Cheios de razão imaginação e tesão. Críticos criativos divertidos e certeiros. Juntos abraçados em bloco em movimento. Botando fogo indignação e paixão, descongelando o tempo. Assim os coletivos de artistas (reunidos na Frente Única – Descongela Cultura Já) realizaram seu protesto contra o congelamento das verbas e o desmonte dos programas Vocacional e PIÁ. Tecendo comentários sobre o artista e a função da arte, volto ao tema para engrossar o coro pelo descongelamento, entremeando três canções incríveis que ouvi recentemente: Todo mundo nasce artista (Aíla), Fermento pra massa (Criolo) e Mendigo (André Abujamra). Os artistas precisam ser mais ouvidos. Ou, ao menos, não serem tão desrespeitados.

… … …

ARTISTAS CONTRA
O CONGELAMENTO

.. … …

Foi linda a manifestação dos artistas contra o congelamento das verbas da Cultura. Ou, como dizem Doria e Sturm, ‘contingenciamento’. Que bela palavra, não? Quase um palavrão. O prefeito e seu secretário alegam ‘contenção de custos’ e ‘reavaliação de prioridades’. Contenção de custos não é. A Cultura é menos de 1% do orçamento e a verba congelada é de 50% disso. Ou seja, reter esses menos de 0,5% (já aprovados pela Câmara) é pura retaliação, vingança e ofensa aos trabalhadores da Cultura. Esse ‘gelo’ talvez seja por não se conformarem com o fato de que não existam artistas de direita (há os que vendem a alma e a consciência, mas esses já não são mais artistas). Quanto a eles estarem ‘reavaliando prioridades’, disso eu não tenho dúvida. A prioridade deles é outra. O nome disso é luta de classes. Dinheiro para projetos de inclusão? Não. Para programas culturais na periferia? Não. Para rodas de discussão e questionamentos? Não. Para formar crianças e adolescentes pensantes? Não. Durante esse processo de ‘congelamento’, li vários depoimentos emocionados de artistas cujos ótimos projetos estão congelados ou foram cortados. Artistas que sonham em mudar o mundo. Artistas que lutam. Sofrerão boicotes (como esse de agora) e passarão por privações. Mas são artistas de verdade. De algum modo, vão seguir em frente. E nunca estarão sós. Eu sou um que também vou com eles. Assista esse vídeo (publicado pela Mídia Ninja) e veja algumas fotos do Daniel Teixeira (do Estadão).

DNT_9272.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal e regiao contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - na foto protesto no Largo do Paissandu em frente a Galeria Olido FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

DNT_8808.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

DNT_8748.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

… … …

A RESPEITO DE NÓS,
ARTISTAS, SAIBA:

… … …

Semana passada, aqui, contra-ataquei direitistas e reacionários que me xingaram por eu ‘me agarrar a meu cargo e dinheiro’ (sic – eles pensam que um artista pensa como eles). Em momentos de polarização como esse, os ratos ressurgem das tocas e nos reprimem ofendem e defendem a velha e defasada ‘ordem’ e os despóticos métodos dos ditadores, para desfrutar, enfim, daquela nostálgica (para eles) paz dos cemitérios (que jamais permitiremos que retorne). Claro que eu sou um alvo óbvio, esse velho comuna crônico (e anacrônico, dizem), meio em desuso, quase aposentado (ôps… isso também não se usa mais). Mas eu sempre me alinharei com esses outros, os da esquerda, os humanistas e os artistas.

