No agendão deste post, com a programação alternativa para os próximos dias em éssepê, estão citados nada mais nada menos que 34 saraus. Pela ordem em que aparecem, lá vão: Poetas Ambulantes, Encontro de Expressões, Sarau das Águas, Menino Muquito, Terra em Transe, Sararte, Urutu, Fuzuê, Chama Poética, Feminino Infinito, Encontro de Utopias, Bodega do Brasil, Bar do Frango, La Garçonnière, Arte Canal, Sopa de Letrinhas, Palco Madalena, Poesia na Faixa, Conversadores, Poesia É da Hora, Gloriosos Vagabundos, Gente de Palavra Paulistano, Batalha do Konquix, Sarau Poesia de Esquina, Racha Coração, Slam do Corre, Slam Oz e indiretamente, os Saraus da Maria, da Carauari, do Grão, da Casa Amarela, do Burro, o Toca do Autor e os Poetas do Tietê. Nem incluí os vários espaços que semanalmente abrigam rodas de choro, de samba, cursos, blocos, shows, peças, festas, festivais e lançamentos de livros. É a prova de que, sim, existimos, e estamos bem vivos. Mesmo com crise, retaliação política e corte de verbas, como diz o Erasmo Carlos, “eu vou”. É a melhor resposta para o mau entendedor: nosso caso é de amor!

TANTAS PERGUNTAS >>> por quanto tempo o dia segura essa cara carrancuda. como se atira na aventura um País. como se julga se culpa se desconstrói sua história de lutas. como se ganha uma eleição sem votação. como se cria um clima favorável na mídia no jornal na televisão. como se altera a constituição, dentro da lei. quanto dura uma ditadura uma impostura disfarçada de legal. até onde vai o oportunismo de um político para se salvar. uma intervenção militar quantos inocentes matará. a resolução que não contempla emprego e educação, o que resolverá. o que quer dizer um general com ‘não me venham depois com comissão da verdade’. a cara de pau do general é legal diz o congresso e o presidente tapa-buraco assina embaixo com urgência em sua habitual (im)previdência. e enquanto as togas discutem sem pressa seletivos legalismos pontuais (e transcendentais) desfilando sebosas retóricas o País jaz. serão todos políticos e juízes probos sérios corretos legais. aquele que bateu panela por que agora se cala e concorda. a nossa já foi pro brejo, a vaca deles engorda. trabalha estuda almoça e janta. me diga, quanta. quanta dor um coração amoroso suporta. até que ponto um homem diz que não se importa. quanto comporta em dor dissabor seu sangue triste seu corpo morto sua mente torta. quando se enche quando transborda a represa a paciência a cabeça presa do homem: quando as respostas?

 

… … …

MARCIO POLICASTRO
ME REPRESENTA

… … …

No domingo, fui ao Espaço Parlapatões e assisti ao pocket-show do cantor e compositor Marcio Policastro, com participação de seus convidados Ravena Olinda, Álvaro Cueva, Fernando Cavallieri e Teju Franco, todos craques da canção e da poesia, artistas ligados ao famoso Clube Caiubi de Compositores. Sou fã de Policastro e conheço as letras politizadas de sua nova safra de canções. Nelas (mais ainda do que no cd ‘Pequeno Estudo sobre o Karma‘), ele comenta de forma direta os últimos acontecimentos do País e o direitismo que o (des)governo Temer vem nos impondo. Quando cantou, ironizando e criticando Bolsonaros e Frotas, Policastro foi aplaudido entre os versos, no meio das músicas. As pessoas também se sentiram felizes e representadas ao cantarem com ele o refrão que diz: ‘se o Brasil fosse mais Chico e menos Cunha, me encheria de orgulho e não vergonha‘. Marcio Policastro defende, com espirituosidade e talento, as conquistas trabalhistas e os valores humanistas que estão sendo pisoteados e escreve, como nenhum outro artista da atualidade, a crônica poética destes tristes dias de casuísmos ‘legais’ que estamos vivendo. Policastro é quem responde ao general que não quer ‘comissão da verdade’, aos fascistas da rede social e aos preconceituosos em geral. Dos racistas aos machistas, dos misóginos aos pedófilos, das bravatas de políticos imorais aos lesa-pátria das negociatas multinacionais, nada lhe passa batido, nada lhe escapa ao crivo. Policastro precisa gravar um novo disco. Suas canções, saborosas e superatuais, são nossa resposta a esse momento vergonhoso. E precisam ser cantadas em coro. Como aconteceu domingo lá no Espaço Parlapatões. São nossas as suas canções.

Mesmo uma gravação incipiente como essa, vale o post, porque a qualidade da música segura a onda. Marcio Policastro deve, em breve, iniciar campanha de financiamento para produção de seu novo cd. Que ele saiba, desde já: pode contar com a minha humilde colaboração (e o espaço neste blog). É um artista que me representa.

 

… … …

O LIVRO-PORRADA
DE LUCAS VERZOLA

… … …

O escritor Lucas Verzola lançou o impactante livro ‘Em Conflito com a Lei’ (Editora Reformatório), dando voz e protagonismo aos meninos (des)amparados pela Fundação Casa. Os textos falam da infância roubada, de jovens obrigados a decidir como homens, sem terem construído valores que alicercem suas escolhas. A ideia para os contos veio a partir de seu trabalho no gabinete de apoio aos juízes do Tribunal de Justiça de SP. Lá, presenciou casos e acompanhou processos e julgamentos de adolescentes que cometeram infrações. São pequenos contos, bilhetes, anúncios, matérias de jornal e documentos sobre eles. São vidas truncadas, estatutos rasgados e futuros esfarelados. Com sua linguagem seca e dura, o autor nos leva para dentro da Fundação Casa. Impossível não se indignar e comover. Seu texto crava fundo no peito de quem lê.

