Que bonito ver a diversidade de motes & motivos dos blocos carnavalescos. De rock, afros, gays, feministas, de ciclistas, da Rita Lee, do Alceu, dos bregas, de jazz, de big band, de música eletrônica, dos Beatles, de jornalistas, intelectuais, de saraus, de super-herois, blocos abordando ’empoderamentos’ vários, sustentabilidade, política, liberdade e meio ambiente. Blocos só de farra, de bebuns e malucos-beleza. Teve de tudo e foi importante cada gesto. Toda ocupação é uma festa. A cidade é de quem a habitar. De quem manda no terreiro e não quer ser estrangeiro em seu próprio lar.

… … …

BLOCO DA MARIA:
FOI LINDIMAISDIBÃO!

… … …

Como eu ainda tô animado, já comecei espalhando um montão de fotos (by Roberto Candido) do pessoal se divertindo lá no Bloco da Maria e coloquei as nossas marchinhas pra acompanhar o movimento. Como a marchinha desse ano ainda não foi postada no Youtube, deixo aqui sua letra e o link (no Facebook):

OS BICHO PIRA 
(Marcio Butarello e Arnaldo Afonso)

Não dão pro cheiro as fábulas de Esopo
E nem tão pouco a de George Orwell
Sai já daqui, espírito de porco
Meu bicho solto quer lua de mel

Cachorro baba, a gata engata, o pinto pia
Cigarra agarra, na cantoria
O galo pisca, o lobo mau rouba a galinha
E o elefante se declara a formiguinha

Au, au, au, au, au
O Bloco da Maria mata a cobra e mostra o pau
Au, au, au, au, au
Na Mercearia o Carnaval é animal

Não me censura santo do pau oco
Torre de chope não é de Babel
Estamos mais pra saltimbancos loucos
Queremos paz na terra e no céu

A bicharada enlouquecida
Abana o rabo feliz da vida
Brinca de esconde, pula-pula, põe e tira
Os bicho pira no Bloco da Maria 

Sábado rolou, pelo terceiro ano consecutivo, o bloco criado pelo Sarau da Maria. Foi lindo, foi demais, foi muito bom. Será que eu sonhei mais uma vez? A vida é tão dura, né? Em tardes assim, de tamanha alegria, a gente chega a desconfiar da realidade. Terá mesmo acontecido? Era eu cantando aquelas marchinhas falando das nossas ruas e bares, dos nossos lugares, da Vila Maria? Eram meus amigos lá, pulando feito crianças, reunidos na praça Carauari? Tantos abraços, sorrisos, tantos brindes à amizade e à felicidade coletiva. Um pouco antes, caiu um baita toró. Mesmo assim o povo veio… E a gente lavou a alma no suor da folia. Ainda ouço o coro dos mais de cem anjos pacíficos, bêbados, livres e felizes. Os saltimbancos loucos do Bloco da Maria.

(E ainda teve o aniversário da minha amiga Helen Torres. Parabéns, parceirinha querida!)

AGRADECIMENTOS >>> Que maravilha viver isso tudo. Mais uma vez, agradeço ao meu parceiro Marcio Butarello (um cara talentoso e generoso, que cantou e tocou cavaquinho do começo ao fim da festa), à Helen, Veronica, Kita, Deise, Flavia, Selma Baia e Tião (por apoiarem a gente e cantarem na gravação da marchinha); ao esforço do incrível pessoal do Sarau da Maria e às amigas da praça e da Vila; ao Sidney Kitagawa (pelo companheirismo e pela labuta no som) e ao Fernando Parpinelli (é uma baita responsa dirigir aquele carro no meio da folia); à Selma Bizon pelo capricho na edição dos videoclipes; aos nossos queridos anfitriões Andrea e Toninho (e à tchurma toda da Mercearia); ao brother Roberto Candido (espalhei várias fotos dele pelo post. Aqui você confere o ábum todo); enfim, agradeço a todos os muitos amigos que acreditaram nessa farra e foram lá mais uma vez pra colocar esse encontro na história das nossas vidas. Adorei! E, aguardem: no ano que vem vamos organizar, pela primeira vez, uma ala de ritmistas. É nóis… aqui é Vila Maria, mano!

 

EDITORIAL (OU MELHOR: OPINIÃO DE FOLIÃO) >>> Fico muito feliz com a recente e notável mudança no perfil do paulistano: de carrancudo a festeiro, de videota a rueiro. A garotada que ocupa as ruas esbanjando bom humor e alegria no carnaval também pode sair pra protestar contra abusos, injustiças e corrupções de todo o tipo. Há um hábito sendo cultivado: a cultura de ocupar as ruas em massa (coisa que dá um medo danado nos poderosos de plantão). A Parada Gay foi pioneira. A Virada veio atrás. As manifestações de 2013 e os atos pró e contra o impeachment seguiram o passo. A liberação da Paulista ao público, aos domingos, conscientizou. Muitas pequenas coisas foram ajudando: a criação das ciclovias, dos corredores de ônibus, as campanhas de valorização da vida e de respeito ao pedestre e ao ciclista, a diminuição da velocidade dos automóveis nas Marginais e a maior compreensão do óbvio discurso sobre a necessidade de se priorizar investimentos no transporte coletivo. Tudo vem se somando pra fazer com que a gente saia às ruas em grupos confiantes nos nossos direitos e plenamente representados em nossa diversidade étnica e cultural. Essa é a marca do carnaval de nossa querida éssepê (bem diferente do de outras cidades). Por tudo isso, não podemos permitir que manda-chuvas de plantão confinem ou setorizem nosso carnaval, com venda de abadás, circuitos específicos, patrocínios & negócio$$$ paralelos. Nós queremos a liberdade de ocupar as ruas. E cantar & trincar & brincar & brindar & soltar nossa voz. Deixa nóis!

