Penúltimo post do ano traz a beleza da dança num grande espetáculo (e a alegria de rever minha filha no palco). E tem poeta apaixonado querendo casório (quem diria, logo o Vlado!), tem o superniver do Zé Geraldo, tem shows e saraus pra terminar o ano no embalo. Tem clipes, singles e cds sendo lançados. Tem dicas pra tudo que é lado. Tem links pra presentes culturais (compre de quem faz!). E essa mensagem de fim de ano do Sarau da Maria: ‘Um Ano Novo a Cada Dia’:

Não tem ponto final. O jogo é jogado sem intervalo e o resultado é sempre parcial (dá pra virar, pessoal!). Um ano termina e outro inicia. A gente inventa um breque e brinda, mas logo segue na lida corrida. Já em fevereiro, o Sarau da Maria aniversaria. Meia década de voz rouca e de muita cantoria. De poesia afiada na ponta da língua. De folia livre e coletiva. De convivência no Clube, nas casas e praças da Vila Maria. De beijos, abraços, amizade e alegria. Sim, é nisso que a gente acredita… Os caras lá no comando estão sempre tramando contra essa nossa fantasia (eles nos querem calados, parados, sem ideologia, consumindo letargia). Somos mais ‘nóis’ na fita, nas frita e na luta: a gente não desanima. E nem se desgruda. Por isso, o Sarau da Maria convida, a cada um e a todos, pra seguir conosco em 2018. Feliz Natal, amigos dos saraus e de todas as Vilas. Tem muito amor e suor nessa nossa parceria. Quem se alimenta de utopia, refaz a vida (e cria um ano sempre novo) a cada dia.

 

… … …

MINHAS ANDANÇAS POR AÍ:
A FOCUS, O TOCA E O VLADO

… … …

FOCUS >>> A Focus Cia de Dança fez em SP quatro apresentações gratuitas (e lotadas) do premiado espetáculo inspirado na obra de Roberto Carlos e assistido por mais de 80 mil pessoas. Dirigido e coreografado por Alex Neoral e há mais de cinco anos em cartaz, ‘As canções que você dançou pra mim’ trouxe mais de setenta trechos de composições de Roberto, sempre na sua voz e em versões originais. Fui lá conferir e escrevi:

Sábado e domingo fui ao teatro da Galeria Olido assistir ao espetáculo ‘As canções que você dançou pra mim”, da Focus. Claro que eu estou muitos passos (e saltos) aquém de ser um cri-crítico especializado. Não sou nem quero ser aquele cara que aponta mil e um defeitos, desfila conhecimento ao comparar atuações e, no fim, quase nunca reconhece alguma qualidade. Sou apenas um artista que, quando se emociona, comenta e elogia os movimentos, produções e iniciativas importantes de outros artistas. O que eu sei, porque estive lá, vi e senti, é que a Focus criou um belo objeto de incontestável qualidade artística e, ao mesmo tempo, de grande alcance popular (não à toa, está há mais de cinco anos em cartaz). A Cia, reconhecida mundialmente, tem se apresentado no exterior regularmente (segue para México e Costa Rica em janeiro), sem deixar de percorrer o interior do Rio (fez intervenção de rua em Macaé, recentemente), participa do circuito alternativo (em novembro dançou em bibliotecas e centros culturais de periferia em SP) e coreografou (e dançou) alguns números do show de Fernanda Abreu (‘Amor Geral’), no Rock in Rio e em SP, além de já estar apresentando seu novo trabalho, Cinequanon. Seu diretor, Alex Neoral, sempre cria interações dos bailarinos com a plateia, além de abrir rodas de conversa após os espetáculos, numa humilde e respeitosa demonstração de interesse em compartilhar emoções e aprendizados com seu público. Artistas que conseguem aliar essa sensibilidade ao talento, vão longe. Vem daí, talvez, um dos segredos para o sucesso da Focus. ‘As Canções’ é um mergulho na alma nacional através da voz de seu cantor mais popular. O repertório de Roberto está no inconsciente coletivo e as coreografias, além da beleza visual, nos induzem a relembrar momentos da história do País e também de nossa vida íntima, visto que amamos, sentimos ciúmes, nos apaixonamos, brigamos, reatamos e já quebramos a cara diversas vezes ao som dessa trilha sonora. Vi muita gente chorando. E ouvi muitos risos também. O importante é que emoções eu vivi, diria o Rei. Quem foi ao Olido, meu amigo, saiu de lá de alma lavada. Porque adorou viver esse ‘momento lindo’.