Na apresentação, Luiz Alberto Mendes afirma: “O livro foi escrito com muita arte, por alguém que chora por toda essa humanidade brutalmente arrancada, e tenta, de alguma forma, esclarecer, brandindo seu chicote de palavras”. E é o próprio Lucas quem define o abandono dos ‘personagens’ retratados: “Há, inegavelmente, um perfil quase homogêneo dos jovens que são ‘atendidos’ pela justiça especializada: são invariavelmente pobres, moradores de regiões socialmente periféricas, com trajetória escolar conturbada, usuários de entorpecentes e, em regra, não contam com respaldo familiar”. Lucas ainda diz que seu “trabalho só terá cumprido o objetivo quando a voz desses jovens for ouvida, quando forem eles os sujeitos ativos, não bastando que sejam apenas objeto de estudo”. Leia dois capítulos do livro: a foto de um ‘bilhete’ (se for preciso, clique sobre ele para ler melhor) e o texto de ‘por mamãe’:

por mamãe

Mamãe, ontem, acordou às 10h. Desde que me tenho por gente, mamãe levanta antes do sol, passa o café forte e sai. Ontem, não. Ontem, cheguei de madrugada e, por isso, mamãe pôde dormir até mais tarde. Tudo porque eu trouxe o dinheiro que ela leva mais de mês pra ganhar catando latinha. Fizemos um playboy que con?ou no GPS e se perdeu por aqui. O mané levava tanto dinheiro numa mala de couro que até o deixamos ir com celular e as rodas do carro. Só tiramos a bateria pra ele não chamar a polícia tão cedo. A grana foi dividida em três e ainda assim todo mundo ?cou contente. Não precisou de violência, de arma, de nada. Anteontem tudo deu certo também, eu trouxe dinheiro, um pouco menos, é verdade, mas ainda assim mamãe pode acordar às 10h ontem. Hoje é outro dia. Suando frio quando vejo o alvo. Pode estar armado, pode até ser polícia. Mamãe pode ter que acordar de madrugada pra me tirar da delegacia. Mamãe pode ter que acordar de madrugada pra reconhecer meu corpo no IML. Mas, ontem, mamãe acordou às 10h e fazer com que ela possa acordar às 10h todos os dias é a mola que ativa o cão percussor da minha quadrada.

Lucas Verzola nasceu em São Paulo em 1988. Também é autor do livro de contos ‘São Paulo Depois de Horas’ (Patuá, 2014). Formado em direito pela USP, onde também cursou história, é assessor no gabinete da vice-presidência do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Trabalhou na redação da Folha de S.Paulo e na editora Publifolha. Tem poemas e contos publicados em revistas literárias e antologias.

Após a leitura do livro de Lucas (com tantas terríveis histórias na vida dos menores criminosos), só pude lamentar morar num País que se preocupa mais em construir estádios de futebol do que escolas e hospitais (com desnecessárias e grandiosas obras mais e mais superfaturadas). Um País desigual, injusto, de IDH baixíssimo, desproporcional à riqueza de sua economia e de sua renda não distribuída. Um País de sistema educacional precário, que não forma cidadãos nem dá futuro aos seus trabalhadores. Um País de jovens desamparados, ameaçados por políticas e polícias assassinas. País cujos legisladores (com uma ou duas aposentadorias, pelo topo) se esmeram em planos para retirar direitos dos milhões de brasileiros que trabalharam pesado recebendo mínimos salários durante toda a sua vida. Um País onde um político corrupto gravado em flagrante ato de corrupção assume o cargo mais alto da Nação, com a complacência de juízes supostamente moralizadores e com o apoio de organizações e ‘celebridades’ que se diziam ‘indignadas com a roubalheira’. A Nação, inerme, se queda mais e mais e a tudo assiste e permite. Enquanto velhas raposas dividem cargos, verbas e privilégios, e adaptam as leis às suas necessidades de perpetuação no poder, enquanto seguem fazendo o jogo do desmonte sindical e dos direitos trabalhistas que interessa aos poderosos que lhes respaldam. O livro de Lucas Verzola retrata nossa dor e vergonha, nossa incapacidade moral e política de cuidar dos nossos filhos, os filhos desta nossa Pátria. Não nos façamos de desentendidos: os meninos da Fundação Casa são todos nossos filhos. Nós sabemos: a culpa é sempre dos pais. E não é investindo em armas, nem movimentando tanques de guerra, que se vai melhorar um País.

 

… … …

BRÁU & ELAS CANTAM MILTON

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 21h … Bráu & Elas Cantam Milton … O talentoso músico Bráu Mendonça teve recentemente seu violão e equipamento profissional roubados. O show, só com canções de Milton Nascimento, faz parte da campanha que os amigos (tendo a frente o músico Alexandre Tarica) fizeram para ressarcir o músico. Participam do espetáculo as cantoras Susie Mathias, Deise Capelozza, Helen Torres, Ana Lee, Rosangela Alves, Regina Célia, Cristina Pini e Vera Campano, sob a direção musical de Bráu e o acompanhamento do Cabedal Quarteto. No Bar do Hotel Cambridge, à rua João Adolfo, 126. Ingressos a R$30 (na porta) e R$15 (antecipado).

 

… … …

O FOTOLIVRO DA ZARA

… … …

A fotógrafa Mônica Zarattini (jornalista querida, carinhosamente apelidada de Zara) lançou na semana passada o fotolivro Plano, seco e pontiagudo. Ela viajou em 1989 e 2016 para o sertão da Bahia, na região onde ocorreu a Guerra de Canudos, há 120 anos. A primeira vez, foi realizar uma reportagem sobre os 80 anos da morte de Euclides da Cunha, e, na época, fotografou em preto e branco, com filme TRI-X, sistema analógico. Repetiu a mesma rota em 2016 e reencontrou cinco pessoas que se emocionaram muito ao entrar em contato com suas imagens de 27 anos atrás. Desta vez, projetou as fotografias antigas nas pessoas reencontradas e as fotografou novamente, só que em fotos coloridas e no sistema digital. Levou consigo 3 rolos de filmes infrareds, os quais ficaram por 27 anos guardados na geladeira e com eles produziu paisagens.

O fotolivro “Plano, seco e pontiagudo” (co-edição/Editora Ipsis e Editora Madalena, 80 páginas) é fruto desses dois ensaios. A tiragem é de 400 exemplares, numerados e assinados. E o projeto não para por aí: após o lançamento, a artista dará início à uma série de encontros com os moradores das ocupações dos prédios do centro de São Paulo, da Frente de Luta por Moradia (FLM), onde fará projeções das fotografias e discussões sobre a Guerra de Canudos. Banners com as fotos serão expostos nas fachadas dos prédios no centro da capital.  Mônica Zarattini, que vê semelhanças entre Canudos e as atuais ocupações, lembra que ‘mesmo depois de 120 anos da Guerra de Canudos nosso governo ainda pune os que ocupam um território para viver, trabalhar e ser feliz’. Cada exemplar custa R$80. Na DOC Galeria (à rua Aspicuelta, 145) estarão expostas fotografias de 1989, impressões coloridas e outras geradas pelos filmes infrareds, ambas em pigmento mineral em papel.