DNT_9321.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal e regiao contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - NA FOTO Ator Pascoal da Conceição (terno branco) que entre outros papeis interpretou o escritor modernista Mario de Andrade na minisserie " Um só coração " da TV Globo, durante protesto em frente a Galeria OLIDO no Largo do Paissandu FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

DNT_8758.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

DNT_9724.JPG DNT 27-03-2017 SAO PAULO - SP / CADERNO 2 OE / ATO DESCONGELAMENTO DA CULTURA - Artistas fazem protesto em frente ao Teatro Municipal contra o corte de verbas que a Prefeitura de Sao Paulo fez na area da cultura - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Mesmo porque não existe arte de direita. Existe entretenimento. Passatempo divertido ou tolo. Besteirol em maior ou menor grau de crítica ou ausência dela. Existe o poder e gente que se vende a ele. Ou faz seu jogo de conveniência. Existe o sistema que compra consciências. Almas baratas que se exibem no mercado dos vermes, disputando audiência, oferecendo suas mercadorias vazias e dizendo ‘sim’ aos jabás e aos esquemas viciados da indústria que faz da ‘cultura’ seu lucrativo balcão de negócios. Mas são comerciantes desonestos, não são artistas. O artista de verdade é sempre do contra, como cravou o grande Millôr. Porque não dá pra fazer arte a favor. Arte é para mudar virar de ponta-cabeça alterar a visão fazer o sertão virar mar e o mar virar sertão (e vice-versos). Se não for isso, é apenas elemento decorativo. O abismo que separa Picasso de Romero Britto.

O mundo sempre precisará de rebeldes loucos ousados obstinados revolucionários cheios de amor e fúria para por ele tombar gritar respirar ar puro e se reinventar. Não se reserva paixão assinando contrato, não se governa baixando autoritários decretos. Às práticas nocivas, ao nefasto dia-a-dia, à disseminação da baixaria, só sobrevive só resiste só se sustenta quem se alimenta de utopia.

Artista é sempre transgressor. A inquietação e o questionamento o transtornam e transformam. Como poetou o grande Leminski, ‘isso de querer ser aquilo que a gente é, ainda vai nos levar além’. É um estado de alerta permanente, e, ao mesmo tempo, é dor que não tem fim. Mas artista que é artista só brinca se for assim. Quem tem medo disso tudo que eu falei, melhor nem descer pro play. E vê se me entende pelo menos uma vez, criatura: ‘descongela nossa verba, Prefeitura!’.

 

 

… … …

NO FINDI

… … …

edvaldo

SHOW DO EDVALDO SANTANA >>> Fui ao CCSP, no sábado, e assisti a um showzaço do Edvaldo Santana com sua superbanda formada só por feras. Naipe de metais, percussão, teclado, dois bateras e, claro, com Luiz Waack na guitarra e Reinaldo Chulapa no baixo, além da gaita de Bene Chireia. Casa cheia, som de primeira, e o Edvaldo menino boleiro blueseiro sorrindo feliz. E, como na sua canção, desencanado. A turma do Sarau da Maria se juntou ao pessoal de São Miguel e todo mundo cantou e dançou adoidado. Por falar nisso, anote já na sua agenda: dia 7 de abril, sexta-feira, ele se apresenta no Sesc Belenzinho. E no dia 6 de maio, sábado, Edvaldo faz show na Vila Maria, dentro da série ‘Show da Maria’ (com Eder Lima & Ligia Regina abrindo a noite). Para terminar, ouça essa canção de seu novo cd, o ‘Só Vou Chegar Mais Tarde’:

 

merce1

merce2

merce3

SARAU DA CARAUARI >>> Saindo do CCSP, ainda fui ao sarau da Mercearia, na praça Carauari. A cena cultural da Vila Maria conta hoje com vários espaços legais promovendo saraus, shows, rodas de violão e pequenas festas. O bares do Lê, do Anão e da Mercearia estão de parabéns por darem vez e voz aos artistas alternativos. E foi assim que nasceu o sarau Som & Poesia na Mercearia, organizado pelo Sidnei Kitagawa, que nesta edição teve como convidados os músicos do duo Som da Estrada (Gi Meirelles & Gusmão), Vidal França, Birodylan e Thátha Luz, além dos poetas Vlado Lima, Silvia Maria e Filipe Luiz, entre outros vários artistas que se apresentaram no palco aberto. Veja AQUI mais fotos tiradas pelo Roberto Candido, o fotógrafo oficial dos saraus.