Faltou dizer que espetáculos como esse contribuem (e muito) para a formação e ampliação de um público específico de dança. Assim como a opção da Cia em participar de diversos tipos de atividades e de ocupar espaços variados (a rua, inclusive) também fortalece essa intenção. Neoral, na roda de conversa, disse trabalhar com ‘pessoas’ (e suas características próprias), não apenas com ‘bailarinos’. Provavelmente por isso, mesmo em fase de troca de elenco, a Cia demonstre muita união e conjunto. Cada bailarino apresentou um solo e todos parecem dançar com alegria. Claro que o cuidadoso trabalho ‘teatral’ com as expressões faciais (o lado ‘ator’ que eles exibem) também transparece aí. Mas, minha filha, Carolina de Sá, está há menos de quatro meses na Focus. Eu, que acompanho sua carreira há vinte anos e a vejo dançar desde criança, confesso que nunca a senti tão contente num palco. Dançar pode nem dar muito dinheiro (ainda mais no Brasil), mas que traz felicidade, isso traz. Inclusive pra quem vê (eu estou sorrindo até agora!).

… … …

 

TOCA >>> Na terça-feira fui ao bar do Hotel Cambridge e participei de mais uma edição do sarau Toca do Autor, que há mais de um ano abre espaço à música autoral. Organizado pelo compositor Alexandre Tarica, o sarau recebeu Susie Mathias (sensacional!), Helen Torres (acompanhada por mim), Nando Távora, Tato Fischer, Brau Mendonça, Ayrton Mugnaini, a banda Gozi (Gisele e Ozi, mais Carlos Gaita e Victor e Caio da banda Zona Western), Zanatta, Cássio Figueiredo e Volt, entre outros. O cantor e compositor Teju Franco, que foi ao Toca pela primeira vez, escreveu um texto emocionado sobre sua participação (acesse o facebook e leia). O fotógrafo oficial dos saraus, Roberto Candido, esteve lá e registrou tudo (fotos acima). Veja mais da festa aqui.

… … …

VLADO >>> O poeta Vlado Lima, do Sopa de Letrinhas, convidou vários amigos para uma confraternização de fim de ano, com churras e cervas, no agradável quintal do casal Jorginho e Lu, queridos amigos e frequentadores dos nossos saraus. Além da alegria e da cantoria habituais, a surpresa da tarde foi um vídeo preparado por ele. Dizendo ser uma montagem para saudar o ano novo, Vlado elencou em fotos e textos divertidos os muitos motivos que o levam a estar vivendo ao lado de Eliane Cornélio, sua mulher (e mãe da Bia, filhinha deles). No fim, um emocionante pedido de casamento: oficial, público, apaixonado e pra valer. Claro que eu chorei e quase todo mundo chorou. O amor é lindo, né gente? Ao Vlado e à Li, meus sinceros desejos de mais e mais e mais felicidades…

Eu nem vou falar o nome dele (Robertinho, de novo), mas o fotógrafo oficial dos saraus estava lá (veja mais fotos aqui).

… … …

BAR DO FRANGO >>> Eu não pude ir, mas faço questão de registrar dois importantes eventos que aconteceram no fim de semana passado: no sábado, o grande cantor e compositor Elio Camalle apresentou seu show ‘Samba D’Accord’ (que ele reapresenta dia 23, no Bar do Julinho – veja no agendão). No domingo, vários artistas se reuniram num ato contra a censura à arte e contra o retrocesso político. “A arte de reexistir” foi o tema do encontro que contou com a presença de Juliana Cardoso, Vidal França, Sebah de Assis, Mauri de Noronha, Teca Amorim, Graziella Hessel, Zulú de Arrebatá, Santiago Dias, Cidinha Carvalho, João Caetano, Esther Alcântara, Thais Souto e Nicanor Jacinto, entre muitos outros (veja mais fotos aqui). O Bar do Frango, do músico Tatau, é um tradicional ponto de resistência cultural e política na ZL há mais de 25 anos. Vá conhecê-lo e prestigie seus eventos. Sempre tem shows legais nos fins de semana e um sarau no último domingo do mês. Sem falar nas cachacinhas… Vixe! O bar fica na av. São Lucas, 479, no Parque São Lucas.

