“Imagine-se em um barco num rio / Com árvores de tangerina e céus de marmelada / Alguém te chama, você responde lentamente / É a garota com olhos de caleidoscópio /  / Flores de celofane amarelas e verdes / Crescendo sobre sua cabeça / Procure a garota com o sol em seus olhos / E ela se foi… /  / Siga-a sob a ponte através de uma fonte / Onde pessoas de balanço de cavalinho comem tortas de marshmallow / Todos sorriem enquanto você boia passando pelas flores / Que crescem tão inacreditavelmente altas /  / Táxis de jornal aparecem na margem / Esperando para levá-lo embora / Suba na traseira com sua cabeça nas nuvens / E você se foi… /  / Imagine-se num trem na estação / Com porteiros de massa-de-modelar com gravatas de espelho / De repente alguém está lá na catraca / A garota com olhos de caleidoscópio.”

(Versão aproximada da lisérgica letra de ‘Lucy in the Sky with Diamonds’)

 

No dia primeiro de junho fez 50 anos do lançamento do disco Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band. Não posso deixar de registrar, comemorar e agradecer aos quatro cabeludos que mudaram minha vida (e o mundo) pra melhor, muito melhor.

Eu tinha 8, 9 anos. Gostava da Jovem Guarda. Queria deixar o cabelo crescer. Meu irmão Luiz, pré-adolescente, começou a tocar bateria numa banda. Ensaiavam na rua Alcântara, numa garagem forrada de fotos dos Beatles. Ele, Nilsão, David e Edno. Eram os ‘meus’ Beatles, os ‘fab four’ da minha pequena Vila Maria. Foi ali, ouvindo o som e as conversas daqueles moleques que eu descobri algo que nunca mais abandonaria meus pensamentos: nós temos que mudar o mundo. Com amor e revolta, com inteligência e indignação, mas temos que mudar o mundo. Com canções e poesia, com sexo e liberdade, temos que mudar o mundo. Com respeito e igualdade, com gentileza e violência, sim, nós temos que mudar o mundo. Tudo o que eles discutiam, eu e o Neno (irmão caçula do David), meu amigo de infância, ouvíamos e assimilávamos. Num dia, eles comentavam sobre a guerra do Vietnã ou sobre uma capa da revista Realidade. No outro, sobre a Copa do Mundo e a ditadura militar. Lembro deles no estúdio/garagem citando as letras e tentando desvendar os mistérios do disco Sgt. Pepper’s.

Lembro de falarem sobre John e Yoko dando entrevista na cama de um hotel em Amsterdã. Um protesto pela paz: um casal fazendo amor entre lençóis brancos. Era uma nova proposta de vida e um manifesto estético. Era arte conceitual e engajamento político. Era revolucionário. Hoje soaria ridículo. Na época também soou. Os profissionais da política, do comércio e da guerra sempre desdenham dos ‘amadores’, dos que se entregam com inocência, dos que dão de bandeja toda a fúria incontível do seu amor. John não foi perseguido pela CIA à toa (ver documentário ‘EUA x John Lennon‘). Nem seu assassinato foi apenas ‘mais um’ ato insano de um psicopata. Foi o que sabemos que foi, claro. Mas tinha que ser com ele. Porque foi ele quem deu a cara pra bater. Ele era ‘o John’, o beatle chato e inquieto que queria mudar o mundo, derrubar os muros e melhorar as relações humanas. Eu tinha só 9 anos e vi que o meu lado era ao lado de John, ao lado dos Beatles, da paz e do amor. Dos ridículos e sonhadores, que quase sempre são derrotados. Porque ‘vencer’, nesse caso, significa se render, vender seus ideais. Significa dizer sim ao sistema e aceitar suas injustiças. Significa ser cúmplice da opressão e curtir as migalhas de fama e fortuna que o show-business oferece aos que se acomodam, se calam e não tentam mudar nada.

Aquele garoto de 9 anos nunca se esqueceria disso. Ainda o trago comigo aqui dentro em meu peito carcomido de homem amadurecido. Ele ainda respira. Transpira. Se indigna. Pouco mudou nas últimas décadas. Ainda crê que seu amor e sua fúria possam melhorar o mundo. Se arrepia e se emociona. Este velho menino ainda sonha.

Obrigado John, Paul, George e Ringo. E um grande abraço, comovido, ao ‘meu’ quinto beatle Luiz Carlos Afonso, que me ensinou tanto e me apresentou a tudo isso (você me salvou, mano véio). O mundo é sempre novo quando se vive um grande sonho.

Luiz Carlos Afonso é designer de publicidade e ilustrador. Tocou bateria e percussão em diversas bandas da Vila Maria dos anos 1970 aos 2000. Hoje, violonista e compositor, Luiz tem musicado poemas de J. Cordeirovich (e de outros amigos) e embelezado, com suas finas melodias, o repertório dos cantores que atuam pelos saraus. Desde garoto, fico orgulhoso por ouvir elogios ao seu talento e às suas inúmeras qualidades (como artista e pessoa). Sempre me espelhei nele e espero nunca decepcioná-lo. Pra mim, isso é o que mais importa: merecer ter para sempre o Luiz como meu querido irmão. Irmão de sangue e de escolha. Por afeto e admiração. Irmão das ideias e do coração.