… … …

MAIS CARNAVAL

… … …

Lançamento Carnaval 2018

"Juntinho é bem mais legal" 🎉💃🕺😘"Juntinho é bem mais legal" 🎉💃🕺😘LANÇAMENTO CARNAVAL 2018! A música é uma homenagem à poética e à musicalidade de um famoso artista baiano (quem adivinha qual?), e explora a mistura de funk com marchinha carnavalesca, numa canção alegre, rítmica e explosiva. O clipe, festivo e descontraído, foi feito de forma colaborativa. As gravações aconteceram no Largo da Batata e no Largo do Arouche, com participação popular de foliões que aproveitavam o pré carnaval paulistano.Música: Letra, Melodia, Voz: Rui Condeixa XavierHarmonia e Violão: Wady Issa FernandesVoz: Hevelin GonçalvesGuitarra: Douglas FroemmingBateria: Lucas CGBaixo: Flavio HernandesPercussão: Rogério AlmeidaTécnico de Som: Alexandre TaricaDireção Musical: Wady Issa FernandesClipe: Criação: AnhangabahyCâmera: Rafael CastilhoEdição: Rui CondeixaAssistência: Matheus Oliveira, Ivan Messiano, Celso MelezProdução Executiva: Hévelin Gonçalves e Rui CondeixaAgradecimentos: À Fernando Soffiatti, Raphael Enes, Luh Maza, Wica Wilma Martins, nosso abraço mais quente de agradecimento. Aos artistas e técnicos que fizeram essa música e esse clipe com a gente, temos apenas a dizer cheio de lágrimas que vocês são foda; à todos os foliões que participaram e entraram nessa brincadeira: galera juntinho de vocês foi bem mais legal! Muito obrigado!Assista no Youtube: https://youtu.be/MkBCdegRTmILetra Completa: https://goo.gl/zXj4mY Cifra: https://goo.gl/VwAHepPara ouvir e comprar:Spotify: https://goo.gl/As5BNJiTunes: https://goo.gl/o3YJerDeezer: https://goo.gl/FVmzrsGoogle Play: https://goo.gl/vUYh8a#anhangabahy #carnaval #carnavalsp #carnaval2018

Publicado por Anhangabahy em Sexta, 9 de fevereiro de 2018

CLIPE NOVO >>> ‘Juntinho é bem mais legal’ é o clipe de carnaval do trio Anhangabahy, formado por Rui Condeixa Xavier (voz e composições), Hévelin Gonçalves (voz) e Wady Issa Fernandes (violão). Homenagem à poesia e à musicalidade de Carlinhos Brown, a canção (composta por Rui) mistura funk carioca com marchinha carnavalesca. O clipe, festivo e descontraído, foi feito de forma colaborativa por profissionais de imagem e som como Alexandre Tarica, Rafael Castilho, Matheus Oliveira, Ivan Messiano e Celso Melez. Contou com Douglas Froemming (guitarra), Lucas CG (bateria), Flavio Hernandes (baixo) e Rogerio Almeida (percussão). As gravações aconteceram no Largo da Batata e no Largo do Arouche, com participação de foliões que aproveitavam o pré-carnaval paulistano. A música está disponível nas plataformas digitais, com letra, cifra e videoclipe. 

NOMES DE BLOCOS >>> Sempre faço questão de postar os nomes de blocos mais criativos e divertidos pra gente rir um pouco. Então, lá vai: ‘Encosta que ele Cresce’, ‘Não Empurra que é Pior’, ‘Trema na Linguiça’, ‘Já que tá Dentro, Deixa’, ‘Balança, meu Catete’, ‘Se eu não Lembro é porque eu Não Fiz’, ‘Só o Cume Interessa’, ‘Me Fode que eu sou da Produção’, Me Beija que eu sou Cineasta’, ‘Puxa que é Peruca’, ‘Quero Exibir meu Longa’, Quem não Guenta, Bebe Água’, ‘Cutucano Atrás’, ‘Arriano Suassunga’, ‘Bloco de Notas’, ‘Cagão Misterioso’, ‘As Virgens do Minhocão’, ‘Filhos de Glande’, ‘Rola Cansada Ainda Bica’, ‘Antes Aqui que na UTI’, ‘Ritaleena’, ‘Pauta Quente’ e o nosso (dos jornalistas) ‘Bota Calhau’, para o qual fiz uma irresponsável marchinha satirizando políticos, há uns anos atrás (aos curiosos, deixo uma gravação meia-boca AQUI. Mas, aviso, é puro besteirol).

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DOS BLOCOS >>> A Prefeitura de São Paulo estima que, de 3 a 18 de fevereiro, 9 milhões de foliões terão brincado o carnaval nas ruas da cidade. Lembro que, no ano passado,  o prefeito queria proibir blocos com mais de 20 mil pessoas. Pode isso, Arnaldo? Oficialmente, mais 104 blocos desfilam neste final de semana. Clique nos links abaixo e veja toda a programação (que se altera um pouquinho de um para outro) .

blocos – 1 (página do ‘Carnaval de Rua’ no Facebook)

blocos – 2 (página do ‘Catraca Livre’ no Facebook)

blocos – 3 (site oficial da Prefeitura)

 

… … …

SHOW DE XÊ CASANOVA
NO BAR BRAHMA

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 21h … Talento MPB – Com Xê Casanova … Projeto abre espaço para novos talentos da nossa música. Nesta edição, show do cantor e compositor Xê Casanova. Ingressos a R$20. No Bar Brahma Centro, à avenida São João, 677.