 

… … …

FOCUS CIA DE DANÇA
NO SESC BIRIGUI

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 20h… Focus Cia de Dança – As Canções que Você Dançou pra Mim … Se prepare para muitas ’emoções’: a Focus Cia de Dança apresenta o premiado espetáculo inspirado na obra de Roberto Carlos, há mais de cinco anos em cartaz e assistido por mais de 80 mil pessoas. Direção e coreografia de Alex Neoral. Entrada franca (chegue um pouco antes para pegar seu ingresso). No Sesc Birigui, à rua Manoel Domingues Ventura, 121.

MAIS FOCUS >>> E no sábado seguinte, dia 3 de março, às 20h, a Focus apresenta ‘As Canções…’ em Santos, no Teatro Braz Cubas (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), também com entrada franca.

 

… … …

EDITORA ESSENCIAL
PREPARA ANTOLOGIA

… … …

A Editora Essencial é uma das que mais publica e incentiva novos autores, além de promover eventos e possibilitar encontros de escritores. Seu administrador, Carloz Torres, é figura sempre presente nos saraus, no movimento literário e nas atividades culturais da cidade. Por isso, é com prazer que divulgo a abertura das inscrições da Antologia Essencial 2018. O investimento é de R$150 (em até duas parcelas). Para mais informações, clique aqui. Entre no link e se inscreva (até 28 de fevereiro): https://goo.gl/forms/fsO7XUTwjVjNf7ef1 

 

… … …

SARAU FEMININO INFINITO

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 18h … O Feminino Infinito – 4ª edição … Com curadoria da poeta e multiartista Paula Valéria Andrade, o evento (mensal) sempre convida oito artistas mulheres de três áreas diferentes: exposição visual, poesia e música, teatro e artes cênicas (ou circo).

Nesta edição, homenagem à premiada poeta e escritora Beth Brait Alvim (no vídeo acima), autora de diversos livros de poesia e contos. Além do sarau poético e musical, com participação de Anette Naiman, Karen Menatti, Luiza Oliveira, Vanessa Deguti, Paula Valéria Andrade e do músico Daniel Joppert, ainda tem a encenação da peça ‘Alma’ (às 21h), espetáculo do grupo Teatroendoscopia, que traz a costura de textos feministas na interpretação de Andressa Ferreira, com direção de Flavio Marin. Veja um trecho:

O sarau acontece no Teatro Garagem (rua Silveira Rodrigues, 331a, na Vila Romana), espaço alternativo dirigido pela atriz Anette Naiman. No local, a multiartista Alle Manzano expõe as fotos de ‘Toque-me’, trabalho em que ‘o sensual procura romper com as interpretações padronizadas sobre o nu artístico’ (abaixo, algumas fotos).

 

… … …

PROGRAMA SANTO DE CASA

… … …

O programa Santo de Casa é um espaço para divulgar músicos e bandas que investem na arte autoral na Baixada Santista e arredores. Com apresentação de Guilherme Júnior e Lenir Appes, é veiculado todas as segundas-feiras, às 20h, na Rádio Baixada Santista e às quintas-feiras, às 18h30, na RádioSilva. O primeiro episódio, com Milton Medusa, foi ao ar em 7 de agosto de 2017. No mais recente (número 19), o entrevistado foi o músico e compositor Luiz Cláudio de Santos, um dos grandes nomes da vanguarda santista desde os anos 80. Entre os dois programas, já participaram do Santo de Casa artistas como Rogerio Baraquet, Paulo Cézhar Luz (um dos idealizadores do movimento), Paulo Maymone, Anderson Vilaverde, Cigarra Elétrica, Célia Demézio & Grupo Noir, entre outros. Além dos programas de rádio de 60 minutos, o grupo organizador também promove shows com os artistas. Acompanhe as novidades pela página deles no Facebook e conheça dois dos programas aqui:

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a superagenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras azuladas para acessar links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 17h … Poetas Ambulantes na Linha Azul … Coletivo realiza intervenções poéticas com saraus e distribuição de poemas em ônibus, trens e metrô. A turma marcou encontro na catraca da estação Jabaquara do metrô.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 19h30 … Izunome: Pocket-show com Cida Camargo e Ademar Silva … Cantora e o violonista apresentam releituras de clássicos da mpb e bossanova. Couvert R$8. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 19h30 … Garagem do grunge … Banda Rock Insane apresenta clássicos do grunge. No Garagem Music Bar, à avenida Engenheiro Caetano Alvares, 5396 C, no Mandaqui.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 20h … Sarau “Encontro de Expressões” … Sarau organizado pelo artista Cale Narman com palco aberto para música, dança, poesia e artes plásticas. No Grão Espresso, à rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 20h … Bloco Chulé de Cristo … Quarto ano do ‘Chulé’ tem participação do bloco Afro Afirmativo Ilu Inã. Com o dj Mutcho e os sambas das escolas. Concentração a partir das 16h no Espaço Clariô, à rua Santa Luzia, 96, em Taboão da Serra.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 20h … Festa – Shing-A-Ling Djset … Projeto do dj Ramon Farias, a festa Shing-A-Ling tem sua primeira edição na Sensorial Discos, com entrada franca. Seleção de grooves traz soul, crossover e boogaloo. Na rua Augusta, 2389, nos Jardins (a quatro quadras da av. Paulista).

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 21h … Anette Camargo no Bistrô Esmeralda … Cantora e pianista Anette Camargo apresenta o show ‘My Favorite Things’, com músicas de Tom Jobim, Ivan Lins, Horace Silver, Djavan, Esperanza Spalding, Rosa Passos, Gershwin e Pixinguinha, acompanhada por Libero Dietrich no baixo e Rodrigo Digão Braz Santos na bateria. Couvert R$15. Na rua Esmeralda, 29.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 21h … Baile do Fios de Choro e Convidados – Al Janiah … Após o lançamento de seu primeiro disco ‘Trama’ e de uma temporada no nordeste do País, o quarteto Fios de Choro apresenta o resultado sua pesquisa musical, agregando ao repertório de choro os ritmos regionais nordestinos, como frevo, baião, xote e forró de rabeca. O quarteto formado por Allan Gaia (pandeiro), Wanessa Dourado (violino), João Pellegrini (violão 7 cordas) e Lincoln Pontes (cavaco) recebe os convidados Thadeu Romano (acordeon), Alfredo Castro (percussão) e Rafael Toledo (percussão). Entrada R$10. À rua Rui Barbosa, 269.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 21h … Gig Nova 4 – Edição Vozes … Quarta edição do projeto criado pelo jornalista Julio Maria, do Estadão. Em vez de fazer uma matéria apenas mostrando as novas caras da mpb, o projeto reúne os músicos, em gigs inéditas. Nesta edição, dedicada às vozes, participam as cantoras Irene Atienza, Patrícia Bastos, Vanessa Moreno e Cibele Codonho, além dos grupos Barbatuques, Sambaranda e Seis Canta. Entrada R$60. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360, na Vila Madalena.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 21h … POIN Orquestra – Teatro da Rotina … Poin é um septeto que tem como principal característica a interatividade. A cada nova música, o público é convidado a participar do espetáculo juntamente com os artistas, corroborando com o arranjo, a partir de uma sugestão do regente, explorando ritmo, afinação, coordenação motora e memória. Ingressos R$20 (antecipado) e R$40 (na porta). Na rua Augusta, 912.