 

… … …

O SARAU DA MARIA AGRADECE

… … …

Sábado passado rolou mais um Sarau da Maria, mais uma festa repleta de poesia, cantoria e outras rimas cheias de alegria. Teve a presença terna intensa do poeta Akira Yamasaki, os boleros & blues dos Cabras de Baquirivu e o jogo de cena do grupo Casa Amarela Encena. Teve o suingue de Fabio Lima e a mpb requebrada de Guilherme Moscardini. Teve a voz sublime de Henrique Vittorino. Teve Tato Fischer iluminando tudo, acompanhado pelo público. Teve palco aberto a dar com pau. Teve Ca Berto, Vasqs, Volt, Tarica e Zanatta. Teve Arnaldo, Deise & João, os pratas-da-casa. Teve Silvia e as meninas do Maria. Teve Moa & Bob na fotografia. Teve arte artística e amizade amiga. Teve alma verve viva na ponta da língua. Teve vida vivida. Confira:

 

(AQUI as fotos do Moacir Barbosa)

(AQUI as fotos do Roberto Candido)

A tchurma do Sarau ficou very very feliz e agradece a cada um que foi lá pra fazer dessa noite um objeto único e transcendente, algo assim como uma obra de arte, uma canção bonita ou um presente super surpreendente. Uma lembrança tão contente que há de brilhar dentro da gente para todo o sempre.

 

… … …

O TALENTO DO JOVEM
GUILHERME MOSCARDINI

… … …

Lançamento do cd de Guilherme Moscardini … Na próxima quarta-feira – dia 14 de junho – às 21h – no Teatro Viradalata – à rua Apinajés, 1387 – em Perdizes >>> Show de lançamento do primeiro cd do cantor e compositor Guilherme Moscardini, “Coisa Boa a Gente Espalha”, com participação das cantoras Barbara Rodrix e Bruna Moraes. Ingressos de R$15 a R$50. O cd já está nas principais plataformas digitais:  iTunes – Spotify – Deezer e YouTube.

O álbum conta com a participação muito especial do grande cantor Renato Braz, além das cantoras Assucena Assucena (da banda As Bahias e a Cozinha Mineira) e Maíra da Rosa. Das 12 faixas, dez são compostas e arranjadas por Guilherme. O jovem artista de 24 anos, que se apresentou no último sábado no Sarau da Maria, compõe naquele estilo que se costumou chamar de ‘mpb’. Cita como principais referências Gil, Gonzaguinha, Dori Caymmi e Dominguinhos, mas eu senti muito Djavan nas suas harmonias e nas batidas quebradas do seu violão. O que é um baita elogio.

 

 

… … …

MOVIMENTO CONTRA STURM

… … …

Dando continuidade ao que noticiei aqui, na noite da quinta-feira (dia 1) os trabalhadores da arte e seus coletivos ocuparam a sede da Secretaria Municipal de Cultura após protesto contra o congelamento do orçamento da pasta e contra o autoritarismo de seu secretário, André Sturm, que foi gravado, dias antes, ameaçando “quebrar a cara” de um agente cultural, além de utilizar termos como “acabou a molecagem”. Os manifestantes exigem a saída do secretário. Na noite de sexta-feira, após pedido de reintegração de posse, o movimento desocupou o local temendo pela integridade física dos ocupantes. As reinvindicações são as seguintes: a saída do Secretário André Sturm, o descongelamento progressivo das verbas da Cultura (de acordo com proposta já apresentada pela Frente Única da Cultura) e a criação e implantação de comissão para acompanhar a execução do Plano Municipal de Cultura.

Após a desocupação, o movimento postou nas redes sociais que “somos vitoriosxs, pois vencemos a invisibilidade imposta pela mídia e a repressão a que historicamente somos submetidos. Expomos aqui a incapacidade da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, na figura de André Sturm, e do gestor da Prefeitura de São Paulo, João Doria, de dialogar. Eles não vão bater na nossa cara de novo. Ao sair da secretaria, deliberamos um novo encontro para avaliar a ocupação e pensarmos nossos próximos passos”. Na segunda-feira (5/6), após reunião, o movimento convocou concentração para sexta-feira (9 de junho), a partir das 14h, em frente à Assembleia Legislativa (Av. Pedro Alvarez Cabral, 201, Ibirapuera), para audiência sobre as denúncias contra a Secretaria Municipal de Cultura.


Além da carta de repúdio da Associção Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas (clique na imagem acima para ler melhor), várias entidades que congregam o Encontro Estéticas das Periferias também se manifestaram contrárias à conduta do atual secretário. Aqui, trechos de sua carta: “Reiteramos o repúdio ao assédio moral permanente impetrado pelo Secretário Municipal de Cultura, André Sturm. Exigimos a responsabilização do atual secretário por abuso de autoridade, bem como a apuração das denúncias de interferência e irregularidades nos processos de seleção e implementação de editais públicos. Por fim, reivindicamos o descongelamento dos recursos voltados à pasta e a implementação e monitoramento participativo do Plano Municipal de Cultura.
a) Grupo Curatorial do Encontro Estéticas das Periferias – Ação Educativa – Amigas do Samba – Amigos do Monte Azul – Bodega do Brasil – Capão Cidadão – Espaço Comunidade – Espaço Cultural CITA – Hip Hop Mulher – Imargem – Instituto Cultural Dandara – Instituto Pombas Urbanas – Cooperativa de Artistas – Kultafro – Ocupa Coletivo – Poetas do Tietê – Quilombaque – Samba da Vela – São Mateus em Movimento – Umoja – União Sul Associação de Comunidades e Projetos de Samba da Zona Sul.