Alessandro Fontanari Casanova, o Xê Casanova, é músico e compositor natural de Mogi das Cruzes, com mais de 25 anos de carreira. Xê, recentemente, lançou o disco Caixa de Música, com produção de Marcelo Yuka. Os arranjos têm baterias eletrônicas, sintetizadores, ruídos e samples retirados de trilhas sonoras de filmes, além de elementos de música eletrônica, hip hop e lounge. Após ouvir seu cd, escrevi:

tem um quê de não sei que. Instiga. Pesquiso: sou desconfiado e antigo. Ser velho é rever. Revolver. Parece que sim, já ouvi. Mas é um prazer redescobrir. Reouvir. Reaver um afeto que se perdeu. Uma bala doce na memória, um revólver de brinquedo redisparando emoções. Xê às vezes lembra um híbrido light do som de Martinho da Vila e da voz de Lobão. Sem o sambão explícito do primeiro nem o grito roqueiro (dos bons tempos) do segundo. Levadas de sambalanço à la Seu Jorge & Benjor aparecem aqui e ali, mas, no fim das contas, as impressões de similaridade vão se dissipando e a gente vai ficando de boas na prazerosa audição de um belo conjunto de canções e do estilo relax tranquilex de Xê, mesmo que, ao fundo, a colagem da orquestração crie tensão e as cordas nervosas produzidas por Yuka dêem o contraponto de conflitante modernidade ao mundo clean do cd. Ora estranhamento ora entorpecimento o ouvido lento vai caindo dentro e compreendendo o tempo e o contratempo das ranhuras sujas das músicas puras. Xê é reflexivo. Vivo. Sua caixa tem muita graça. Ouça:

 

… … …

ROSINHA MORAIS E A POESIA DE
RESISTÊNCIA NA AMÉRICA LATINA

… … …

Em meados de 2016 a poeta Rosinha Morais recebeu convite para participar de um concurso sob o tema ‘Poesia de Resistência na América Latina’, realizado pelo coletivo @SomosPoetasPeronistas. Cinco brasileiros foram selecionados e a poesia de Rosinha é uma das que irão compor a antologia a ser lançada em Buenos Aires, brevemente. Eis aqui seu poema:


(DES) CAMINHOS
Rosinha Morais

Caminho pela cidade
E meus pés sangram
Meu coração sangra
Meus olhos sangram
Caminho pela cidade
E meus pés se perdem
Meu coração emudece
Meus olhos entristecem
Caminho pela cidade
E meus pés buscam
Meu coração acalanta
Meus olhos observam
Caminho pela cidade
E meus pés insistem em correr
Meu coração insiste em gritar
Meus olhos insistem em encarar
Caminho pela cidade
E meus pés se vestem de coração
Meu coração explode de emoção
Meus olhos são olhos de multidão
Caminho pela cidade
E meus pés são a cidade
Meu coração sente a cidade
Meus olhos veem a cidade
E a cidade luta.

Rosinha Morais, formada em Administração e Letras, participa de saraus e diversas atividades culturais e artísticas : atua no Sarau da Casa Amarela (São Miguel), no canal Peixe Barrrigudo (Guarulhos) e no coletivo Lentes Periféricas (Guaianases), além de organizar o Slam do Prego, também em Guarulhos, onde reside.  Saiba mais sobre ela nessa entrevista ao escritor Escobar Franelas.

 

… … …

BADI ASSAD NO TEATRO DA ROTINA

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 21h … Badi Assad – no Teatro da Rotina … Cantora, compositora e violonista comemora 25 anos de uma carreira consolidada no cenário internacional, seja por suas experimentações vocais, quando produz sons diversos com a voz, ou pela sua reconhecida técnica e inovações ao violão. Badi Assad circula com seu trabalho em constantes turnês pelo mundo, envolvida em projetos sociais ligados à música, realizando workshops e projetos variados. Ingressos a R$50 (na porta) e R$25 (antecipado). Na rua Augusta, 912.

Seu mais recente álbum, Singular (lançado como ‘Hatched’ nos EUA e Europa), traz músicas autorais, parcerias (com Sérgio Assad, Daved Levitan e Zélia Duncan) e releituras que atribuem roupagem brasileira à músicas do pop alternativo internacional (Lorde e Alt-J, entre outros). A faixa ‘Vejo Você Aqui’, parceria com Zélia Duncan, ganhou videoclipe gravado em Paraty.  Segundo a revista Rolling Stone, que a listou entre os grandes nomes brasileiros da guitarra e violão, “o estilo percussivo e intrincado do violão de Badi já correu o mundo. Apesar de ser categorizada como uma artista de world music, ela carrega em seu som todo o tipo de influência, incluindo jazz, sons regionais do Brasil, música erudita e oriental”.

 

… … …

SARÁ O QUÊ?

