Minhas férias inesquecíveis – parte ‘X’ (não sou de contar os dias): o blogueiro sai de férias e trabalha sem parar. Pode isso, Arnaldo? Pode, sim. Diz o ditado de um sábio chinês que vende pastel na Vila Maria: ‘trabalhe com o que mais gostar e nunca terás de trabalhar’. Ou seja, música e poesia, pra mim é só alegria. E assim vos relato o barato curtido nos últimos dias.

edvaldo-cd

Mas já cola na tua oreia essa boa ideia essa dica de primeira: Edvaldo Santana faz show hoje (quinta-feira – 1 de dezembro), às 21h, no teatro do Sesc Pompeia.
… … …

EDVALDO SANTANA

… … …

edvaldo-casa2

edvaldo-casa1

edvaldo-casa3

Na quinta-feira passada fui a Santo André para prestigiar o grande Edvaldo Santana, que nos proporcionou uma primeira audição das canções de seu novo cd, o ‘Só Vou Chegar Mais Tarde’. O encontro aconteceu na Casa da Palavra, importante espaço cultural da cidade. Infelizmente, devido a mudança de prefeito, a poeta e promotora cultural Rosana Banharoli não estará mais organizando as atividades da casa em 2017. Foram mais de 700 programações entre shows de música, poesia, filmes, debates e saraus. À Rosana, mando um abraço solidário e parabenizo pelos bons serviços prestados à cultura, aos artistas alternativos, e à defesa da diversidade e da representatividade em todos os níveis. O movimento popular precisa muito das ideias e da capacidade de realização dela. Até breve, Rosana.
Voltando ao Edvaldo: que privilégio ouvir um artista dessa grandeza cantar e comentar suas belas canções, como se estivesse na sala de nossa casa. Edvaldo esta em ótima forma e se mostrou profundo conhecedor da obra dos mestres da música brasileira. Bebeu de boas fontes e aprimorou seu estilo. Foi um grande prazer ouvi-lo.

Compositor, cantor, guitarrista. Você sabia que esse cara é parceiro de Tom Zé, Itamar, Arnaldo Antunes? E também de grandes poetas como Leminski, Akira Yamasaki e Ademir Assunção? Esse coração solidário está sempre presente nos saraus da cidade e nos eventos culturais de São Miguel (o clipe mostrando o cotidiano do bairro é sensacional!). Edvaldo rasga a voz pra cantar sua gente. Da estirpe dos ‘baitas’ (como diz o Akira), é daqueles que jamais se vendem. Bom saber que ainda existe artista assim. Ele sabe que o amor é de graça. Ouça esse ‘lobo solitário’ e conheça sua obra.

Eu já era fã do Edvaldo e ia a seus shows, antes de conhecê-lo pessoalmente. Por sorte, a criação do Sarau da Maria me aproximou dele e hoje o considero um amigo. O cara é uma grande figura. Generoso, ponta firme, sem estrelismo, nem frescura. Dos seus cds, o da música Lobo solitário era o meu preferido. Mas o ‘Só Vou Chegar Mais Tarde’ acaba de roubar essa primazia. Que discaço ele fez dessa vez. Queria comentar uma a uma todas as músicas, os assuntos, a poesia, as levadas variadas. Queria dizer que as quatro primeiras já me nocautearam. Queria falar que já ouvi o cd trocentas vezes. Que ‘Ando Livre’ é linda, que ‘Dom’ é uma homenagem muito merecida, que ‘Gelo no Joelho’ é divertida, que ‘Canção’ é uma obra-prima, um esporro criativo, que o ‘Retorno do Cangaço’ é foda, que ‘Fazendo pra Aprender’ e ‘Predicado’ são comoventemente líricas. Mas queria falar tudo isso com imagens bonitas e convincentes, que fizessem jus à beleza das canções e ao talento dele. Mas não deu. Me emocionei, misturei as estações e escrevi esse texto doido aí de baixo. Espero que vocês compreendam: às vezes a gente sente e nem sabe por que sente. Mas quem ouviu o cd entende. Ouça.