A favor de Sturm, os cineastas Fernando Meirelles, Cacá Diegues e Cao Hamburger assinaram carta dizendo ser “imprescindível fortalecer a sua gestão”. Junto com eles está o SIAES, Sindicato da Indústria Audiovisual de SP, entidade presidida pelo próprio Sturm (que está licenciado). Assim não vale, né?

 

… … …

CURSOS GRÁTIS NA
ALDEIA SATÉLITE

… … …

A Aldeia Satélite, em parceria com a ONG Jovens do Brasil e a Fundação Tide Setúbal, oferece cursos gratuitos de teatro. Com certificado de conclusão e montagem teatral. Inscrições abertas. Terça-feira, das 14h30 às 20h30, quinta-feira, das 15h às 18h e sexta-feira, das 15h às 18h.

O Programa Jovens Urbanos procura pessoas de 15 a 20 anos que queiram conhecer a cidade, participar de cursos e realizar projetos. Atividades gratuitas. Inscrições Abertas. Segundas e quartas-feiras, das 14h às 18h.

A respeito dos dois cursos, informe-se melhor entrando em contato com o pessoal da Aldeia Satélite Espaço Cultural. A Aldeia fica na rua Tenente Luís Fernando Lobo, 118, em São Miguel Paulista.

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!
… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 18h … Lançamento do livro “Balada do Crisântemo Fincado no Peito” … A Editora Reformatório convida para o lançamento do livro vencedor do Prêmio Maraã de Poesia 2016, “Balada do Crisântemo Fincado no Peito”, de Marcio Dal Rio. Sobre o livro, escreveu Mafra Carbonieri: “Este livro nos alerta sobre algo inevitável de nossa condição: todos temos um crisântemo fincado no peito, imposto pela banalidade da vida que nos sitia, o poderoso nada de que são feitos os homens comuns, que ditam o costume, não a história; geram os vícios, não a arte; erguem os muros e nada sabem das portas secretas. Marcio resiste com rigor estético.” Na Academia Paulista de Letras, no Largo do Arouche, 312.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 19h … Sarau Encontro de Expressões … Sarau convida músicos, poetas, bailarinos e atores. Lançamento do livro ‘Sonhos e Memórias’, do sociólogo Gilmar Soares Sobrinho. Palco aberto e entrada franca. No Grão Espresso Voluntários – Espaço MpbBlues, à av. Voluntários da Pátria, 3558, na ZN.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h … Fios de Choro apresenta Trama Sonora … No show “Trama Sonora”, o quarteto alterna músicas autorais e arranjos que desenvolveu para clássicos, passando por valsa, chorinho, forró e frevo. O grupo é formado por Wanessa Dourado (violino), João Pellegrini (violão de 7 cordas), Lincoln Pontes (cavaquinho) e Allan Pio (pandeiro). No Bistrô Esmeralda, à rua Esmeralda, 29.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h … Marco Vilane – Teatro da Rotina … Show com o cantor, compositor, poeta e contador de causos que pendura suas andanças nas canções, alinhavando personagens e histórias, num show divertido, poético e envolvente. Ingressos a R$40 e R$20 (antecipado). No Teatro da Rotina, à rua Augusta, 912.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h … Inquietações Sob Censura … Apresentação extra da peça montada pela turma do curso de teatro da Cia Naturalis. O espetáculo é inspirado na vida e em algumas obras do dramaturgo Plínio Marcos. Entrada R$20. No Teatro Studio Heleny Guariba, à praça Franklin Roosevelt, 184.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h … CiriloAmém – no Boutique Vintage … A ótima banda CiriloAmém nasce da reunião de amigos influenciados por música urbana, rock e mpb. No show, além de canções autorais, novos arranjos para clássicos e lados ‘b’ do cancioneiro popular. Com Rafael Cirilo (violão e voz), Katia Aqkino (voz), Sergio Basseti (baixo), Telo Ferreira (bateria) e Filipe Cirilo (guitarra). Entrada R$10. Na rua padre Adelino, 949, quase em frente ao Sesc Belenzinho.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h … Show de Lançamento do cd ‘Espoir’ – Sesc Santos … Terceiro disco autoral do cantor e compositor congolês radicado no Brasil Yannick Delass. O álbum traz influências de blues, jazz, afrobeat, funk, reggae e rumba congolesa. Com Daniel Doctors (baixo), Le Andrade (guitarra), Rafael Oliveira (batera) e Yannick Delass (voz e violão). A entrada é franca e o cd estará à venda por R$20. Na rua conselheiro Ribas, 136, em Santos.