 

… … …

CLIPES, SINGLES E CDS

… … …

Agora é jogo rápido: tenho acompanhado a produção de vários artistas e, na correria de assuntos e programações, nem sempre aparece a chance de divulgá-los como merecem. Vou repetir o vídeo de alguns deles, pois é preciso que mais gente os ouça. Edvaldo Santana lançou um novo cd, gravado a partir de seu show no Sesc Pompeia (acima). O Peixe Barrigudo fez um clipe lindo da nova canção de Victor Cali e Gabriel Peri. E ouça a pérola que é a nova música de Thiago K (com as baita cantoras Bruna Moraes e Isabela Moraes). A ótima cantora Marcela Bellas é uma indicação do meu amigo ‘baiano’ Roberto Gazzi. E ainda tem Luck Vas, Viegas e Nina Oliveira. Ouça, veja, sinta. É agora já:

 

… … …

ENTÃO, É NATAL!

… … …

Lá vou eu pela vida
A alma estendida na varanda feito camiseta velha
Abrindo trilhas, descobrindo clareiras
Dizendo não ao caminho excessivamente pisado
Sofrendo as consequências de arrancar a mão autoritária do meu ombro.
Lá vou eu pela vida
confuso confesso: rebelde
Encantado pelo milagre
Lá onde o milagre acontece
e a gente não vê.
Lá vou eu pelo caminho
A carne cheia de estilhaços
A alma infestada de bolhas feito ovo na frigideira
O coração em carne viva
Perguntando pelo mistério do Ser
E admirado com aqueles que sabem funcionar.
Lá vou eu,
As certezas em frangalhos
As promessas frustradas
A coragem costurada, remendada por retalhos coloridos.
Eu vou menino
Inventando esperança onde grassa desilusão
Vou de conga ou kichute
Recolhendo força dos invisíveis
e cantando com eles:
Todo menino é um rei!

 

 

Usei este belo poema (acima) do escritor Daniel Lopes Guaccaluz (autor de ‘A delicadeza dos Hipopótamos’) e seu verso ‘Inventando esperança onde grassa desilusão’ para deixar alguns links de artistas que produzem objetos preciosos e originais (como o citado livro do Daniel) para você presentear neste Natal, apesar do retrocesso político, sindical, cultural e coisa & tal. Clique nos nomes e encomende: tem os romances incríveis da Marcia Barbieri, tem os ótimos poemas da Aline Bei, da Esther Alcântara, da Rosana Banharoli e da Lourença Lou. Tem a Scenarium Editora, com seus lindos livros artesanais (Claudinei Vieira e Adriana Aneli Lagrasta, entre outros). Tem o novo livro do menino Akanni. Dê uma olhada no catálogo da Essencial, da Reformatório, da Patuá e da Sopa de Letrinhas. Tem os cds de Edvaldo Santana, Fernando Cavallieri e Marcio Policastro (entre vários). Tem os bonecos da Lelê de Pau e Pano e da Arte Permanente. Tem os acessórios de João Emílio, Rosana Camilo, Ana Hermínia e Elainy. Tem o bazar da Paula Martins. Tem os quadros e artes da Ligia Regina e do Carlinhos Muller. Tem as esculturas do Euflavio Madeirart. Tem muita arte presente por aí. Presenteie com arte.