Edvaldo das quebradas do dom da bola no pé no barro preto de São Miguel. Edvaldo do som blueseiro guitarreiro dos sambas e cantos tortos pretos afros brasileiros. Edvaldo artista roqueiro repentista urbano Edvaldo menino boleiro encrenqueiro humano. Edvaldo sem rabo preso sem preço amigo dos manos dos brodi da liberdade sem adjetivo nem endereço. Edvaldo de Boris Elifas Akira Osnofa Pinduca Sacha. Edvaldo das noitadas do MPA da arte que depura das calçadas das cachaças das loucuras da gente: cada um é diferente. Edvaldo das ervas malucas das letras pontiagudas da poesia concreta antibush antijabá jataí já tá cá já não tá mais comigo. Edvaldo nordestino do cordel do rap do samparaná. Do Leminski do Antunes do Augusto do Itamar. Da zona lost da perifight da night da bola sete da leste. Paulistano da lira da ira da briga com a ditadura com a injustiça. Edvaldo do amor à família à camisa, do suor da malandragem, do amor que é maior e tem mais valor. E que apesar de tudo, das coisas tristes do mundo, não há nada tão bom. Edvaldo do Joe do John do Ico da Judite do Faro da canção. Edvaldo da Carol do gol do coração.

AQUI o link do novo cd no spotify. Mas você pode encomendar o cd físico com o próprio Edvaldo (AQUI na página dele) ou baixá-lo acessando as plataformas digitais. Ou então, melhor ainda, cola lá pra ouvir: Edvaldo faz show hoje (quinta-feira – 1 de dezembro), às 21h, no teatro do Sesc Pompeia.

 

.
… … …

MAURUS BLUES

… … …

maurusblues1

Na quinta-feira fui ao CCSP assistir a um showzaço da MaurusBlues e the East West Band (na bela Sala Adoniran, que tanto adoro). Já gostava dos vídeos, mas, ao vivo, constatei que os caras são mesmo de tirar o fôlego. A supercompetente banda formada por Maurício Copedê ou ‘MaurusBlues’ (gaitas, vocal e muito garra na alma blue), Fernando Hipólide (guitarra), Felipe Barba (baixo) e Eduardo Camargo (bateria), esbanjou talento e pegada blueseira firme, sem jamais deixar a peteca cair. Além de clássicos, eles mandaram ver no repertório do grande Paul Butterfield, contando histórias interessantes sobre sua vida e suas canções. Ainda lá, encontrei alguns amigos da Vila Maria, entre eles o professor Gabeira, poeta sempre presente no Sarau da Maria, além do querido Nilsão, cantor, produtor musical e velho amigo do meu irmão e da minha família. Pra completar a night numa nice, passei no Bar do Lê e tomei umas brejas com o poeta Vlado Lima, a Jane do Bandolim e mais alguns notívagos empedernidos. O Lê botou um som do John, e ficamos bebendo & falando de arte & política, machismos & feminismos, e coisas ‘que nóis num entende nada’, como diria o filósofo do Bixiga. Rimos muito dos nossos achismos e depois nos despedimos. Cheio de blues e cevada nas ideias, fui dormir tranquilão. E bem alegrinho.

 