… …. … 

SÁBADO – 17 de fevereiro – 18h … Sará O Quê? … Sarau caseiro (leve algo de beber e/ou comer para compartilhar). Com curadoria e produção de Caito Marcondes, Matias Ribeiro e Merikol Duarte e participação de Dante Ozzetti, Patrícia Bastos e Geórgia Gugliotta. No programa, projeção de um episódio de “O Milagre de Santa Luzia”, do cineasta Sérgio Roizenblit. Contribuição mínima de R$20. Nesta edição, shows da cantora Nicole Salmi (com participação do guitarrista Márcio Garcia) e dos músicos do Triodós (Três Caminhos), formado pelo violonista Dinho Nogueira, o contrabaixista Marinho Andreotti e o percussionista Caito Marcondes. Na rua Cristiano Viana, 1430.

A cantora e compositora paulista Nicole Salmi já lançou os álbuns “SimplesMente”, “Amazônia”, “DuoMantra Vol.1” e “Auto Mar”, cujas canções são a base do repertório do show: “Nas Ondas do Mar” (que ela canta a capela) e as autorais “Balancinho”, “Bom Dia”, “Guerreiro”, “Flor do Luar” e “Vida”.

 

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

QUINTA-FEIRA – 15 de fevereiro – 19h … Sarau do Vinil #NossaFolia … Desde 2011, sarau abre microfones (e mentes) para promover literatura, música e arte na periferia da ZS. Com convidados (veja o cartaz). No Area51bar, à av. Yervant Kissajikian, 1439.

… … …

QUINTA-FEIRA – 15 de fevereiro – 19h … Forró no Terraço – 2a. Edição … Toda quinta-feira vai rolar forró no terraço do castelinho, com vista bem legal da cidade. Os músicos convidados desta edição são Toda quinta-feira vai rolar forró no terraço do castelinho (veja na foto), com vista bem legal da cidade. Os músicos convidados desta primeira edição são Kelly Marques (voz), Lucas Coimbra (sanfona), Vitor Coimbra (zabumba) e Samuel Samuca (voz e triângulo). E ainda tem participação especial surpresa. Entrada franca. No Terraço 775, à rua Domingos de Morais, 775, ao lado do metrô Ana Rosa.

… … …

QUINTA-FEIRA – 15 de fevereiro – 19h30 … Encontro autoral com Thiago K … Cantor e compositor paulistano premiado em inúmeros festivais, apresenta as canções de seu cd “Em meio a tantas possibilidades de morte, me peguei pensando na vida”, além de composições inéditas. Couvert R$8. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233.

… … …

QUINTA-FEIRA – 15 de fevereiro – 21h30 … Chico César – na Casa de Francisca … O compositor Chico César mostra canções inéditas e releituras, em formato voz e violão. Na rua Quintino Bocaiúva, 22.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 19h … Sambadas – ainda no carnaval … Grupo formado por sete mulheres faz roda de samba. Com violão, pandeiro, tamborim, surdo, atabaque, chocalhos, clarinete e vozes. à rua Fernão Dias, 682, em Pinheiros.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h … Victor, Ian e Beto – no Teatro da Rotina … Manaus, Salvador e Brasília. Ian, Victor e Beto. Três lugares, três compositores. Três histórias que se encontram em SP. Victor Meira (Bratislava), Ian Fonseca (Supercolisor) e Beto Mejía (Móveis Coloniais de Acaju) se reúnem para tocar (juntos) músicas próprias e de suas bandas, com novos arranjos. Na rua Augusta, 912. Ingressos a R$40 (na porta) e R$20 (antecipado).

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h … Maurício Forni – na Carauari … Show de voz e violão traz o melhor do classic rock e do pop dos anos 80. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h … Salomão, Wellington e Gabrielle Trio … Grupo interpreta músicas de compositores clássicos do nosso cancioneiro como Adoniran, Pixinguinha, Caetano e Chico, entre outros. No Quinto Pecado Café Bistrô, à rua Coronel Artur de Godoi, 12, na Vila Mariana.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h … CarnaPretas – Diversão sem preconceito – no Sesc São Caetano … Coletivo apresenta espetáculo para reflexão e desconstrução de preconceitos e estereótipos transmitidos através das tradicionais marchinhas de carnaval. Com paródias, poemas e músicas autorais, o CarnaPretas vem para mostrar que diversão e preconceito não combinam. Com Débora Garcia, Elizandra Souza, Jô Freitas, Taissol Ziggy e Thata Alves. Na rua Piauí, 554.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h30 … Baixo Volume – Arthur Matos – em Sergipe … Músico volta ao projeto ‘Baixo Volume’ com Rafael Ramos (teclados). No repertório, composições dos seus quatro discos (Seu Lugar, Pacífico Atlântico, Accidental Light e Homeless Bird), além de clássicos e ‘lados b’ de Simon an Garfunkel, Nick Drake, The Beach Boys e Crosby Stills Nash & Young, entre outros. Couvert R$10. Na Reciclaria – Casa de Artes, à av. José Menezes Prudente, s/n, em Aracaju/SE.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 20h30 … Eles e Anna Sátt – no Grão Espresso … Cantora e grupo apresentam repertório pop/mpb. Couvert R$10. Na rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 21h … Muddy Waters Project no Sampa Jazz … Tributo a um dos mais aclamados bluesmen de todos os tempos, com clássicos como Hoochie Coochie Man, Got My Mojo Working, Baby Please Don’t Go e I Can’t Be Satisfied, entre outros. A banda é formada por Andre Bueno (voz e guitarra), Alex Dupas (gaitas), Pedro Zanchetta (guitarra), Ivan Cruz (baixo) e Ariel Coelho (bateria). No Sampa jazz music & bar, à rua Arcipreste Ezequias, 245, no Ipiranga.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 22h … O Homem Bruxa – no Tupi or not Tupi … Show do compositor e multi-instrumentista André Abujamra, com bases pré-gravadas e criação de ambientação sonora e visual através de projeções no fundo do palco. Na rua Fidalga, 360.