… … …

Quinta-feira – 8 de junho – 21h30 … Semiorquestra – Tito Oliveira e o show Magiô … Projeto Quintemporâneas apresenta dois trabalhos de música instrumental que experimentam novas sonoridades sem perder o caráter dançante: às 21h30, os 10 integrantes do grupo paulistano Semiorquestra sobem ao palco e, às 23h30, o baterista baiano Tito Oliveira (integrante do grupo Letieres Leite & Quinteto) apresenta o show Magiô. Ingressos a R$35 e R$25 (antecipado). Na rua cardeal Arcoverde, 742, em Pinheiros.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 18h … Arte e Revolução: Estudo Sobre a Indústria Cultural … Que papel cumpre a indústria cultural na sociedade? Primeira sessão do Gupo de Estudos Arte e Revolução. A idéia é fazer duas sessões para debater o tema e, diferentemente de uma aula ou palestra, estudar as obras e tirar propostas coletivamente. Bibliografia não obrigatória, mas recomendada: Theodor Adorno e Max Horkheimer. Para os pensadores, a Indústria Cultural é responsável por uma brutal pasteurização da obra de arte, e o artista, transformado em mero funcionário dos grandes meios de comunicação, repete fórmulas prontas ditadas pelas grandes indústrias. Na Sala 200 do prédio de Letras da USP, à avenida professor Luciano Gualberto, no Butantã.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 18h30 … Lançamento de ‘A Bomba que Falta’ (poesia) e ‘O Domador de Cometas’ (prosa) … O poeta Oswhaldo Rosa (autor de ‘Ácido Paulistânico’, ‘Amornauta’ e ‘O céu é vertical’), lança ‘dois livros em um’. Rosa é figura importante e atuante na vida cultural da ZN desde os anos 70, seja escrevendo e atuando em peças de teatro, ou participando do lendário ‘Grupão’ e da organização do Sarau da Maria (é dele o famoso verso ‘O céu só tem três Marias, meu coração tem infinitas, uma vila de Marias’). Também é letrista e parceiro nos cds de Susie Mathias (Canção das Moças) e de Paulo Barroso (As Marés). Na Livraria da Vila, à al. Lorena, 1731.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 19h … Slam da Norte – Edição de Junho … O Slam da Norte traz para a ZN o movimento slammer que já existe em outras regiões. No Espaço Cultural AME, à rua João Amado Coutinho, 1009, Parque Taipas.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 20h … Casa Clam Apresenta – Naaxtro … Show de música instrumental com a banda Naaxtro, formada por Leandro Archela (teclados), Cacá Amaral (bateria), Iládio Davanse (baixo), Daniel Gralha (trompete e flugel) e Cuca Ferreira (sax barítono e flauta). Com um ep e dois álbuns lançados, além de diversas apresentações em palcos paulistas, o repertório mescla temas compostos coletivamente, sempre flertando com o imprevisto. Na Casa Clam, à av. Rotary, 98, em Guarulhos.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 20h … Sarau Clamarte – de Junho … Nesta edição, presença da cantora Yara Barros e do escritor Sacolinha. Na rua Professor Otávio Guimarães, 393.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 20h … Sanzio e Magrão – na Carauari … Dando continuidade às festas juninas, o ‘Arraiá Carauari’ promove um ‘rastapé’ com a dupla Sanzio e Magrão tocando forró e mpb com muita energia. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 20h30 … Mares de Minas – com Fernanda de Paula e Júlia Tygel … Tecendo laços musicais e poéticos entre Minas Gerais e o mar, Mares de Minas é o primeiro trabalho solo da cantora, percussionista e poetisa Fernanda de Paula, com arranjos da pianista e compositora Júlia Tygel. O Espaço91 acomoda apenas 45 pessoas e fica próximo ao Sesc Pompéia. Faça sua reserva pelo website ou inbox e receba o endereço.

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 21h … Banda US Top no Santa Sede Rock Bar … Banda de classic rock formada por Gê Jager (vocal), Dú Jager (baixo), Carlão (guitarra), Willen (guitarra e teclados) e Doni Freitas (bateria) faz festa no Santa Sede. Av. Dumont Villares, 2104, perto da estação Parada Inglesa do metrô.
… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 22h … Daniel Medina – Temporada Estúdio Lâmina … Prestes a lançar seu primeiro disco, o compositor e ator Daniel Medina faz quatro shows (dias 9, 16, 23 e 30) com convidados especiais a cada espetáculo: Gustavo Galo, Luiza Brina, Maria Ó, Laya e Saulo Duarte (que assina a produção do cd, ao lado de Igor Caracas). Couvert R$15. Na av. São João, 108, 4°andar (perto do metrô São Bento).

… … …

Sexta-feira – 9 de junho – 23h … Festa Jardim Psicodélico #7 – no Casa Matahari … Sétima edição da festa promovida pelo coletivo Jardim Psicodélico traz as bandas Os Artefactos (Gabriel Guerra, Caio Zanini, Ciro Jarjura, Caio Hafermann e Victor Keller) e Capitão Bourbon (Vander Bourbon, Eduardo Osmédio, Fábio Batista e Ciro Mad). Ainda no local, a exposição Anarkolitica. Na Casa Matahari Mariposa, à rua Silva Bueno, 729, no Ipiranga.

