Arnaldão de férias em ritmo de feéricas aventuras à procura de inventos de eventos loucos, solto ao sabor dos sete ventos. Ou serão oito? Ou nem se conta o que está livre e solto? Como os mil e tantos pensamentos como os cinquenta e sete desejos como a liberdade de ser o que se é, sem censura. A arte é foda e sempre desafia toda e qualquer ditadura. E derruba milenares estruturas. Libertária, vária, voa além: ninguém a detém nem captura. Em meio ao meu aniversário (grande abraço a todos os que me cumprimentaram), três shows me arrebataram: uma banda, uma cantora, uma dupla. Foi dose tripla de encantamento e ternura. Sem jamais perder a fúria.

… … …

A MARAVILHOSA VOZ DA BRUNA MORAES

… … …

Na terça-feira, fui ao Teatro Itália ouvir a cantora Bruna Moraes. Ela, que já gravou ‘Olho de Dentro’, seu ótimo disco de estreia (ouça AQUI), fazia show de pré-lançamento do novo cd ‘Nua’, que inicia agora campanha de financiamento (entre AQUI pra contribuir). Claro que eu também vou colaborar porque Bruna merece: ela já é, aos 21 anos, uma das maiores cantoras do Brasil. Acompanhada por Lautaro Michaux (teclado), Igor Pimenta (baixo), Gabriel Alterio (bateria) e Bianca Godoi (guitarra), e com participação do cantor e compositor Lencker, Bruna apresentou um repertório mais dramático que do disco anterior, e com algumas melodias mais desafiadoras, o que lhe propiciou exibir os muitos recursos de seu vozeirão, esbanjando técnica e emoção. Impossível não se encantar quando a voz de Bruna ecoa. Ela é uma força da natureza a serviço da beleza. Um alumbramento.

Ouvi dizer que os ‘jurados’ do programa The Voice (Lulu, Brown, Claudia Leitte e Teló) não a ‘aprovaram’. Alegaram ‘juventude’ e ‘falta de personalidade’. Claro que seu timbre lembra o de Elis. Além dela não ter ‘culpa’ desse acaso agradabilíssimo (para nós), a verdade é que Bruna é capaz de cantar tão bem quanto Elis (diferentemente de Maria Rita, filha da cantora, que tem timbre semelhante ao da mãe, mas não tem metade de sua técnica e alcance vocal – o que não a desmerece, porque Elis, como Bruna, é da estirpe rara das gênias da canção). Eu nunca assisti ao tal programa da Globo, como também não vejo outros similares. Mesmo que abram oportunidades a grandes intérpretes (que, de fato, nele se inscrevem, sonhando com a fama), me parecem apenas entretenimento circense para divulgar produtos, como é, em geral, a programação televisiva em nosso País. Que eu saiba, nenhum dos já vitoriosos artistas de qualquer edição desse tipo de programa faz parte do rol de ‘preferidos’ entre meus muitos amigos e músicos. Já Bruna, tem a ‘aprovação’ unânime de quem ‘entende da coisa’, de quem ama a música e não está atrelado a patrocinadores ou mandamentos das leis do mercado. A ascensão de Bruna Moraes, como a primavera do poeta, virá: é inexorável.

Não sou cri-crítico musical nem jurado de nada, mas na primeira vez em que ouvi a Bruna cantar, já me emocionei e escrevi esse texto:

Bruna é intensa, passional, delicadamente áspera, mas sempre íntegra e inteira, emocionada e emocionante. Seu imenso talento merece multidões. É comovente acompanhar a evolução de suas entonações, como uma contorcionista parindo inéditos movimentos melódicos, uma porta-bandeira orgulhosa em ostentar o pavilhão de sua canção-nação. Bruna é uma jovem cantora da estirpe das baitas, das gênias, das Ellas e Elises, das Janes e Maysas. Seu repertório é pleno de sutilezas bem tramadas. Mas, no fim das contas, nem importa muito o que ela cante, pois sua voz sempre estará acima de tudo, uma oitava além das palavras, notas, pausas e pontuação, num planeta distante, uma dimensão adiante da rotação natural da canção. Bruna vai no talo, mergulha até o fundo, sem tubo pra respirar. Acompanhe se puder. Ela é muito jovem, ainda vai pirar, despirar, tornar a transtornar. Mas que não perca nunca essa capacidade de se lançar sem rede de proteção, de despir suas dores ultra doídas (e algumas alegrias, vai…) e nos arrepiar com esse cantar que a gente sente nos cortar e se identifica: brota do escuro obscuro e puro da alma, de onde as emoções ainda não foram catalogadas. Bruna Moraes canta demais!

 

… … …

O BELO SHOW DA DUPLA
‘VERSOS QUE COMPOMOS NA ESTRADA’

… … …

Já falei aqui que o Teatro da Rotina é um espaço alternativo superlegal onde a gente vê shows e peças como se estivesse na sala de casa. E a programação musical é verdadeiramente incrível. Se você ainda não foi, tem que ir. Eu estive lá mais uma vez, no último sábado, para assistir ao show da dupla ‘Versos Que Compomos na Estrada‘, formada por Markus Thomas e Lívia Humaire. Saiba mais sobre eles, nessa entrevista concedida ao jornalista Rene Lopez. Eu os ouvi pela primeira vez no cd com músicas inéditas de Adoniran Barbosa, recentemente lançado pelo selo Eldorado:

Antes do show, a curadora musical Bijou Monteiro nos emocionou ao contar sobre os duros esforços para a organização do evento e agradeceu à solidariedade de todos os envolvidos neste precioso projeto cultural sem fins lucrativos (o espaço é mantido pela renda da bilheteria e pelo trabalho voluntário da companhia de teatro que lá ensaia). De arrepiar também foram as palavras do diretor e dramaturgo Leonardo Medeiros, que fundou o teatro em 2012, tendo como objetivo criar um espaço para o diálogo entre os atores e o fortalecimento da arte de resistência. Leonardo foi muito aplaudido ao fim de seu breve e firme discurso em defesa da liberdade e contra a onda retrógrada e fascista que se alastra pelo País censurando espetáculos e policiando os movimentos artísticos. Já estávamos bastante sensibilizados e o show ainda nem havia começado.