… … …

SANDER MECCA

… … …

sander

Sábado à noite, tive o prazer de ir ao niver do cantor Sander Mecca. Ele promoveu uma festa-sarau e convidou amigos e artistas. Rica soares, Douglas Froemming, Sonekka, Vlado Lima, Adolar, Policastro, Aline Nascimento e muita gente boa do Clube Caiubi estava lá pra cantar e brindar com ele. De 2000 a 2003, Sander era o rosto e a voz principal da boy band Twister, garotos que arrancavam suspiros das adolescentes que lotavam seus shows e os acompanhavam pelos programas de auditório na tevê. Após um período de fama e dinheiro, veio a reviravolta e alguns duros contratempos. Sander enfrentou o diabo, passou maus bocados e está de volta à vida artística. Costurou as feridas do passado com seu novo som, mais maduro e elaborado. E manteve intacta sua verve irreverente e aquela mesma força interpretativa. Sander se joga com alma em cada canção, como se a cada vez colocasse uma versão melhor e definitiva da voz. Sua maior qualidade é ser visceral, e isso, ninguém lhe tira. Agradeço ao Sander pela noitada boa e lhe parabenizo, pelo niver e pela capacidade de superação. E mando um abraço aos seus pais, pela carinhosa recepção. Ano passado, Sander participou do Sarau da Maria, fazendo um contundente pocket-show de abertura. Nesse ano, fez uma série de apresentações, definiu repertório e lançou o ep ‘Não-Estrutural’, com três canções (leia esse artigo do Léo Nogueira sobre ele). Agora está em campanha de financiamento do seu primeiro cd solo (colabore aqui). Ele ainda produziu esse clipe abaixo, onde arrasa na interpretação. Veja:

 

… … …

SARAU DOS CONVERSADORES

… … …

conversa1

conversa4

conversa3

No fim da tarde de sábado fui à Livraria da Vila e participei do Sarau dos Conversadores, a convite da divertida e talentosa dupla Cacá Mendes e Edson Tobinaga, que organiza o sarau. Anos atrás, eles faziam shows teatrais onde simulavam a presença de artistas convidados. Até que tiveram a ideia de convidar, de fato, músicos e poetas amigos a participarem das apresentações. Esse novo formato cresceu e deu origem ao Sarau dos Conversadores, que acontece desde 2012, sempre no terceiro sábado do mês, num amplo salão nos fundos da livraria. Agradeço aos dois pela oportunidade de me apresentar lá e poder sentir as boas vibrações e a energia legal do evento. No palco aberto, presenciei artistas de todas as idades, além dos grupos convidados: Sarau do Beco e Coralusp (fotos de Su Maya). Devido a outro compromisso, não pude acompanhar todo o sarau. Estou devendo uma nova visita, quando prometo ficar até o fim. Valeu, pessoal!
… … …

ALINE E BEDURÊ

NOS PARLAPATÕES

… … …

aline-bedure

Todo domingo, às 18h, tem um som legal rolando de graça no Espaço Parlapatões. Ao final, alguém passa o chapéu pra levantar uma graninha pros músicos. Mas o som é na faixa, com portas abertas e clima descontraído, com gente assistindo até da calçada. No próximo domingo, vai ter Kana Nogueira (ler mais detalhes no agendão), cantora e compositora japonesa radicada no brasil, parceira do poeta Léo Nogueira (na vida e nas canções) e de Zeca Baleiro, entre outros.

No domingo passado fui até lá e assisti a um belo show de canções autorais. André Bedurê, ótimo baixista que acompanha feras como Kleber Albuquerque, formou preciosa dupla com a jovem cantora Aline Nascimento. Mesmo com carreiras próprias, torço para mais apresentaçoes da dupla (dia 8 de dezembro, ele estarão no Teatro da Rotina). Completando o time, estavam o baterista Filipe Gomes e o guitarrista Estevan Sinkovits tocando baixo. No repertório, inspiradas composições (algumas em parceria) de Kleber, Zeca, Aline, Bedurê e seu irmão Roberto Sampaio, que prepara cd e fez participação especial. Além dos arranjos enxutos, da competência musical de Bedurê, da performance dos músicos e das letras incríveis, é preciso abrir um capítulo extra só para falar de Aline. Ela é uma graça de se ver e ouvir. Sua voz ilumina as canções. Que prazer acompanhar a facilidade com que alcança e sustenta as notas altas ou apreciar sua desenvoltura feliz pelo palco. Cantora encantadora, Aline é ‘amor’ à primeira vista. E à primeira audição.