… … …

Sábado – 10 de junho – 13h … Amparo Literário – 1 Ano … Sarau criado pelo escritor e produtor cultural Alba Atróz comemora um ano recebendo o professor, filósofo, blogueiro e escritor Daniel Lopes Guaccaluz, que lança seu romance, “No céu com diamantes”. A edição de aniversário está recheada de grandes atrações: Escobar Franelas (poeta, ator e produtor cultural), Yunei Rosa (cantor e compositor), Marco Vieira (cantor, compositor), Todyone (grafiteiro e artista plástico), Costa Senna (cantor e cordelista), Emerson Alcalde (poeta e slammer), Muramashi Taomé (escritor, lançando “Curto Circuito”), Onézio Cruz (caricaturista), M.C Helder (escritor), Jonata Thrash (poeta), Everaldo Ygor (blogueiro e poeta) e ainda a peça ‘A Mosca Intergalática’ (com Marcos Diego e Thamiris Santana). Ainda no evento, vídeo-conexão com o poeta acreano Izaque Fernando (autor da antologia “Humanifesto”). Entrada franca. Na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, à rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 (antiga Rua Coração Sertanejo).

… … …

Sábado – 10 de junho – das 13h às 18h … 1º Encontro de Artistas Independentes … Encontro promovido pela Escola INCA e pelo Projeto Musical Contraponto (Bruno Brasil e Fernando Diniz), pretende juntar artistas e ativistas que buscam espaço para mostrar seus trabalhos. Nessa primeira edição, espetáculos de música, teatro, exposições fotográficas, empreendedores sociais, um encontro de poetas, debates e valiosas trocas de ideias. Na INCA – Escola de Inovação Coletiva, à rua Girassol, 302 C, Vila Madalena.

… … …
Sábado – 10 de junho – 14h … Arte-Papo – Flora Assumpção … A Fundação Ema Klabin (instituição cultural que possui acervo de 1545 obras e programação cultural regular) recebe a artista plástica Flora Assumpção para um ‘arte-papo’. Flora iniciou sua produção por meio de desenhos, pinturas e gravuras. Hoje, desenvolve projetos de instalações, visando provocar experiências de imersão poético-visuais. Entrada franca. Na rua Portugal, 43, no Jardim Europa.

… … …

Sábado – 10 de junho – 15h … Sarau Poesia é da hora – na Casa Florescer … 59ª edição do sarau que o Coletivo poético e ativista ‘Poesia é da Hora’ organiza mensalmente para (e com) pessoas em situação de rua, em centros de acolhida. Entre as atrações, ‘Divas, o espetáculo’, exibição do documentário ‘Eu existo!’, Pâmela Rogers, dança e música africana com Paula da Paz e Rafael Fazzion, Poetas do Tietê, Sobrevivente 01, Tv Art Mult Cultural e o Coletivo Poesia é da hora. Microfone aberto pra quem chegar. A Casa Florescer é um centro de acolhida especial para mulheres transexuais e travestis. Fica perto do metrô Armênia. Na rua Prates, 1101 A, no Bom Retiro.

… … …

Sábado – 10 de junho – das 16h à 0h … Francisco, el hombre – em São Paulo … A banda apresenta sonoridades tradicionais e regionais latinoamericanas, cantadas em espanhol com sotaque brasileiro e português com sotaque latino. Seu primeiro trabalho de estúdio, ‘Soltasbruxa’, de 2016, foi produzido por Zé Nigro, com participações de Liniker e da banda Apanhador Só. As letras abordam o momento político e social do Brasil. Abertura: Mandala – Lide – Banda Emana. Discotecagem: brasilidades, forró, soul & funk music, reggae e samba. No Estúdio, à av. Pedroso de Morais, 1036.

… … …

Sábado – 10 de junho – 16h … Sarau Musical – com Betto Ponciano … Sarau com música de raiz e canções românticas para embalar o Dia dos Namorados. Violeiro nascido no Rio de Janeiro, Betto mostra em suas composições a relação entre o homem e a natureza, valorizando a importância do meio ambiente. Na Livraria Nobel Mais Shopping Largo 13, à rua Amador Bueno, 229.

… … …
Sábado – 10 de junho – 18h … Marcy Santtos no Espaço Magma … Cantora se apresenta com músicos amigos e bandas locais. Ingressos a R$15 e R$20. Na av. Nazaré, 1747, Ipiranga.

… … …
Sábado – 10 de junho – 18h … Forró, forró e forró … Forró ao vivo, com o Trio Agrestino na sala da Casa Mora Mundo. A entrada é gratuita, com ‘chapéu’ pra colaborar com os artistas. Comidas e bebidas juninas. Na rua Barra Funda, 391.

… … …

Sábado – 10 de junho – 18h … 99º Sarau Bodega do Brasil … Tradicional sarau organizado pelo poeta Costa Senna, com microfone aberto e entrada franca. Na Ação Educativa, à rua General Jardim, 660.

… … …

Sábado – 10 de junho – 19h … Artefatos Poéticos … A dançarina Ira Basma abre a festa e o convidado especial, o poeta Artur Gomes, divide sua performance com Claire Feliz Regina, Daniel Tomaz Wachowicz, David Kinsky, Fabiano Fernandes Garcez, Luiza de Oliveira, Manel Reis, Rubens Jardim e Sandra Caldas. Exibição digital de poemas e de “Devorável” (videoarte de Tchello de Barros), além da mostra coletiva ‘A imagem da poesia’, com os poetas Avelino de Araujo, Hugo Pontes, Paulo Lima, Renato de Mattos Motta, Tchello de Barros e Cesar Carvalho. Couvert R$15. No 38 Social Clube, à rua cel. Castro de Faria, 28. Abaixo, dois poemas de Artur Gomes:

poétika sensorial

as minhas mãos
com calma
penetrando tua alma
para não te deixar
dormir

jura secreta 29

a luz branca de outono
deságua em mim
como mar de outrora
águas de outras eras
em ondas de sal
pra me benzer aurora boreal
nos olhos de quem me vê

… … …

Sábado – 10 de junho – 19h … Sarau na Galeria – Edição 43 … Sarau organizado pela jornalista e promotora cultural Raquel Pereira, com entrada franca e palco aberto. Nesta edição, o escritor Francis Gomes lança o livro “Um Ser Tão Enigmático”, a performance de Deusa Poetisa, o som autoral de Yunei Rosa, a expo de desenhos de Wellington Martins e o artista de rua Henrique Lima com seus malabares de fogo. Na Escola Geraldo Justiniano de Rezende Silva, em Suzano.