Quando a dupla entoou a primeira canção, meus olhos marejaram de vez: foi um ato de resistência política cantar, naquele momento, a linda melodia e os versos pontiagudos de ‘A Palo Seco’, de Belchior: ‘eu quero é que esse canto torto feito faca corte a carne de vocês’, enderaçados ao governo ilegítimo que nos regia na ditadura militar (e, caindo como luva, ao que nos rege hoje). Por falar nisso, teve um ‘Fora Temer’, claro, convictamente pronunciado (mas sem ódio, de já tão óbvio) pela cantora Lívia Humaire ao final de uma canção. Os convidados François Muleka (ouça Entrando no País das Maravilhas) e Tom Custódio apresentaram duas belas composições. A violinista suíça Carol Hidal tocou e nos tocou a todos. Elevado e enlevado, fui ouvindo e escrevendo:

A dupla ‘‘Versos Que Compomos na Estrada apresenta uma coleção de canções delicadas e flutuantes, algumas sussurradas de tão leves, como segredos ao pé do ouvido, de arrepiar o pelo a pele de flertar com os desejos e alertar os sentidos. São soft-baiões de dois & baladas embaladas em sonoridade folk quase faladas. Aladas. Sente-se um quê de Dylan, sem ranhura, aqui e ali (e como é bom sentir!). Os vocais se alternando resvalando e se largando como quem sai pelo mundo à procura. A voz dela e a voz dele de repente se casando. O clima que a melodia vai formando, caminhando & (en)cantando, a poeira e a poesia da estrada adentrando pela sala suspensa, a respiração presa, depois intensa. A sede a fome a vida imensa. Como que libertos do peso, personagens de Chagall se dão as mãos num renovado encontro: um casal levitando, uma mulher ao violino, um caminho se inventando. As letras do destino saltando sinuosas do intrumento, o sentimento fino se encorpando. A luz da voz clareando o obscuro o íntimo o implícito. O que não se explica mas a música traduz. Induz ao voo. Assim são os ‘Versos que Compomos‘. Soltos pela estrada, ao vento seco do nosso árido tempo, entre olhares marejados e verdades que vêm de dentro.

OS SHOWS DESSA SEMANA >>> E continua a programação especial de aniversário do Teatro da Rotina (veja os vídeos e clique nos nomes). Acompanhe: a cantora Anna Tréa se apresenta na quinta (dia 9) e o grupo Passo Torto faz show com a grande Ná Ozzetti na sexta (dia 10). No sábado (dia 11) é a vez de ouvir as interessantes composições de Jair Naves e na quarta-feira (dia 15) tem a presença divertida e talentosa do cantor e compositor Zéu Britto. Adquira os ingressos antecipadamente ao preço promocional de R$20 (AQUI). Na rua Augusta, 912, sempre às 21h.

 

… … …

CIRILOAMÉM É
UMA BAITA BANDA!

… … …

Ser um dos organizadores do Sarau da Maria me dá muitas alegrias. A maior delas é a oportunidade de conhecer pessoas legais. São muitos os amigos que fiz nesses quase cinco anos de trabalho e festa. Mesmo este blog no Estadão (que tanto amo fazer), surgiu como consequência da minha inserção no mundo dos saraus e da importância que vi no movimento político que se cria paralelamente às atividades culturais. Participar dos saraus me encantou ainda mais quando percebi a quantidade de eventos e a qualidade artística de tantos músicos, escritores e performers. E quanto mais fui divulgando, mais amigos fui fazendo.

Foi assim que eu conheci uma supertalentosa turma da ZL. Senta que lá vem história: um cara chamado Gilberto Petruche tem uma videolocadora em Sapopemba, a Charada Discos. O local, frequentado por roqueiros cinéfilos, acabou sediando shows e exposições. O grupo em torno dele foi crescendo e hoje já são mais dois bares que organizam saraus e eventos culturais variados: o Menino Muquito Bar e o Komb Bar. A partir dessa turma, formada por Edu Osmedio, Wander Bourbon, Tom Kbélo e outros, descobri vários artistas que fazem a alegria da moçada da região. São bandas que tocam rock, do punk ao metal, do pop à mpb, do progressivo à psicodelia, e é tudo misturado. Uma das misturas que mais me chamou a atenção foi a da banda CiriloAmém.

A banda tocou recentemente (e arrebentou) no Sarau da Maria, no Sarau do Clube Caiubi e fez show no Boutique Vintage. CiriloAmém é uma banda carismática. Onde passa, recruta fiéis seguidores. Seu nome sugere um repertório gospel, né? Mas, esquece: a Cirilo não dá mole. É banda que contesta, com letras antenadas e levadas dançantes, num repertório autoral sensacional. Vá ao show e comprove. É mpb inteligente, sem ser ‘cabeça’. É rock que balança o esqueleto e os músculos do intelecto. E tem postura indignada. É bem humorada, mas não veio ao mundo a passeio. A banda tem um ep bem gravado (mais acima), porém padece de um material de divulgação que faça jus à performance ao vivo. Os caras impressionam, emocionam, arrebatam e divertem. Você tem um caderninho de melhores bandas? Claro que não. Mas se tivesse eu ia dizer: ‘então, anote lá, moleque: CiriloAmém’. Essa é pra ver ouvir cheirar fumar e comer com farinha. Vai na minha e pode curtir: é a melhor banda que tem por aí.

A banda CiriloAmém é formada por esses figuras aí da foto (pela ordem): Filipe Cirilo (guitarra), Telo Ferreira (bateria e percussão), Katia Aqkino (voz e percussão), Sergio Basseti (baixo) e Rafael Cirilo (violão, voz e teclado).

 

… … …

DESCONCERTOS DE POESIA

… … …

Ontem, quarta-feira, estive na Patuscada para acompanhar mais um sarau Desconcertos de Poesia, organizado e apresentado pelo poeta Claudinei Vieira, que lançou seu livro ‘Yliê-Samê… como estiletes para riscar brumas’ (montado artesanalmente por Lunna Guedes, da editora Scenarium Plural). Foi uma bela noite poética, com os convidados Lilian Sais, Vitor Miranda, Cel Bentin e Joel Dias Filho declamando alternadamende. Manoel Herzog (também conhecido por Germano Quaresma) homenageou Lilian e escreveu um poema para ela na hora, durante o sarau. E, além do palco aberto e da tradicional feirinha do Bazar Para Tudo, ainda rolou música da boa, a cargo da dupla Brunera (ao violão) e Paulo César de Carvalho (declamando e cantando). Dá uma olhada nas fotos do Claudinei e sente o clima. Saí de lá feliz da vida!

