Escrever é impreciso mas é preciso escrever mesmo incerto traduzir o abismo interno o deserto dentro o inferno próximo o sexo-galáxia ao redor o centro o outro. às vezes dá certo noutras passa perto torto perde-se entre nós quase voz sobrevoa o riso a razão a onomatopeia da carne a ideia fixa do coração. arrisque risque rabisque crave sua letra trêmula na pedra na tela na pele deledela na terra na estrela na página ávida de um livro um delírio uma vida uma holografia um hieroglifo. um instante único oco um sonho que jamais se repita e que só mesmo teu espírito grito teu escrito tua veia que salta tua pá tua palavra poética capta. Poetas, romancistas e contistas desvairados, correi! A Editora Sopa de Letrinhas quer vos ler.

 

… … …

SOPA DE LETRINHAS
AGORA TAMBÉM É EDITORA

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … O poeta Vlado Lima é o criador e apresentador do sarau Sopa de Letrinhas, um dos mais tradicionais da cidade, com 14 anos de existência. Vlado, além dos dois ótimos livros de poesia lançados (Pop Parachoque e Como suportar jabs no baço) também é um dos compositores fundadores do Clube Caiubi. Agora, o artista se lança em uma nova empreitada: ao lado do publicitário e poeta Filipe Luiz, inaugura a Editora Sopa de Letrinhas. O evento acontece no Julinho Clube, à rua Mourato Coelho, 585.

Atenção poetas, romancistas, contistas, cronistas e afins: segundo Vlado Lima (foto acima), “a Editora Sopa de Letrinhas chega com a ideia de ser (mais) um espaço alternativo no mercado editorial brasileiro. O objetivo é publicar bons autores que ainda não encontraram espaço nas grandes editoras, mas que também não desejam pagar pela edição da própria obra”. O primeiro lançamento é um livro de poemas do próprio Filipe, ’60 Curras Inevitáveis’.

Aqui, as palavras que Vlado escreveu a respeito da poesia de Filipe Luiz (na foto): “Sob a influência de Bukowski, Henry Miller, Allen Ginsberg e outros malucos, nasce a poesia de Filipe Luiz. Debutando no universo literário, ele destila seus poemas numa mistura louca entre o universo beat, pop-art, filosofia grega, despachos heavy metal e desaforismos de buteco. Seus versos tiram onda com os adoradores da autoajuda e os comedores de tofu, provocando o riso inebriado da puetada udigrudi. Nesse livro, Filipe destila uma boa dose de humor, lirismo e crítica, tudo isso temperado com metáforas ricas e belíssimas imagens. 60 Curras não é pra qualquer um. Quem viver lerá!”

Na semana passada postei o poema-título. Hoje, adianto mais um texto do livro, cheio de referências e citações, estilo característico do Filipe:

O DESPERTAR DA NOVA ERA
(Para filósofos de boutique & botequim)

Não importa se você não
concluiu seu mestrado intelectual,
não leu os Romances de Edgar Allan Poe,
não esteve presente nos diálogos de
Platão & Sócrates,
não dissertou sobre Nietzsche e
Schopenhauer,
(ou)
nunca esteve
no primeiro assento da filarmônica
Bachiana.
Esqueça todos esses pedantes,
esqueça as 912 páginas de James Joyce;
não seja cruel consigo mesmo;
Como fracasso:
você é MARAVILHOSO!

Em meio ao nascimento da Editora Sopa de Letrinhas, nessa sexta acontece mais uma edição do Sarau Sopa de Letrinhas, um dos melhores e mais divertidos saraus da cidade. O poeta homenageado é Filipe Luiz, inaugurando a Editora e lançando seu “60 curras inevitáveis’. Mas ainda tem a participação muito especial do grande Tavito, cantor e compositor de ‘Rua Ramalhete’, ‘Casa no Campo’ e outros sucessos, além de ser um dos músicos da lendária banda ‘Som Imaginário’, que acompanhou Milton Nascimento nos primeiros anos do Clube da Esquina. Na abertura do sarau, pocket-show da Banda StereoTrilhos e uma exposição de desenhos de Serafim Júnior.

O Sopa sempre convida poetas e músicos que vão se apresentando enquanto rola o palco aberto (Filipe e Vlado, gentilmente, me convidaram para a festa, o que muito me honrou. Só não vou porque trabalho na sexta à noite. Agradeço e desejo sucesso aos dois). Nesta edição, Lawrence Avon (o popular Mu, na foto acima) & Renan Bass, Felipe Peregrini, Celio Almeida de Carvalho, Simone Barbour & Sheilinha Leite mais João Emílio e Deise Capelozza, Arnaldo Corso e o próprio Vlado Lima, cantando, declamando e apresentando o sarau. Sem falar no sorteio de livros, cds e camisetas, e na deliciosa sopa (de verdade) para quem ficar curtindo até o fim do sarau.

