Às vezes me criticam por falar palavrões em excesso. Eu aceito, claro, porque é vero. Mas não me conserto e enveredo por eles a toda hora: ‘é foda!’. É que às vezes não tem nada melhor do que ‘foda’ pra descrever algo ou alguém que é muito bom. Daniela Neris, por exemplo: canta muito. Ela é foda. E o grande poeta Akira Yamasaki? Foda! Gilberto Petruche é um cara que resiste e insiste na ZL: ele é foda. O pessoal do Jardim Psicodélico é fodélico. Adriana Aneli é foda, até com café. Caetano Lagrasta também é. Os Poetas do Tietê são muito foda: na faixa, na febem, na biblioteca. Victor Cali é foda. Nina, Noua, Mel, Joel: turma fodona. As mina do Sarau da Maria são very fodas da Vila. A Isca de Polícia é fooodaaa! O Kleber, o Vilane, o Siba, são fodas da canção. O Jocélio e o Zulu são fodas pra chuchu. O Coletivo Cartográfico é fodástico. O Chico César é fodão pra caralho. Julio Maria e Fanca, são brothers e são ‘foders’. Carlinhos, Laureatti e Rubão: tudo fodão. Lígia & Eder, ah.. como são! O Toninho e o Radumé, sabe como é… são foda! Esses e outros artistas humanistas que estão sempre por aqui, engrossando a luta e essa lista, são fodas de carteirinha. Como ‘a bossanova’ que Caetano, num verso foda, elogiou. Quem quer ir fundo, na vida na arte nas partes no mundo, na bagaça toda, tem que ser muito foda. Porque a verdade é essa:

 

… … …

CABEÇAS ENFUMAÇADAS
NA CARAUARI

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … Cabeças Enfumaçadas … Os Cabeças fazem um som viajante e psicodélico. O trio é formado por Daniela Neris (vocal, gaita e percussão), Ivan Cabeça (violão) e Luis Dias (guitarra solo). No repertório, os clássicos de ícones do rock e da mpb: John Lennon, Bob Dylan, The Animals, Janis Joplin, Raul Seixas, Zé Ramalho e muitos outros. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria. Entrada franca.

Foi em 2016, num sarau do Bar e Mercearia Carauari, que tive o prazer de ouvir pela primeira vez o som dos Cabeças Enfumaçadas. Pelo nome, pensei se tratar de alguma banda de churrascaria, ou de roqueiros gaúchos, talvez (rs). Além de um ótimo e bem tocado repertório de pop-rock internacional e nacional, conheci uma excelente cantora chamada Daniela Neris. Daniela canta rock, mas não grita. E arrepia. Sua voz, que parece mixada na altura exata, rasga as melodias e nos emociona sem que saiamos do show com os tímpanos estourados (e ela canta Janis Joplin como ninguém). Sua entrega é total e absoluta: Daniela gosta muito do que faz e ama mergulhar no universo lisérgico da grande música popular composta nos anos 1960/70, além de ser uma figuraça superlegal. Relembrando esse dia, escrevi o texto abaixo:

vínhamos eu e Marici, sempre atrasados, ignorando relógios e calendários, out-siders a nosso modo, descendo a rua riacho abaixo que desemboca na boca da praça no mar de abraços do bar da Carauari. Foi ali, lá da esquina sibilina, que ouvimos ou (intuí?) pressenti ouvir, desde longe e lindamente o tonitruar reluzente daquela voz colorida dela, voz de aquarela lisérgica, de viagem psicodélica, voz de Daniela Neris. voz quente que acende relâmpago que faz roda de fogo e chama xamã pra dançar. voz de ímã megapower-atraente que junta gente em torno da chama. era Janis Pink Floyd era Elis era Yes. era foda de ouvir aquela voz. era Bowie e era Stones era Amy e era Joss. era a voz de quem amamos tanto, nossa história passando veloz. era a nossa era, era quase minha parceria a prazeria da voz dela. era Secos & Molhados, era Rita era Raul, era antiditadura. era paz e era amor, era John e era Paul, era sim, contracultura. era Jimi era Jim eram os Doors. éramos nós elétrico-poético-energizados. drogados de sons e desejos bons. éramos arte e ilusão. comunhão. era só uma ilusória momentânea sensação? estávamos lá naquele antro naquele altar. mas não estávamos somente ali naquele exato e pacato lugar da carauari. não éramos estranhos. éramos brous irmãos hermanos encantarolando em bandos vindos de algures e antanho. de filmes festivais e passeatas. de Londres de Woodstock da Jamaica. de outros carnavais canaviais de além-mar. da Bahia da África do Rio. do sertão da paixão do coração do Brasil. enquanto o canto de Daniela nos levava por estradas encantadas, a fumaça vazava da guitarra da caixa da cabeça dos cabeças enfumaçadas. como um ‘boxeur’ a mercê, preso às cordas, no solo, na lona da vida punk cotidiana, a pensar: somos só nós mas não estamos sós. a ecoar reverberar e repensar: somos só nós mas não estamos sós. e Dani canta como num mantra: somos só nós mas não estamos sós… há no som e em sua voz uma felicidade voraz, uma vibe de união, uma feroz identificação. a voz de uma geração semipolitizada mas indignada, que só se sente representada pela canção. poderia ser alienação, não fosse um urro um murro um uuuuh. uma resposta-revolta-do-fundo-do-coração. um sonoro ‘não!’. nossa pequena (porém intensa) revolução.