 

… … …

‘PRIMEIRA FEIRA DE LIVROS E
POESIA’, NO ARMAZÉM DA CIDADE

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – das 10h às 22h … Primeira Feira de Livros e Poesia … O editor Carloz Torres, da Editora Essencial, em parceria com Catraca LIvre, Vitrine.com e Armazém da Cidade apresenta a primeira edição da feira, que recebe editoras e artistas independentes da cidade, em meio a saraus, contação de histórias, lançamentos, shows de música e variadas manifestações culturais. Entrada franca. Participam, além da Essencial, as editoras Reformatório (Marcelo Nocelli), Patuá (Eduardo Lacerda), Padê Edições (de Brasília) e Edições Tietê (Paulo D’Auria). Vai ser uma festa linda. Veja os artistas que já confirmaram presença:

VOPO – Vozes Poéticas – Jovens da Vila Maria
Palestrante e escritora Anieli Talon
Poetas do Tietê (com o menino escritor Akani)
Poeta e escritor Claudinei Vieira
Contadora Francine Machado
Poeta Daniel Carvalho

Músicos Eder Lima e Ligia Regina Lima
Escritor João Caetano do Nascimento
Educadora e escritora Lisandra Pingo
Mestre Valdenor Silva Santos e a capoeira
Poeta Deolinda Nunes

Escritor e escultor Euflavio Gois
Poeta e escritor Zé Sarmento
Poeta Milton Luna
Jornalista e educador social Guga Dorea
Músico e professor Marcos Fonseca

Professora e poeta Flávia Perez (Flá Perez)
Escritor José Severino Pessoa
Músico e compositor Ayrton Mugnaini Jr.

E este blogueiro e músico que vos fala também estará por lá. Ainda vai ter estande de autores independentes, varal de poesias e fotos, projeção de fotos e vídeos no telão e transmissão ao vivo pela net. No Armazém da Cidade, à rua Medeiros de Albuquerque, 270, na Vila Madalena.

 

… … …

BALADA LITERÁRIA

… … …

De 8 a 12 de novembro – Teresina, Salvador e São Paulo … A Balada Literária chega à décima segunda edição. Criada pelo escritor Marcelino Freire, sempre celebrou a diversidade. Como afirma o ‘torquatiano’ texto oficial do evento, ‘todos os gêneros literários. E sexuais. Uma festa que mistura, provoca, sinaliza. Estreita as distâncias, trazendo criadores e criadoras do Brasil inteiro. Dela já participaram de jovens poetas a críticos consagrados. De grandes nomes da mpb a bandas alternativas. Todo mundo junto. Do jeito que o homenageado deste ano gostava de ser. E de viver. Transitando por várias linguagens: música, literatura, artes plásticas, cinema’.

‘Um artista à margem que esteve no centro das grandes questões de seu tempo. E à frente dele. Daí o piauiense Torquato Neto ser a grande inspiração para a festa deste ano: uma em Teresina, outra em Salvador. E a Balada final em SP. São dezenas e dezenas de convidados reunidos, “na medida do impossível”. Prontos para celebrar o Anjo Torto que dizia “só quero saber do que pode dar certo”. Avante, contra tudo que está “atrasado” por aí, não temos tempo a perder. “A bomba explode lá fora / E agora, o que vou temer? / Oh, yes, nós temos banana / Até pra dar e vender’.

Ao longo do agendão, aparecem alguns eventos ligados à Balada, em SP. Mas você pode ver a programação completa nas três cidades aqui: http://baladaliteraria.com.br/programacao/

 

… … …

VAGYNA DENTATA

… … …

Sexta-feira a domingo – 10 a 12 de novembro – Fúria II: Vagyna Dentata – Mostra de Arte e Interação Feminina … Organizada pela Caetana (plataforma audiovisual que celebra a cultura, a criatividade e a beleza das mulheres) e pelo Atelier Georgia Halal, se estende por três dias a segunda edição da Mostra Fúria, com show, peça, filme, debates e exposições. Nas palavras delas mesmas: “estamos furiosas para promover mudanças. Por isso, juntamos várias mulheres para falar sobre temas que nos incomodam. A segunda edição da Fúria é sobre a vagina.”


“O mito sobre a Vagina Dentata – avisando dos perigos do sexo com mulheres desconhecidas – pode ser lido de diversas maneiras, por exemplo, o jeito que a vagina é tratada na sociedade, como um “pedaço de carne”. Quando você fala da vagina de uma mulher, você está mexendo com seu cérebro. Por isso, devemos amar nossas vaginas. Infelizmente, os homens não aprenderam a amá-las por conta da sociedade patriarcal que ao invés de considerar a vagina como sagrada, fonte de vida, considera-a algo profano e sujo.”

“Ao longo da história, desassociaram a vagina da mulher, como se ambas não pertencessem uma à outra. Porém, ambas são maltratadas e desrespeitadas. Este é um manifesto sobre a vagina. Amem as suas. Amem as das suas amigas. Uma vagina amada, é uma mulher feliz. Tabu é amar sua vagina. É falar sobre a vagina. É entender a vagina.”

A programação está detalhada nos três cartazes acima. Participam do evento as artistas:
Fernanda Guedes
Melissa Gomes Baltazar
Thany Sanches
Angelita Cardoso
Giovanna Sobral
Roseli Vaz
Ale Marques
Mariane Capeletti Alkamin
Luisa Callegari
Layane Freire
Marta Max (Marta de la Parra)
Ana Harff
Beatriz Ribeiro de Sena
Clarissa Camargo
Maria Spector
Camila Fraga
Luiza Prado

Pra terminar, um dos maravilhosos quadros da artista plástica Angelita Cardoso, que participa do evento, e esse link de uma matéria com nove curiosidades a respeito da vagina. A Mostra acontece no Atelier Georgia Halal, à rua dos Pinheiros, 339.

 

… … …

SARAU DESVIRTUAL

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – das 20h às 23h … Sarau desvirtual edição número 3 … O Menino Muquito Bar é um point de resistência cultural da ZL que abre espaço para apresentações autorais de artistas independentes. É lá que acontece o Sarau Desvirtual, organizado por Giuliano Del Sole e a Jardim Psicodélico Produções, coletivo que já promove festas, shows e eventos diversificados de perfil alternativo, como Doces Tardes de Domingo, Festival Mosca Branca e A Idade da Terra em Transe.

Além do palco aberto para poetas, músicos e performers, o sarau terá também alguns convidados: Roberto Bezerra Dos Santos (o ‘Professor Betinho da Zona Sul’), Tom Kbélo (direto do Jardim Sinhá, ‘o mais psicodélico e perigoso da leste’), Douglas Farias e Eduardo Osmedio (tocando Farpas e VillaNova) e Giuliano del Sole (da banda Sapo Kambô). E ainda tem a tradicional Feira de Vinil da Charada Discos. Este blogueiro que vos escreve também estará lá (obrigado ao Edu Osmedio e a todo o pessoal pelo convite). Na av. Vila Ema, 5090, com entrada franca.