sarau da maria

E aguardem: dia 8 de abril tem Sarau da Maria (ver cartaz), com a presença muito especial do cantor e compositor Ortinho, parceiro de Chico Science, Arnaldo Antunes e Marcelo Jeneci, além de atuar em filmes e produzir eventos. Ortinho também  idealizou e organiza o show-festa Nordeste Psicodélico (ver matéria abaixo). Ouça ele aqui, com seus parceiros:

 

… … …

NORDESTE PSICODÉLICO,
O SHOW-FESTA

… … …

 

nordeste2

Sexta-feira – 31 de março – das 23h às 6h … Sexta Básica apresenta – Nordeste Psicodélico – no Cine Joia … Show chega à sua segunda edição com participação especial de Chico Cesar. Idealizado pelo cantor e compositor pernambucano Ortinho, o espetáculo convida para uma viagem pelos anos 60 e 70, através da memória musical de um Nordeste que deu ao Brasil novas formas de pensar e fazer arte. No repertório, clássicos de ícones da ‘música psicodélica nordestina’ como: Alceu Valença, Zé Ramalho, Gilberto Gil, Fagner, Ave Sangria, Lula Cortes, Tom Zé, Ednardo, Novos Baianos e outros. Veja esse vídeo sobre a primeira edição do projeto:

O show mistura a sonoridade da música psicodélica com a da música popular de raiz nordestina, acrescentando guitarras lisérgicas, instrumentos indianos, percussões africanas, violas dos cantadores do sertão, pífanos e batuques do sincretismo religioso. Para interpretar as canções pesquisadas por Ortinho e Junio Barreto (que também assina a direção musical) um time da pesada: Chico Cesar, China, Isaar e Cátia de França, além de Ortinho e Junio. Os vocalistas se alternam e se juntam acompanhados pela banda formada por Martin Martan (guitarra), Eder Rocha (bateria), Chicão (teclado), Marcelo Monteiro (flautas e sax), Estevan Sinkovitz (guitarra), Rafael Ferrari (baixo) e Mestre Nico (percussão). No evento, ainda tem a discotecagem dos djs Thiagão (Sexta Básica) e Kim Cotrim (Samba do Sol). Ingressos a R$20, R$30 e R$40 (na porta). O Cine Joia fica na praça Carlos Gomes, 82, na Liberdade.

 

… … …

RIBANCEIRA,
A PEÇA

… … …

ginko

Ribanceira” é um texto inspirado na observação de uma realidade vivida por muitas famílias no Brasil e em outros países. Leva à cena o Zé, personagem sem sobrenome que representa os diversos sobreviventes de catástrofes, sejam as causadas por enchentes, pela falta de recursos financeiros, ou pela impotência de quem vive nesse lado abandonado da humanidade, à margem das benesses do capital e do poder.

Com texto de Aramyz, direção de Maria Basilio e uma atuação superelogiada de Antonio Ginco,  o espetáculo ‘Ribanceira‘ chega à sua última semana (Ginco, além de ator,  é poeta e ativista cultural na Vila Maria desde os anos 70). Sexta-feira (31/março) e sábado (1/abril), às 21h. Domingo (2/abril), às 19h. Ingressos R$40 e R$20. No teatro Eugênio Kusnet, à rua Teodoro Baima, 94 (perto do metrô República).

 

… … …

INSCRIÇÃO PARA
PERITOS DA LINC

… … …

A Secretaria da Cultura de Sorocaba seleciona peritos para avaliar projetos culturais nas áreas de Artes cênicas, Artes visuais, Cinema e vídeo, Letras, Música, Formação cultural, Patrimônio histórico e cultural, Festivais. Inscrições até 4 de abril. Mais informações AQUI.

