece ser realmente bom.”

– Uma turnê é pouco provável: avessa a badalações, a cantora enfrentou problemas com a voz durante seus últimos shows, em 2011, e cancelou várias apresentações. Ela já revelou que sofre com o ritmo estressante das turnês e prefere os estúdios. Agora, com um filho de dois anos, é ainda menos possível que Adele volte aos palcos. Segundo a imprensa britânica, nos últimos anos diversos produtores ofereceram dezenas de milhões de dólares para que ela faça alguns shows, mas a resposta tem sido sempre não.