… … …

TROCAS ELÉTRICAS

.. … …

Domingo – 12 de novembro – 15h … Trocas Elétricas – evento com  pocket-shows e palestras … Para discutir empreendedorismo cultural, o Jardim Elétrico, empresa de mídia e notícias, promove evento visando entender quem são as pessoas que hoje atuam no palco e nos bastidores e o que deu certo e errado para cada um, além da troca de experiências e contatos. Na rua Caetés, 400, em Perdizes. Veja a programação:

14h: abertura com Carol Tavares + pocket-show de Indy Naíse (acima)
15h: Marcelo Costa (Scream & Yell) e Arnaldo Afonso (eu mesmo) contam como você deve acessar um jornalista para mostrar seu trabalho
15h30: Lucas Adon faz pocket-show e dá dicas práticas sobre expectativa, realidade e frustração
16h30: Os youtubers do DRelacionamentos falam sobre como monetizar e fazer melhor uso de vídeo

17h: Ekena (acima) faz pocket-show
17h30: Iasmine Amazonas fala de distribuição digital de música e marketing digital artístico
18h: Thiago Borbolla fala da sua experiência (MTV, Emmy, Judão) e de como competir no mercado
18h30: Jota.pê (aquele, do The Voice Brasil) faz pocket-show
19h: Verônica Merege conta sua experiência (Warner, TNT) e fala sobre planejamento
19h30: Sarau

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

CURSO – em novembro … Oficina de publicação e edição de livros … O escritor e editor da Reformatório, Marcelo Nocelli, ministra um curso rápido de edição/publicação de livros, destinado a escritores, autores estreantes, interessados em editar e/ou publicar um livro, ou a todos que queiram trabalhar com edição ou iniciar um selo editorial (editora independente). O curso acontece nos dias 21, 22 e 23 de novembro (terça, quarta e quinta-feiras), das 19h às 22h, na Livraria Zaccara, à rua Cardoso de Almeida, 1.356, em Perdizes. Investimento: R$200. Vagas limitadas. Inscrições pelo fone (11) 3384-0908 ou pelo e-mail loja@livrariazaccara.com

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 16h … Lançamento VideoClipe Homem sem Rosto … A cantora e compositora Raquel Martins, em parceria com a produtora Jô Bittencourt, lança o videoclipe de sua canção “Homem sem rosto”. Inscreva-se no canal www.youtube.com/raquelmartinsoficial e assista. Em 2015, a dupla lançou ‘O som da massa’ (veja acima).

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 18h … Obinrin Trio no Parlapatões … Formado por Elis Menezes, Lana Lopes e Raíssa Lopes, o Obinrin Trio busca resgatar as raízes da mpb. Show com participações de Marina Melo, Ananda Marques?, Andressa Brandão e Ekena. Entrada franca (mas colabore se passarem o chapéu). Na praça Roosevelt.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 18h … Música no Vão – Otis Trio … Terceira edição do projeto com eventos gratuitos de bandas brasileiras no vão livre do MASP (shows, discotecagem e lounge com opções de comidas e bar, para resgatar proposta da arquiteta Lina Bo Bardi para o lugar, pensado como espaço de lazer e convivência para a população). Nesta edição, show de Otis Trio, grupo influenciado pelo bebop, free jazz e jazz europeu. Na avenida Paulista, 1578.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h … Lançamento: “Orelhas – O livro dos livros imaginados” … Integrando a ‘Balada Literária’, a mesa “Marginália II” tem bate-papo de Carol Rodrigues e Juliana Rosemberg, do grupo Djalma, com Paulo Lins, autor do livro “Cidade de Deus”, comemorando 20 anos de seu lançamento. Depois, às 20h, lançamento de “Orelhas – O livro dos livros imaginados”, do Djalma (12 autores formam o grupo – ver cartaz). Na Tapera Taperá, à av. São Luiz, 187, 2º andar, loja 29, na Galeria Metrópole.

… … …

Quinta, sexta e sábado – 9, 10 e 11 de novembro … SP) Os Desafios do Autor … O método de trabalho, as técnicas, a finalização, a edição e a publicação: essas fases são temas abordados no curso “Os Desafios do Autor”, conduzido pelo escritor Roberto Amado, que ministra oficinas de criação literária há mais de 20 anos e tem oito livros publicados. Quinta e sexta, 19h às 21h, sábado, das 9h às 13h. No Mova – Coletivo Cultural, à avenida Prestes Maia, 241, sala 805 (metrô São Bento ou Anhangabaú).

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h … Angatu – no Instituto Sarath … Música instrumental com choros, baiões e arranjos do cancioneiro brasileiro. O Angatú é formado por Pedro Vithor Almeida (sax e flauta), Chico Inácio (violão), Gustavo Araujo Borges (cavaquinho) e Leandro Canhete (pandeiro). O projeto é formado por jovens músicos atuantes no cenário de música popular brasileira. Entrada franca. Na rua Humberto I, 183, na Vila Mariana.

… … …


Quinta-feira – 9 de novembro – 19h … Sarau Composição Urbana – Mano Lyee e Convidados … Sarau com palco aberto e convidados (clique no cartaz para ler melhor).