 

… … …

O NIVER DO ZÉ GERALDO

… … …

QUINTA-FEIRA – 21 de dezembro – 21h … Zé Geraldo – AniverSarau … O cantor e compositor folk Zé Geraldo comemora aniversário com show e convida Roberta Campos, Nô Stopa, Folk na Kombi, Francis Rosa, Chico Teixeira, Renato Godá, Jota Erre e Devonts. Ingressos a R$60. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360, na Vila Madalena. Leia um trecho do texto (aqui na íntegra) que escrevi após assistir a um show do Zé no meio do ano:

No show, lembrou de Raul várias vezes. Cantou versões fodásticas de Dylan e Hendrix, além de contar histórias divertidas e de cantar uma canção do Tim Maia. Todos os citados por ele são grandes ídolos, reconhecidos por seu talento e temperamento difícil. Artistas de alma independente, comportamento livre e pensamento alternativo. Não são artistas que se vendem. Não é só uma questão de ser sempre do contra. É isso também, mas não só… É que cada um deles sempre soube que há muitas injustiças e sacanagens no mundo. E um grande artista não pode dar mole, nem trair seu sonho. Pois sempre tem, mesmo que poucos, uns sonhadores loucos sonhando o mesmo sonho. E o amanhã, como sabemos, será dos loucos de hoje. Sonhemos, pois!

PS >>> O , indignado com essa vergonhosa reforma da Previdência que um governo não eleito tenta nos empurrar, divulgou em sua página uma canção-resposta a esse descaramento (vídeo acima). Sim, nenhum dos políticos que pretende aprová-la, defendeu tal proposta em sua campanha. O nome disso é estelionato eleitoral. Mas não ouço o bater das panelas. Ouço Zé Geraldo, quebrando o silêncio dos contentes. Valeu, Zé!

 

… … …

EDITAL

… … …

O poeta e ator Antonio Ginco (da peça Ribanceira) avisa aos artistas e coletivos interessados: há um edital que possibilita concorrer a equipamentos de iluminação cênica. Serão doados 54 kits para espaços de circo, dança e teatro. Inscrições estarão abertas até 22 de janeiro. Saiba mais aqui.

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

QUINTA-FEIRA – 21 de dezembro – 8h … O Verão do Amor – Coletânea … Inspirada no espírito libertário das comemorações pelos 50 anos do ‘Verão do Amor’, surge esta coletânea organizada pelos blogs Cansei do Mainstream, Pacóvios e Macrocefalia Musical, como um tributo ao movimento musical e comportamental que abalou os anos 60 e tanto influenciou (e ainda influencia) as artes plásticas, a literatura e, principalmente, a música. Com 40 faixas, a coletânea reúne diversidade estética e multiculturalismo sonoro: tem grupos ingleses, canadenses e combos de diversas regiões do Brasil. Aqui as 47 bandas que participam da coletânea:

AndCaiman, 3Cruzeiros, Alex Gavaghan, Antiprisma, Beach Combers, Blve Hills, Britônicos, Cigana, Color for Shane, Cortiço, Dum Brothers, Early Morning Sky, Fagaraz, General Sade, Júlio Victor, Kanduras, Las Courtney Lovers, Leela, Leo Fazio, Letty, Gross, Maru, Murilo Sá & Grande Elenco, Nameless Society, O Bardo e o Banjo, Os Estilhaços, Os Magos do Doce, Ozdois, Pedro Salvador, Pete Bentham and the Dinner Ladies, Peter, Paul and Sarah, Pin Ups, Porno Massacre, Relespública, Roger Alex, Sara não tem nome, SixKicks, Stone House On Fire, Ted Marengos, Tess Oficial, The Ash Tre, The Lonesome Duo, The Raulis, The Wax, Three Minute Margin, Van der Vous e Wabi Sabi.

… … …

QUINTA-FEIRA – 21 de dezembro – 18h30 … Zona Western no Mirante … O trio Zona Western, formado por Speedy Victor (violão e voz), Caio Forster (rabeca) e Ivan Valle (baixo), apresenta seu outlaw country pelas escadarias do Mirante 9 de Julho, atrás do Masp. De graça. Tem lanchonete com café, doces, salgados e cerveja a preço honesto. Vai lá que é bem legal.