 

… … …

O NOVO CLIPE DE

DOUGLAS MALHARO

… … …

douglasmalharo

O cantor e compositor carioca Douglas Malharo esteve no começo do ano em São Paulo e participou da Segunda Autoral do Clube Caiubi, do Sopa de Letrinhas e do Sarau da Maria. Já lançou os cds ‘Um pulo sonoro… além do anonimato’ e ‘Se eu fosse você… prestava mais atenção em mim’. Agora, surge com ‘Os maiores sucessos… do famoso Quem“, disponível nas plataformas digitais. Do cd, produziu um belo clipe para a canção ‘Disseram’. Ouça:

 

… … …

O PREMIO MARAÃ
DE POESIA

… … …

O Prêmio Maraã é uma iniciativa da Editora Reformatório (com apoio da Academia Paulista de Letras), que vai premiar um poeta brasileiro inédito, dando a ele a oportunidade de publicação. Poderão participar autores inéditos (entendendo-se por inéditos, autores sem livros publicados comercialmente). O vencedor receberá o valor bruto de R$1.500 (referente a adiantamento de direitos autorais), e assinará contrato com a Editora Reformatório para ter sua obra publicada e distribuída comercialmente. As inscrições vão até 25 de dezembro de 2016. Para se inscrever e saber mais, entre AQUI.

… … …

AGENDÃO

… … …

Devido a dificuldades variadas e incontornáveis, voltei a postar apenas uma vez por semana, todas as quintas-feiras pela manhã. Juntei meus pitacos poético-culturais (das quartas) com o agendão (das sextas). O post fica longo, mas não há outro jeito. Quando eu puder, retorno ao formato anterior, menor e mais adequado. Dito isto, já temos aqui a ‘superagenda dos saraus’ para o seu findi, com fotos, cartazes, links e vídeos. Se aparecerem novidades na programação, eu insiro (na sexta) e aviso pelo facebook. Além das sugestões abaixo, acompanhe também as muitas opções contidas no site e na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!
… … …

01disjuntor

Quinta a domingo – 1 a 4 de dezembro – 13h … Mercado Disjuntor – #deartedepresente … Evento diversificado, agrega diferentes linguagens e artistas, artes plásticas, música, design, fotografia e moda. Com shows, comidinhas e drinks. Entrada franca. Na rua da Mooca, 1747.

 

… … …

02lovers

Quinta a domingo – 1 a 4 de dezembro – 14h … Oficina de Graffiti com ZN Lovers / Leon – Acolá Diversão e Arte … Inscrições abertas para os dias 3/12 e 4/12, das 14h às 17h. O objetivo é ensinar e divulgar o graffiti como arte, mostrar a sua origem e principalmente o seu conteúdo cultural, fazendo com que o aluno aprenda de forma natural o seu próprio estilo. Valor: R$350 (com material incluso). Na Acolá – Diversão e Arte, à rua Cataguases, 48, no Jardim São Paulo.
… … …

Quinta a domingo – de 1 a 4 de dezembro – 19h15 … Música – Flaira Ferro Cordões Umbilicais … Ótima cantora e dançarina pernambucana Flaira Ferro apresenta seu primeiro trabalho autoral (ouça AQUI na íntegra). Artistas convidados: Alisson Lima, Andrea Barbour, Antônio Meira, Carolina Bianchi, Fernando Anitelli, Flora Poppovic, Igor de Carvalho e Joana Duah. Na Caixa Cultural, à praça da Sé, 111.

 

… … …

Quinta-feira – 1 de dezembro – 20h … 66o British In Concert recebe Telabeat … Banda formada por Tiago Bode, Ale Fernandes e Mestre Quinho (Francisco Américo), a TelaBeat mistura ritmos, efeitos e possibilidades, tendo por influências Fela Kuti, Chico Science, Gil Scott Heron e outros grandes mestres. Entrada franca (doe um quilo de alimento). No Boteco Helena Original, à rua Nove de Julho, 398, em Suzano.