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h … Estreia ‘CineMagia’ – no Belas Artes … Documentário conta a história das videolocadoras de SP. Foram cerca de 55 gravações, envolvendo mais de 20 videolocadoras, como a Vídeo Norte, Hobby Video, Real Video, Splash, Roma Video, Top Cine e Omni Video. A Charada, de Gilberto Petruche (ver matéria sobre a banda CiriloAmém, no alto) também é citada. Na rua da Consolação, 2.423. Sessões diárias até 15 de novembro.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h … Sarau Palavra Subterrânea: Edição 3 – Especial Torquato Neto … Sarau organizado pelos poetas Pedro Tostes e Daniel Perroni Ratto, traz os músicos Gustavo Galo, Gustavo Cabelo e Tomás Bastos, integrantes da Trupe Chá de Boldo, que farão um especial só com músicas de poemas e letras de Torquato. Sarau com palco aberto e poetas convidados: Fabiano Fernandes Garcez, Lilian Sais e Rubens Jardim. Na Sensorial Discos, à rua Augusta, 2389.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h30 … Abertura da Mostra do Curta-Metragem do Alto Tietê … O coletivo Lentes Periféricas e a produtora Ateliê de Imagens (de Suzano) anunciam o festival ‘Curta Suzano – Mostra do Curta-metragem do Alto Tietê’, que selecionou 21 filmes da região. As obras concorrem nas categorias: melhor ator, atriz, montagem, roteiro, direção, filme e filme escolhido pela audiência. As estatuetas foram criadas pelo escultor Euflávio “Madeirart” Góis, especialmente para a mostra. As exibições acontecem nos centros culturais Francisco Moriconi, Palmeiras e Colorado, e na escola Prof. Geraldo Justiniano. A festa de premiação é no dia 12 de novembro (domingo), às 19h, no Centro Cultural Francisco Moriconi, centro de Suzano.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h30 … Lendário Negro & Iasmin Olí na Aldeia Satélite … Como parte da programação do Festival do Livro e da Literatura deste ano, os artistas da Aldeia apresentam o espetáculo ‘Lendário Negro: Memórias e Registros’ (às 20h), com Claudemir Santos, Marcos Fersil, Mariana Santana, Ivan Neris e Deise Leite. Encerrando a noite (às 20h45), show da cantora e compositora Iasmi Olí. Entrada franca. Na rua tenente Luís Fernando Lobo, 118, em São Miguel.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 19h30 … Quintas Elétricas e Delirantes do Refresco Lisérgico Autoral … Primeira edição da festa tem show com as bandas Santo Veneno Rock e Capitão Bourbon, além de discotecagem da Coletiva inSONIAS: Ju Juliete e Trilha Sonora da Carol (Carol Marinho Martin). Ouvi dizer que o músico Vander Bourbon faz niver e vai ‘pagar todas’, mas deve ser zoeira do seu amigo Tom Kbélo. No Deu Onda Beer, à rua Roberto Feijó, 96, na Vila Prudente.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 20h … Encontro de Expressões … Sarau organizado pelo artista Cale Narman, com palco aberto a todas as expressões artísticas. Entrada franca. No Grão Espresso, à rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 20h … Palco Madalena – 6ª Edição … Sexta edição do projeto autoral de música e teatro, com dois palcos para as apresentações. Sarau especial de comemoração do aniversário de um dos curadores, João Aranha. Na rua Fradique Coutinho, 1332, na Vila Madalena.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 21h … Ribanceira … A peça tem texto de Aramyz, direção de Maria Basilio e uma emocionante atuação do ator e poeta Antonio Ginco. “Ribanceira” é um texto inspirado na observação de uma realidade vivida por muitas famílias no Brasil e em outros países. Leva à cena o Zé, personagem sem sobrenome que representa os diversos sobreviventes de catástrofes, sejam as causadas por enchentes, pela falta de recursos financeiros ou pela impotência de quem vive nesse lado abandonado da humanidade, à margem das benesses do dinheiro e do poder. A temporada vai até 7 de dezembro, sempre às quartas e quintas-feiras, às 21h, com ingressos a R$50 (inteira) e R$25 (meia). No Espaço Cia da Revista, à alameda Nothmann, 1135 (entre as estações de metrô Santa Cecília e Marechal Deodoro).

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 21h … Alzira E arrudA – Balada Literária 2017 … No show, Alzira e arrudA comemoram 10 anos de parceria, com uma seleção de suas composições, intercaladas com as performances poéticas de arrudA, acompanhadas dos músicos Luiz Waack e Pedro Marcondes. Participação da cantora, compositora e parceira Lucina. Na Casa de Francisca, à rua Quintino Bocaiúva, 22, na Sé.

… … …

Quinta-feira – 9 de novembro – 21h30 … ProjetoSolo – Show Camila Brasil – Entrada Franca … A cantora, compositora e guitarrista paulistana Camila Brasil apresenta canções de seus últimos trabalhos e releituras. Participação do cantor e compositor Jota.Pê. No Estrella Galicia Estação Rio Verde, à rua Bemiro Braga, 119.

… … …

Sexta-feira, sábado e domingo – 10, 11 e 12 de novembro … Focus Cia de Dança – em Angra dos Reis … Companhia apresenta o espetáculo ‘As canções que você dançou pra mim’, montagem que está há seis anos em cartaz e é sucesso de crítica e público. Direção e coreografia de Alex Neoral. Ingressos a R$20 e R$10. No Teatro Municipal de Angra dos Reis, no RJ. No sábado, oficina de dança contemporânea gratuita, das 15h às 17h (mande email para focusciadedanca@gmail.com).

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 14h … Poetas Ambulantes na Biblioteca Paulo Duarte … Nesta edição, além dos poemas líricos e revolucionários, os Poetas batem papo com os convidados Deusa Poetisa e Gilberto Costa sobre o tema “Ser negro: ontem e hoje”. É mês da Consciência Negra e a biblioteca tem um grande acervo de Literatura Negra. Na rua Arsênio Tavolieri, 45, no Jabaquara.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 15h … Peripatético na Semana Paulistana do Curta-Metragem 2017 … Exibição do filme ‘Peripatético’ (15 minutos, colorido), da diretora Jéssica Queiroz, que ganhou o prêmio de Melhor Roteiro de Curta e o Prêmio Especial do Júri no 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. No elenco, Larissa Noel, Alex de Jesus, Maria Sol, Miriam Lima e Joice Teixeira.

Exibição de ‘Peripatético’ também no sábado, dia 11, às 17h. No Centro Cultural São Paulo, à rua Vergueiro, 1000.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 19h … Tokakela – rock na Carauari … Banda Tokakela toca o melhor do pop e do rock’n’roll, com músicas autorais e covers de Legião, Ira, Titãs e outros. Entrada franca. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

Sexta, sábado e domingo – 10, 11 e 12 de novembro … Dança – Eu por Detrás de mim … A Companhia de Danças de Diadema, com mais de 20 anos de história, apresenta o espetáculo “EU por detrás de MIM”, indicado para o Prêmio APCA de 2017. Com direção e coreografia de Ana Bottosso, a montagem se inspira em obras do artista visual dinamarquês Olafur Eliasson e no conto O Espelho, de Guimarães Rosa. Entrada franca. Na Galeria Olido, à av. São João, 473. Sexta e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 20h30 … JC no The Brothers Again … Músico, conhecido pelo cover que faz de Led Zeppelin, apresenta o melhor do pop rock nacional e internacional. Na av. Buturussu, 1250.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 21h … Caravana Solidão … O violeiro Fabio Miranda lança seu primeiro cd solo, Caravana Solidão. No show, acompanhado por Bruno Menegati (rabeca), Alex Lino (baixo) e Fernando Miranda (percussão). No repertório, modas de cururu, cateretê, pagode-de-viola, batuques e rasta-pés. Na Brazileria, à rua Clélia, 285.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 21h30 … Os Amanticidas … Ótima banda traz as canções do primeiro cd. Entrada R$45. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360, na Vila Madalena.