Depois do show a abracei e conheci. Era a Daniela Neris, gravou cd, veio do sul e canta por aí. Estava com sua filha, com Ivan Cabeça, com Luis Dias. Tão tranquila, nem parecia aquela fada maga, aquela ET cantante, aquela intérprete master vinda de outro planeta. Sua banda chamava-se Cabeças Enfumaçadas. Cara… os cabeças são da pesada! Sexta eles tocam de novo na Carauari. Dessa vez vamos chegar bem cedo, né, Marici? Se eu fosse você, que agora me lê, não deixava de ir.

Há muitos vídeos de celular, no youtube, que registram trechos de shows de Daniela e dos Cabeças pelos bares da cidade. Muita barulheira do público, do ambiente e gravações com pouca qualidade técnica. Eu já disse à Dani: ‘vocês precisam gravar direitinho, em estúdio, postar vídeos à altura do talento que têm’. Aí a Dani contou que já gravou um cd. A composição ‘Portas Abertas’ (acima) faz parte do tal cd, ‘Os sonhos e os sons’, lançado em 2016. É o primeiro trabalho solo de Daniela Neris.

No vídeo acima, a história do projeto, que contempla 15 letras de Álvaro Barcellos para melodias de 15 diferentes compositores: Pery Souza, Raul Ellwanger, Marco Aurelio Vasconcellos, Pedro Munhoz, Ricardo Perucci, Helio Ramirez, Bachilli Neto, Juliano Guerra, Leonardo Oxley, Sulimar Rass, Lyber Bermudez, Paulo Timm, Renato Machado, Sidney Bretanha e Toronto Viramundo. Daniela canta todas as músicas e é acompanhada por Marcelo Vaz (piano), Igo Santos (bateria), Ottoni de Leon (baixo) e Sulimar Rass (violão e arranjos). Dani é demais! Sou fã dela.

 

.

… … …

SARAU DA CASA AMARELA

… … …

Domingo – 9 de julho – das 15h às 21h … 57º Sarau da Casa Amarela … Mais uma edição do maravilhoso sarau apresentado pelo poeta Akira Yamasaki e seus fiéis escudeiros Escobar Franelas e Luka Magalhães. Se você ainda não conhece, precisa ir lá e passar uma tarde/noite incrível com o pessoal da Casa Amarela, num clima de amizade, música e poesia. A Casa fica na rua Julião Pereira Machado, 7, em São Miguel Paulista. Nesta edição, os convidados são:

Adriana Aneli, poeta, escritora, compositora, dramaturga, editora e ativista cultural, que lança seu belo livro “amor expresso”, com contos deliciosos, todos fazendo referência (e, no mais das vezes, reverência) à também deliciosa bebida. Separei esta pequeno e emocionante conto que me comove a cada releitura. Espero que Adriana não se zangue por eu tê-lo digitado e publicado aqui. É o que eu mais gosto:

“Na mesma semana já era o terceiro com quem se encontrava no bar. Conheceu a todos no Facebook e jurou amor eterno a cada um, enquanto dava-se tempo para fazer sua escolha.
O primeiro, muito novo, descartou logo de cara; bastariam alguns anos para a diferença de idade pesar em seu desfavor. Do outro, detestou o perfume e, daquele, a calça justa que usava.
Pediram café curto. Não adoçaram. O dela chegou frio, o dele fumegava. Delicadamente, ele trocou as xícaras e sequer percebeu quando ela excluiu todos os outros nomes da lista de contatos.”

Caetano Lagrasta Neto, poeta, escritor e jornalista, que lança o livro “abecedário”, escrito (e premiado) nos anos 60, mas que permaneceu inédito por cerca de 50 anos e só recentemente foi editado pela Scenárium Plural.

O Coletivo Poetas do Tietê, formado por Paulo D’Auria, Cissa Lourenço, Marcelo Lemos, Akanni, Caranguejunior e outros, realiza diversos saraus, como o Poesia na Faixa, Sarau Asas Abertas, o sarau para a molecada da fundação Casa, Sarau Ocupaz e saraus para a população em situação de rua. No sarau da Casa Amarela, vão lançar títulos do selo “Poetas do Tietê”.