 

… … …

Quinta-feira – 1 de dezembro – 21h30 … Lançamento do livro “Aos quatro ventos” do Antonio Bivar … Em ordem cronológica, “Aos quatro ventos” é o quarto volume da saga romanceada abrangendo o período de 1973 a 1982, com as suas importantes transformações culturais, comportamentais e políticas. Segundo Fernanda Montenegro, “Bivar tem a qualidade de ser o detonador de um tipo de teatro contestador dos anos 60”. No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384.

 

… … …

04ademir2

Sexta-feira – 2 de dezembro – 19h … Lançamento do romance Ninguém na praia brava, de Ademir Assunção … A Editora Patuá convida para o lançamento do romance de Ademir Assunção. A entrada é franca e o exemplar estará à venda por R$ 38,00. Na Patuscada – Livraria, Bar e Café, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

04ademir

O próprio Ademir nos fala do livro: “Ninguém na Praia Brava é um não-romance (ninguém em sã consciência chamaria esta narrativa maluca de romance!) com travestis extraterrestres, viagens de LSD e acontecimentos que não param de acontecer. De um terrível bombardeio à cidade de Dresden (Alemanha) a um show dos Rolling Stones nos anos 2000, é só um pulinho no tempo, que não passa da maneira como você está pensando. Venha e traga a família – antes que sejamos todos abduzidos”.
… … …

03black

Sexta-feira – 2 de dezembro – 21h … Tributo ao BLACK SABBATH com a Banda O.F.O.S. … Um esquenta pro show da famosa banda de metal. A banda O.F.O.S. é formada por Edson Guedes (guitarra e vocal), Ademir Pereira Junior (bateria) e Rodney Calfa (baixo e vocal). Com participações muito especiais dos amigos Fábio Gomes – Reunion, Fábio Martins – Sepulcros, Jesus Oliveira – Sepulcros e Pier Paolo Roncoroni Romero – Ratos do Blues. Entrada franca. No Lê Rock Bar, à rua Chico Pontes, 1791, na Vila Maria.
… … …

Sexta-feira – 2 de dezembro – 19h … Mulheres na Jogada – por Molho Especial … O Molho Especial (organização que promove jogos e processos que ‘gamificam’ o sistema político) está encerrando sua campanha de financiamento coletivo e convida para evento que discute Gênero e Política. Com feirinha de comes e bebes, sorteio de brindes, vídeos e rodas de conversa com Bárbara Côrtes e Júlia Carvalho sobre a presença das mulheres no sistema político. Jogue e contribua com o projeto para ‘mudar o mundo’. Entrada R$30 e R$20 (para quem trouxer 5 amigas/os). Na Fazedoria, à rua Newton Prado, 24.

 

… … …

Sexta-feira – 2 de dezembro – 20h … US Top na Carauari … Banda comemora o aniversário do guitarrista Carlão e apresenta os grandes clássicos do rock and roll: Black Sabbath, Grand Funk, Scorpions, Led, Floyd e muitos outros. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.
… … …

Sexta-feira – 2 de dezembro – 20h30 … Giselle Maria – Música & Poesia … Cantora, acompanhada do músico Silas Lopes (violão 7 cordas & voz), interpreta canções de Guinga, Dori Caymmi, Chico Buarque, Lupicínio Rodrigues, Milton Nascimento, Villa-Lobos, intercalando poemas de Cecília Meireles, Hilda Hilst, Sophia de Mello Breyner e Vinícius de Moraes. Couvert: R$15. No Quinto Pecado Café & Bistrot, à rua Coronel Artur de Godoi, 12, na Vila Mariana. Reservas pelo email mariahelena@qpecado.com
… … …

Sexta-feira – 2 de dezembro – 21h … Anelis Assumpção e os Amigos Imaginários no Sesc Pinheiros … Com arranjos irreverentes, pitadas de dub, afrobeat e grooves brasileiros, o trabalho de Anelis Assumpção herda o legado da Vanguarda Paulistana. Filha do grande Itamar Assumpção, cantora apresenta o repertório de seu cd Amigos Imaginários, além de canções inéditas. Ingressos a R$12, R$20 e R$40, no Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195.
… … …

05poesiadahora

Sábado – 3 de dezembro – 10h … 53ª edição do sarau Poesia é da hora … Mais uma edição do sarau poético, com microfone aberto. Pocket-show de Negrozzen Júnior. Na Casa Porto Seguro, à rua Porto Seguro, 235, perto do metrô Armênia.