… … …

Sexta-feira – 10 de novembro – 22h … Juli Manzi canta Nei Lisboa na Gramo … Dando sequência ao projeto “Juli Manzi Crooner”, o cantor e compositor gaúcho, radicado em SP, homenageia o conterrâneo Nei Lisboa, em show ao lado dos músicos Moisés Moita e Tonho Penhasco. Nei é o autor dessa pérola gravada por Caetano (no vídeo acima). Douglas Mam faz show de abertura. Antes, conversa sobre o livro ‘Cena Musical Paulistana dos anos 2010’, de Thiago Galletta. Depois, tem a festa Magical Inventions, com os djs Perroni Ratto e Thiago Galletta. Entrada R$12. Na rua Bento de Abreu, 223, na Vila Romana.

… … …

Sábado – 11 de novembro – das 11h às 23h … Feira Miolo(s) 2017 … Evento anual de arte gráfica organizado pela editora Lote 42 e Biblioteca Mário de Andrade desde 2014, para estimular e expor a produção de editoras, coletivos e artistas contemporâneos. Além da feira de publicações independentes, haverá exposição de Morris Cox, palestras, show de Enzo Banzo, discotecagem do DiMangaba e poesia. Na rua da Consolação, 94. Programação completa no site http://www.lote42.com.br/feira-miolos

… … …

Sábado – 11 de novembro – 11h … Vozes, Versos: Leituras de poesia … Poetas contemporâneos lendo seus próprios poemas, suas traduções ou inéditos. Apenas um encontro: algumas vozes, alguns versos, e os ouvidos atentos de quem se interessa pelo que os poetas têm a dizer. Em parceria com a Editora Quelônio, a cada encontro serão lançadas plaquetes em tipografia com poemas dos convidados. Entrada franca. Poetas convidados: Alberto Bresciani, Ana Estaregui e Mar Becker. Na Tapera Taperá, à av. São Luís, 187, 2º andar, loja 29 (Galeria Metrópole).

… … …

Sábado – 11 de novembro – das 11h30 às 20h … IV Festival Autônomo Feminista … A Coletiva Vulva da Vovó organiza festival de arte e cultura feminista, com sarau, debates, exibição de filme, show e performances (clique no cartaz para ler melhor). Entrada franca. Na Vila Itororó Canteiro Aberto, à rua Pedroso, 238.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 13h … Sarau Simpósio de Artes Integradas – Amparo Literário … Organizado pelo escritor Alba Atróz, sarau tem palco aberto e convidados. Nesta edição, Makenzo Kobayashi, Rafael Carnevalli, Carol Peixoto, Salvador Oliva, Licença Poética e Dkj Rap, entre outros. Na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 13h … Horti-Cultural Orgânicos + Artes … Projeto visa valorizar o conceito da sustentabilidade, a agricultura familiar e as artes como fator de equilíbrio emocional e saúde.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 14h … Sarau Veia e Ventania na Biblioteca Afonso Schmidt … Os Poetas do Tietê realizam sarau na Biblioteca, com microfone aberto (na av. Elísio Teixeira Leite). Eles também fazem o Poesia na Faixa (pelas ruas), o Sarau Asas Abertas (nos presídios e na Fundação CASA), o Ocupaz (Brasilândia) e saraus para a população em situação de rua.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 14h … Fanzinada na Casa Lilás … Com exposição de fanzines, bate-papo sobre meios alternativos de arte e contra cultura, arte sustentável e Oficina de Fanzine. Na Casa Viva Lilás, à rua Chapecó, 109, em Santo André.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 14h … Sarau Pensamento – Especial 5 Anos … Na edição de niver, os destaques são o palco aberto e uma superbanca para expor as obras de todo mundo que chegar. Pocket-show da Banda Apologia Groove, varal de fotoesias e DjRoger discotecando. Na praça Ivan Braga de Oliveira, no Terminal Municipal de Embu Guaçu.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 14h … 62ª edição do sarau Poesia é da hora (São Mateus) … Coletivo poético organiza saraus mensais para (e com) pessoas em situação de rua, em centros de acolhida e ocupações de resistência. No Centro de Acolhida São Mateus, à avenida Mateo Bei, 1409.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 15h … Ciranda Literária: Feminismo Africano de Paulina Chiziane … A professora e escritora Larissa Lisboa conduz ciranda de leitura e debate de texto da escritora moçambicana Paulina Chiziane. Na União de Mulheres de São Paulo, à rua Coração da Europa, 1395.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 16h … Lançamento – Golpe: antologia-manifesto … Livro organizado por Ana Rüsche, Carla Kinzo, Lilian Aquino, Lubi Prates e Stefanni Marion, com prefácio de Marcia Tiburi e texto da orelha por Dilma Rousseff, junta trabalhos de diversos artistas tendo como assunto a destituição da presidente eleita e o golpe que resultou em Temer. Com declamação de poemas, projeções e expo de fotos. O exemplar estará à venda por R$38. Na Tapera Taperá, à v. São Luiz, 187, 2º andar, loja 29, na Galeria Metrópole.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 16h30 … Nova Música – Vitoru Kinjo … O excelente compositor, cantor e pesquisador paulistano Vitoru Kinjo (de quem já falei AQUI), traz ‘na natureza de suas canções a emoção e o espírito de um tropicalismo asiático-brasileiro’. Vitoru canta, toca violão e teclado e é acompanhado por Fernando Sagawa (sopros), Guilherme Kafé (violão e voz), Ivan Banho (percussões) e João Antunes (baixo e guitarra). Participação do cantor Eduardo Colombo. Na Fundação Ema Klabin, à rua Portugal, 43, no Jardim Europa.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 17h … Lançamento do livro ‘Negros e Alvos’ … Livro de estréia de Monahyr Campos, texto teatral aborda problemas psíquicos causados pela discriminação racial. Editado pela Giostri, com ilustrações de Lais Oliveira. Pocket-show com as canções que fizeram parte da trilha sonora original da peça. Na Casa das Rosas, à avenida Paulista, 37.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 17h … 36º Sarau do Gatto … Evento mensal e gratuito organizado por Alberto Gattone abre espaço para contação de histórias e leitura de poemas. No Centro Cultural Olido, à avenida São João, 473.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 18h … Kali no SESC São José dos Campos … Kali é uma banda da região amazônica que mistura ritmos latinoafricanos ao jazz e ao pop contemporâneo. Formada por Kali Tourinho (vocal), João Vedana (guitarra), Paulo “Cascão” (baixo) e Felipe Oliveira (bateria), banda apresenta seu novo trabalho “Coisas da sua Cabeça”. Na av. Adhemar de Barros, 999, em São José.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 18h … Sarau Do Vale – 32° Edição … Sarau com palco aberto, artistas da casa e os convidados Daniel GTR (poesia), Gustrago (poesia e rap), mc Cacau Rocha (dança, poesia e música), Funktásticos (danças urbanas), Povo Positivo / O lado Negro da Força (rap) e Agatha Frank (música e poesia). Na rua Wladimir Cardoso, 4, no Recanto Verde do Sol.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 18h30 … 104° Sarau Bodega do Brasil … Poeta e cordelista Costa Senna apresenta sarau com palco aberto e entrada franca. Na Ação Educativa, à rua General Jardim, 660.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 19h … Lançamentos & Arremessos na Patuscada … Entre leituras e conversas, sarau com convidados e palco aberto. Aline Bei lança seu romance ‘O Peso do Pássaro Morto’ (leia mais clicando no cartaz). Na Patuscada – Livraria, bar & café, à rua Luís Murat, 40.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 19h … Sarau di versos Encarnados … No sertão da Paraíba é muito comum, à noitinha, as pessoas pegarem suas cadeiras e sentarem-se às calçadas para prosear. Nessas ocasiões, a conversa é repleta de causos, mentiras, piadas e poesias. É neste embalo que rola o sarau, com o poeta Paulo Dantas e os instrumentistas Diego Marques e Edu Guerra. Contribuição R$10. No Ferradura Bar, à rua Prof. Gieg, 15, em São Bernardo do Campo.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 20h … Lançamento – 81 Anos de Tom Zé – Meia Dúzia de 3 ou 4 … Banda faz show com as canções do cd em que reverencia o genial cantor e compositor baiano. Participações de Juliana Perdigão e Daniel Minchoni. Ingressos a R$20 e R$25. Na Casa do Mancha, à rua Felipe de Alcaçova, s/n. Leia o que já escrevi sobre a banda e seu cd AQUI.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 20h … Som da Estrada … A excelente dupla Som da Estrada, formada por Giliane Meireles e Valter Gusmão, apresenta belas canções autorais com cheiro de mato e ventos de liberdade, além de alguns clássicos da mpb. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 20h … Estreia – Hair, A Revolução Do Amor … Cena em Sol Produções apresenta a famosa peça dos anos 60 que retrata temas e tabus ainda atuais, como uso de drogas ilegais, liberdade sexual e integração racial. No Espaço Cia da Revista, à alameda Nothmann, 1135. Também aos domingos, às 20h. Ingressos a R$40 e R$80.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 20h … Lançamento Cordéis Dedicados … Mario Cabral lança livro na avenida Salgado Filho, 1453, em Guarulhos.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 20h30 … Daniella Alcarpe e Ruan Trajano – Nós por Nós … Apresentação do duo formado pela cantora paulistana Daniella Alcarpe e o compositor e violonista de Recife Ruan Trajano. Estreia de shows do projeto ‘Palco Madalena – Música & Cena’. Entrada R$20. No Papila, à rua Fradique Coutinho 1332, em Pinheiros.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 21h … Show de Nina Oliveira … Ótima cantora e compositora, Nina faz show e convida Theo Nagô, Bia Ferreira e Jota Pê. Ingressos a R$20. No Secretinho, à rua Inácio Pereira da Rocha, 25.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 21h … Encontros e Cantorias … Cícero de Crato faz show com participação de Adilson Casimiro. Entrada franca. No Bar do Frango, à av. São Lucas, 479.