E ainda tem a exposição de fotos ‘Pequenos Mundos e Planetas Poesias’, do Carloz Torres, da Editora Essencial.

 

 

.
… … …

FESTA DE ROCK
EM SAPOPEMBA

… … …

Domingo – 9 de julho – das 17h à 0h … Doces Tardes de Domingo #11 no Kombs … Tradicional point de roqueiros, a festa abre espaço para bandas alternativas. Nesta edição, com a presença das bandas A Inevitável Coisa, Banda Outdoors e Santo Veneno Rock. No evento, criado e organizado pelo Jardim Psicodélico (Eduardo Osmedio, Vander Bourbon e Tom Kbélo), sempre tem exposições de artes plásticas, cartazes, fanzines e performances, além da tradicional feira de vinil e vídeos do Charada Clube. Nas palavras do pessoal, a trilha sonora vai “desde o básico até os sons mais obscuros do lado Z”. Vai lá conferir. No Komb Bar ZL, à praça Miguel Ramos de Moura, 175, no Jardim IV Centenário.

No vídeo acima você fica sabendo um pouco mais da história dessa turma que foi se juntando em torno do Vídeoclube Charada e da Charada Discos, do Gilberto Petruche, promovendo shows e diversos eventos na ZL, oferecendo entretenimento e cultura aos moradores daquelas quebradas esquecidas pelo poder público.

E aqui você vê o trailer do longa-metragem “Cinemagia: a história das videolocadoras de SP”, documentário produzido pela LumoLab, que presta homenagem aos donos de videolocadoras, distribuidores e personalidades do setor de Home Video paulistano. Clique no link e acesse a página do facebook para mais informações.

 

 

… … …

CLÁUDIO LAUREATTI E O
PROGRAMA VIRADA LIVRE

… … …

 

Virada Livre” é uma produtora de vídeos de poesia veiculados no YouTube. Recentemente lançou o programa de entrevista poética que leva o mesmo nome, em parceria com o site do Sarau da Cesta e a produtora Três Coelhos. A equipe que produz o programa é formada por Zé Lima (músico), Philippe Gomes e Michel Coelho (filmagem) e Cláudio Laureatti (poeta, roteirista e apresentador – na foto acima).

Em junho, no primeiro programa, o poeta Claudio Laureatti, seu criador e apresentador, recebeu Rubens Jardim, autor de três livros de poemas: ‘Ultimatum’, ‘Espelho riscado’ e ‘Cantares da paixão’, além de ser o organizador dos livros ‘Jorge de Lima 80 anos’ e ‘Lindolf Bell – 50 anos de Catequese Poética’.

Segunda-feira – 10 de julho – 18h … Virada Livre ao vivo ECLA … Segundo programa da série entrevista o poeta Glauco Mattoso (foto), com transmissão ao vivo via facebook. No ECLA – Espaço Cultural Latino Americano, à rua Abolição, 244, no Bexiga.
.

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

 

… … …

Até 11 de julho – 19h … Exposição Do Cinza à Cor – no Shopping Santana Parque … ‘Do Cinza à Cor’ apresenta fotografias em pb e a transformação dessas cenas em pinturas para despertar a reflexão sobre a importância do amor entre o ser humano e o animal, principalmente no contexto urbano. A mostra é resultado de um projeto de mais de 3 anos e traz 30 obras fotográficas em pb registradas pelo jornalista Fábio Brito, transformadas em 30 novas pinturas coloridas pelas mãos do artista Marcos Farrell. Os quadros (e o livro que retrata essa relação) estarão à venda e parte será revertida para a ONG Abeac – Associação Bem-Estar Amigos da Célia, que cuida de mais de 1200 animais. No Santana Parque Shopping, à rua conselheiro Moreira de Barros, 2780.

 

… … …

Segundas-feiras de julho (dias 10, 17, 24 e 31) – de 19h às 22h … Oficina de Invenção de Canções … O compositor e cantor Kleber Albuquerque convida interessados em música & poesia para a oficina de invenção de canções que ocorrerá a cada segunda-feira de julho, no quintal do Teatro Imaginário da Fábrica de Caleidoscópios, na Mooca. A proposta da oficina é proporcionar a experiência de práticas de composição poético-musical coletiva entre os participantes, de modo a estimular a inventividade artística, o intercâmbio de ideias e o florescimento de inspirações. Para cada encontro avulso, o investimento é de R$50. Vagas limitadas. Informações e reservas pelo fabricadecaleidoscopios@gmail.com

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 19h … Literatura e hip-hop, com Ferréz … Autor de “Capão Pecado”, “Manual prático do ódio” e “Deus foi almoçar”, o escritor Ferréz bate um papo sobre literatura e hip-hop. Na biblioteca Mário de Andrade, à rua da Consolação, 94.