 

 

… … …

VIRADA ESVAZIADA

… … …

Virada esvaziada. Virada mal organizada. Virada sem graça. Foi o que li de jornalistas e ouvi de amigos e de artistas. Não acompanhei, não me senti estimulado a ir. Não se trata de mimimi, de boicotar por discordar das muitas posturas dessa prefeitura (a saber: autoritarismo contra pichadores, falta de diálogo com os movimentos culturais, congelamento das verbas já aprovadas para a Cultura, extinção de programas de inclusão nas periferias, iniciativas reducionistas com relação ao Carnaval de rua e à Virada Cultural, ação policial contra dependentes químicos na Cracolândia e a recente acusação de veto a alguns coletivos já escolhidos por edital). Também não se trata de apenas e tão somente analisar tecnicamente os prós e contras de um evento cultural. Eu poderia falar da chuva, das falhas de infra-estrutura ou da ridícula ‘recomendação’ para que os artistas não se manifestassem politicamente. Poderia fazer isso, de boa… Mas acontece que, aqui, a pegada é outra. Aqui se vislumbra a troca, se valoriza a convivência, se defende a diversidade, se estimula a organização coletiva e seus movimentos. Aqui, o artista é sujeito da transformação e a arte é instrumento de libertação. Respeito os colegas que participaram da Virada e não pretendo ser mais uma voz a colaborar com o esvaziamento de um evento popular que crescia a cada ano e extrapolava os limites das triviais apresentações artísticas para se tornar um símbolo da resistência do paulistano aos ataques à liberdade de ir, vir e estar, uma resposta divertida e debochada aos preconceituosos impunes e ao estado policial que só é eficiente contra os ‘p’ (pobres, pretos e putas).

Show de Roberta Miranda na Av. São João – Foto de Daniel Teixeira/Estadão

A convivência democrática, a defesa da diversidade e a ocupação igualitária e feliz da cidade é a nossa mais eficaz forma de defesa contra a violência (não, não é a polícia, não, ao contrário do que prega cotidianamente a mídia televisiva, repleta de Datenas). Os mesmos comentários sobre a Virada poderiam se referir ao carnaval de rua (ou à Parada Gay). Não por coincidência, esses eventos estão sob a mira higienista e reducionista do prefeito Doria e seu secretário Sturm, ambos impondo ‘novos limites’ à liberdade, criando ‘contenções’ e ‘adequações’ para esvaziar e compartimentar comportamentos e posições políticas contrárias (no mais dos casos, é o que parece). A isso me oponho. Como essa ação truculenta na Cracolândia: o procedimento é tão óbvia e erroneamente policialesco, que torna-se chato ficar repetindo o mesmo discurso que todos sabem de cor: ouvir especialistas & etc & tal e concluir que ‘não é por aí’, prefeito… Parece que, até o fim do seu mandato (ou até que ele se candidate a outro cargo), resta-nos fazer nossa oposiçãozinha sincera e humanista, tentando não perder muitos dos espaços duramente conquistados. Finalizando: o prefeito, sempre que é confrontado, se mostra destemperado e desfere ameaças a uma certa ‘turma do grito’ (será que pertenço a ela?), além de já ter chamado grevistas de ‘vagabundos’, só por se manifestarem contra a absurda reforma da previdência (nem comento o episódio grosseiro das flores jogadas ao chão). Ele me lembra os prefeitos e governadores biônicos dos anos setenta (com o agravante de ter sido eleito por voto popular em primeiro turno). Usa o mesmo discurso policial de defesa da ordem e destila raiva e intolerância diante da ‘oposição’ (não por acaso, são movimentos de esquerda). Em tempos tão incertos, isso não é bom sinal. Nas minhas conversas em casa, no bar, no jornal ou nas reuniões com o pessoal dos saraus, tenho amigos que argumentam não haver mais diferença entre esquerda e direita na vida política nacional. Há, sim, amigos. Há sim. E muita.

Pouco antes de postar, fiquei sabendo que a secretária municipal dos Direitos Humanos, Patrícia Bezerra (PSDB), pediu demissão do cargo. “Não concordo com o que foi feito no domingo, a ação foi desastrosa”, disse ela sobre a operação realizada na Cracolândia. Também nessa noite, o Ministério Público se pronunciou contrário às internações à força dos dependentes químicos, como desejava fazer o prefeito.

 

 

… … …

EU, EM SANTOS, NO
‘LUIZ CLÁUDIO CONVIDA’

… … …

Sábado retrasado estive no CoriscoMix, em Santos, sendo entrevistado pelo talentoso cantor e compositor Luiz Claudio de Santos (o popular ‘Negrón’). Ele, que sempre prestigiou os shows e saraus da Vila Maria, tem um generoso projeto mensal chamado ‘Luiz Cláudio Convida‘, onde recebe um artista ou produtor cultural para um bate-papo informal. Nesta 10ª edição, o convidado fui eu, o que muito me orgulhou. Falei do Sarau da Maria, deste blog, de música alternativa e outras coisinhas mais. Veja como foi:

 

 

 

… … …

UM SARAU
MUITO ESPECIAL

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … Música – Sará o Quê? … “Sará o quê?” é um sarau caseiro com música, poesia e projeções que acontece quinzenalmente na rua Cristiano Viana, 1430. O evento, que propõe a apresentação de trabalhos consolidados e experimentações, surgiu do encontro do cineasta Sérgio Roizenblit (que projetará um episódio de sua série “Milagre de Santa Luzia”) com a curadora e produtora Geórgia Gugliotta e os músicos Caito Marcondes, Dante Ozzetti e Patrícia Bastos.