… … …

QUINTA-FEIRA – 21 de dezembro – 19h30 … Baile de Verão do Tom Kbélo … O Menino Muquito bar vira pista de dança pra comemorar a chegada do verão. Vão rolar ritmos latinos, carimbó, salsa e muito Sidney Magal. Na avenida Vila Ema, 5090, na ZL.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 17h … Samba das Mina … Roda de samba de mulheres compositoras, cantoras e instrumentistas. No repertório, Clementina de Jesus, Geovana, Leci Brandão e Dona Ivone Lara, além de autorais das participantes Joana Flor, May Sistah, Ju Gonçalves e Renata Saito. Entrada franca, mas rola um chapéu pra contribuições. No Lokal Snooker Bar, à rua Barão de Tatuí, 309, em Santa Cecília.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 18h30 … Elenira Ribeiro e Luiz Claudio – na Casa Fórum … Os dois ótimos cantores e compositores apresentam repertório autoral e clássicos do samba e da mpb. Na rua Primeiro de Maio, 57, em Santos.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 19h … Daniel Medina na Casa Japuanga … Cantor e compositor cearense Daniel Medina faz pocket-show interpretando músicas de seu cd “Evoé!”. Na rua Japuanga, 38, no Alto de Pinheiros.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 19h … Natal Pós-Capital … o Al-Janiah, bar dos novos imigrantes, dos refugiados e de seu acolhimento no Brasil, promove festa com lançamentos de livro, roda de conversa e shows. Às 19h30, o bate-papo ‘Qual 2018 construiremos juntos?’ terá Ladislau Dowbor (autor do livro “A Era do Capital Improdutivo”), Guilherme Simões (autor do livro “MTST 20 anos de história”), Renata Falzoni (colaboradora do livro “CARtoons – Atropelando a ditadura do automóvel”), Jean Tible (autor de “Marx Selvagem”) e mediação de Antonio Martins (editor do Outras Palavras). As bandas se apresentam às 22h (Marcos Manulu Guarani-kaiowá), às 23h (Buena Onda Reggae Club) e tem discotecagem a partir da 1h (dj Gabi Pensanuvem).

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 19h … Vernissage Mulheres – Intemporalidade e Olhares … Os artistas plásticos Renato de Macedo e Ligia Regina Lima expõem obras em que procuram expressar o universo feminino e sua poética. Na Boutique Vintage Brechó e Bar, à rua Padre Adelino, 949, quase em frente aos Sesc Belenzinho.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 20h … Pink e o Cérebro – especial de Natal … Banda cover do Pink Floyd faz show-tributo apresentando seus grandes clássicos, numa viagem de som e luz no palco do O Padrinho, à rua Maria Quintina dos Santos, 72, em Osasco. Couvert R$10.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 20h … Giba Ribeiro na Carauari … Giba apresenta canções de Cartola a Lenine, de Raul a Legião, passando por Djavan, Caetano, Chico, Gil, Capital, Barão, Ira, Tim Maia, Marisa Monte, Jeneci, Nando Reis, Maria Gadú, Zé Ramalho e muitos outros. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 20h … Jota.pê e Alinne Alves – The Voice Brasil no Horácio Café … Artistas comemoram em show a amizade e tudo de bom que o programa The Voice Brasil 2017 lhes trouxe. No repertório, covers e sons autorais. Ingressos a R$20. Na Av. Horácio Lafer, 245.

… … …

SEXTA-FEIRA e SÁBADO – 22 e 23 de dezembro – 20h30 … Tributo à Nina Simone – em MG … A cantora brasiliense Ellen Oléria e a nova-iorquina Alma Thomas apresentam show em homenagem à grande Nina Simone. No repertório, canções emblemáticas como “Feeling Good” e “Love me or Leave me”. No Mercado Grano, à rua Niágara, 320, em Nova Lima, Minas Gerais. Reservas antecipadas pelo fone 31.99727.1880