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 19h30 … Lançamento – “todas as funções de uma cicatriz” – de Lâmia Brito … Poeta lança seu primeiro livro com sarau apresentado por Daniel Minchoni e pocket-show da cantora Nina Oliveira. Pedro Mansa acompanha os poetas no sarau. Na Casa Elefante, à rua Cesário Mota Junior, 277, sobreloja (perto do metrô Santa Cecília).

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 20h … Encontro de Expressões … Concorrido sarau com música, poesia, dança, teatro e artesanato. Entrada franca. No Grão Espresso, à rua Voluntários da Pátria, 3558.

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 20h … Point dos Falcões – Motoclube Raça Liberta … Bloody Sabbath, Banda cover do Black Sabbath faz show-tributo. No Box Park Internacional, à av. Guarulhos, 3679.

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 21h … Vanessa Moreno – Em Movimento … Cantora apresenta as canções de seu primeiro cd ‘Em Movimento’. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360. Entrada R$55.

 

… … …

Quinta-feira – 6 de julho – 21h30 … Siba – na Casa de Francisca … Expoente da nova geração do maracatu e dos cirandeiros, o excelente compositor e guitarrista Siba (da banda Mestre Ambrósio) apresenta o show “De Baile Solto”, acompanhado por Mestre Nico (percussão e vozes), Atife (guitarra) e Thomas Harres (bateria). Na rua Quintino Bocaiúva, 22.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 18h30 … Sexta Na Casa Fórum – Com Luiz Cláudio de Santos … O talentoso cantor e compositor Luiz Claudio de Santos apresenta músicas de seu cd e clássicos da mpb. Entrada R$10. Na rua Primeiro de Maio 57, em Santos.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 19h … Lançamento Digital da Música Mediterrâneo – Trio2Um … Banda formada por Airton Junior (violão), Marcelo do Rozario (flauta), Michele Pasini (percussão) e Thiago Moura (baixo), lança vídeo da música ‘Mediterrâneo’. Confira no link.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 19h … Sexta na Osteria … Guilherme Lamas canta e toca clássicos do samba e do choro em seu violão de 7 cordas. Na Osteria Salvatore, à rua Francisco Antonio Pinto, 154, em Campinas.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … Black Box – no Yspelunka … A banda Black Box toca clássicos de rock dos anos 70: Bad Company, Led Zeppelin, Deep Purple, Black Foot, Free, Rolling Stones, Cream, Eric Clapton, Creedence Clearwalter, Alice Cooper, Grand Funk, Shooking Blue, Steppen Wolf, Beatles, Doors, Pink Floyd, The Mamas in the Papas, Raul Seixas, Mutantes e muitos outros. Com Edu Osmédio (guitarra), Rogério Rogerio Skruzdeliauskas (vocal), Mau-Mau (baixo) e Fabio Batista (bateria). Na rua Clemente Falcão, 27, no Pq. São Rafael. Entrada franca.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … Cabeças Enfumaçadas … No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria. Ver matéria no destaque.

 

… … …

 

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … Marco Vilane – no Sesc São Caetano … Dentro do projeto “Cena Aberta”, o cantor, compositor, poeta e contador de causos Marco Vilane se apresenta revezando instrumentos e sonoplastia com Webster Santos. O show tem contação de histórias, poesia e canções com arranjos inusitados. Entrada franca. Na rua Piauí, 554, bairro Santa Paula.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … SON Estrella Galicia – Isca de Polícia … A banda criada em 1979 por Itamar Assumpção divulga seu primeiro cd autoral sem composições do grande Pretobrás. A Isca de Polícia é formada por Suzana Salles e Vange Milliet (vocais), Luiz Chagas e Jean Trad (guitarras), Paulo Lepetit (baixo) e Marco da Costa (bateria). A banda apresenta as novas parcerias com Tom Zé, Arnaldo Antunes, Zeca Baleiro, Ortinho, Alice Ruiz, Carlos Rennó, Pericles Cavalcanti e Arrigo Barnabé. No Centro Cultural Rio Verde, à rua Belmiro Braga, 119. Entrada de R$25 a R$40.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 20h … Subversiva #2 … Coletivo Teatro Dodecafônico + Coletivo Cartográfico + Cia Mungunzá de Teatro convidam ‘quem sabe que foi golpe’ para sua festa gratuita. Com Furmiga Dub, Gabriela Pensanuvem, performances, intervenções e variados comes e bebes. No Galpao Mungunzá, à rua Rodolfo Miranda, 350, no Bom Retiro.