 

… … …

Sábado – 3 de dezembro – 15h … CoralUSP Oxumaré convida … Coral apresenta repertório de canções populares, que vão de Bob Marley a Milton Nascimento, passando por cantos do povo indígena krahô. Sob a regência de Tiago Pinheiro. Na biblioteca infanto-juvenil Monteiro Lobato, à rua General Jardim, 485.
… … …

06forro

Sábado – 3 de dezembro – 17h30 … Tarde de Forreggae … Forró e reggae pra se acabar no salão. No Amadeu’s Bar, à rua Ibiraiaras, 188, em Guarulhos.
… … …

07veia

Sábado – 3 de dezembro – 18h … Sarau de lançamento da coletânea Veia e Ventania … Sarau com microfone aberto. Os autores que participam dessa coletânea da literatura periférica (organizada pelos Poetas do Tietê), poderão retirar seu exemplar gratuitamente. Na biblioteca pública Álvares de Azevedo, à praça Joaquim José da Nova s/n, Na Vila Maria.

 

… … …

Sábado – 3 de dezembro – 18h … Nem Luxo, Nem Lixo, Somente O Vírus da Música … O trio Thereza Goulart (voz), Paulo Cézhar Luz (voz e violão) e Marcelo Tchello (cajon) interpreta obras de Rita Lee, Marisa Monte, Mutantes, Secos & Molhados, Adriana Calcanhotto, Zeca Pagodinho, Led Zeppelin, mpb, bossanova e composições autorais. Entrada R$10. No Espaço Corisco Mix, à rua Espírito Santo, 87, em Santos.
… … …
Sábado – 3 de dezembro – 20h … MPB com Lindomar … O cantor e compositor Lindomar canta Zé Ramalho, Raul Seixas, Walter Franco, Alceu Valença e outros clássicos da mpb. No Lê Rock Bar, à rua Chico Pontes, 1791, na Vila Maria.
… … …

08kleber

Sábado – 3 de dezembro – 18h … Giras de dezembro no quintal … O cantor e compositor Kleber Albuquerque, após temporada de shows pelo Brasil, traz de volta sua programação de saraus, rodas de violão e apresentação de convidados no quintal do Teatro Imaginário da Fábrica de Caleidoscópios. Clique no cartaz e veja a programação para dezembro, que também terá o bazar de Vivi Correa, com peças de design, cds e presentes. Reservas pelo e-mail fabricadecaleidoscopios@gmail.com

 

… … …

Sábado – 3 de dezembro – 18h … Chamamento na Mora Mundo … Fábio Miranda lançou dois álbuns solo e autorais: “Caravana Solidão” (2012) e “Chamamento” (2016). Mestre da viola, atua como diretor musical e músico de cena em peças de teatro e produções audiovisuais. No Mora Mundo, à rua Barra Funda, 391.

 

… … …

Sábado – 3 de dezembro – 18h … Groove in Hostel com Funkfize … “Funkfize”, é uma gíria americana que significa ‘tornar funk’. A banda funkaliza’ clássicos de Herbie Hancook, Marcus Miller, Mike Stern, The Philadelphia Experiment, Dumpstaphunk, Peter O’Marase, entre outros, mesclando a improvisação do jazz com elementos do rock e do hip hop. No Hostel Alice, à rua Harmonia, 1275.
… … …

Sábado – 3 de dezembro – 21h … Renata Pizi e Paulo Ribeiro … Dupla une talentos em show de voz e violão (veja o clipe), com vasto repertório de canções brasileiras e internacionais. Couvert R$10 (até 23h) e R$15. No CCB – Centro Cultural Butantã, à av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882.