… … …

Sábado – 11 de novembro – 21h … Lançamento – ‘Tranqueiras Líricas’ na Balada Literária … Poemas e voz de Marcelo Montenegro acompanhados pela guitarra, violão e arranjos de Fabio Brum. Lançamento do cd que registra o espetáculo que os dois fazem desde 2005, dizendo poemas ao som de rock´n´roll, blues e jazz. Participação da cantora Vanessa Bumagny. No Estúdio Lâmina, à avenida São João, 108.

… … …

Domingo – 12 de novembro – 15h … Trocas Elétricas – evento com  pocket-shows e palestras … Para discutir empreendedorismo cultural, o Jardim Elétrico, empresa de mídia e notícias, promove evento visando entender quem são as pessoas que hoje atuam no palco e nos bastidores e o que deu certo e errado para cada um, além da troca de experiências e contatos. Na rua Caetés, 400, em Perdizes.

… … …

Domingo – 12 de novembro – 15h … 61º Sarau da Casa Amarela … Organizado pelo poeta Akira Yamasaki, e seus fieis escudeiros Escobar Franelas e Luka Magalhães, o Sarau da Casa Amarela apresenta, a cada edição, aproximadamente sete horas ininterruptas de música e poesia, num clima de amizade e encantamento. Neste domingo, o saudoso músico Raberuan, lembrança viva da história do movimento cultural de São Miguel, será homenageado através de suas canções, histórias e amigos. E ainda tem palco aberto e convidados especiais (veja o cartaz). Na rua Julião Pereira Machado, 7, em São Miguel Paulista.

… … …

Terça-feira – 14 de novembro – 19h … Terça Autoral – 19ª Edição … Sarau organizado por Wolf do Vale e Fabricio Dias, auxiliados por Lucas Golinelli, abre espaço para todas as artes. Nesta edição, palco aberto e o convidado Elton Oliveira, historiador e contista. Entrada franca. Na rua Hungria, 128, em Guarulhos.

… … …

Terça a sexta-feira – 14 a 17 de novembro – 20h30 … Severina – Da Morte a vida (Curta Temporada) … Peça inspirada na obra de João Cabral de Melo Neto, ‘passeia pelos fios embaraçados de um cruel sistema, buscando revelar e desfazer os nós de nossa identidade, humana’. Texto de Will Damas e direção de Naruna Costa. Pague quanto puder. No Espaço Clariô, à rua Santa Luzia, 96, em Taboão da Serra.

… … …

Terça-feira – 14 de novembro – 21h … Cale Narman e Grupo de Música e Dança … Show com músicas de Cale Narman e elementos de domínio público, numa viagem sonora da Índia ao nordeste brasileiro, passando por canções mouras e ciganas. Abertura da Cia Luna Negra de dança, de Lunita Fernandez e o grupo de alunas de dança do ventre do Hajla Studio, de Hajla Sandra. Entrada R$15. No Teatro Paiol Cultural, à rua Amaral Gurgel, 164.

… … …

Terça-feira – 14 de novembro – 21h … O Baile do Vadio – Edição 1 – Convidado: Luis Dillah … Todas as terças-feiras, no Bar do Julinho, o cantor e compositor Thiago K, acompanhado de Alex Sengling, no baixo, e Ivan Alves, na bateria, apresenta ‘O Baile do Vadio’, com repertório autoral e um convidado especial. Nesta primeira edição, o mineiro Luis Dillah. Couvert R$15. Na rua Mourato Coelho, 585.