 

… … …

Sexta-feira – 7 de julho – 21h30 … Trupe Chá de Boldo no Sesc Pompeia – lançamento “verso” … Banda lança “verso” (acima, na íntegra), seu quarto álbum, que reúne versões para canções de parceiros como Alzira E, André Abujamra, arrudA, Gero Camilo, Iara Rennó, Juliano Gauche, Léo Cavalcanti, Marcelo Segreto, Negro Leo, Pélico, Peri Pane, Tatá Aeroplano e Tata Fernandes. Na choperia do Sesc Pompeia.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 11h … Vila Madalena: Pague o quanto você acha que vale nos livros … Quem for conferir a programação do Armazém da Cidade, neste findi, vai encontrar uma feira de livros onde o leitor interessado paga o quanto ele achar que o livro vale. Também no domingo, 9 de julho, das 11h às 20h. Na rua Medeiros de Albuquerque, 270, na Vila Madalena.
… … …

Sábado – 8 de julho – 11h … Greve Geral 100 Anos: dos anarquistas ao horizontalismo … Em junho de 1917, décadas antes da consolidação das leis trabalhistas no Brasil, cerca de 400 operários – em sua maioria mulheres – da fábrica têxtil Cotonifício Crespi na Mooca, em São Paulo, paralisaram suas atividades. Dentre as reivindicações, o aumento de salários e redução das jornadas de trabalho, que até então não eram garantidos por lei. Para discutir os legados dessa primeira greve e questões que permeiam o atual momento, o evento conta com Jorge Luiz Souto Maior (professor, escritor e juiz do trabalho), Sebastião Neto (sindicalista e pesquisador das relações trabalhistas) e Camila Lisboa (sindicalista). Na Tapera Taperá, à av. São Luiz, 187, 2º andar, loja 29, na Galeria Metrópole.
… … …

Sábado – 8 de julho – 13h … “Sarau Simpósio de Artes Integradas – Amparo Literário” – ANO 2 … Sarau criado e organizado pelo músico e escritor Alba Atroz, tem palco aberto e convidados. Nesta edição, o poeta Akira Yamasaki lança seu livro-cd ‘Oliveiras Blues’, com poemas dele musicados pela banda Cabras de Baquirivu. O grupo teatral Casa Amarela Encena apresenta esquetes criados a partir de personagens do livro. Presença dos escritores Thiago Ambulante, Sergio Ballouk e Kathya Scarzullio, além da banda Zathom e do músico e artista plástico Punky Além da Lenda, entre outros. Na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, à rua Henriqueta Noguez Brieba, 281.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 16h … Lançamento do livro Samba: Uma Cultura Popular Brasileira … A escritora e historiadora Cinthia Filomeno lança livro sobre a história do samba e convida a todos para a sessão de autógrafos em meio a uma roda de samba, regada à cerveja, claro. Na Toca da Capivara, à rua Major Diogo, 863/865.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 16h30 … 3Áfricas em Rainhas do Tempo … Ciza, Luz e Helô miram o horizonte sonhando com a próxima parada do coletivo 3Áfricas. Com a ajuda de amigos, preparam histórias com as belezas mais preciosas da mãe África. Espetáculo criado e dirigido por Renato Gama e interpretado por Mariana Per, Renata de Oliveira e Camila Oliveira. No Sesc Pq. Dom Pedro II. Entrada franca.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 17h … Aniversário dos Cancerianos … Aniversário de artistas e amigos com sarau, palco aberto e pocket-show de Ricardo Escudeiro. Na Patuscada – Livraria, bar & café, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 18h30 … 100º Sarau Bodega do Brasil … Sarau organizado pelo cantor e cordelista Costa Senna comemora sua centésima edição com convidados e palco aberto. Participação especial do violeiro Cícero Gonçalves e seu Projeto Pintura. Na Ação Educativa, à rua General Jardim, 660.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 19h … Sarau na Galeria | Edição 44º … O Sarau na Galeria é um projeto literário e musical realizado no centro da cidade de Suzano, todo segundo sábado de cada mês, desde março de 2013. Nesta edição, tem a presença da escritora Letícia Pierre lançando “Cosmos no Casulo” e a exposição de desenhos de João Victor. Tem Lews Barbosa no Som Autoral e Henrique Lima nos malabares. Tem Rafael Melo no “Olhares sobre o Sarau na Galeria” e tem microfone aberto para quem chegar com música e poesia. Abaixo, dois poemas de Letícia:

Amor não é
pra entender
é pra fazer
senti(n)do.

Não seja mais
reticente…
Seja ponto,
finalmente.