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 20h … JC Christmas … Músico, famoso por seu tributo ao Led Zeppelin, toca o melhor do classic rock e do pop. Sem couvert. No The Brother’s Bar, à av. Buturussu, 1250.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 20h … Thiago K no Teatro da Rotina – Participação de Renato Braz … Cantor e compositor premiado em festivais, Thiago lançou “Em meio a tantas possibilidades de morte, me peguei pensando na vida”, em 2015, com destaque para a música “Empoeirado”. Em 2017, ao lado de Conrado Pera (GO) e François Muleka (SC), passou a integrar o projeto coletivo e autoral “Regra de Três”, que já passou por SP, Floripa, Blumenau, Joinville, Porto Belo e Alto Paraíso de Goiás. No show, Thiago mescla canções do primeiro disco com composições mais recentes que estarão no segundo, “Quando o grito enfim chegar”. Participação mais do que especial do grande cantor Renato Braz. No Teatro da Rotina, à rua Augusta, 912.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – 21h … Tucantokê? Karaokê com Banda – no Paraná … Banda acompanha cantores que já cansaram de se esgoelar ‘no banheiro, na cozinha e no chuveiro’. Com Amanda Pacífico (voz), Andre Machado (guitarra), Leandro Superchinski (bateria) e Naíra Debértolis da Motta (baixo). Na República da Praia, à rua Itupava, 1133, em Curitiba.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – das 21h às 4h … Festa do Clariô … O Espaço Clariô de Teatro e Música promove festão de despedida de ano. Artistas já confirmados: dj Dani Nega, Luana Bayô, OuroeChá, Dani Glamourosa, Dj Badé, Marrom Glacê, Jairo Pereira Mutum, Salloma Sallomão, Banda Preto Soul, Trilha Trio e as Clarianas. Na rua Santa Luzia, 96, em Taboão da Serra.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – das 22h às 4h … Noite de Rock Nacional – com 5 Bandas … O rock nacional é o tema da noite no Kasebre. Com covers de Raul Seixas (Cachorro Urubu), Mamonas Assassinas (Mundiças Assassinas), Raimundos (Celestinos), Charlie Brown Jr. (Crias de Rua) e Matanza (Kalango Kid). Entrada: mulher R$10 (vip até 23h) e homem R$15. Na avenida Aricanduva, 12011, em São Mateus.

… … …

SEXTA-FEIRA – 22 de dezembro – das 22h30 às 6h … XXXbórnia de Natal (Merry XXXmas) … Festa promove bandas com repertório autoral. Nesta edição, Mel Azul, Cupin, Monza, 2DE1 e Garotas Suecas. Entrada R$30 (vip para os 100 primeiros). O cartaz é sensacional. Na Trackers, à rua Dom José de Barros, 337.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – 15h … Confraternização – Santa Sede Rock Bar … Tradicional point de roqueiros da ZN faz encontro de final de ano. Com barracas de artesanato e shows acústicos de Michele Souza Flauta & Guina Agnaldo Araujo (17h) e Classic Rock com a Banda Cobra Criada (20h) e Marcos Leite, Binho Batera & Sandro Mendes. Até 19h, entrada é franca (após, R$10). Na avenida Luís Dumont Villares, 2104, perto da estação Parada Inglesa do metrô.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – 18h … Anná – Samba em Mococa … Cantora se apresenta acompanhada por Samuel da Silva, Guilherme Lacerda, Diego Mundão, Matheus Marinho e Lucas Furtado. Couvert solidáro pra Santa Casa de Mococa: um litro de leite. No M4 Café Bar, à rua Domingos Prícoli, 127, em Mococa.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – 18h … Show – Sampaio’70 … Tributo ao compositor Sérgio Sampaio e sua obra. Show propõe releitura de seu repertório pelos músicos Victor Mendes (voz e violão), Danilo Moura (voz e violão), Pedro Macedo (contrabaixo) e Andre Rass (percussão). No Sesc São José dos Campos, à av. Adhemar de Barros, 999.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – 22h … Jully On The Rocks … Banda apresenta o melhor do pop e do rock feito e cantado por mulheres. São só clássicos eternizados por grandes divas da história. Com Juliana Santiago (vocal), Gi Vincenzi (guitarra e vocal), Guilherme Maciel (baixo), Cauê Santiago (teclados) e Danny Scol (bateria). No Garimpo, à rua da Matriz, 136, no Embu.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – 22h … Samba D’Accord … Músico baiano radicado em Paris, Elio Camalle convida os amigos para a despedida de ano. Com Carol de Cris, Ricardo Soares, Gabriel de Almeida Prado, Sonekka, Marcio Policastro, Leandro Carvalhal, Si Sa, Liw Ferreira, Danilo Moura, Vitor Coimbra e quem mais chegar. No Bar do Julinho, à rua Mourato Coelho, 585.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – das 22h30 às 4h30 … Baile Tijolada … Baile com rap, funk, trap, dancehall e muita música preta na discotecagem. Gustrago é o meste de cerimônias e a noite ainda tem Beré, O Invasor e Luja Madalena. Entrada R$2. A Tijolinho é uma produtora nascida nas ruas de Guarulhos com o intuito de promover artistas independentes da região.