… … …

Sábado – 10 de junho – 19h … Temporada PUTO – no Engenho Teatral … O coletivo Dolores Boca Aberta re-estreia o espetáculo “P.U.T.O. – um ato poético” na Mostra Solidariedade, do Engenho Teatral. A sigla é o nome de um coletivo fictício de periferia que atua na cidade de SP, praticando atos de terrorismo poético, reivindicando Eros e a autonomia de seus corpos. As apresentações serão aos sábados e domingos (10, 11, 17, 18, 24 e 25/06), sempre às 19hs, com entrada gratuita. Na Rua Monte Serrat, 120 – Tatuapé (perto do Metrô Carrão).

… … …

Sábado – 10 de junho – 19h … Lançamento de Notas errantes, poemas de Elisa Andrade Buzzo … Elisa estreou na literatura com os poemas de Se lá no sol (7Letras, 2005). Seu último livro de poesias, Vário som (Patuá, 2012), foi finalista do Prêmio Jabuti 2013 na categoria Poesia. Seus textos foram publicados em diversos livros, antologias e revistas literárias no Brasil e no exterior. Publicou o volume de crônicas Reforma na Paulista e um coração pisado (Oitava Rima, 2013). A Editora Patuá convida para o lançamento do livro. A entrada é gratuita e o exemplar estará à venda por R$38. Na Patuscada – Livraria, Bar e Café, rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. Abaixo, dois poemas de Elisa Andrade Buzzo:


cortaram-lhe as asas
e ainda assim tecia harmonias no chão
e agora fitaria não as copas mas bem de perto as folhas secas
e douradas pisoteadas na praça e se da pele tiraram-lhe
o sentir nisto também viu algo proveitoso pois assim passaria por
entre as folhas pontudas dos jardins misteriosos sem sentir dor
ciceroniaria as abelhas em seu desejo de pétalas e se dos olhos
lhe tirassem a visão haveria o silvo dos animais desses
sons absolutos haveria de evocar a forma viva dos seres e se então
por sua vez a audição lhe fosse destituída teria sua imaginação a lhe render uma
nascente cristalina de onde brotaria diariamente como um desejo indevido
ressurgido das pedras

celina
não me venha com
essa mania de me pôr juízo a vida
é bem mais complexa do que parece
hoje anoitece amanhã amanhece
não sou apenas uma vadia divagando
por tantas poesias também
quero ser mãe de família fazer
sopa dar de mamar e buscar
o rebento no jardim que bem lembro
de nossa infância meus intentos talvez
sejam por assim dizer lentos mas celina
talvez minha sina seja mesmo essa
asfixia quando me nascem e grudam
sem piedade essas ervas daninhas
e me deixam apenas o buraquinho das narinas
esse desalinho de enxovais essas
baixelas eternamente enclausuradas
no armário da cozinha ou esse modo
pouco ou nada profissional
de viver a vida

 

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h … Canto de Vida e Obra – Conceição Evaristo … Show lítero-musical que tem como fio condutor os poemas de Conceição Evaristo. Com o grupo Morabeza Nação e a participação de Malu Avelar, Priscila Hilário e Leandro Neri. No Itaú Cultural, à avenida Paulista, 149.

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h … Luiz Cláudio Convida – Ademir e Nadja Soares … Projeto onde o violonista Luiz Claudio de Santos entrevista um artista ou produtor cultural, em meio a canções autorais e clássicos da mpb. Nesta edição, os convidados são Ademir e Nadja Soares. No Corisco Mix, à rua Espírito Santo, 87, em Santos.

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h … Lançamento – ‘Viandante – Labirintos entressonhos’ … Avangi Cultural e Ciclo Contínuo Editorial convidam para o lançamento do terceiro romance da escritora e fotógrafa Sonia Regina Bischain. Com exposição de 40 fotografias que compõem a história das personagens. A obra narra ‘um Brasil em meio a imposição da ditadura, a esperança da democracia e as decepções e batalhas do presente’. No Sarau da Brasa.

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h … Warley Noua – Lançamento Oficial – Catarse … Show dá início à campanha de arrecadação de fundos para gravação e lançamento do cd do talentoso artista Warley Noua, ou como ele mesmo se apresenta, ‘cantxr, atxr & artista transgressxr de Guarulhos’. Contribua com o projeto (AQUI) e veja sua ‘recompensa’ na tabela. Entrada R$10. Na Casa Clam, à av. Rotary, 98, em Guarulhos.