.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 19h30 … Rock in Rio Aricanduva … Clube de Malha Unidos de Vila Manchester promove noite de rock com as bandas Conexão ABC (sucessos nacionais de todos os tempos) e Porão 311 (Classic Rock). Entrada R$7 e R$10. Na rua Zambeze, 628.
… … …

Sábado – 8 de julho – 20h … Alzira E + Alice Ruiz no Loki Bicho … A compositora e a poeta, parceiras em muitas canções, se juntam neste espetáculo poético-musical. Entrada R$20. Na rua Chácara do Carvalho, 109.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 20h … Vasalisa, em busca da chama intuitiva … Vasalisa é um conto do livro ‘Mulheres que correm com os Lobos’, de Clarissa Pinkola Estés. Foi adaptado para música e dança por Carol Louro, Valéria Alves, Paola Blanton e Elisabeth Just. Além delas, o evento terá a participação do Coro Cântaro, com direção e regência de Elisabeth Just, Bruna Budri (violoncelo), Myrlaine Zoldan (flauta), Cibele Torquato (soprano) e Carla Oliveira (contralto). Ingressos a R$38 e R$40. Na Hob Salam Yoga e Danças, à avenida Paula Ferreira, 2165 C.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 20h … Show Pisagens – Ligia Regina & Eder Lima e Banda … Dupla formada nos anos 80, em meio às atividades culturais e políticas do MPA (Movimento Popular de Arte), atua de forma expressiva em várias linguagens além da música, como artes visuais, poesia e arte-educação. O atual trabalho musical de Ligia Regina e Eder Lima, além de canções inéditas, resgata músicas compostas no período do MPA. Na banda, David Santos (guitarra), Robb Oliveira (teclado), Anderson Silverio (baixo) e Elias Caju (bateria). Na Casa de Cultura São Miguel, à rua Irineu Bonardi, 169, em São Miguel Paulista.

… … …

Sábado – 8 de julho – 20h … Café Expresso 66 … Ezequias Silva, o popular ‘Café’, violeiro e parceiro querido de muitas atividades culturais na Vila Maria e Jardim Brasil, faz festa-show pra comemorar seus 66 anos. Parabéns, talentoso amigo. Danielle Bonfim e muitos outros artistas participarão dessa noite feliz. Clique no cartaz para ler melhor a programação. No 2Santo Bar, à rua São Vicente, 157.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 21h … “Entre Amigos”… Os cantores e compositores Zulu de Arrebatá e Jocelio Amaro interpretam suas canções. Couvert R$10. No Ecla (Espaço Cultural Latino Americano), à rua Abolição, 244, na Bela Vista.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 21h … Chico César – Lançamento DVD Estado de Poesia … Chico César não precisa estar sendo divulgado aqui, num blog de saraus, porque é um artista de sucesso, de talento reconhecido pela crítica e pelo grande público. Mas acontece que Chico é dos nossos. Está sempre presente apoiando movimentos estudantis e culturais pelas periferias da cidade. Aqui, a gente fala de Chico César com alegria e prazer. Ele apresenta o show de lançamento do dvd ‘Estado De Poesia’. No domingo é às 18h. Ingressos de R$15 a R$50. No Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195. Vejam esta outra música incrível que o Chico compôs (e um trecho de sua enorme e indignada letra):

Ó donos do agrobiz, ó reis do agronegócio
Ó produtores de alimento com veneno
Vocês que aumentam todo ano sua posse
E que poluem cada palmo de terreno
E que possuem cada qual um latifúndio
E que destratam e destroem o ambiente
De cada mente de vocês olhei no fundo
E vi o quanto cada um, no fundo, mente

Vocês que enxotam o que luta por justiça
Vocês que oprimem quem produz e que preserva
Vocês que pilham, assediam e cobiçam
A terra indígena, o quilombo e a reserva
Vocês que podam e que fodem e que ferram
Quem represente pela frente uma barreira
Seja o posseiro, o seringueiro ou o sem-terra
O extrativista, o ambientalista ou a freira

Pelos milhares que ontem foram e amanhã serão
Mortos pelo grão-negócio de vocês
Pelos milhares dessas vítimas de câncer
De fome e sede, e fogo e bala, e de avcs
Saibam vocês, que ganham “cum” negócio desse
Muitos milhões, enquanto perdem sua alma
Que eu me alegraria se afinal morresse
Este sistema que nos causa tanto trauma

.

… … …

Sábado e domingo – 8 e 9 de julho … Almério – Show ‘Desempena’ – SESC Santana … Grande artista apresenta as canções de seu novo cd (veja que lindo esse clipe). No sábado às 21h e no domingo às 18h. Na av. Luiz Dumont Villares, 579, no Jd. São Paulo. Ingressos de R$7,50 a R$25.
… … …

Sábado – 8 de julho – 21h30 … Festa cubana no CCB … O tradicional som cubano é essência do repertório do show do Mayombe, que resgata composições das décadas de 30 e 40. O grupo é composto por Afonsinho Menino (percussão), Jara Arrais (violão e voz), Sergio Turcão (contrabaixo elétrico) e German Larraguibel (cordas). Couvert R$10. Apresentação também da banda Salsombe. No Centro Cultural Butantã, à av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882.