Nesta edição, o sarau apresenta o show ‘O Feminino em Pessoa’, do “Patrícia Lopes Quarteto”, que tem canções concebidas pela compositora e pianista brasileira Patrícia Lopes, inspirada na obra do poeta português, Fernando Pessoa (1888-1935). O trabalho busca revelar a poesia do escritor sob a perspectiva da música brasileira e suas convergências com a história da própria compositora.

Na mesma noite, o instrumentista, compositor e arranjador Renato Anesi nos apresentará seu disco ‘Violão Tenor Solo’, nome também do instrumento de corda desenvolvido e utilizado pelo grande músico Anibal Augusto Sardinha, o ‘Garoto’. Renato interpretará, além de composições próprias, obras de mestres como Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Ernesto Nazareth, Dorival Caymmi e de Garoto, claro.

A cada edição do ‘Sará o Quê?’ as pessoas sempre levam comidinhas e bebidas para compartilhar. E há uma caixinha, para contribuição livre, com quatro níveis detalhados: 1. Solidária (contribui com o que pode), 2. Justa – R$15 (para cobrir os gastos do evento), 3. Ideal – R$30 (pois a curadoria é impecável e os artistas merecem), 4. Mecenas (contribuições superiores, para incentivar os artistas e para que o evento melhore cada vez mais).

 

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

Quinta-feira – 25 de maio – 18h30 … Lançamento do livro ‘Curva de Rio’ … Antologia organizada por Reynaldo Damazio reúne textos de 26 escritores (prosa e poesia), participantes do Curso Livre de Preparação do Escritor (CLIPE), ocorrido durante oito meses de 2016. O livro tem organização de Reynaldo Damazio. Na Casa das Rosas, avenida Paulista, 37.

… … …

Quinta-feira – 25 de maio – 19h … Xoroxangô … Deliciosa roda de choro semanal que atravessa a madrugada. Entrada R$10. Na Casa Barbosa, à rua Rui Barbosa, 559.

… … …

Quinta-feira – 25 de maio – 19h … Toalha Estelar … Com brindes, convidados, apoio de editoras e descontos na compra de livros, livraria pormove o ‘Dia da Toalha’, em homenagem a Douglas Adams, autor d’O Guia do Mochileiro das Galáxias(que tem página sobre a toalha e sua importância para os mochileiros das galáxias). Na Livraria Nobel Mais Shopping Largo 13, à rua Amador Bueno, 229.

… … …


Quinta-feira – 25 de maio – 20h … British in Concert apresenta Sacha Arcanjo … Binc é um projeto que incentiva a música alternativa de qualidade. Nesta edição especial de 15 anos, o convidado é o cantor, compositor e produtor cultural Sacha Arcanjo, um dos fundadores do Movimeto Popular de Arte (MPA) em São Miguel Paulista. No Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi, à rua Benjamin Constant, 682, em Suzano.

… … …


Quinta-feira – 25 de maio – 20h … Sarau das Pretas – Estéticas das Periferias … Sarau com intervenções literárias e teatrais protagonizadas por mulheres negras atuantes nas periferias. Em cena, Débora Garcia, Elizandra Souza, Jô Freitas, Taissol Ziggy e Thata Alves propõem reflexões sobre feminino, feminismo, cultura e ancestralidade. Nesta edição, homenagem à escritora Esmeralda Ribeiro. Na Ação Educativa, à rua General Jardim, 660.

… … …

Quinta-feira – 25 de maio – 20h … SIAT – Helio Flanders … O vocalista da banda Vanguart se apresenta em formato solo mostrando canções de seu cd “Uma Temporada Fora de Mim”, dentro da programação da Semana IDEA de Artes Transversais, a SIAT. Na IDEA Casa de Cultura, à rua Bernardo Guimarães, 1200, em Belo Horizonte.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 18h … Arena do Flow – com Coruja BC1 … Intervenção cultural mensal tem como proposta ‘questionar, ampliar o senso crítico e transformar a vida cotidiana periférica’. Prodigio é o mc e a discotecagem fica a cargo do dj Erick Jay (campeão mundial). Vai ter batalha de mc’s (com premiação), show de Coruja BC1 e pocket-shows de Viegas, Trapaça e Otrazidéia. Na rua Hipólito de Camargo, em Guaianases (embaixo do viaduto).

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 18h … Movida Literária … Evento junta escritores e leitores, entre petiscos e bebidas, num bate-papo sobre obras, processos criativos e desafios da produção literária. Durante sete noites, 14 mesas de debate vão dar destaque a 26 autores que vivem em Brasília, além de trazer, de SP, Sheyla Smanioto e Marcelino Freire. A primeira rodada, às 19h, contará com as grandes poetas Lisa Alves (leia sobre ela AQUI) e Carla Andrade (leia mais AQUI) que debaterão tendo Alexandre de Paula como mediador (clique no cartaz para ler melhor). Na segunda rodada, às 20h30, os autores José Rezende Jr. e Maurício de Almeida conversam sob a mediação de Maurício Melo. No Martinica Café, CLN 303, bloco A, loja 4 – Asa Norte, em Brasília.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 19h … Sônica de Garagem + Indy Naíse e Convidados … O Sônica de Garagem + é o programa da TAG TV – o canal web da Universidade Metodista de São Paulo que recebe convidados para entrevistas e sessões musicais. Neste programa, a excelente cantora baiana Indy Naíse convida Renato Pessoa, Caio Moura e Peterson Trind’Arte para um som. Assista! Confirme ‘presença’ AQUI.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 19h … Show Doçura – Ana Luisa Barral … Ana Luisa Barral participou de diversos projetos musicais como instrumentista, compositora, cantora e arranjadora. Atua também como arte-educadora e contadora de histórias. Em 2015 organizou o ECOA, primeiro encontro norte/nordeste de compositoras. No grupo Pé de Moleca, voltado para o público infantil, mescla diversão, expressão e interação. Participa ainda do Une Versos, trio de música brasileira sem barreiras entre o erudito e o popular. É coordenadora e curadora do SONORA, festival feminista que aconteceu em 2016 (em 21 cidades do mundo, em 6 países diferentes). Acaba de lançar seu primeiro cd, ‘Doçura’. Na Mora Mundo, à rua Barra Funda, 391.