… … …

QUINTA-FEIRA – 22 de fevereiro – 21h30 … Sessão 35mm – O Bandido da Luz Vermelha – 50 anos – Sessão Extra … Sessão propõe, por meio da exibição no formato 35 mm, reavivar a experiência do cinema em película, de clássicos a filmes contemporâneos, para rememorar a fotografia em movimento. Nesta edição, “O Bandido da Luz Vermelha”, de 1968, com direção de Rogério Sganzerla e duração de 102 minutos. No CineSesc, à rua Augusta, 2075.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 19h … Lançamento do livro Enclave, poemas de Marcelo Labes … “Enclave” é o terceiro livro de poemas do autor catarinense Marcelo Labes. A entrada é franca e o exemplar estará à venda por R$38. Na Patuscada – Livraria, Bar & Café, à rua Luís Murat, 40.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 19h … Sarau das Águas … Organizado por Zemarcio Kaipira, sarau tem palco aberto e recebe os convidados Luiz Hespanha e Labirinto Insano (dupla formada por William Gush e Léo SB). No Espaço Formação Assessoria e Documentação, à rua Cambuci do Vale, 109, na Cidade Dutra.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 19h … Danilo Moralles e Gustavo Galo no Breve … Moralles faz show de lançamento do seu primeiro disco ‘Voodoo Prazer’ (às 21h) e Galo apresenta seu segundo álbum ‘Sol’ (às 22h15), com participação de Juliana Perdigão e Julia Rocha. Entrada R$15. Na rua Clélia, 470.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 19h30 … Coletivo Acústico #6 apresenta: Thiago K … Nesta edição, o músico, compositor e cantor Thiago K apresenta as canções de seu primeiro disco “Em meio a tantas possibilidades de morte, me peguei pensando na vida”, além de inéditas (o show é desplugado). A entrada é franca e há bar no local, à rua Cônego Eugênio Leite, 1117, em Pinheiros.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 19h30 … Encontro Autoral com Gabs … Gabriel dos Santos, artista da ZN (backing vocal e guitarrista da banda Velho Board) inicia seu projeto autoral, mesclando música e poesia. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 20h … Som da Estrada & Ismael Birodylan – no Grão Espresso … A dupla Som da Estrada (formada por Giliane Meireles e Valter Gusmão) e o cantador Ismael Birodylan apresentam seu repertório autoral, além de alguns clássicos de mpb e música regional. Na rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 20h … Adelson Sabão na Carauari … Adelson apresenta seu repertório de reggaes, rocks, pops, forrós e mpbs. Na praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 20h … Douglas Carvalho Acústico – no Menino Muquito Bar … Douglas apresenta rocks, blues e mpb em show com voz e violão. Na avenida Vila Ema, 5090, na ZL.

… … …

SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO – dias 23 e 24, às 20h – dia 25, às 19h … Espetáculo: Inútil Canto e Inútil Pranto pelos Anjos Caídos … Quando os seres humanos vão concretizar na sociedade conceitos como liberdade, igualdade, justiça e democracia? Foi sobre esse questionamento que os atores do último ano da EAD/USP se debruçaram para criar o espetáculo dirigido por Rogério Tarifa. A peça é um ato-espetáculo-musical inspirado no conto escrito por Plínio Marcos, em 1977, sobre a morte de detentos que se rebelaram em uma cadeia de Osasco. No Itaú Cultural, à avenida Paulista, 149. Entrada franca.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 20h … Moda de Rock toca Led Zeppelin (esgotado) … Projeto dos violeiros Ricardo Vignini e Zé Helder, membros da banda Matuto Moderno, adapta versões instrumentais de clássicos do rock para a viola caipira. No Espaço91 (ambiente fechado, localizado próximo ao Sesc Pompéia). Esse show já está com os ingressos esgotados. Mas fique de olho na agenda dos caras. Vale muito a pena.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 20h … Sambas do Absurdo no Sesc Santo Amaro (São Paulo) … As parcerias de Rodrigo Campos (música) e Nuno Ramos (letra) são apresentadas por Juçara Marçal (que canta), pelo próprio Rodrigo (que toca violão, cavaquinho e guitarra) e por Gui Amabis (que faz arranjos e samples). No show, o trio apresenta os oito sambas do disco e outras canções que contemplam ‘o absurdo’. Na rua Amador Bueno, 505.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 21h … Selma Fernands – Teatro da Rotina … Excelente cantora (que participou recentemente dos programas The Voice Brasil e Máquina da Fama) apresenta clássicos da mpb acompanhada por Gugú Sax e Gabriel Bortolato, com participação de Paulo Neto e Lílian Menezes. Ingressos a R$40 (na porta) e R$20 (antecipado). Na rua Augusta, 912.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 21h … Bráu & Elas Cantam Milton … O talentoso músico Bráu Mendonça teve recentemente seu violão e equipamento profissional roubados. O show, só com canções de Milton Nascimento, faz parte da campanha que os amigos (tendo a frente o músico Alexandre Tarica) fizeram para ressarcir o músico. Participam as cantoras Susie Mathias, Deise Capelozza, Helen Torres, Ana Lee, Rosangela Alves, Regina Célia, Cristina Pini e Vera Campano, sob a direção musical de Bráu e o acompanhamento do Cabedal Quarteto. No Bar do Hotel Cambridge, à rua João Adolfo, 126. Ingressos a R$30 (na porta) e R$15 (antecipado).