.
… … …

Sábado – 8 de julho – 22h30 … The East West Band – no Boutique Vintage … A banda homenageia um dos maiores gaitistas de Chicago, Paul Butterfield, interpretando seus sucessos e lados b. Com MaurusBlues (voz & gaita), Fernando Hipólide (guitarra), Felipe Barba (baixo) e Eduardo Camargo (bateria & backing vocals). Participação do mágico Toru. Discotecagem por conta do dj Makako Renato. Entrada R$15. Na rua Padre Adelino, 949, quase em frente ao sesc Belenzinho.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 23h … Orquestra Brasileira de Música Jamaicana – no Mundo Pensante … A Orquestra apresenta seu novo trabalho “OBMJ Ataca”, o primeiro com composições autorais, assinadas por Sérgio Soffiatti e Felippe Pipeta. O show e o álbum fazem alusão ao gênero Sci Fi (o título parodia o filme “Mars attaca”, de Tim Burton). Ingressos de R$15 a R$25. Na rua Treze de Maio, 830.

 

… … …

Sábado – 8 de julho – 23h … Congo Ancestral VI Edição … Evento cultural visa divulgar a arte e a cultura africanas pelos africanos residentes na cidade de São Paulo, através de música ao vivo, performance, dança, poesia e contos de histórias das independências dos países africanos. Nesta VI edição, homenagem a “São Tomé e Príncipe” que comemora independência em 12 de julho. Show de Yannick Delass & banda, performance de Shambuyi Wetu e declamação de poesia e contação de histórias por Ermi Panzo. Entrada R$10. No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269.

 

… … …

Domingo – 9 de julho – das 13h às 20h … Banda da Portaria – na Arena Cervejar … Uma tarde de domingo com muita música, poesia, cervejas artesanais e comidas especiais. A Banda da Portaria é formada por Arthur Lobo (voz e guitarra), Binho Siqueira (percussão), Danilo Trevisan (violino), Henrique Stella (baixo), João Mantovani (voz e violão) e Vitor Miranda (poesia). Na rua Mourato Coelho, 972, na Vila Madalena.

 

… … …

Domingo – 9 de julho – das 15h às 21h … 57º Sarau da Casa Amarela … Ver matéria em destaque, antes do Agendão. A Casa Amarela fica na rua Julião Pereira Machado, 7, em São Miguel Paulista.
… … …

Domingo – 9 de julho – das 17h à 0h … Doces Tardes de Domingo #11 no Kombs … Veja matéria em destaque, acima do agendão. No Komb Bar ZL, à praça Miguel Ramos de Moura, 175, no Jardim IV Centenário.

… … …

De segunda a sexta-feira – de 10 a 14 de julho – 18h … 1ª Semana de Formação Cultural e Política do Fórum de Cultura da Zona Leste … Este ciclo de encontros contará com a presença de diversos artistas, ativistas e educadores que discutem e desenvolvem seus trabalhos e ativismo a partir dessas temáticas em diversas frentes: vivências, pesquisa, formação, intervenções artísticas/políticas e etc. O evento terá duração total de 20h e fornecerá certificado aos participantes. Confiram a programação na íntegra e façam suas inscrições. Na Okupação Cultural CORAGEM, à rua Vicente Avelar, 53 (Praça Brasil) – Cohab 2, próximo a estação José Bonifácio da CPTM.

 

… … …

Segunda-feira – 10 de julho – 19h … Como Funciona o Orçamento da Cultura da Cidade de SP? … De maneira prática, todos poderão aprender como acessar os dados e compreender os mecanismos possíveis de participação democrática e cidadã na fiscalização e no controle social da política pública da cidade, especificamente no setor da cultura. Com Inti Queiroz, produtora e pesquisadora da USP e Aluízio Marino, gestor de projetos culturais, pesquisador e militante de coletivos culturais periféricos.No Auditório da Ação Educativa, à rua General Jardim, 660, na Vila Buarque. Atividade aberta e gratuita.

 

… … …

Segunda-feira – 10 de julho – 19h … Slam do Prego – Edição de Julho – Pocket Show Victor Cali … Oitava edição do sarau tem microfone e pocket-show acústico de Victor Cali, além da batalha de poesia. Nos meses anteriores venceram Gustrago (jan), Natália Santi (fev), Duende (mar), Daniel Carvalho (abril), Ingridis (maio), Daisy Coelho (jun) e Mariana Felix (ed. especial). O evento acontece toda segunda segunda-feira de cada mês na praça Getúlio Vargas com av. Tiradentes, 1289, em Guarulhos.