No sábado, dia 27, às 19h30, a cantora se apresenta na festa de 25 anos do Centro de Cultura do Butantã, na av. Junta Mizumoto, 13, no Jd. Peri (ver a programação completa da festa mais abaixo).

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 19h … Trio2Um – no Laje 795 … Formado por quatro músicos de diferentes origens musicais, o quarteto instrumental Trio2Um tem como objetivo principal a pesquisa e difusão da miscigenação cultural, com composições autorais e releituras. Entrada R$10. Na rua Pamplona, 795.

… … …

Sexta-feira a domingo – 26 a 28 de maio – a partir das 18h … III Mostra Guarulhense de Cinema – Cineclube Incinerante … Mostra chega à 3ª edição apresentando um número recorde de produções. Durante 3 dias, serão exibidos 23 títulos municipais, além do lançamento da Revista Incinerante, que traz resenhas de grandes produções e também colunas sobre cinema local. Na primeira edição, superentrevista com o cineasta guarulhense Rubens Mello. Clique no cartaz e no link para saber mais da programação. No Sindicato dos Bancários, à rua Paulo Lenk, 128, em Guarulhos.

… … …
Sexta-feira – 26 de maio – 19h … Sarau dos Conversadores – Itinerante … O Sarau dos Conversadores é no último sábado do mês (ver outro evento deles, mais abaixo). Esta edição especial é do sarau itinerante que Os Conversadores (Cacá Mendes e Edson Tobinaga) apresentam. Com o poeta Cleyton Mendes, “Sarau o que dizem os umbigos”, Ronaldo Ferro, Santiago Dias, Grupo Ururaí, microfone aberto, sorteio de cds, livros e muita música e poesia. Na Casa de Cultura Itaim Paulista, à rua Monte Camberela, 490.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 19h30 … Lançamento do livro “O povo de rua resiste!” … A poeta e ativista cultural Marah Mends faz parte do coletivo ‘Poesia é da Hora’, que organiza saraus mensais e itinerantes para pessoas em situação de rua, dentro de centros de acolhida e ocupações de resistência. Seu livro é “um apanhado de histórias, vivências, resistências e denúncias transformadas em versos: uma poesia que morde, beija, que leva e dá na cara. Poesia de rua. Da rua”. Na Okupa Alcântara Machado, à av. Alcântara Machado, 888 (debaixo do viaduto Alcântara, no Brás).

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … 70 anos de Péricles Cavalcanti – no Itaú Cultural … O grande compositor, cantor e instrumentista faz 70 anos e comemora com show onde traz canções de todos os seus discos, além de músicas gravadas por Gal Costa, Caetano Veloso, Adriana Calcanhotto, Arnaldo Antunes e Cássia Eller. Pérolas como “Quem nasceu?”, “Elegia” e “Medo de amar nº 3” (abaixo, com Adriana Calcanhotto) estão na lista, ao lado de novas composições, como ‘Vantagens Evolutivas’ (vídeo acima). Participação de Leo Cavalcanti e dos instrumentistas Marcelo Monteiro (sax e flauta) e Ana Karina Sebastião (baixo e teclado). No Itaú Cultural, à avenida Paulista, 149. Entrada franca.

 

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … Cantoria do Mazinho Fonseca … Um dos participantes do grupo de amigos e artistas ‘O Som do Bando’, Mazinho (também conhecido por Lindomar), faz show no Bar do Anão, à rua Curuçá, 435, na Vila Maria.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … Na Margem … O Projeto ‘Na Margem’ conta com atividades formativas que dialogam com manifestações da poesia, dos saraus e dos slams, onde poetas, artistas e público se encontram para bate-papos, leituras, intervenções e improvisos sobre temas da atualidade, como intolerâncias e potencialidades. Nesta edição, sarau com participação da escritora e dramaturga Cidinha da Silva, do poeta e produtor cultural Emerson Alcalde, da slammer Raquel Lima, do Grupo XIX de teatro e do Sarau das Pretas (Débora Garcia, Elizandra Souza, Jô Freitas, Thata Alves e Taissol Ziggy), na sala de Oficinas (2º andar).

No sábado, dia 27, às 10h30, acontece o ‘Encontro com Raquel Lima’, para compartilhamento de vivências em torno da poesia e diálogo com slams e spoken word. Na sala de Múltiplo Uso (3º andar), com inscrições no local. No Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195.