… … …

SEXTA-FEIRA – 16 de fevereiro – 23h59 … Peça ‘Alma’ … Espetáculo teatral ‘Alma’, do grupo Teatroendoscopia, traz a costura de textos feministas na interpretação de Andressa Ferreira. Direção de Flavio Marin. No Teatro Parlapatões, à praça Roosevelt. Entradas a R$40 e R$20.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 10h … Horti – Cultural Orgânicos + Artes … Evento de integração entre diversos Saraus, COM música, artesanato, hortifrutis orgânicos, expressões artísticas e gentes de todas as tribos. Na av. Inácio da Cunha Leme, 148, no Jardim Suzana.

… … …

SÁBADO E DOMINGO – 17 E 18 de fevereiro – das 11h às 18h … Bazar pós carnaval … 11ª edição do Bazar Flor Café com artesanato, comidinhas, saboaria, brechó, espaço kids, tarot, massagem, plantas, coisas pra casa, design e atrações musicais (tem pocket-show de Marilia Calderon no domingo, dia 18, às 15h). Entrada franca. Na praça Charles Miller, s/n.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – das 13h às 18h … Rock In Park … Rock in Park é evento idealizado para divulgar bandas independentes. Nesta primeira edição, seis bandas se apresentam (ver cartaz). Entrada franca. No Parque Raul Seixas, à rua Murmúrios da Tarde, 211, em Itaquera.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 13h … Amparo Literário – Ano 3 … Sarau com palco aberto e convidados como os escritores Makenzo Kobayashi, Marcos Vieira, Oliver Oliveira, Alessandra Mansano e Carol Ambulante, além do som de Lews Barbosa, Cicero Nepomuceno e Engrenagem Urbana. Na Fábrica de Cultura Parque Belém, à rua Pedro Voss.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 14h … Sesc Interlagos apresenta: Picanha de Chernobill … Banda do sul do País, radicada há 5 anos em SP, apresenta as canções de seus três discos, além de inéditas. Entrada franca. Na avenida Manuel Alves Soares, 1100, no Pq. Colonial.

… … …

SÁBADO e DOMINGO – 17 e 18 de fevereiro – 16h e 18h… Luiz Gabriel Lopes – lança ‘MANA’ no MAM-SP … O cantor e compositor Luiz Gabriel Lopes faz dois shows gratuitos para lançar seu novo disco, “Mana”. Acompanhado de banda formada por Mateus Bahiense na bateria, Daniel Pantoja na flauta e Téo Nicácio no baixo, ele toca no sábado (dia 17, às 16h) no Auditório Lina Bo Bardi do MAM, no Ibirapuera (portão 3), com participação de Luiza Lian. No domingo (dia 18, às 18h), eles se apresentam do Sesc Campo Limpo, à rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 16h … Carnaval Dolores – Bloco Unidos da Madrugada … Bloco do Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes toca e samba pelas ruas do Jardim Triana. Concentração no CDC Vento Leste (Rua Frederico Brotero, 60 – próximo ao metrô Patriarca). Itinerário, letra do samba e mais informações em: doloresbocaaberta.org.br/unidos2018

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 17h … 50º Sarau Lapada Poética … Sarau com microfone aberto. Lançamento do livro de Ana Lucia Silva, “Segurar aonde tudo flutua” (Editora Patuá). No Acervo Agostinho Dos Santos, à rua Professor Gieg, 15, em São Bernardo do Campo. Abaixo, um poema do livro:

RECUSA

esta imagem invertida no espelho
a espreitar-me e sem que a espreite
sabe tão pouco de mim
quanto não sei
quisera este espelho
opaco
tornar-se líquido
para
mergulhar em mim mesma