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 21h30 … Xenia França no Sesc Belenzinho … Cantora apresenta o repertório de seu primeiro disco solo, “Xenia”, reverenciando a mulher negra em músicas autorais e de compositores como Tiganá Santana, Theodoro Nagô, Tibless, Verônica Ferriani, Clarice Peluso, Luisa Maita e Chico César. Na banda estão Fabio Leandro (teclados), Pipo Pegoraro (guitarra), Ricardo Braga (percussão), Vitor Cabral (bateria), Robinho Tavares (baixo) e Joabê Reis, Maicon Mesquita e Zafé Costa (sopros). Participação do cantor Fabriccio. Na rua Padre Adelino, 1000. Ingressos a R$20 e R$10.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 22h … Vanessa Moreno convida Quarteto Iapó e Coro … Após lançar dois discos em duo ao lado do músico Fi Maróstica, Vanessa Moreno lança seu primeiro trabalho solo, “Em Movimento”, acompanhada por Fábio Leal (guitarra), Wagner Vasconcelos (bateria) e Fi Maróstica (baixo). Participação do Quarteto Iapó, formado por Carol Panesi (violino, arranjos e direção musical), Wanessa Dourado (violino), Elisa Graciela (viola) e Thiago Faria (cello). Também no show o coral de 6 vozes com Ariane Vilas Boas, Déborah Castolline, Monika Sampaio, Gabriellê Tabatha Sanches e Murilo Luz. Na Casa de Francisca, à rua Quintino Bocaiúva, 22, na Sé.

… … …

SEXTA-FEIRA – 23 de fevereiro – 23h … Ano Passado Eu Morri – no Al Janiah … Bloco carnavalesco ‘Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro’ segue o lema do mestre Belchior (‘Sempre desobeder! Nunca reverenciar!) e apresenta suas canções em ritmo de samba e marchinha. Couvert R$10. Na rua Rui Babrosa, 269.

…. … …

ATÉ SÁBADO – 24 de fevereiro … Rugas – no Rio …. A fotógrafa Ana Paula Paiva, que já expôs no Sarau da Maria, leva sua mostra fotográfica ‘Rugas’ para o Rio de Janeiro. Segundo ela, a expo segue seu objetivo e viagem, sem roteiro e passagem de volta, para quem sabe olhar o envelhecer com leveza, seguir os processos de vida, repensar e celebrar. Na Galeria Modernistas, à rua Paschoal Carlos Magno, 39, em Santa Teresa.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 10h … Inéditos & Inacabados: tema: A verdade – mediação Akira Yamasaki … Oficina bimestral de criação literária convida o poeta e ativista Akira Yamasaki para facilitar o encontro. O tema proposto é ‘A Verdade’ baseado no texto do filósofo, prosador e professor Daniel Lopes Guaccaluz (clique aqui para ler). Escreva também um texto em qualquer gênero (conto, crônica, e-mail, carta ou poesia) e traga para a roda. Daniel Lopes fará uma breve introdução sobre o tema no início do evento. Na Casa Amarela, à rua Julião Pereira Machado, 7, em São Miguel Paulista.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – das 13h às 22h … Festa A Idade da Terra em Transe 16 … Festa promovida pelo Jardim Psicodélico e pela videolocadora Charada, com shows, discotecagem, promoções, exposições e feira de vinis e videos. Nessa edição, exibição do filme ‘Pulp Fiction’, de Quentin Tarantino (às 14h) e apresentação das bandas Renato Pop, Os Artefactos, Dum Brothers, Sisters MindTrap e Z13. No Vídeoclube Charada, à rua José Antonio Fontes, 62, em Sapopemba.

Fazendo jus ao nome cinematográfico da festa, os glauberianos organizadores do evento sempre produzem um divertido teaser-cinemanovista pra nos contar o que vai rolar por lá. Desta vez realizaram o épico “O Beato Profano e o Menino Boêmio!”, estrelado por Tom Kbélo, com Bruno Buga, Rafael Cirilo, Vênus Juh e Eduardo Osmedio (que fez a voz de Deus e também dirigiu mais esta ‘megaprodução’ dos estúdios do Jardim Psicodélico).

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 13h … Lançamento: Do amor – o dia em que Rimbaud decidiu vender armas … Escrito em duas partes divididas por dez anos de diferença (2007-2017), o novo livro de Ana Rüsche (foto) é novela que faz uma investigação ao mesmo tempo pessoal e reflexiva das possibilidades afetivas, literárias e políticas do amor “nos tempos da câmera”. Publicada pela Editora Quelônio, a edição é artesanal, totalmente impressa em tipografia, capa em tipos móveis e corpo do texto em linotipo, com acabamento em papel especial cinza na capa, impressa em verde e rosa, e costura manual. O exemplar será vendido ao preço especial de R$45. Na Tipografia Quelônio, à rua Venâncio Aires, 1072, na Pompeia (perto do Sesc).

VISITA GUIADA À TIPOGRAFIA >>> Das 11h30 às 13h – Muito além do clichê: uma oficina tipográfica … Bruno Zeni e Silvia Nastari, editores da Quelônio, montaram uma gráfica artesanal, com máquinas de composição e impressão tipográficas. Com demonstração de técnicas artesanais de design e edição independente, você poderá ver todo o processo de feitura de um livro: desde a concepção, composição em linotipo, impressão a partir de carimbo, serigrafia, tipos móveis e clichês tipográficos, montagem e costura. Para a visita guiada, é necessário fazer inscrição. Escrever para quelonioeditora@gmail.com. Investimento R$60 (quem faz a oficina, ganha o livro “Do amor” autografado pela autora).
DEBATE >>> No sábado, 3 de março, haverá debate com os escritores Geruza Zelnys e Lucas Verzola: “Do amor, prosa poética e poemas em prosa”, abordando os tópicos ‘O que é prosa poética?’, ‘O que é um poema em prosa?’ e ‘Quais limites, potências e artimanhas cada forma literária apresenta?’. Na Tapera Taperá, na av. São Luiz, 187, 2º andar, loja 29, na Galeria Metrópole.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 14h … 1° Slam Sararte … Novo sarau com batalha de poesias. Na av. Maria Luíza Americano, 1044.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 14h … Sarau Urutu + Fuzuê … Sarau símbolo da resistência de moradores próximos à linha safira da CPTM, o Urutu faz parceria com a galera do Fuzuê e Ocupação Cultural de Ermelino e apresentação uma extensa programação (clique no cartaz). Na Ocupação Cultural Mateus Santos, à avenida Paranaguá, 1633.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 16h … Lançamento do livro ‘Era uma vez’ – contos de Rosália Milsztajn … A escritora e poeta carioca Rosália Milsztajn especializou-se em Literatura Brasileira pela PUC RJ. Publicou os livros de poemas ‘No Azul’, ‘Itgadal – Memória dos Ausentes’, ‘Luminosidades’, ‘Aqui dentro de mim’ e ‘Esse Recorte’.  O lançamento, com entrada franca (o livro estará à venda por R$38) acontece no Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. De ‘Era uma vez e outros contos’, leia o texto abaixo:

CORAÇÃO

Era a primeira vez que estava ali. Sabia que não voltaria – pelo menos fisicamente. Aquela imagem de vê-lo rodando ininterruptamente não saiu de minha cabeça por uma semana. Enquanto eu subia ou descia escadas, comia, tomava banho, escovava os dentes, na hora de deitar, quando acordava – ele estava lá girando e girando sem parar, sem cansar, sem comer, sem dormir, sem escovar os dentes. Me sentia muito mal! Eu fazia tantas coisas nos meus dias e ele só rodava!
Entre um gole e outro de café ele continuava a vir no meu pensamento. Como um coração que vive e bate sem interrupção e, de repente, se presta atenção aos seus batimentos. Eu prestava atenção a esse coração em minha cabeça, volta e meia e toda hora. Como podia eu fazer tanta coisa em minha vida enquanto ele só rodava? Descobri que me importava com ele. Pensava num desconhecido e o que fazia, ou melhor, não fazia paralelamente à vida que eu vivia. E como isso me revelava que estamos uns para os outros neste mundo. Naquele pátio do hospital psiquiátrico, numa rua qualquer, numa cidade ou país. Compartilhamos todos.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – das 16h às 20h … Eros Ex Machina + Às Moscas, Armas! … Lançamento de dois livros de contos: ‘Eros Ex Machina: Robôs Sexuais’, coletânea com 18 contos futuristas organizada por Luiz Bras (clique no cartaz para ler melhor os autores) e “Às Moscas, Armas!”, de Nelson de Oliveira. Cada livro custa R$35 (quem comprar os dois paga R$50). Na Sensorial Discos, à rua Augusta, 2389.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 16h … Poesia das coisas simples … Chama Poética apresenta o recital Poesia das Coisas Simples, com poemas de Manoel de Barros e participação dos artistas Gabriel de Almeida Prado, Lucas Coimbra, Tadeu Di Pietro e Fernanda de Almeida Prado. Na Ocupação Tempo de Viver coordenada por Carlos Colabone e Gonzaga Pedrosa. Na rua Três Rios, 363, no Bom Retiro.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – das 16h às 21h … Lançamento Magazine Spell Work … Thina Curtis, premiada escritora e editora de poemas em quadrinhos da cultura underground, lança a revista Spell Work. No evento, bate-papo sobre fanzines e literatura/poesia gótica, marginal e independente. Na Livraria Sebo Clepsidra, na rua Doutor Cesário Mota Junior, 296.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 17h … Bruna Moraes e Zé Terra … O projeto Cosmonauta Live visa divulgar música autoral em formato intimista. Nesta quarta edição, os convidados são Zé Terra (18h) e Bruna Moraes (19h). No Café Amsterdam 371, à rua Adolfo Bastos, 371, em Santo André. Entrada franca.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 18h … O Feminino Infinito – 4ª edição … Com curadoria da poeta e multiartista Paula Valéria Andrade, o evento (mensal) convida oito artistas mulheres de três áreas diferentes: exposição visual, sarau poético e musical e teatro e artes cênicas (ou circo). O evento acontece no Teatro Garagem, espaço alternativo dirigido pela atriz Anette Naiman. Nesta edição, Beth Brait Alvim é a poeta homenageada (clique no cartaz para saber mais). Sarau poético e musical, com exposição e teatro: às 21h, encenação da peça ‘Alma’, com Andressa Ferreira (saiba mais na matéria ao alto). Na rua Silveira Rodrigues, 331a, na Vila Romana.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 18h … Sarau Encontro de Utopias – 105ª edição … O Coletivo Encontro de Utopias reúne músicos, escritores e artistas de diversas áreas para pocket-shows, recitais e lançamentos de novos trabalhos. Nesta edição, com o poeta Val Branco, os cantores e compositores Sacha Arcanjo e BiroDylan (Ismael Cruz) e a banda Triângulo das Bermudas (Áureo Escobar, Gil Rocker, Raphael Souza e Felipe Ikeda). E palco aberto. No CCSP, Praça das Bibliotecas, à rua Vergueiro, 1000.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 18h30 … 106º Sarau Bodega do Brasil … Sarau organizado pelo cordelista Costa Senna, com palco aberto e convidados. Nesta edição, Luana Faddlei lança o single “Saudade” (Antonio Carlos e Rogério Granja) do seu primeiro álbum “Caleidoscópio”. No Auditório da ONG Ação Educativa, à rua General Jardim, 660, perto do metrô Santa Cecília.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 19h … Anná – no Boteco da Dona Tati … Cantora, compositora, cineasta e produtora cultural faz roda de samba com os músicos Samuel Silva (violão de 7), Diego Mundão (surdo e percussão) e Lobo (pandeiro e percussão). Anná também canta no bloco afro Ilú Obá de Min e em 2017 lançou seu primeiro ep autoral “Pesada”. Entrada franca. Na al. Eduardo Prado, 129.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 19h30 … O Som do Bando … Banda faz show comemorando os dez anos do lançamento do cd ‘Idas e Vidas’. Com Sebah de Assis (voz e violão), Sandro Premmero (viola caipira e vocais) e convidados. No Bar do Frango, à av. São Lucas, 479, no Parque São Lucas.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 19h30 … La Garçonnière, 16a. Edição … Sarau com curadoria de Luciano CortaRuas e Vanderley Mendonça. Com os poetas Marília Moschkovich, Giselle Porto, Anderson Lucarezi, Guilherme Ziggy, Adriana Veraldi, Karine Kelly Pereira e Gabriel Rath Kolyniak. Com os músicos Tula Tânia e Totonho, além de performances e stand de livros. No Estúdio Lâmina, à avenida São João, 108, 4º andar. Entrada R$15. Bar no local.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 20h… Focus Cia de Dança – As Canções que Você Dançou pra Mim … Se prepare para muitas ’emoções’: a Focus Cia de Dança apresenta o premiado espetáculo inspirado na obra de Roberto Carlos e assistido por mais de 80 mil pessoas. Direção e coreografia de Alex Neoral. Entrada franca (chegue um pouco antes para pegar seu ingresso). No Sesc Birigui, à rua Manoel Domingues Ventura, 121. E no sábado seguinte, dia 3 de março, às 20h, a Focus apresenta ‘As Canções…’ em Santos, no Teatro Braz Cubas (à av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), também com entrada franca.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 20h … Faquirismo e Feminismo: A Noite das Faquiresas no Presidenta … Evento com bate-papos e performances tem como ponto de partida o livro “Cravo na Carne – Fama e Fome: O Faquirismo Feminino no Brasil”, de Alberto de Oliveira e Alberto Camarero, publicado pela editora Veneta, resultado de pesquisa sobre mulheres transgressoras que enfrentaram a sociedade machista de meados do século XX. O livro estará à venda. No Bar e Espaço Cultural Presidenta, à rua Augusta, 335.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 20h … Sarau Arte Canal: Tropicália, Antropofagia e o Festival da Carne … Artistas do Arte Canal revisitam a Tropicália e seus desdobramentos, apresentando trabalhos de Caetano, Gil, Torquato Neto e irmãos Campos, Glauber Rocha e outros. Com palco aberto e o convidado especial, Célio Sousa. Entrada franca. Na Aldeia Satélite – Espaço Cultural, à rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 21h … Sopa de Letrinhas Sarau … Um dos melhores e mais tradicionais saraus da cidade, o Sopa, organizado e apresentado pelo poeta Vlado Lima, tem palco aberto e convidados (clique no cartaz para ler melhor a programação). Nesta edição, Joaquim Pereira da Silva (in memoriam – 15/12/1930 a 02/3/1988) é o poeta homenageado, Sander Mecca & os Fabricantes de Planetas fazem pocket-show e Lenita Estrela de Sá lê os poemas do seu livro “Antídoto”. No Julinho Clube, à rua Mourato Coelho, 585, na Vila Madalena.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 21h … Carpideiros – no Lapeju Bar … Numa roda de choro com som instrumental e dançante, o grupo passeia por composições de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga. Entrada R$10. No Lapeju Bar, à rua Frei Caneca, 892.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 21h … Cida Moreira na Casa de Francisca … Cantora apresenta músicas que foram trilha de filmes nacionais acompanhada por Omar campos e Iuri Salvagnini. Na rua Quintino Bocaiúva, 22, na Sé.