… … …

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … Letícia Sábio – na Casa 599 … Show da cantora Letícia Sábio, que lançou recentemente o álbum ‘Hortelã’. Entrada R$15. Na rua Brigadeiro Galvão, 599 (perto do metrô Marechal Deodoro).

Sexta-feira – 26 de maio – 20h … Meneio no Menino Muquito bar … Banda Meneio apresenta música sensorial que mistura instrumentos orgânicos e eletrônicos, influências de trilhas, paisagens sonoras, música eletrônica e psicodelia. Entrada franca. Na avenida Vila Ema, 5090.

… … …

Sábado – 27 de maio – das 14h à 0h … Tribo da Noite – 11 Anos … O motoclube Tribo da Noite comemora 11 anos de existência e convida amigos, motoqueiros e roqueiros para grande festa em sua sede, com bandas ao vivo (US TOP, Black Angels e Engenheiros do Goulart), premiações, churrasco e ‘muita breja gelada’. Na avenida Alfredo Ribeiro de Castro, 584, em Engenheiro Goulart.

… … …

Sábado – 27 de maio – 14h … Sarau Pensamento / 50 Vezes + … Sarau organizado pelo rapper e poeta Mano Ril (integrante do Sobrenome Liberdade e autor do livro “Escritório de Pensamentos”) chega à edição de número 50 com palco aberto e convidados: pocket-show do CRC, lançando o cd “Em Memória”, Muramashi Taomé, lançando o livro “Curto Circuito”, dj Roger nos toca discos, Du Mc e Mano Ril apresentando, varal de ‘fotoesias’ e a Campanha do Agasalho (Poetas contra o frio – 2017). No Terminal Municipal de Embu Guaçu

… … …

Sábado – 27 de maio – 14h … 11ª Feira Libertária na Lagartixa + Oficina de Macramé … Produtos artesanais, naturais, veganos ou orgânicos a preços populares e à venda por produtores em afinidade com princípios anarquistas: apoio mútuo, autogestão, agroecologia e diversidade. Nesta edição, oficina de macramé com Rosana Camilo. Aos expositores interessados (e afinados com os princípios), o e-mail da feira é <feiralibertariacasadalagartixa@gmail.com>. Na rua Alcides de Queirós, em Santo André.

… … …

Sábado – 27 de maio – das 14h às 4h … Feira Livre De Quebras – No Bloco do Beco … Evento para compartilhar artes e experiências culturais. Discussão sobre o uso adequado de ferramentas para produção e veiculação de obras: artesanato, poesia, gibis, filmes, arte urbana e microempreendedorismo. Com três rodas-de-conversa: Design, fotografia e pixação. Exposição de produtos, bazar e lojinhas. Às 16h, palestra com Tiago Pinheiro (Animalz), sobre ‘Construção do Gibi’ e às 20h Sarau Preto no Branco, com microfone aberto. Às 23h30, início da festa. Entrada franca. Na rua Bento Barroso Pereira, 2.

… … …

Sábado – 27 de maio – 15h … Sarau na Adelpha … Mais uma ação de incentivo à leitura realizada pelo coletivo Encontro de Utopias, dentro do projeto Veia e Ventania: sarau com microfone aberto para músicos e poetas, tem como convidado o grupo de samba ‘Os Garbosos’. Na Biblioteca Adelpha Figueiredo, à praça Ilo Ottani, 146.

… … …

Sábado – 27 de maio – 15h … Africando II … Segunda edição do evento criado para difundir a cultura africana em todas as suas expressões, com programação para todas as idades. Sarau e atividades variadas: artes plásticas, música, moda, culinária, contos e palestras. Entrada franca. No Apropriarte, à rua doutor Homem de Melo, 961.

… … …

Sábado – 27 de maio – 16h … Blablablá – Especial Pedro Osmar … O ‘Blablablá’ é uma roda bimestral de discussões sobre o universo artístico e cultural em São Miguel Paulista. Nesta edição, apresenta o documentário “Pedro Osmar – Prá Liberdade Que Se Conquista”, sobre o compositor paraibano que já foi gravado por Elba Ramalho, Lenine, Zé Ramalho e Zeca Baleiro. Além do filme, haverá uma roda de conversa com a presença de Pedro. Na Casa Amarela – Espaço Cultural, à rua Julião Pereira Machado, 7.
… … …

Sábado – 27 de maio – 15h … 42º Sarau Lapada Poética … Nesta edição, homenagem ao grande poeta e compositor Belchior. Microfone aberto e entrada franca. No Bar Ferradura – Acervo Cultural Agostinho dos Santos, em São Bernardo do Campo.

… … …

Sábado – 27 de maio – das 16h às 20h … Festa – Lançamento do Livro “Nós Somos os Mods” + Show The Charts … Festa para divulgação do livro do jornalista André Carmona, que investiga a história do fenômeno mod, tipicamente britânico, no underground paulistano. Com pocket-show da banda The Charts. Entrada R$10. Na Sensorial Cervejas, Cafés & Discos, à rua Augusta, 2389, nos Jardins (a quatro quadras da av. Paulista).