… … …

SÁBADO – 23 de dezembro – das 23h às 4h30 … Especial Cuba – Buena Vista Social Club … Homenagem à música cubana e latina com o grupo Mayombe Afro Cubano interpretando Buena Vista Social Club. Entrada R$20. No Miscelânea Cultural, à rua Cunha Gago, 678.

… … …

TERÇA-FEIRA – 26 de dezembro – 19h … Terça Autoral – 22° edição … Sarau organizado por Wolf Do Vale e Fabricio Dias abre espaço para compositores. Na rua Hungria, 128, em Guarulhos.

… … …

Até 22 de dezembro … Exposição de Arquitetura – Observatório + Devires do Brasil … O Observatório e a Exposição Devires do Brasil são parte das atividades da 11a Bienal de Arquitetura de São Paulo, que tem várias outras expos e programações em diversos outros locais. Na Praça das Artes, Av. São João, 281. Saiba mais no site.

… … …

Até 23 de dezembro – Exposição … A artista plástica Beatris Maurício Rocha expõe suas pinturas no Espaço Cultural Alberico Rodrigues, na praça Benedito Calixto, 159.

… … …

Até 30 de dezembro – das 10h às 20h … Robert Frank: Os americanos + Os livros e os filmes … A obra de Robert Frank, um dos nomes mais importantes da história da fotografia, será apresentada em duas exposições no IMS Paulista: “Os americanos” e “Os livros e os filmes”, com entrada franca. Em paralelo às exposições, o IMS promove retrospectiva de sua filmografia, exibindo 25 títulos, entre curtas, médias e longas-metragens. Na avenida Paulista, 2424.

… … …

Até 14 de fevereiro/2018 … Exposição – Histórias da sexualidade … Com mais de 300 obras e cerca de 130 artistas, tanto do acervo do MASP, quanto de coleções brasileiras e internacionais, incluindo desenhos, pinturas, esculturas, filmes, vídeos e fotografias, além de documentos e publicações, de arte pré-colombiana, asiática, africana, europeia, latino-americana, entre outras. A mostra divide-se em nove núcleos temáticos e ocupa três espaços do Museu: o primeiro andar (Corpos nus, Totemismos, Religiosidades, Performatividades de gênero, Jogos sexuais, Mercados sexuais, Linguagens e Voyeurismos), a galeria do primeiro subsolo (Políticas do corpo e ativismos) e a sala de vídeo (Voyeurismos). No Masp, à av. Paulista, 1578. Só para maiores de 18 anos (pode isso, Arnaldo?).

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. Bom findi a todos!

… … …

E O VIOLÃO DO BRAU, HEIN? >>> O talentoso violonista e querido amigo Brau Mendonça teve seu instrumento de trabalho roubado. Além do valor sentimental, pois o violão estava com ele há mais de 15 anos, é muito difícil comprar outro com a mesma qualidade. Seus amigos e admiradores, solidários, iniciaram campanha para arrecadar fundos e tentar adquirir outro violão semelhante (clique no cartaz e veja como colaborar).

… … …

O MENINO QUE NÃO SABIA CHORAR >>> Bento, o filho da artista plástica Luiza Pannunzio, nasceu com fissura lábio palatina e sem o canal lacrimal. Para ele, Luiza desenhou um poético personagem: ‘O Menino que não Sabia Chorar’. A escritora e dramaturga Paula Autran se juntou ao projeto que está no Catarse em campanha de financiamento para:
1- Produção da peça ‘O Menino que não Sabia Chorar’ e sua apresentação gratuita em hospitais que tratam de pacientes com fissura lábio palatina.
2- Publicação da peça ilustrada em livro e sua distribuição gratuita nos hospitais.
Clique aqui para saber mais e colaborar com essa bela iniciativa.

… … …