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos, cartazes, links e vídeos (clique nas palavras em negrito para saber mais). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

01varre

Até 29 de abril … O vento que varre a Casa … Trabalho articulado de poesia, música e artes visuais: um livro não-convencional da poeta Marcia Matos, baseado em histórias reais, com as quais ela cria esta intervenção urbana sobre o tema do suicídio. O projeto, aprovado na Rouanet, ainda está sem patrocínio. Esta primeira etapa acontece de forma independente e busca parceria de pessoas e entidades envolvidas com a causa da prevenção do suicídio. No Tendal da Lapa, à rua Constança, 72 (ou rua Guiacurus, 1100).
… … …

Quinta-feira – 30 de março – 17h … Vila Morena na Toca … O quarteto Vila Morena toca seu repertório de pérolas do cancioneiro nacional desta e de outras épocas. Couvert R$5. Na Toca da Capivara, à rua Major Diogo, 865/863.
… … …

01oprimido

Quinta e sexta-feira – 30 e 31 de março – 18h às 22h … Curso de Introdução ao Teatro do Oprimido … Yara Toscano, atriz e curinga formada por Augusto Boal entre 1996 e 2009 ministra curso gratuito de oito horas, com certificado. Organizado pela Mudança de Cena, entidade sem fins lucrativos que promove direitos humanos e cidadania por meio da arte. Na Aldeia Satélite Espaço Cultural, à rua Tenente Luís Fernando Lobo, 118.

… … …

Quinta-feira – 30 de março – 19h … Lançamento do filme “Do Outro Lado do Atlântico” … Documentário de Daniele Ellery e Márcio Câmara, trata da ponte Brasil-África por meio de histórias de vida de estudantes de países africanos de língua portuguesa que estudaram em universidades brasileiras. As trocas culturais, os imaginários e espelhamentos projetam um olhar para o passado, presente e futuro das relações entre Brasil e os países africanos. Após o filme, bate-papo com os diretores. Entrada franca. No Centro Cultural São Paulo, à rua Vergueiro, 1000.

… … …

02jabot

Quinta-feira – 30 de março – 19h … Lançamento do livro ‘Monsieur Jabot’ … Monsieur Jabot é, reconhecidamente, a primeira hq do mundo. Foi publicada em 1833, por Rodolphe Töpffer e agora, pela primeira vez no Brasil, será lançada pela SESI-SP Editora e organizada por André Caramuru. Livraria da Vila, à rua Fradique Coutinho, 915.

… … …

Quinta-feira – 30 de março – 20h … 77º Quintasoito – Djamila Ribeiro e Luedji Luna … Evento dedicado às mulheres negras recebe a pesquisadora Djamila Ribeiro (mestre em filosofia política e uma das principais referências no movimento feminista negro atual) e a cantora e compositora baiana, Luedji Luna (que apresenta o show “Um Corpo No Mundo”, sobre a imigração africana em SP). Entrada franca. No Espaço Clariô, à rua Santa Luzia, em Taboão da Serra.

 

… … …

Quinta-feira – 30 de março – 20h … Lu Vitti no CCSP … Projeto Quinta Na Faixa promove o lançamento do álbum da cantora Lu Vitti. Com Carlos Tomati (guitarra), Marco da Costa (bateria), e Ricardinho Paraiso (baixo). No Centro Cultural São Paulo, à rua Vergueiro, 1000.

… … …

Quinta-feira – 30 de março – 20h … BFT e David Bowie Project Brasil … Noite de classic rock e tributo ao camaleão. No Manifesto Bar, à rua Iguatemi, 36, no Itaim Bibi.

… … …

Quinta-feira – 30 de março – 20h … IMPRO NINA & LOOP … Performance de dança e música. Nina é ligada à dança contemporânea e Loop vai tocar seus “tradicionais” instrumentos de sucata: geladeira, tanque de gasolina, furadeira e outros. Os artistas nunca trabalharam juntos e a performance vai ser realizada sem nenhum tipo de ensaio ou qualquer preparação prévia. O evento faz parte de um ciclo de quatro apresentações, sempre com artistas diferentes, dentro da proposta ‘duplos’, desenvolvida por Talita Florêncio e Thiago Salas Gomes. Entrada franca. No Sesc Vila Mariana, à rua Pelotas, 141, na Vila Mariana (metrô Ana Rosa).