 

… … …

09teatro

Sábado – 3 de dezembro – 21h … Teatro no Bar … O primeiro bar na ZN com apresentações de teatro. Em parceria com a Makuná do Brasil e Atores Insanos, o Nice Bar apresenta “O Bagulho é louco”. À av. Cruzeiro do Sul, 3573.
… … …

Sábado – 3 de dezembro – 21h … Rossa n’ Roll no Ao Vivo Music … Banda Rossa Nova (Juka, Bezão e Xamã) interpreta canções que fazem referência às coisas do campo, se utilizando de valores bucólicos para falar dos instintos e desejos do homem. No Ao Vivo Music, à rua Inhambú, 229, em Moema.

 

… … …

10bordel

Sábado – 3 de dezembro – 22h … Festa do Bordel … Segunda edição da festa do Bordel – Poesia terá trilha sonora com os ‘sucessos’ bordélicos de todos os tempos, burlesco com Poison Girl, strip-tease masculino, Cenas BDSM, Arte erótica (vídeos, literatura, fotografia), recepção de Alaissa Rodrigues. Produção de Ricardo Kelmer e Fellipe Defall. No Bar Dominatrix, à rua Fernando de Albuquerque, 171. Ingresso: R$10 (com visual sensual) e R$20.

 

… … …

12ale

Domingo – 4 de dezembro – das 11h às 19h … Bazar D’A Casa Tombada … Evento repleto de expositores e boas opções de presentes para o Natal. A multiartista Alessandra da Mata lança a ‘Lelê de Pau e Pano’, sua marca de produtos artesanais para a criançada. Na Casa Tombada, à rua Ministro Godoy, 109, nas Perdizes.

 

… … …

11afro

Domingo – 4 de dezembro – 12h … 9º Sarau da Lua “Africanidades” … Oficina, Roda de Conversa, Contação de histórias, exposições e microfone aberto. Abertura do sarau com a Cia. de Dança dos Orixás. Clique no cartaz para ver toda a programação. Na Casa de Cultura Raul Seixas, à rua Murmúrios da Tarde, 211, em Itaquera.

 

… … …

Domingo – 4 de dezembro – 13h … 17º Sarau Ocuparte – Na Mão Delas … Na volta do sarau do Parque do Carmo, gravação de videopoesia, depoimentos e textos visando antologia. Nesta edição, fanzine elaborado por Mateus Muradás. Veja a programação:
> Dialogo com Maria Leone, Jessy Alves e Thay Freitas
> Homenageada do mês: Deusa Poetisa
> Cantoras do mês: Anna Bueno e Mc Cacau
> Dança Circular com Ariane Marques
> Exposições Grafite e desenho: Jae Alves e Carmila Zarbini
No parque do Carmo, à rua Padre Ezequiel Ramin.

… … …

 

12costa

Domingo – 4 de dezembro – 16h … Costa Senna – Em Cen@ Musical e Literária … O artista cearense Costa Senna mostra seu versátil estilo poético, musical e cênico, cantando e interpretando causos engraçados. Lançamento do livro ‘São Paulo em Cordel’ (com a presença dos autores), e grande festa com participação de artistas e amigos dele. No restaurante Feijão de Corda, na Bela Vista, à rua Jaceguai, 428, na Bela Vista.
… … …

13joana

Domingo – 4 de dezembro – 17h … Joana Reais e Leo Costa no Instituto Juca de Cultura … Cantora e compositora portuguesa, encontra violonista e compositor brasileiro. Contribuição livre, a partir de R$15. No Instituto Juca de Cultura, à rua Cristiano Viana, 1142, no Sumarezinho.