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 18h … Cine Tortina Exibe ‘Maria’ – Curta Metragem … Exibição em três horários (20h, 21h e 22h) do filme de Vinícius Campos, ‘Maria’, adaptado do conto de Conceição Evaristo. Maria (Maitê Freitas), é uma empregada doméstica que após um longo dia de trabalho se encaminha cansada para sua casa. No trajeto, ao entrar em um ônibus, ela encontra Anderson (Andrio Candido), pai do seu primeiro filho, que os abandonou há anos. Anderson paga a passagem de Maria e se empenha em iniciar uma conversa que revela antigas feridas e abre novas. Na Estrada de Mogi das Cruzes, 2473.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 18h … Sará O Quê? … Sarau caseiro. Nesta edição, shows da cantora Nicole Salmi (com participação do guitarrista Márcio Garcia) e dos músicos do Triodós (Três Caminhos), formado pelo violonista Dinho Nogueira, o contrabaixista Marinho Andreotti e o percussionista Caito Marcondes (ver matéria no alto). Contribuição mínima de R$20. Na rua Cristiano Viana, 1430.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 18h … Palestra: Obscuro encanto: Magia e criação poética – Cláudio Willer … Palestra com o poeta, ensaísta, crítico e tradutor brasileiro, Cláudio Willer (com organização de Auriel Filho e Rogério Brito). Após o bate-papo, terá início um sarau. Na Livraria Nobel – Espaço Novo Mundo, à avenida SalgadoFilho, 1453, em Guarulhos.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 19h … 11° Sarau Tem Coragem!? … Nesta edição, com os poetas convidados Sabrina Lopes, Rafael Carnevalli e Flor Priscila, além do microfone aberto. Dj Nômade no comando do som. Na Okupação Cultural Coragem, à rua Vicente Avelar, 53, na Cohab II, em Itaquera.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 20h … Show de Irineu De Palmira … O cantor, compositor e violonista Irineu de Palmira apresenta repertório autoral no Bar do Frango, à av. São Lucas, 479, no Parque São Lucas.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 20h … Tábula Rasa, recordar é viver … Banda paulistana dos anos 90 se reúne para shows em SP. Com Mou, Dago, Alex, Chumbo, Márcio e George, entre outras participações. No Grão Espresso, à rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 20h … Cirilo Amém no Menino Muquito Bar … Excelente banda que mistura rock, mpb e psicodelia. Formada por Rafael Cirilo (violão, voz), Katia Aqkino (voz), Sergio Basseti (baixo), Telo Ferreira (bateria/percussão) e Filipe Cirilo (guitarras). Entrada franca. Na avenida Vila Ema, 5090, na ZL.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 21h … Badi Assad – no Teatro da Rotina … Cantora, compositora e violonista comemora 25 anos de uma carreira consolidada no cenário internacional, seja por suas experimentações vocais, quando produz sons diversos com a voz, ou pela sua reconhecida técnica e inovações ao violão (ver matéria no alto). Ingressos a R$50 (na porta) e R$25 (antecipado). Na rua Augusta, 912.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 21h … Rock Insane – na Komb … Banda apresenta o melhor do grunge, hard rock, heavy metal e rock nacional. Na Komb Bar ZL, à praça Miguel Ramos de Moura, 175.

… … …

SÁBADO – 17 de fevereiro – 21h … Juçara Marçal – canta Brigitte Fontaine … No show “Brigitte”, Juçara canta acompanhada pela pianista Thaís Nicodemo e o guitarrista Kiko Dinucci, experimentando os limites entre a fala, o canto, o grito, a declamação, a partir do repertório da artista francesa Brigitte Fontaine. No Sesc Belenzinho, à rua Padre Adelino, 1000.

… … …

DOMINGO – 18 de fevereiro – 10h … Junior da Violla na Avenida Paulista … Músico conceituado e premiado, o violeiro Junior da Violla apresenta o projeto Violando Conceitos, explorando sonoridades e tirando de seu instrumento percussão, harmonia, melodia e efeitos diversos, num repertório que vai da música caipira ao blues, do erudito à mpb. Na Paulista, esquina com a Alameda Campinas.

… … …

DOMINGO – 18 de fevereiro – 17h30 … Marcio Policastro – no Parlapatões … O cantor e compositor Marcio Policastro  (da turma do Clube Caiubi) apresenta canções autorais em show com os convidados Ravena Olinda, Álvaro Cueva, Fernando Cavallieri e Teju Franco. No palco dos Parlapatões, na praça Roosevelt, 158. Entrada franca (mas vão passar o chapéu: contribua com os músicos).

… … …

DOMINGO – 18 de fevereiro – 18h … MPB e brejas na cuca … Músicas de Lenine, Caetano, Gil, Luiz Melodia, Belchior e muitos outros, na voz de Eduardo Neves e nas cordas de Tinho Ribeiro. Na Art Drink’s Bar e Petiscaria, à avenida Júlio Buono, 2122, na Vila Gustavo.

… … …

DOMINGO – 18 de fevereiro – 18h … Sons e Furyas em AMOR – no Estúdio Aurora … Espetáculo concebido pelo escritor André Sant’Anna e pelas cantoras e compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro com interpretações de canções dos próprios artistas do grupo (e uma releitura de “O Divã”, de Roberto Carlos). As músicas dialogam de maneira irônica com a leitura performática do livro “Amor”, realizada por seu próprio autor, o escritor André Sant’Anna. Com Henrique Alves (baixo), Rogério Bastos (bateria) e Zeca Loureiro (guitarra). Ingressos R$15. Na rua João Moura, 503, sala 12.

… … …

DOMINGO – 18 de fevereiro – 19h … Tributo a Raul Seixas … O Putos BRothers Trio, formado por Sylvio Passos (que aniversaria), Agnaldo Araújo & André Lopes, comemora um ano do lançamento do cd “Tá Todo Mundo Puto, BRother!”. Entrada R$10. No Grão Espresso Santana, à rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 19 de fevereiro – 19h … Curso online – assessoria de imprensa + produção cultural … Curso orienta como ter mais autonomia para gerir a própria carreira como artista e/ou agente cultural. Com as jornalistas e produtoras culturais Elizandra Souza e Jéssica Balbino. Inscrições a R$60. Para mais informações clique aqui.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 19 de fevereiro – 19h30 … Dança (e) Autonomia … Curso tem proposta de identificação e desconstrução de vícios e tabus socialmente enraizados na movimentação do corpo, a partir de um encontro entre antropologia, sociologia e dança. Cada ciclo passa por 4 módulos, focando pé, bacia, tórax e crânio (com um possível quinto módulo de revisão). Aulas aplicadas pela ministrante Bárbara Côrtes. Inscrições (e informações sobre preços, horários e duração) através do seumovimento@gmail.com. No Lab-C ConeCsoma, à rua Cardeal Arcoverde, 119 C, em Pinheiros.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 19 de fevereiro – 21h … Na Minha Sala #1 … A cantora e compositora Iá faz show na sala de sua casa com transmissão pelo Facebook. Para assistir, clique aqui. No repertório, canções do seu primeiro disco “Esquerdo Direito” e novos arranjos para músicas de Lenine, Madonna e Skank. O violonista (e produtor do cd) Peter Farrell a acompanha ao violão.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 19h … Lançamento – ‘Forte Apache’ de Marcelo Montenegro … Além do inédito – que nomeia o conjunto – o volume inclui também os dois primeiros livros do poeta paulista na íntegra: “Orfanato Portátil” (2003) – “leitura obrigatória para todos que queiram ver por onde a poesia nova transita”, de acordo com Armando Freitas Filho – e “Garagem Lírica” (2012) – “um conjunto de imagens desconcertantes”, segundo Marçal Aquino. Leitura de poemas por Bruna Beber, Cida Moreira, Fabrício Corsaletti, Fernanda D’Umbra e Mário Bortolotto. Participação do músico Fabio Brum. No Cemitério de Automóveis SP, à rua Frei Caneca, 384. Leia dois dos poemas do livro (se preciso, clique na foto para ler melhor):