… … …

03raquel

Quinta-feira – 30 de março – 21h30 … Canções autorais – Raquel Martins e convidados … Cantora interpreta composições autorais de seus 3 discos, além de parcerias inéditas. Raquel é acompanhada por Marquinho Mendonça (guitarra e viola) e Lilo Cazarini (percussão). Participação de Laura Campaner e Walter Garcia. Couvert artístico R$10. No Magnolia Villa Bar, à rua Marco Aurélio, 884, na Vila Romana.

… … …

02ai5

Sexta-feira – 31 de março – 19h e 21h30 … AI-5, a peça – Temporada 2017 … A peça, de Paulo Maeda, é uma reconstituição cênica da reunião do Conselho de Segurança Nacional para a implantação do Ato Institucional Nº 5, que endureceu a ditadura militar no Brasil. As palavras ditas naquela ocasião são assustadoramente semelhantes com as que temos ouvido nos dias de hoje. No Casarão do Belvedere, à rua Pedroso 267/283 (perto do metrô São Joaquim), todas as sextas-feiras, até 28 de abril, com sessões duplas (19h e 21h30). Ingressos a R$30 e R$15.

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 13h … Feira no CRUSP – Brechó + Artes … Feira repensa o consumo para construir algo novo, vislumbrando uma economia solidária, com um processo justo para viver o bem. Com a presença dos brechós Alfredo Que Me Encontre, Arsenic, Bença da Vó, Divadi, D’Oxum, Heart Of Gold, Rua e Vida, Judite e Ser. Participam os projetos artesanais Amor Amora, Ser Natural e Américas Preta. No Crusp, térreo do bloco A1, à av. Prof. Mello de Moraes, 1235. Entrada franca.

… … …

08max

Sexta-feira – 31 de março – 19h … Lançamento do Vídeo ‘Fisiologia’ – Max Gonzaga … Max Gonzaga convida a todos para visualizarem, curtirem e compartilharem o seu novo vídeo com a música Fisiologia – do álbum homônimo que ele está lançando aos poucos. Nesta canção, Max fala de forma direta sobre o cotidiano, despertando a atenção para cenas e problemas que, pela rotina, acabam se banalizando aos olhos da sociedade. Até 13 de abril.

… … …

04meninos

Sexta-feira a domingo – dias 31/3 e 1 e 2/4 … Meninos Também AMAM na OLIDO – Gratuito … Poema/manifesto cênico que busca celebrar o amor e a homoafetividade. Jovens performers homossexuais contracenam nus, expressando através dos seus corpos as marcas e cicatrizes da homofobia em suas vidas. No Centro Cultural Olido, à avenida São João, 473, no Centro (sexta e sábado às 20h e domingo às 19h). Entrada franca. Direção, encenação e poemas de Rafael Guerche. Aqui, o trecho de um deles:

AO CU, com amor
(Rafael Guerche)

pequeno botão
da flor mais celestial
os deuses a ti consagram
e celebram
não estes cristãos
cheios de pecado e culpa
mas os pagãos
embriagados de vida
e magia

sabem aqueles
que a ti tanto reprimem
do medo de viciarem
nos prazeres
quando aos amantes
te entregarem

libertem seus cus
homens culpados
mal amados
e mal comidos.

… … …

05carauari

Sexta-feira – 31 de março – 20h … Flashback Pop-Rock Internacional … Na Vila Maria sempre tem som rolando. O artista Newrockstation Souza faz lança seu cd autoral e também faz releituras acústicas de Elvis, Beatles, Stones, Led, Pink Floyd, The Who, Guns, Elton John, Bee Gees, Creedence e outros. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8.

… … …

Sábado – 1 de abril – 20h … Luiz Cláudio Convida – Marcello Laranja … O projeto ‘Luiz Cláudio Convida’ traz a cada mês um artista para um bate-papo informal, regado a música. Nesta 9ª edição, o convidado é o ativista cultural, escritor e presidente do Clube do Choro de Santos, Marcello Laranja. Entrada R$10. No Corisco Mix, à rua Espírito Santo, 87, em Santos.