 

… … …

Sábado – 27 de maio – 16h30 … Quarteto TarabJazz … Quarteto se apresenta na Fundação Ema Klabin pelo Programa Tardes Musicais, com entrada franca. A banda do multi-instrumentista Mario Aphonso III (sopros) é formada por Ian Nain (cordas dedilhadas), Francisco Lobo (percussão) e Vinicius Pereira (contrabaixo). O grupo faz a fusão entre o jazz e a música oriental, trazendo no repertório composições tradicionais do Oriente Médio. Na rua Portugal, 43, Jardim Europa.

… … …

Sábado – 27 de maio – das 17h às 23h … Projeto Cantoria: Bodas de Prata da Casa de Cultura do Butantã … Aniversário de 25 anos da Casa com grande festa para comemorar lutas e conquistas na região. Na av. Junta Mizumoto, 13, Jd. Peri. Veja a programação:
14h – Aula de Teatro com Grupo Mito de Arte e Cultura do Butantã
17h – Roda de Coco – Levante Mulher
18h – Sarau “Bodas de Prata”

19h30 – Ana Luisa Barral com o Show “Doçura”
20h30 – Clovis Ribeiro & Convidados – Projeto Cantoria

 

… … …

Sábado – 27 de maio – 18h30 … Ricardo Nash – no Espaço Alberico Rodrigues … Ricardo apresenta seu trabalho autoral acompanhado por Wilson Feitosa (cavaquinho e acordeom) e Leo Costa (saxofone e flauta transversal). Entrada R$20. Na praça Benedito Calixto, 159.

… … …

Sábado – 27 de maio – 19h … Double Caio – A Noite Inteira – Bday Hafermann & Zanini … Niver do baixista Caio Hafermann e do guitarrista Caio Zanini será comemorado com brindes e muita música: show das bandas Os Artefactos, Os Subterrâneos e discotecagens do Marcelo Guiné e Boom Pop Sounds. Entrada R$15. No Cardeal Pub, à rua Cardeal Arcoverde, 1895.

… … …

Sábado – 27 de maio – 19h … Lançamento dos livros ‘Vez do inverso‘, poemas de André Merez e ‘Amorte chama semhora‘, poemas de Jr. Bellé … A Editora Patuá convida para dois lançamentos simultâneos. A entrada é franca e os livros custam R$30 (Vez) e R$38 (Amorte). Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

… … …

Sábado – 27 de maio – 19h30 … Projeto ‘Rock na Padoka’ apresenta PDP … A “Padoka Alternativa” é uma padaria a serviço do rock. Nesta edição do projeto, show do trio de jazz-rock “PDP”, com seu eclético repertório de rock, blues, jazz fusion e rock nacional. A banda é formada por Sandro Premmero (baixo e voz), Leandro Delpech (guitarra) e Franklin Paolillo (ex-‘Tutti Frutti’ e ‘Made in Brazil’, na bateria), com participação do curador do projeto Sebah de Assis (O Som do Bando). A banda “Eleven” faz show de abertura. Entrada franca. Na Praça Valdemar Bassi, 78, na ZL.

… … …

Sábado – 27 de maio – 19h … Simbiótica … Nesta edição, a festa traz do Ceará a banda Casa de Velho, o compositor e guitarrista Carlos Gadelha (da banda Los Porongas) e o escritor, músico e produtor cultural Marcos Maia, autografando seus três livros (Do Escuro e Depois, Estradas e In Fine).

A Casa de Velho é uma ótima banda que mistura elementos do rock, do latin jazz e de samba, forró e mpb, utilizando teatro de bonecos e composições cênicas em seus shows. A banda vai tocar as músicas dos eps “Demônio” e “Casa de Velho”.

O compositor e produtor Carlos Gadelha, guitarrista da banda paulista/acreana ‘Los Porongas’ e da cearense ‘O Jardim das Horas’, interpreta as canções de seu primeiro disco solo, “Lonjuras e Profundidades”, em fase final de produção. No CCB – Centro Cultural Butantã, à rua Corifeu de Azevedo Marques, 1882, no Butantã. Entrada R$10 e R$20 (após 22h).

Sábado – 27 de maio – 20h … Sarau dos Conversadores – no Teatro Flávio Império … Mais uma edição especial e itinerante do sarau d’Os Conversadores (Cacá Mendes e Edson Tobinaga). Com a Banda TelaBeat, o cantor e compositor Ceciro Cordeiro, o poeta e cordelista Costa Senna, os poetas Santiago Dias e Inês Santos e o músico Ronaldo Ferro. Com Microfone aberto, sorteios de CDs, livros e a alegria da arte, da poesia. No Teatro Flávio Império, à rua Professor Alves Pedroso, 600, em Cangaíba.

… … …

Sábado – 27 de maio – 20h … Giba Ribeiro na Carauari … Giba retorna à Mercearia tocando seu eclético repertório nacional: Cartola, Lenine, Raul, Legião, Djavan, Caetano, Chico, Gil, Capital, Barão, Ira!, Tim Maia, Marisa Monte, Jeneci, Nando Reis, Maria Gadú, Zé Ramalho e as canções inesquecíveis do “Clube da Esquina”. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria. Entrada franca.