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h30 … DUO – Sai Conde e Guilherme Lamas … O excelente duo faz show de lançamento do disco “O Alvorecer”, homenagem a Ernesto Nazareth, tocando suas músicas que são menos executadas em rodas e grupos de choro. Na maior parte dos arranjos, a Bandola de Sai Conde se destaca como solista e o violão de 7 Cordas de Guilherme Lamas se encarrega do acompanhamento. O Espaço91 acomoda apenas 45 pessoas e fica próximo ao Sesc Pompéia. Faça sua reserva pelo website ou inbox e receba o endereço.

… … …

Sábado – 10 de junho – 20h30 … Sarau Arte Canal … Nesta edição, a poesia de Deise Leite, Carol Soares e Kaique Marques e o lançamento do livro de Gustavo Molinari, “Lobo Pequeno e o Mistério das Jovens”, além dos artistas da Aldeia: teatro, música, literatura e dança. Entrada franca. Na Aldeia Satélite Espaço Cultural, à rua Tenente Luís Fernando Lobo, 118.

… … …

Sábado – 10 de junho – 21h … Mahatrio Jazz Rock – no Bar do Anão … A excelente banda de jazz-rock-fusion Mahatrio, composta por Elvis Rodrigues (bateria), Antonio Rodrigues (guitarra) e Dico Santana (contrabaixo), apresenta show com músicas instrumentais inéditas e releituras ousadas. Entrada franca. No Bar do Anão, à rua Curuçá, 435, na Vila Maria.

… … …

Sábado – 10 de junho – 21h … Noites Autorais – do Clube Caiubi de Compositores … Sob o comando do poeta e promotor cultural Vlado Lima, o sarau do famoso clube de compositores agora é mensal. Nesta edição, pocket-show de abertura com a banda Fabricantes de Planetas. Além do palco aberto para quem chegar (mas só vale canção autoral), o Caiubi ainda apresenta três convidados especiais: Banda Anhangabahy, Lyzah e Clowns e Caos. Entrada R$10. No Julinho Clube, à rua Mourato Coelho, 585.

… … …

Sábado – 10 de junho – 22h … La Nuit du Gainsbarre – Décadanse … Quarta edição da festa recria a atmosfera sedutora da boemia parisiense e celebra a obra atemporal do cantor e compositor Serge Gainsbourg, com show do grupo Les Boomerangs, formado por Eduardo Barretto (voz), Bibiana Graeff (teclado e voz), Gabriel Guedes (guitarra), Otavio Cintra (baixo e voz) e Mariô Onofre (bateria). Discotecagem de Alline Resende & Eduardo Barretto. Bazar da Alien, com peças da artista Catharina Bellini. Ingressos R$20. No Estúdio Lâmina, à avenida São João, 108.

… … …

Domingo – 11 de junho – 15h … Cabeças Enfumaçadas – Na Toca … Banda faz show para solteiros se arrumarem. O Cabeças é formado por Daniela Neris (vocal, gaita e percussão) , Ivan Cabeça (violão) e Luis Dias (guitarra solo). Na Toca, à rua Antônio Mariano, 338.

… … …

Domingo – 11 de junho – 15h … 56º Sarau da Casa amarela … Sarau organizado pelo poeta Akira Yamasaki, com auxílio de Luka Magalhães e Escobar Franelas, traz nesta edição o poeta, cantor e compositor Renato Pessoa, além de apresentar dois lançamentos de livros: João Caetano do Nascimento, poeta e escritor, com “O rio de todas as nossas dores” e Daniel Lopes Guaccaluz, escritor e filósofo, com “No céu com diamantes”. Com palco aberto pra quem chegar. Na rua Julião Pereira Machado, 7, em São Miguel Paulista.

… … …

Domingo – 11 de junho – das 16 às 20h … Festival Poesia-Rock … Evento reúne lançamento de livros, zine Ave de Rapina, fanzines de Thina Curtis, bandas de rock, shows e leituras de textos e poemas. Escritores confirmados: Penélope Martins, Fabiano Calixto, Gláucia Adriane, Camilla Feltrin, Pedro Tostes, Ricardo Escudeiro, Diogo Cardoso, Hélio Neri, Marcelo Mendez, Bruno Brum e Natália Agra. No Bar Apostrophe, à rua Coronel Ortiz, 290, em Santo André.

… … …

Domingo – 11 de junho – das 16h a 0h … Doces Tardes de Domingo #10 … A festa ‘Doces Tardes de Domingo’ mostra bandas do submundo do rock. Nesta edição, Banda 3Z, Capitão Bourbon e O Grande Ogro. No evento, exposição de artes plásticas, performances, fanzines, feira de vinis, cartazes e vídeos. Na trilha sonora, sons que vão do clássico aos mais obscuros ‘lados Z’. No Komb Bar ZL, à praça Miguel Ramos, 171, no Jardim IV Centenário.

… … …

Domingo – 11 de junho – 16h30 … Tardes Musicais – Quinteto Cameral – Canção das Águas … Concerto mistura cantos e melodias do Brasil, de Portugal e da África oeste. Com Carlinhos Antunes e Quinteto Cameral, mais a participação da cantora de Macapá, Patrícia Bastos. Entrada franca (180 lugares, por ordem de chegada). Na Fundação Ema Klabin, à rua Portugal, 43, no Jardim Europa.