… … …

08muquito

Sábado – 1 de abril – 20h … Os Espectros – no Menino Muquito Bar … A banda Os Espectros foi criada em 1998 dando continuidade à obra de Luiz Kowalski na extinta banda Slugmen, cuja sonoridade era inspirada em rock, soul, psicodelia, tropicalismo, B-movies e literatura marginal. Depois de muitos shows em inferninhos locais, cds independentes, uma faixa na coletânea Brazillian Pebbles (selo Baratos Afins) e várias mudanças em sua formação, a banda lança cd e espalha suas músicas pela net. Entrada franca. O show é no Menino Muquito, bar da cultura independente na ZL, que fica na av. Vila Ema, 5090.

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 20h … Tatu Batera & Dom Cray – Na caverna … Dupla apresenta seu vasto e eclético repertório. É só pedir, que eles tocam. No The Cave Music Pool, à av. Emílio Ribas, 2382, em Guarulhos.

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 20h … IMPULSO … Segunda edição do sarau caseiro organizado pela cantora e compositora Barbara Rodrix (de quem já falei AQUI), com o intuito de unir artistas e criar movimento. Show de Paulo Novaes (e banda) e exposição & live painting do Jotave. Reservas e endereço só pelo e-mail impulsoapresenta@gmail.com

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 20h … Sandyalê no Teatro de Bolso do IV Mundo … No formato voz e guitarra, acompanhada por Marcelo Sanches e em um clima aconchegante, Sandyalê irá cantar músicas do seu primeiro cd, “Um no Enxame” e também apresentará algumas canções do próximo, “Árvore Estranha”, que está em fase de produção. Somente 30 lugares. No Teatro De Bolso Do Iv Mundo, à praça Jesuino Bandeira, 124, na Vila Romana.

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 20h … Marcia Cherubin e Beto Marsola – A voz e o violão … Um passeio pelas músicas autorais dos dois últimos cds de Marcia, com as canções premiadas em vários festivais, além de inéditas de seu próximo cd. No Bar do Frango, à av. São Lucas 479.
… … …

Sexta-feira – 31 de março – 20h30 … The East West Band – no Black Sheep … Banda blueseira faz seu sensacional tributo à Paul Butterfield. Entrada franca. No Black Sheep Social Club, à rua Itaúna, 146, na Vila Maria.

… … …

Sexta-feira – 31 de março – 21h … Show Gabriel de Almeida Prado … Parceiro de Kleber Albuquerque e Élio Camalle, o cantor, compositor e violonista Gabriel de Almeida Prado se apresenta no foyer do Auditório Ibirapuera para mostrar as composições de A Língua e a Alma (2016), seu primeiro cd. Na av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2, no Parque Ibirapuera.

… … …

06dico

Sexta-feira – 31 de março – 21h … Dico Santana – Acústico Solo … O LêRock Bar, tradicional reduto de roqueiros da Vila Maria, recebe Dico e seu show acústico, com grandes clássicos do The Who, Led Zeppelin, Bad Company, David Bowie, Dire Straits, Lou Reed, Kiss e Deep Purple, além de clássicos do rock nacional. Na rua Chico Pontes, 1791.
… … …

07motorhead

Sexta-feira – 31 de março – 22h … Motörhead … A banda The Hammer surgiu em 2009, em tributo ao grupo inglês Motörhead. Com Ivan Landgraf na guitarra, Lucas Emidio na bateria e o fundador Renato Castro Kilmister no baixo e vocal. Na Casa Amarela Pub, à rua Dr. Mariano J. M. Ferraz, 96, em Osasco.