POSTAL

Daqui a trinta anos, digamos,
que alguém leia este poema.
Todos os pequenos laços
que o ligam ao mundo
fora dele e à vida de um
poeta fudido entre milhões
de pessoas lugares motivos não estarão
mais aqui para socorrê-lo.
Daqui a trinta anos a coisa
será somente a coisa mesmo.
Uma cápsula amputada do tempo,
um bife arrancado do amor.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 19h … Sessão especial Black Panther – Negras Empoderadas … ‘Quantos heróis negros você já viu no cinema? Você pode apadrinhar/amadrinhar uma criança carente para assistir a uma sessão, entre outras atividades’. Preço único R$50, com direito a ingresso, combo, 600 brindes, sorteios, cenário para fotos, apresentação de Débora Garcia ‘e muito empoderamento da população negra’. No Shopping Eldorado, à av. Rebouças, 3970.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 19h … 10ª Edição do Sarau da Vergueiro … Sarau com palco aberto e convidados. No Bar e Lanchonete Limoeiro, à rua Vergueiro, 883, em frente ao Centro Cultural SP e à estação Vergueiro do metrô. Nesta edição, os músicos Americano Fiduhenrique, Nino Campos e o trio Anhangabahy, além da poeta Ingrid Morandian (leia poema abaixo) e da escritora Marcia Barbieri, que estará autografando ‘O Enterro do Lobo Branco’, seu mais recente romance (veja um trecho de seu novo livro, em preparação):

A CASA DAS ARANHAS (trecho)
Marcia Barbieri

“Eu te desprezo! Você que vivia corrigindo os meus erros gramaticais mais insignificantes, os acentos, as concordâncias, como se as concordâncias fizessem alguma diferença na totalidade de nossa estupidez, você que me obrigou a deixar de lado a minha língua materna, reinventou os meus hiatos, porque rejeitava tudo que não fosse herança de sua própria boca. E da tua boca só escutei notícias fajutas. Ah, muchacha, como tengo saudade das nossas noches… de las flores pequeñas que crecíam en el mato alto. Não aprendemos a lamentar a desgraça dos vizinhos, é o nosso infortúnio que nos deixa inconsoláveis.”

Ingrid Morandian (poema sem título)

amanheço lenda na feitura de tuas mãos
da soleira da porta, pulso algas azuis
infinita sombra de memórias,
ávida, sede de mim

talvez não permaneça aqui, encontre-me
nas páginas da magia, esfumaçada de ler
no contorno de caneta azul,
da caneta que absorve cerejas

na luz fugidia do quarto
arrebentou um solo de piano, um rasgo
no rosal azul, escrevo-me
esvaziada, histórias de recomeços

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 19h30 … Sarau Resistência Periférica – Em Campinas … Poetas e escritores da cena dos saraus e slams apresentam textos e performances que refletem a resistência estética e literária das periferias frente ao racismo, machismo e outras formas de preconceitos e intolerâncias. Com Rodrigo Ciríaco e os poetas convidados Mariana Félix, Lucas Afonso, Jô Freitas, Andrio Candido e Tayla Fernandes. No Sesc Campinas – Quiosque do Galpão. Entrada franca.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 19h30 … Cinecubo IAB: Ruptura Silenciosa … Cineclube promovido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil promove diálogo entre linguagens audiovisuais e arquitetônicas. Toda terceira terça-feira do mês, com sessões gratuitas e abertas ao público. Nesta edição, ‘Ruptura Silenciosa’ (seguido de roda de conversa com a professora Marta Vieira Bogéa) e os curtas portugueses ‘Sizígia’, ‘A Casa do Lado’ e ‘A Encomenda’. No IAB, à rua Bento Freitas, 306.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 20h… Toca do Autor … Sarau organizado e apresentado pelo cantor e compositor Alexandre Tarica, abre espaço para músicas autorais. Com palco aberto e o apoio dos músicos Antonio Galba, Bráu Mendonça, Regina Célia e Rosangela Alves. No Bar do Cambridge Hotel, à rua João Adolfo, 126. Entrada R$10.