… … …

SÁBADO – 24 de fevereiro – 21h … Samba D’Accord – Elio Camalle e convidados … Cantor, instrumentista e compositor engajado, suas composições ilustram a situação atual do pais. No Palco Madalena, à rua Fradique Coutinho, 1332, em Pinheiros.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 13h … Poesia Na Faixa – Vila Prudente … Poesia na Faixa é o Sarau Ambulante dos Poetas do Tietê, mensalmente distribuindo poesia nas faixas de pedestres e pelas ruas da cidade. Na esquina das Ruas Cavour e Itamumbuca.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 14h … Casa de Cultura São Mateus Apresenta Kljay + Batalha do Konquix … Ícone do hip hop nacional, o dj Kl Jay, dos Racionais Mcs, fala sobre sua pesquisa musical e apresenta os clássicos da banda (às 20h). Antes, 4ª Edição da Batalha do Konquix (das 14h às 18h) e a presença dos mcs Sadrack, Dns e Loucoala. Na rua José Francisco dos Santos, 502.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – das 15h às 21h … 12º Festival Esquema Noise Underground … Festival que acontece desde 2013 é organizado pelo 1°AndarStudio&Produções. Nessa edição, com o mc MMoneis Rafael Gomes, o dj Diego Monge e exposição da artista Mayra Carvalho. Shows de Ordinaria Hit (punk), Ekena (folk e mpb), Obinrin Trio (mpb) e Poeta Márcio Ricardo (rap).  Na feira de selos, Comboio Records (música), Freak (música), Selin (literatura) e Selo Editorial Capsianos (literatura). Entrada franca. No Espaço Clamarte, à rua Professor Otávio Guimarães, 393.

 

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – das 15h às 19h … De Giletjes (Holanda) e Trash Soul Swingers – no Muquito … De Giletjes é uma banda holandesa com influências de Nirvana, Peter Koelewijn, The Wipers, Motörhead, L7, Black Sabbath, The Pork Dukes e B52s. Toca punk rock dos anos 70 com pitada de metal e do gênero de Amsterdam chamado “levenslied”, que significa “música sobre a vida”. Às 19h, a abertura da noite com o duo garage punk Trash Rash Soul Swingers. Entrada franca. No Menino Muquito Bar, à avenida Vila Ema, 5090.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – das 15h às 19h … 9° edição Sarau Poesia de Esquina + Racha Coração e Slam Do Corre … Edição especial do sarau com a presença do Racha CorAção e do Slam do Corre. Com palco aberto e os convidados Darc Maia (música) e Victor Rodrigues (lançando o livro “Deuses fazendo bolo”). Atrás da Oca, no Parque do Ibirapuera, à avenida Pedro Álvares Cabral, s/n.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – das 15h às 20h … Torto Festival – Edição Butantã … Selo que divulga bandas alternativas promove festival com quatro delas: Z13 (Duo Instrumental formado por Clayton João, na guitarra e Danilo Bortolotti, na bateria), Capitão Bourbon (banda de blues e rock que lançou ep homônimo), Porno Massacre (ver clipe acima) e Topsyturvy (banda de rock abrasileirado que lançou o ep “Bloco da Esquerda Festiva”).Na Casa de Cultura do Butantã, à av. Junta Mizumoto, 13, no Jardim Peri.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 16h … Os Amanticidas – de graça no SESC Interlagos … Banda apresenta as canções do primeiro disco (“Os Amanticidas”, 2016), do EP de carnaval “No Meio do Aglomerado” (2018), novas e velhas versões e novidades totalmente inéditas. Na avenida Manuel Alves Soares, 1100, Parque Colonial.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – das 17h às 22h … Naguais Convidam … A banda Naguais convida parceiros da cena musical independente. Nesta edição, Claudia Luz, Sujeito Além e Ricardo Radich. Entrada R$10. No Centro Cultural Artemis, à rua Doutor Costa Júnior, 216, na Barra Funda.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 17h … 45º Sarau dos Conversadores … Sarau dos Conversadores (Edson Tobinaga e Cacá Mendes) tem palco aberto e convidados. Na literatura, Ingrid Morandian e Claudinei Vieira (Sarau Desconcertos de poesia). Na dança, as jovens bailarinas Fernanda Araújo, Flávia Zanella e Helloíza Catarina, do Estúdio Dizioli. Na música, o Conjunto Assanhado (Tania Clemente, Edson Tobinaga, Victor Kenji, Alê Cueva e Pizze), que homenageará Jacob do Bandolim. Na Livraria da Vila, à alameda Lorena, 1731. Entrada franca.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 18h … Lançamento – “Sobre amor, morte e moscas”, de Mariana Lancellotti … No lançamento, Mariana recita seus poemas, conta histórias, canta clássicos da bossa nova, da mpb e pontos de terreiro, acompanhada do músico e compositor João Sobral ao violão. A entrada é franca e o exemplar será vendido a R$43. Na Casa do Mancha, à rua Felipe de Alcaçova, 89, na Vila Madalena.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 18h30 … Sarau de aniversário – Poesia é da hora (no Bar do Frango) … Festa de aniversário do coletivo poético e ativista que há seis anos organiza saraus mensais para (e com) pessoas em situação de rua e em centros de acolhida. Vai ter pocket-show de Edson Santos e Vidal França, poesia com Tom Boa Vida e microfone aberto para quem chegar. Na av. São Lucas, 479, na ZL.