… … …

08julinho

Sexta-feira – 31 de março – 22h … Julinho Clube – Música é Alegria e Emoção … O bar do Julinho, que sedia os saraus autorais do Clube Caiubi, é um aconchegante espaço sempre aberto aos shows dos músicos alternativos. Na rua Mourato Coelho, 585, em Pinheiros.
… … …

Sexta-feira – 31 de março – 23h30 … CiriloAmém na Casa Matahari … Banda apresenta as músicas do primeiro ep, algumas novidades e canções do fundo do baú. Com Rafael Cirilo (voz, violão e teclados), Katia Aqkino (voz e percussão), Telo Ferreira (bateria e percussão), Sergio Basseti (baixo) e Filipe Cirilo (guitarra). Entrada R$15. Na Casa Matahari Mariposa, à rua Silva Bueno, 729.
… … …

09poesiaedahora

Sábado – 1 de abril – 16h … Sarau Poesia é da hora (57ª edição) … Coletivo poético e ativista que há cinco anos organiza saraus mensais para (e com) pessoas em situação de rua. Música, poesia e arte de rua. Na av. Mateo Bei, 1409, no Centro de Acolhida São Mateus (perto da Casa de Cultura de São Mateus).

… … …

10penseja

Sábado – 1 de abril – 16h … Pense Já Sarau/Slam … Organizado e apresentado por Cleyton Mendes e Carol Girassol, nesta edição o sarau terá o pocket-show de Yunei Rosa, o lançamento do livro “Mais Um Passarinho”, de Matheus Ramos e o Slam Pense Já. E ainda tem o DJ Carlos Oliveira e David White, alé, do microfone aberto. Na Associação Cultural Opereta, à rua Dr. Emílio Ribas, 168, em Poá. Após o sarau (ou como extensão dele?), show de Renato Pessoa.


… … …

11jota

Sábado – 1 de abril – 16h … Caraná e Jota – noite multicultural no Baderna … A banda Caraná (às 20h) faz uma mistura de rock psicodélico e ritmos brasileiros. Jeff Dias (às 19h) traz seu projeto Jota e a Porta Aberta, uma mpb-experimental. Couvert R$10. No local, a exposição fotográfica ‘Estopim’, de Renan Oliveira, traz as faces dos protestos em SP. O bar fica na rua Oscar Freire, 2529.

… … …

12realce

Sábado – 1 de abril – 17h … Festa Realce – 2ª edição … Os Dj’s Fred Lima, Obá (Jonatha Cruz) e o projeto Animalia se revezam nessa tarde/noite de sonoridades misturadas, de levadas, grooves e batidas pra se soltar e dançar. E ainda tem as projeções do vj Foga. Cerveja de garrafa (600 ml) e preço justo. Encerramento às 2h. Entrada R$5. Na Casa Barbosa, à rua Rui Barbosa, 559.

… … …

Sábado – 1 de abril – 18h30 … Sarau Senhoras Obscenas – 1 ano de projeto literário … Para comemorar o primeiro aniversário, o coletivo (inspirado em Hilda Hilst) vai reunir as participantes do projeto com apresentações de vídeos de escritoras de todo o Brasil, além da leitura (presencial) de textos de prosadoras e poetisas como Katia Marchese, Laura Navarro, Monica Marques, Sandra Regina, Marlene Araujo, Yara Darin, Ingrid Morandian, Fatima Freitas, Paula Mandel,Jane Arruda de Siqueira e Beatriz Di Giorgi. Com a participação de Branca Lescher e banda. Na Casa das Rosas, à avenida Paulista, 37.
… … …

13rockinsane

Sábado – 1 de abril – 20h … Rock Insane … Banda do vocalista Raphael Andhra toca os grandes clássicos do rock dos anos 60, 70, 80 e 90. No bar, cervejas variadas e hamburguer artesanal. No Pub Fiction, à av. Robert Kennedy, 932, em São Bernardo do Campo.

… … …

Sábado – 1 de abril – 21h … Banda Mon Amour no Restaurante Feijão de Corda … Banda do vocalista Fernandes Moreira interpreta os grandes sucessos do brega nacional: Odair José, Amado Batista, Reginaldo Rossi, Fernando Mendes e outros. Na av. Eng. Caetano Álvares, 4251, no Imirim.

… … …

14giselle

Sábado – 1 de abril – 21h … Giselle Maria no Bistrô da Enoteca – Jazz … A cantora interpreta standards do jazz como “As Time Goes By”, “Dream a Little Dream of Me”, “Summertime”, Cry me a River”, passando por compositores como Cole Porter, Gershwin, Miles Davis, Coltrane, Bill Evans, Henri Mancini e outros. Na av. Kennedy, 38a, em São Bernardo do Campo.