 

… … …

Domingo – 4 de dezembro – 18h … Dandara e Paulo Monarco – Dois Tempos no CCSP … Ótima dupla faz show do disco homônimo, lançado em agosto desse ano, e conta com a participação especial de Diego Moraes. Ingressos a R$20. No Centro Cultural São Paulo, à rua Vergueiro, 1000.
… … …

Domingo – 4 de dezembro – 18h … Kana no Parlapatões … Cantora Kana Nogueira apresenta suas canções acompanhada por Bia Pacheco (saxofone), Liw Ferreira (violão), Rogério Clementino (baixo) e Pedro Teixeira (percussão). Participação especial de Ellen Arruda (guitarra) e Ian Arruda (trombone). No repertório, canções de seus quatro discos e algumas inéditas que farão parte do quinto. No Espaço Parlapatões, à praça Franklin Roosevelt, 158.

 

… … …

Domingo – 4 de dezembro – 19h … Juli Manzi & Convidados interpretam Jorge Mautner … Juli Manzi interpreta canções de Jorge Mautner como “Samba dos Animais”, “Lágrimas Negras” e “Maracatu Atômico”, entre outras, acompanhado por Eristhal Luz ao violão. Convidados: Tatá Aeroplano, Diogo Soares, Malu Ma e Tonho Penhasco. Ingressos R$20. No Teatro de Bolso do IV Mundo, à praça Jesuino Bandeira,124, na Vila Romana.
… … …

14diadorinhas

Domingo – 4 de dezembro – 19h … Diadorinhas … O Bar do Frango apresenta o show das ‘Diadorinhas’, com Mari Ananias (cantora e poetisa) e Lu Bernardo (flautista). Com entrada franca. Na av. São Lucas, 479, no Parque São Lucas.
… … …

Domingo – 4 de dezembro – 19h … O Encantamento da Rabeca … Cia teatral O Buraco d`Oráculo apresenta “O Encantamento da Rabeca”, em parceria com a Cia. Antropofágica, no Espaço Pyndorama. Entrada franca. Á rua Turiassu, 481.

 

… … …
Terça – 6 de dezembro – 15h … Margens no Centro de Pesquisa e Formação – Sesc SP … A pesquisa “Pelas Margens: vozes femininas na literatura periférica” é resultado do mestrado da jornalista Jéssica Balbino. O trabalho traz reflexões sobre a literatura marginal/periférica feita por mulheres e busca responder quem são elas, o que fazem, como vivem, que saraus e espaços frequentam e sobre o que escrevem. O mapa traz dados científicos e culturais e mapeou 425 mulheres, que se identificam como escritoras. No Centro de Pesquisa e Formação – Sesc em SP, à Rua Doutor Plínio Barreto, 285.
… … …

Terça – 6 de dezembro – 19h30 … Desconcertos de Dezembro … Sarau organizado e apresentado pelo poeta Claudinei Vieira, em sua última edição no ano, contará com a presença de Maria Giulia Pinheiro, Teofilo Tostes Daniel, Antonio Vicente Seraphim Pietroforte, Edson Cruz, Vanessa Bumagny, além do palco aberto. Na Patuscada Livraria, bar e café, à rua Luiz Murat, 40.
… … …

15zeca

Quarta-feira – 7 de dezembro – 20h30 … Zeca Baleiro no Canto da Ema … Série de shows experimentais, com repertório sempre móvel. Nesta edição, Zeca Baleiro vai “testar” alguns forrós autorais, mostrar suas versões de clássicos de Genival Lacerda, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, João do Vale, Gordurinha e algumas surpresas, como Roberto Carlos em ritmo de xote. Zeca será acompanhado por Damião Gonçalves (triângulo), Cosme Vieira (sanfona) e Fêeh Silva (zabumba). Ingressos R$40. No Canto da Ema, à avenida Brigadeiro Faria Lima, 364, em Pinheiros.

…. … …

BOM FINDI A TODOS E
ATÉ A SEMANA QUE VEM!

… … …