… … …

Sábado – 27 de maio – 20h … La Garçonnière, 11a. Edição … Com o mesmo espírito da famosa ‘garçoniere’ que o poeta modernista Oswald de Andrade manteve na vizinhança, 100 anos antes (cliquem no link para se deliciar com a história), a nova ‘La Garçonnière’ abriga amigos, poetas, escritores e convidados numa das salas do Estúdio Lâmina (galeria e ateliê que reúne artistas residentes de várias partes do Brasil e estrangeiros). Os curadores Luciano CortaRuas e Vanderley Mendonça abrem as portas da casa ao público uma vez por mês. Nesta edição, além dos dois, o encontro conta com a presença de Patricia Maês, Roberto Karman, Susanna Busato, Luís Perdiz, Luiz Roberto Guedes, Daniel Perroni Ratto, Juan Quintero Herrera e dos músicos da banda Estranhos no Ninho. Na avenida São João, 108.

… … …

Sábado – 27 de maio – 20h … IMPULSO – 4ª Edição … Sarau caseiro organizado pela cantora e compositora Barbara Rodrix e pela artista plástica Pamela Munhoz, o Impulso chega à sua quarta edição com show de Lencker (acompanhado por Kabé Pinheiro e Lautaro Michaux) e exposição de Rodrigo Scó. Esse encontro de artistas e amigos, conta com bar, cerveja, comidinhas, bolo gelado e o pagamento é na base do ‘quanto você quiser/puder’. Como há poucos lugares, os interessados devem enviar email para impulsoapresenta@gmail.com e aguardar resposta com o endereço. Aceita-se cartão e a casa fica perto do metrô Sumaré.

… … …

Sábado – 27 de maio – 21h … Teatro da Rotina apresenta – Renato Inácio … O cantor e compositor Renato Inácio apresenta seu segundo álbum autoral e independente, “Limbo”, além de canções do primeiro cd, “Porão”. São canções/crônicas calcadas no surrealismo paulistanoapresentadas no formato voz e violão. Ingressos a R$40 (na porta) e R$20 (antecipado). Cada ingresso dá direito aos cds autografados.

 

… … …

Sábado – 27 de maio – 21h … Violada SP recebe Trio José … Casa Mora Mundo abre espaço para grandes violeiros dentro do ‘Projeto Violada’, que visa a circulação dos cantadores e tocadores pelas várias regiões do Brasil. Nesta edição, Fabio Miranda recebe o Trio José, formado por Victor Mendes (viola caipira, violão e voz), Danilo Moura (voz e violão) e Pedro Macedo (contrabaixo acústico), com acompanhamento de Andre Rass (percussão). Na rua Barra Funda, 391. Entrada R$10.

 

… … …

Sábado – 27 de maio – 21h … Kleber Albuquerque + Rubi = Contraveneno … Com participação dos músicos Mário Manga e Rovilson Pascoal, Kleber e Rubi, dois cantores de timbre raro e alta sensibilidade, apresentam as canções do belo cd recém-lançado (AQUI ). Ingressos a R$40 e R$20. No Centro Cultural Rio Verde, à rua Belmiro Braga, 119, em Pinheiros.

 

 

… … …

Sábado – 27 de maio – 22h … Up the Irons – no bar Alemão Point … Banda cover do Iron Maiden apresenta duas horas de show com os clássicos da “Donzela de ferro”. Entrada R$15. Na av. Itaboraí, 891, na Vila Gumercindo.

Domingo – 28 de maio – 11h … Sarau no Bosque Maia … Sarau com palco aberto, organizado por Rogério Brito Correia e apresentado por Osvaldo Alves. Na av. Paulo Faccini, em Guarulhos.

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 15h … Sarau da Paulista … Organizado por Rubens Jardim, Cesar Augusto de Carvalho e Claudio Laureatti, entre outros, o sarau é o ponto de encontro de poetas de várias gerações com o objetivo de mostrar que ‘o lugar do poeta é onde possa inquietar e o lugar da poesia são todos os lugares’. Sarau com microfone aberto inclusive à outras linguagens: dança, circo, contação de história, música e artes plásticas. Na av. Paulista, esquina com rua Peixoto Gomide.

 

 

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 16h … Gabriel Peri convida Nina, Indy, Jota.pê e Lucas Bê … Em dois palcos se apresentam diferentes artistas para ajudar no financiamento coletivo de Gabriel Peri, que prepara seu disco novo: Jota.pê e Lucas Bê no palco acústico, Nina Oliveira e Indy Naíse no palco plugado, abrindo o show para Gabriel e seus convidados especiais. Ingressos a R$15 e R$20 (na porta). No Espaço Magma, à av. Nazaré, 1747, perto da estações Alto do Ipiranga e Sacomã, do metrô.

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 16h … Lançamento: ‘Avessamento’, de Maria Giulia Pinheiro … A multiartista Magiu (como ela é mais conhecida) é dramaturga, atriz, poeta, jornalista, roteirista e escritora. Fundou e atua no grupo teatral Companhia e Fúria, além de apresentar o sarau Zona Lê Mulheres, voltado para a divulgação de textos escritos por mulheres (‘quaisquer mulheres’, como ela mesma diz). Já publicou “Da Poeta Ao Inevitável” (Patuá, 2013) e “Alteridade” (Selo do Burro, 2016), cujo texto (sobre a violência e as consequências de um estupro) também foi encenado. Em seu novo trabalho, ‘Avessamento’, os poemas dialogam com selfies, radiografias e outros exames de suas costelas e pulmões. O livro será lançado no Baderna bar, à rua Oscar Freire, 2529, e estará à venda por R$35. Os interessados também podem encomendar seu exemplar pelo e-mail magiuppinheiro@gmail.com
Abaixo, um poema do livro:

“Palavra que é carne, que, se fundo, jorra sangue. Não osso, carne. Palavra feita de fragilidades e de sagrado. Selvagem. Literatura que é Deus, porque dança, como Deus. Um Deus que é amor, porque não morre e está entre nós, dançando. Poesia que é ritmo, como o peito é. É forma, como o peito é. É volume, textura e dor, como o peito é. Som e sentido. Trobairitz. Amar para não morrer, amor de poesia provençal, amor a Deus, visto em você, na calçada. Dramaturgia que habita o corpo que dança o corpo.
Texto que terra. Que pisa o mesmo chão que eu e mostra onde estou. Que desce, às vezes, à posição fetal e sobe sambando e olha o céu. Literatura de transgredir o erotismo. Não só ir além do movimento fatal, mas feder e continuar viva. Estética da luz na sombra do belo. Estética de abrir espaços entre as costelas.
Pensando bem,
palavra que é carne,
texto que é osso,
frase que é raiz.

Literatura que é
gosto,
que arde os lábios,
os grandes,
enormes,
de todas
as cores”

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 16h … Sarau Pretas Peri – Maio 2017 … Jô Freitas, Juliana Jesus e Tayla Fernandes se definem como um ‘coletivo de mulheres pretas, que tem como eixo a arte periférica, seu empoderamento e a cultura negra’. Organizam intervenções, oficinas e um sarau, sempre no último domingo do mês, com microfone aberto e convidados. Nesta edição, pocket-show de Aloysio Letra, zine poético de Daniel Lobo e discotecagem da dj Alek. Na praça que fica no encontro das ruas Vicente Reis com Manoel Alvares Pimentel, no jardim Camargo Velho.

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 17h … Prólogo – Lucas Golinelli … Lucas, um dos talentosos jovens da turma de Guarulhos (de que já falei AQUI ), apresenta seu primeiro show com canções autorais, acompanhado pelo trio Márcio Avellar, Nilsinho Barrem e Christian Romero. Participações de Karina Costa (cantora), John Wallace (parceiro e vocalista da banda guarulhense Belga Bordô), Caroline Arruda (cantora), Wolf do Vale (militante artístico, músico e pai de Lucas) e seu irmão Daniel Golinelli. O músico Pedro Passanesi faz pocket-show de abertura. Na biblioteca municipal Monteiro Lobato, à rua João Gonçalves, 439, em Guarulhos. Abaixo, Lucas canta na festa do Peixe Barrigudo:

 

… … …

Domingo – 28 de maio – 18h … Fernando Cavallieri – Modernidade Líquida … O cantor, compositor, letrista, intérprete e violonista está gravando seu quinto cd, “Modernidade Líquida”. No show, participação de Marcio Policastro e Ricardo Moreira. No palquinho do Espaço Parlapatões, na praça Roosevelt.
… … …

Segunda-feira – 29 de maio – 19h … Lançamento ‘Da Menina Que Matou Seus Bichos’ … Luiza Oliveira é socióloga, advogada e atriz. No teatro, trabalhou com Antunes Filho e Naum Alves de Sousa. No cinema, produz longa com roteiro baseado em seus textos sobre a solidão. Na poesia, estreou com o livro ‘Afetos Transgressores’ e agora lança ‘Da Menina Que Matou Seus Bichos’ (clique na imagem para ler melhor o poema), pela Editora Benfazeja. A entrada é franca e o livro estará à venda por R$35. No Bar Balcão, à rua dr. Melo Alves, 150, em Cerqueira César (quem não puder comparecer pode encomendar pelo site, AQUI). Ouça alguns belos poemas de Luiza:

 

… … …

Segunda-feira – 29 de maio – 19h30 … Sarau Suburbano Convicto … Sarau com 7 anos de atividades promove o lançamento do livro “Curto Circuit”, de Muramashi Taomé. Ainda tem o pocket-show de Heli Brown e o lançamento do livro/cd “Sobre a Escolha”, de Victor da Gruta. Apresentação do poeta e ativista cultural Alessandro Buzo. Na
Livraria Suburbano Convicto, à rua Treze de Maio, 70, na Bela Vista.
… … …

Terça-feira – 30 de maio – 19h30 … Osvaldo Rodrigues – no 18º Gente de Palavra Paulistano … Evento gratuito apresentado por Rubens Jardim e Davi Kinski, homenageia o poeta Osvaldo Rodrigues. Na Patuscada – Livraria, bar & café, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.


… … …

Terça-feira – 30 de maio – 19h30 … Lançamento do livro ‘Satilírico’ e performance de Emmanuel Marinho … Emmanuel é poeta, músico, ator e educador. Publica livros desde 1980 e os interpreta no teatro e na música, excursionando pelo Brasil, América Latina e Europa. ‘Satilírico’ foi lançado originalmente em 1995. No Sesc Morada dos Baís, à av. Noroeste, 5140, no centro de Campo Grande, MS. Abaixo, dois ótimos poemas de Emmanuel (clique nas imagens para ler melhor):

… … …

BOM FINDI A TODOS E
ATÉ A SEMANA QUE VEM!

… … …