… … …

08congo

Sábado – 1 de abril – 22h30 … Congo Ancestral II – festa e show … Festa, agora em homenagem a Angola, tem como objetivo divulgar a arte e a cultura africana na cidade de SP. Com Yannick Delass e banda, Ermi Panzo (declamação de poemas e contos da história da independência de Angola), discotecagem do dj Makulu (RD Congo) e participação especial de Claudia Rivera, pianista e flautista cubana. Entrada R$12 (para os músicos e despesas de organização). No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269.

… … …

15ocuparte

Domingo – 2 de abril – 13h … 22º Sarau do Parque (Movimento Ocuparte) … Movimento Ocuparte é um grupo de artistas que visa essencialmente ocupar o espaço público com arte e cultura. Nesta edição do sarau, o tema é Alienação e Manipulação de Massas com os convidados Gustavo Le Gusta (mídia-ativista do Slam Resistência), Gustavo Dainezi (filósofo da USP) e Henrique Thiago (psicólogo). Além dessa roda de conversa, vai ter música, poesia e exposição sobre mensagens subliminares. Quatro horas de microfone aberto. No Parque do Carmo.

… … …

quebra

Domingo – 2 de abril – 15h … Sarau Quebra-Muros … Estreia do sarau com Claudio Laureatti lançando seu livro ‘Luz e Tom’. No ECLA, à rua Abolição, 244, na Bela Vista.

… … …

16map

Domingo – 2 de abril – 16h … Racha Cor’Ação – edição abril – Circuito Slam BR … O Racha Cor’Ação é uma batalha de poesias de amor (romance, desamor, fraterno, erótico e afins) autorais de até 3 minutos. O ‘Racha’ é realizado pelo Movimento Aliança da Praça todo primeiro domingo de cada mês. No Espáço Cultural Siri Cascudo, à av. Tenente Laudelino Ferreira do Amaral, 487.
… … …

17joaocaetano

Domingo – 2 de abril – 16h … O Rio de Todas as Nossas Dores – João Caetano do Nascimento … João Caetano é jornalista, escritor, poeta e atuou no Movimento Popular de Arte (MPA), na década de 80. Em seu romance, denuncia as injustiças da sociedade e mostra como as marcas dessa injustiça podem transformar a vida de uma pessoa que vai às últimas consequências para vingar e redimir a memória da família e o seu próprio destino. No lançamento, sarau com microfone aberto e exposição de fotos de Cesar Baiano (militante cultural da região, falecido em 2011). Na Casa de Cultura São Miguel, à rua Irineu Bonardi, 169.
… … …

Domingo – 2 de abril – 16h … Sons do Brasil apresenta Daniel Conti … Em novo dia da semana e horário, o projeto Sons do Brasil, do produtor cultural Serginho Sagitta, convida Daniel Conti, compositor, cantor, arranjador e exímio violonista, para apresentar as canções de seu cd “Estadia”. Ingressos R$30. No Brazileria, à rua Clélia, 285.

… … …

18xamanico

Segunda-feira – 3 de abril – 19h45 … Slam Resistência / Abril Xamânico … Batalha de poesias com textos de até 3 minutos, sem utilização de objetos cênicos ou instrumento musical. Participação da banda de reggae Os Tambores Nyah Binghi da RUF e do Centro Ayahuaskeiro Jibóia Sagrada, com suas batidas dos tambores ancestrais indianos, hindus, orientais e brasileiros. Organização de Lika Rosa, Del Chaves, Le Gusta e Charles Jesus. Na esquina da Augusta com a escadaria da Roosevelt.

… … …

Quarta-feira – 5 de abril – 19h … Banda Tokakela –  no Pilequinhos Bar … A banda traz seu repertório de clássicos do rock, recheado de sucessos pop, além de canções autorais. Na praça Santo Eduardo, 125, na Vila Maria.

.. … …

BOM FINDI A TODOS E
ATÉ A SEMANA QUE VEM!

… … …