… … …

Terça-feira – 14 de novembro – 21h … Quinta Autoral (na terça!): com Hilda Maria … Show de todas as quintas foi antecipado devido ao feriado. Nesta terça, a cantora e compositora paulista Hilda Maria. No Stue, à rua Girassol, 320.

… … …

Terça-feira – 14 de novembro – das 23h às 6h … Trupe Chá de Boldo – no Mundo Pensante … Banda apresenta as músicas de seu novo disco, “Verso”. São composições de Alzira E, André Abujamra, ArrudA, Gero Camilo, Iara Rennó, Juliano Gauche, Léo Cavalcanti e Marcelo Segreto, entre outros. No Mundo Pensante, à rua Treze de Maio, 830. Com discotecagem do dj Papaleo. Entrada franca até 0h. Após, R$25.

… … …

Quarta-feira – 15 de novembro – 11h … IÁ na Paulista Aberta … A cantora Iá, que lançou cd recentemente (vídeo acima), faz show com músicas autorais e releituras de compositores como Lenine, Caetano Veloso, Lulu Santos e Red Hot Chilli Peppers. Em frente ao Edifício Gazeta.

… … …

Quarta-feira – 15 de novembro – 16h … Escangalhar – Sarau da Proclamação: Lançamento da coletânea … Livro, organizado por Plínio Camillo, é um dos resultados da Oficina Escangalhar, no Espaço Kazuá. Haverá discussões e leituras dos textos (clique no cartaz e leia melhor os nomes dos autores). Na rua Ana Cintra, 26, em Santa Cecília.

… … …

Quarta-feira – 15 de novembro – 16h … festa Utopia no Bixiga … Festa tem parceria do Coletivo Cidadelas com parte da verba destinada ao Projeto Escalada. Às 16h, concentração e esquenta com o Bloco Cordão do Jamelão, no escadão do Bixiga. Veja programação no cartaz. Entrada R$15. Na rua 13 de maio, 70, no “Espaço Zé Maria Nogueira”.

… … …

Quarta-feira – 15 de novembro – 21h … Gringa Music apresenta – G4 do Congo … Quarteto, formado por músicos do Congo residentes em SP, faz releituras da canção congolesa contemporânea, como rumba, mutuashi, soukous e odemba. No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269. Couvert R$10.

… … …

Quarta-feira – 15 de novembro – 21h … Zéu Britto no Teatro da Rotina … Com 20 anos de carreira no teatro e na música, o artista multimídia faz show ‘voz e violão’. Ingressos a R$20 (antecipado) e R$40 (porta). À rua Augusta, 912.

… … …

Quartas-feiras – até 29 de novembro – 21h30 … Anhangabahy no Centro Cultural Butantã … O CCB recebe, às quartas-feiras, a banda Anhangabahy, formada por Hévelin Gonçalves, Rui Condeixa Xavier e Wady Issa Fernandes, artistas de práticas múltiplas, no teatro, na literatura e na música, que se uniram para dar voz aos sambas de Condeixa. Ingresso na base do ‘pague quanto puder/quiser’. Na av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882.

… … …

Até novembro … Derivas Abertas _ CCSP (Projeto Deslocamentos Sonoros) … O Coletivo Teatro Dodecafônico foi selecionado pelo 6º Edital de Projetos de Mediação em Arte e Cidadania Cultural do Centro Cultural São Paulo. Na primeira fase, de setembro a novembro, realiza ‘Derivas Abertas’ pelos espaços e acervos do CCSP. Depois, convida a todos para percorrer e conhecer seus corredores, rampas, discos, livros, documentos e etc, de maneira experimental e lúdica. Cada ‘deriva’ começa e se encerra no mesmo dia. O material descoberto e as experiências vividas irão compor uma série de audiotours. As próximas serão dias 16 e 25 de novembro. Na Rua Vergueiro, 1000. Inscreva-se pelo www.goo.gl/osdufD

… … …

Até 19 de novembro – 20h … Das partes que se fazem todo – Galeria de Arte Digital/SESI … A coreógrafa e bailarina Andrea Pivatto e o Grupo Divinadança apresentam a obra ‘Das Partes que se Fazem Todo’, que combina dança, arte interativa e conteúdo audiovisual, em duas apresentações diárias de 10 minutos cada (às 20 e 21h). Um sensor transforma os movimentos em animações abstratas exibidas na fachada do edifício. Após as duas entradas, todos poderão tentar reproduzir os movimentos, criando suas próprias coreografias e vendo seu corpo transformado em imagem. Trilha sonora a cargo dos djs Fernando Dalla Hora e Vitor Moreira. Na programação, exibição de vídeos na segunda e na terça, das 20h às 6h, e de quarta a domingo, das 22h às 6h. No sábado (dia 18, às 17h), tem oficina gratuita sobre o diálogo entre dança e tecnologia com orientação de Rogério Lima e Andrea Pivatto. Na av. Paulista, 1313. Clique no link para inscrições e informações:
http://www.sesisp.org.br/cultura/galeria-de-arte-digital-sesi-sp-workshop.htm

… … …

Até 30 de dezembro – das 10h às 20h … Robert Frank: Os americanos + Os livros e os filmes … A obra de Robert Frank, um dos nomes mais importantes da história da fotografia, será apresentada em duas exposições no IMS Paulista: “Os americanos” e “Os livros e os filmes”, com entrada franca. Em paralelo às exposições, o IMS promove retrospectiva de sua filmografia, exibindo 25 títulos, entre curtas, médias e longas-metragens. Na avenida Paulista, 2424.

… … …

Até 14 de fevereiro/2018 … Exposição – Histórias da sexualidade … Com mais de 300 obras e cerca de 130 artistas, tanto do acervo do MASP, quanto de coleções brasileiras e internacionais, incluindo desenhos, pinturas, esculturas, filmes, vídeos e fotografias, além de documentos e publicações, de arte pré-colombiana, asiática, africana, europeia, latino-americana, entre outras. A mostra divide-se em nove núcleos temáticos e ocupa três espaços do Museu: o primeiro andar (Corpos nus, Totemismos, Religiosidades, Performatividades de gênero, Jogos sexuais, Mercados sexuais, Linguagens e Voyeurismos), a galeria do primeiro subsolo (Políticas do corpo e ativismos) e a sala de vídeo (Voyeurismos). No Masp, à av. Paulista, 1578. Só para maiores de 18 anos (pode isso, Arnaldo?).

… … …

ANOTE NA AGENDA >>> Sábado – 18 de novembro – 20H … SHOW DA MARIA … Com Deise Capelozza & Banda (21h) e Tião Baia & Banda (22h). Na semana que vem eu dou detalhes. Aguarde!

… … …

BOM FINDI A TODOS

… … …