… … …

TERÇA-FEIRA – 20 de fevereiro – 23h … Terça Open: Luedji Luna no Mundo Pensante … “Um Corpo no Mundo” é o primeiro trabalho da cantora e compositora baiana. Predominantemente autoral, tem arranjos de guitarra de Kato Change, violão de François Muleka, baixo elétrico e acústico de Aniel Somellian e percussão de Rudson Daniel de Salvador e Sebatian Notini. Até 0h, entrada franca. (após, R$15). Na rua Treze de Maio, 830, no Bixiga.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 18h … Desconcertos de Fevereiro … Sarau organizado pelo poeta Claudinei Vieira tem palco aberto e convidados: o poeta Alexandre Rabelo, o músico Tiago Stocco e a performance poético-literária “Ama como a estrada começa” com Ana Rüsche, Anna Clara de Vitto (foto e poema abaixo), Cristina Ventura e Márcia Fráguas, além do Bazar Para Tudo, do Coletivo Arte Permanente. No Patuscada, à rua Luis Murat, 40, na Vila Madalena.

ANTONIA (de amor não dói)
Anna Clara de Vitto

você é estranha pra cacete
mas eu te amo

extraí da tua fala, a frio,
um elogio ácido
de pureza duvidosa

você é esquisita
nem sequer é bonita
mas a tua estranheza
cabe no meu peito

você sabia que
eu quase me chamei Antonia?
(não a lagarta listrada
embandeirada de loucura)

era dia de jogo do Brasil
e não de afogar santos
em mágoas antigas

eu não me chamo Antonia
e o teu estranhamento me desgosta
faz-me encolher
num excesso de consciência

passado o susto
torno a me expandir,
lepidóptera,
a me exceder

tenho orgulho da Antonia
que não sou mas posso ser
— se quiser

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 19h … 4º Quarta Autoral da Casa Amarela & Zé Rock Bar … Sarau com palco aberto e convidados: pocket-show com Ceciro Cordeiro (cantor e compositor, coordenador da Casa de Cultura Antonio Marcos) e com o Grupo Auá, composto pelas cantoras Andrea Ferraz, Celia Maria Ribeiro, Inês Santos, Janete Amaral, Kátia Bassiano, Luciana Marques, Selma Bento Baia e Thereza Magalhaes, com direção musical de Tião Baia. No The Wall Zé Rock Bar, à rua Igarapés, 1219a, no Itaim Paulista.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 19h … Aulão Gratuito Urban Mix – Academia Fatless … Dance Hall, Soca, Kizomba, Hip Hop e uma mistura de ritmos urbanos com músicas e coreografias contagiantes com a professora licenciada Sabrina Carvalho. Na rua Simão Álvares, 488, em Pinheiros.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 19h … Lançamento do fotolivro ‘Plano, seco e pontiagudo’ … A fotógrafa Mônica Zarattini viajou em 1989 e 2016 para o sertão da Bahia, onde ocorreu a Guerra de Canudos há 120 anos. A primeira vez, numa reportagem sobre os 80 anos da morte de Euclides da Cunha, fotografando com filme em preto e branco, no sistema analógico. Repetiu a mesma rota em 2016 e reencontrou cinco pessoas que se emocionaram muito ao entrar em contato com suas imagens de 27 anos atrás. Desta vez, projetou as fotografias antigas nas pessoas reencontradas e as fotografou novamente, só que em fotos coloridas, e no sistema digital.

O fotolivro “Plano, seco e pontiagudo” (co-edição/Editora Ipsis e Editora Madalena, 80 páginas) é fruto destes dois ensaios . A tiragem é de 400 exemplares, numerados e assinados. Cada exemplar custa R$80. No evento, serão expostas fotografias de 1989, ampliadas, e impressões coloridas geradas na nova visita. Na DOC Galeria, à rua Aspicuelta, 145.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 20h … Wander B. + HumaNus (Teatro Do Ator) … Performance musical de Wander B. (revisitando o repertório do seu disco “Flores numa quarta qualquer”, de 2012) e apresentação da peça HumaNus (em cartaz há oito anos) com novas histórias, personagens e elenco. Na Praça Roosevelt, 172. Ingressos a R$30.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 21h … Talento MPB – Com Xê Casanova … Projeto abre espaço para novos talentos da nossa música. Nesta edição, show do cantor e compositor Xê Casanova (ver matéria no alto). Ingressos a R$20. No Bar Brahma Centro, à avenida São João, 677.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 21h … Minimalista – Teatro da Rotina … Thales Silva é O Minimalista, cantor e compositor da banda A Fase Rosa e um dos criadores do bloco de carnaval Juventude Bronzeada, de Belo Horizonte. Esse ano lançou seu segundo disco solo, o “Banzo”. Ingressos a R$40 (na porta) e R$20 (antecipado). Na rua Augusta, 912.

… … …

QUARTA-FEIRA – 21 de fevereiro – 21h … Jairo Pereira apresenta ‘Mutum’ – no JazzB … Mutum é um show que une música e poesia. Jairo (um dos vocalistas e compositores da banda Aláfia) é um “artivista” multimídia que assina a autoria dos poemas e canções do espetáculo. Na rua General Jardim, 43.

…. … …

ATÉ 24 DE FEVEREIRO … Rugas – no Rio …. A fotógrafa Ana Paula Paiva, que já expôs no Sarau da Maria, agora leva sua mostra fotográfica ‘Rugas’ para o Rio de Janeiro. Segundo ela, a expo segue seu objetivo e viagem, sem roteiro e passagem de volta, para quem sabe olhar o envelhecer com leveza, seguir os processos de vida, repensar e celebrar. Na Galeria Modernistas, à rua Paschoal Carlos Magno, 39, em Santa Teresa.

… … …

AGENDÃO >>> E fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. Bom findi a todos!

… … …