… … …

Domingo – 11 de junho – 16h30 … BLITZ – O império que nunca dorme … Peça traz à cena a discussão sobre ‘a militarização da vida e a violência praticada pelo Estado e legitimada pelos meios de comunicação de massa’. Criação coletiva da Trupe Olho da Rua, com direção de Caio Martinez Pacheco. No Espaço Clariô, à rua Santa Luzia, 96, em Taboão da Serra.
… … …

Domingo – 11 de junho – 18h … I Casarão das Violas com Levi Ramiro e Jackson Ricarte … Com os violeiros Levi Ramiro e Jackson Ricarte. O grupo Catira de São Gonçalo faz a abertura às 18 horas. No Centro Cultural Casarão, à rua Maria Sampaio Reginato, em Campinas.

… … …

Domingo – 11 de junho – 18h … Jardins e Concretos – de Ruan Trajano … Excelente cantor e compositor pernambucano apresenta as canções autorais de seu cd “Jardins e concretos”, já disponível nas plataformas digitais. No palquinho dos Parlapatões, à praça Roosevelt. Entrada franca, com chapéu pra colaboração.

… … …

Segunda-feira – 12 de junho – 17h … Virada Livre / Ao vivo / Ecla … Programa-piloto (com transmissão via facebook) de uma série de entrevistas, entrecortado por leituras de poemas do Oswald de Andrade e do poeta-convidado, Rubens Jardim. Com o músico Zé Lima e o poeta Cláudio Laureatti. Na Ecla Toca Saci, à rua Aboliçaõ, 244, no Bexiga.

… … …

Segunda-feira – 12 de junho – 19h30 … Sarau Suburbano Convicto … Sarau com palco aberto e lançamento do livro “Folhas Secas”, da escritora Kathya Scarzullio. Na Livraria Suburbano, à rua Treze de Maio, 70.

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 18h … Desconcertos de Junho … Desconcertos é um sarau com convidados e palco aberto, organizado pelo poeta Claudinei Vieira. Nesta edição, poesia, música e artesanato, com a presença de Akira Yamasaki e Escobar Franelas, do Sarau da Casa Amarela, e das poetas Adriana Brunstein e Carolina Montone. Akira lança seu livro-cd ‘Oliveiras Blues’. O livro vem acompanhado de um cd, com alguns poemas musicados pela banda Cabras de Baquirivu. E ainda tem o Bazar Para Tudo patrocinado pelo Coletivo de Arte Permanente. Na Patuscada , à rua Luis Murat, 40, na Vila Madalena. Abaixo, um poemaço do Akira:

réquiem para seis córregos
(Akira Yamasaki)

seis córregos franzinos
seis viagens sem volta
um ribeiro lajeado
seis alvos sem escolta

seis indefesos reféns
seis caminhos tortos
um itajuibe riacho
seis pássaros mortos

seis cânticos de revolta
seis torrentes de peçonha
seis crianças brincam
seis silêncios de vergonha

seis feridas dilacerantes
no meio da noite sem fim
seis preces lancinantes
rasgam meu pobre itaim

seis peixes no aquário
seis esgotos pungentes
sessenta mil ratazanas
todas gordas e contentes

um itaquera itaqueruna
um ano e seis enchentes
seiscentas leptospiroses
três pontes impotentes

seis políticos de ocasião
sessenta discursos pró forma
um exército de burocratas
seis decretos seis mil normas

seis toneladas de lixo
no meio da noite sem fim
seis mil lágrimas de mães
rasgam meu pobre itaim

um tijuco preto preto
seis favelas penduradas
seiscentas crianças brincam
seis mil aves sufocadas

seis borboletas amarelas
seis projetos engavetados
seis córregos sobrevivem
mesmo após assassinados

um negro água vermelha
seis anjos cancelados
seis emissários de bosta
seis punhais encravados

seis córregos agonizam
no meio da noite sem fim
seis gritos de socorro
rasgam meu pobre itaim

 

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 19h30 … Ana dos Santos – Amor & Sexo – Sarau Gente de Palavra 57 … Poemas de amor e sexo na obra de Ana dos Santos. No Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, à rua dos Andradas, 1223, em Porto Alegre – RS.

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 20h … Os Amanticidas no Tupi or not Tupi … Os Amanticidas é um dos ótimos grupos da nova cena musical independente de SP. Veja o que já falei deles AQUI.  Ingressos a R$35. Na rua Fidalga, 360.

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 20h30 … 4ª do Sarau – Poesia, Música & Luz … Na véspera do feriado, sarau intimista com microfone aberto para amigos músicos e poetas. Na rua Celina, 147, Vila Matilde.

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 21h … Trinca & US Top – Níver do Lê Rock … O bar do Lê é um tradicional point de roqueiros da Vila Maria. Para comemorar o niver de seu carismático proprietário, as bandas Trinca e US Top fazem shows-festa. Entrada: 1kg de alimento não perecível. Na rua Chico Pontes, 1791, na Vila Guilherme.

… … …

Quarta-feira – 14 de junho – 21h … Anna Tréa – #MeClareia no MiniDocs – Teatro Vivo … Show da cantora e compositora que lançou recentemente o cd ‘Clareia’. Participações de Swammi Jr, Tássia Reis, Fabiana Cozza e Kabé Pinheiro. Doe um livro e receba seu ingresso. Na av. dr. Chucri Zaidan, 2460, Vila Cordeiro.

… … …

BOM FINDI A TODOS E
ATÉ A SEMANA QUE VEM!

… … …