… … …

DOMINGO – 25 de fevereiro – 20h … 2a. Edição de Gloriosos Vagabundos … Evento mensal com curadoria de Isabela Johansen e Ivone Fs celebra a literatura e outras manifestações culturais, abrindo espaço aos artistas. Nesta edição, “Igreja do Absurdo”, com peça, performances, surpresas e os popetas convidados Luis Eduardo de Sousa, Marília Calderón e Marcelo Ariel (clique no cartaz para mais informações). No Presidenta Bar e Espaço Cultural, à rua Augusta, 335. Entrada R$10.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 26 de fevereiro – 19h30 … Lançamento do livro ‘Verso entre virilhas’, de Saulo Pessato … A entrada para o evento é gratuita e o exemplar estará à venda por R$35. No Bar Balcão, à rua Dr. Melo Alves, 150, em Cerqueira César.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 26 de fevereiro – 19h30 … Dança (e) Autonomia … Curso tem proposta de identificação e desconstrução de vícios e tabus socialmente enraizados na movimentação do corpo, a partir de um encontro entre antropologia, sociologia e dança. Cada ciclo passa por 4 módulos, focando pé, bacia, tórax e crânio (com um possível quinto módulo de revisão). Aulas aplicadas pela ministrante Bárbara Côrtes. Inscrições (e informações sobre preços, horários e duração) através do seumovimento@gmail.com. No Lab-C ConeCsoma, à rua Cardeal Arcoverde, 119 C, em Pinheiros.

… … …

TERÇA-FEIRA – 27 de fevereiro – 19h … Elas, que navegam #2 – com Ekena e Fernanda Aimê … Projeto visa fortalecer o ‘movimento das minas’. Nesta edição, shows das cantoras e compositoras Ekena e Fernanda Aimê. Na Casa Barco, à rua Epaminondas Lobo, 43.

… … …

TERÇA-FEIRA – 27 de fevereiro – 19h30 … Beth Brait Alvim no Sarau Gente de Palavra Paulistano 25 … Sarau com apresentação dos poetas Davi Kinski e Rubens Jardim. Nesta edição, homenagem à Beth Brait Alvim, poeta e escritora que já recebeu vários prêmios e é autora de diversos livros de poesia e contos. No Patuscada, à rua Luis Murat, 40, na Vila Madalena. Leia um de seus poemas:

OUTONO

quando era jovem
a dor doía
horizontal

bastava o pôr-do-sol
e os dias não eram iguais
hoje o outono escorre nos vitrais
e no outono a dor é
vertical

trajo vestes escuras
e baixo os olhos quando vejo o
horizonte

assim a dor
afunda meus pés no chão
amarra o nariz ao queixo
e a boca cerrada rumina terra

… … …

TERÇA-FEIRA – 27 de fevereiro – 20h … No lombo do burro: Luiza Romão convida Marília Garcia … Selo do Burro promove encontro com poetas sob a mediação de Daniel Minchoni. Nesta edição inaugural, a poeta e atriz Luiza Romão convida a escritora Marília Garcia pra uma conversa focada em processos criativos, com a plateia interagindo. Na Casa Elefante, à rua Cesário Mota Junior, 277, sobreloja.

… … …
TERÇA-FEIRA – 27 de fevereiro – 21h … Terça em Cena … Projeto apresenta, uma vez ao mês, quatro peças curtas, montadas e apresentadas no Teatro Cemitério de Automóveis (à rua Frei Caneca, 384). Nesta edição:
Fuck! Fuck! Fuck!
Texto e direção de Lucas Mayor.  Com Anette Naiman, Henrique Fortanell e Kico Stone. 
Encurralados
Texto de Ajuanda Bonanata e direção de Marcos Gomes. Com Felipe Ramos e Rui Xavier.
Maputo
Texto de Carla Kinzo e direção de Janaina Leite. Com Jorge Guerreiro e Ronaldo Serruya. Operação técnica de Ademir Muniz e Gabriel Oliveira.
Pepê, um cara legal
Texto de Marcelo Mirisola e direção Mário Bortolotto. Com Fábio Espósito, Marcos Amaral e Patrícia Vilela.
… … …

QUARTA-FEIRA – 28 de fevereiro – 18h30 … Slam Oz 3ª Edição … Chega à terceira edição a batalha de poesias organizada por Lucas Moises (Lucão), Lais Zuppa, Alessadra Mansano, Kauê Tavano Recski, Wesley Moraes e Jhonny Melo. Para participar, inscreva-se com três poemas autorais de até três minutos. Em frente à Estação Osasco, Linha 9 Esmeralda da CPTM, à praça Antônio Menck, s/n.

… … …

QUARTA-FEIRA – 28 de fevereiro – 21h … Duas Casas … Dupla Nô Stoppa e Bezão apresenta o repertório do primeiro disco e algumas surpresas. No Teatro Viradalata, à rua Apinajés, 1387, em Perdizes.

… … …

QUARTA-FEIRA – 28 de fevereiro – 21h … Benji Kaplan – Teatro da Rotina … Lançamento do álbum “Chorando Sete Cores”, de Benji Kaplan, com participação especial de Rita Figueiredo e Pedro Iaco. Na Rua Augusta, 912. Ingressos a R$40 (na porta) e R$20 (antecipado).

… … …

QUARTA-FEIRA – 28 de fevereiro – 21h … Passo Torto e Ná Ozzetti … Cantora se apresenta com o grupo formado por Romulo Fróes, Kiko Dinucci, Rodrigo Campos e Marcelo Cabral. Na Casa de Francisca, à rua Quintino Bocaiuva, 22, ao lado da praça da Sé.

… … …

AGENDÃO >>> E fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. Bom findi a todos!

… … …