.
… … …

Terça-feira – 11 de julho – 18h30 … Abertura – Mostra ‘O Homem que caiu na Terra’ … Mostra celebra os trabalhos de David Bowie no cinema. São mais de vinte filmes com participação do ícone da cultura pop, além de debates e oficinas. De 11 a 30 de julho. Ingressos a R$4 e R$2. Na Caixa Cultural Rio de Janeiro, à av. Almirante Barroso, 25, no centro do Rio. Veja AQUI a programação completa.
… … …

Terça-feira – 11 de julho – 19h … Novo Sarau do Mercado – Especial de Julho … Sarau com palco aberto e convidados: Neggo Blues lança cd, Kathya Scarzullio lança o livro Folhas Secas e Tatyana Oliveira e Aloisio Araújo fazem música e dança. Na praça dr. Francisco Ferreira Lopes, 434.

 

… … …

Terça-feira – 11 de julho – 19h … O Feminino em Pessoa – Patricia Lopes Trio … Espetáculo musical com canções concebidas pela compositora e pianista brasileira Patrícia Lopes, inspirada pela obra do poeta português Fernando Pessoa. Nesta noite, com a participação especial da cantora portuguesa Sofia Vitória e da cantora e compositora paulistana Ana Luiza. Com Patrícia Lopes (piano e composições), Ana Luiza (voz), Paula Pires (clarinete), Sebastian Ruiz (viola) e Sofia Vitória (voz). No JazzB, à rua General Jardim, 43.

 

… … …

Terça a quinta-feira – 11, 12 e 13 de julho – 19h30 … Cordas & Vocais – com Julio Maria, Cibele Codonho e Filó Machado … O jornalista Julio Maria, do Estadão, conta saborosas histórias de grandes músicos e músicas da mpb, ao som do violão de Filó e da voz de Cibele. Dia 11, Chega de Saudades (1946 a 1967: do Samba-Canção à Tropicália). Dia 12, A Invenção da Juventude (1965 a 1978: da Jovem Guarda ao Clube da Esquina). Dia 13, A Era das FMs (1980 a 2000: o impacto da execução em rádio na criação de uma nova MPB). No teatro do Sesc Consolação, à rua doutor Vila Nova, 245.

 

 

… … …

Quarta-feira – 12 de julho – 18h … Desconcertos de Poesia – 12 de Julho … Num agradável point de escritores, acontece esse que é um dos melhores saraus de poesia da cidade. Apresentado pelo poeta Claudinei Vieira, grandes encontros poéticos e musicais ocorrem em clima fraternal e de mútua admiração. Nesta edição, as escritoras convidadas são Aline Bei, Lenita Estrela de Sá, Lane Lucarelli, Sheyla Smanioto e Sandra Regina. E ainda vai rolar um bazar de artesanato organizado pelo Coletivo Arte Permanente. Na Patuscada Livraria, Bar & Cafeteria, à rua Luis Murat, 40, na Vila Madalena. Abaixo, um poema da Sandra Regina, poeta que inicia sua editora, a Dobraduras & Desdobramentos, que terá parceria com Grazi Brum (das Senhoras Obscenas) e dará ênfase à publicação e divulgação de textos produzidos por mulheres.


feita em versos
(Sandra Regina)

minha rima feminina
vibraria com alice
se um haicai me ruísse
despertaria multimídia
linda e lisa, lucinda
talvez morresse navegando
qual nau frágil de cecília
ou em versos suicidas
à margem como ana c.
fosse lasciva: adélia ou hilda
plena de tantos fetiches
poetaprosearia como clarice
fora de época
de bruços
debruço sobre
seu dorso
hiberno
num corpo
pleno
de braços
abertos
inverno
variações sobre o mesmo tema

.

… … …

IN’ROLLANDO STONES
NO SHOW DA MARIA

… … …

Ainda faltam uns 10 dias, mas fique sabendo desde já: dia 15 de julho, tem In’rollando Stones no Show da Maria. A banda do Francisco Fanca (popularmente conhecido por Mick Jagger do Limão) virá com Carlinhos, Leite, Edmundo & Cia, tocando Stones, Beatles, Raul e rock nacional. E ainda vai rolar um pocket-show de abertura com Toninho Rodrigues (do Lhamas) e Vanderlei Moraes (o Radumé) com clássicos do rock. No Clube Vila Maria. Entrada R$10 (renda revertida aos músicos).

 

 

… … …

BOM FINDI A TODOS E
ATÉ A SEMANA QUE VEM!

… … …

 

.