Claro que também tem saraus, debates, encontros, peças, shows e vários lançamentos de livros nas quebradas. Mas tem muito coletivo e artista alternativo participando desses grandes eventos também. Mesmo que a Virada não seja mais ‘aquela’, eles sabem que sem nós a coisa não vira, não fica minimamente representativa, perde o sentido se se descolar do dia a dia: fica faltando a melodia (como a Ná Ozetti ainda canta nas minhas memórias de jovem artista da Vila). E o agendão tá repleto de eventos, de pequenos e grandes movimentos, com a gente se mexendo dentro. Porque é a gente que faz acontecer cada acontecimento. O que não presta e não interessa, a gente descarta e o vento leva. Passa com o tempo (Vai passar!). Mas eu não tô me guardando pra quando o carnaval chegar. É tudo pra já: tire sua burocracia do caminho que eu quero passar sem abadá. Vai ter Passeata Poética na Paulista sem carros (nossa casa). E eu vou lá passear. Passarinhar. Voar fora da asa.

 

 

… … …

PASSEATA POÉTICA

… … …

DOMINGO – 20 de Maio – das 15h às 20hPasseata Poética … O grupo de poetas que organiza o Sarau da Paulista (Rubens Jardim, Hamilton Faria e Claudio Laureatti, entre outros), convida a engrossar as fileiras da Primeira Passeata Poética. Qualquer um que goste de poesia pode participar. A ideia é a seguinte: cada participante deverá fazer seu próprio cartaz, com trecho de um poema próprio ou de seu autor predileto. Os versos devem ser curtos (de três ou quatro linhas) para que tenham letras grandes, que deem boa visualização e leitura no momento da caminhada. Pede-se também que os poetas portem os cartazes apenas com os poemas, sem citar os nomes dos autores.

Segundo o poeta Rubens Jardim, um dos organizadores do Sarau da Paulista (evento mensal que reúne poetas na avenida há mais de um ano), a passeata é voltada aos poemas e aos poetas, ‘essas figuras humanas que não aceitam o mundo como ele se apresenta e querem sempre melhorá-lo. Ou transformá-lo’.

Poetas e coletivos de Porto Alegre, liderados por Renato de Mattos Mota, também realizarão a sua passeata, no mesmo dia e hora da passeata paulistana, assim como o grupo Slam Campão, de Campo Grande, outro que aderiu à ideia. Então, já são três cidades irmanadas pela poesia. Parece coisa de maluco, né? E é (ainda bem!).

Em Porto Alegre, a passeata sai do Monumento ao Expedicionário (Arco do Triunfo). Em Campo Grande, da Prefeitura Municipal (rua Afonso Pena, 3297). E em São Paulo, da av. Paulista, esquina com Peixoto Gomide (em frente ao prédio da Justiça Federal). Todos os poetas e amantes de poesia estão convidados a comparecer e prestigiar essa manifestação em favor da poesia, da paz, do encantamento e do reencantamento da vida.

Os cartazes acima são modelos para inspirar os participantes. Faça também o seu texto, poema, frase (sem escrever o nome do autor), em banner, cartaz, no corpo, na roupa, na voz, no ar. E, voi lá! Vá lá voar fora da asa.

 

… … …

31ª FEIRA DE ARTES DA POMPEIA

… … …

DOMINGO – 20 de maio – das 9h às 19h … 31ª Feira de Artes da Pompeia … Esta edição da festa anual que acontece no bairro há mais de três décadas tem por tema os 50 anos da revolução que mudou culturas e comportamentos: ‘Maio de 1968 – o mês que nunca acaba’. Sob o lema ‘é proibido proibir’, o evento defende a diversidade como valor humanitário óbvio. Parece óbvio, mas tá cheio de brucutu pisoteando conquistas e direitos que pareciam sacramentados. A festa vai rolar no entorno do Centro Cultural Pompéia, à rua Caraíbas, 499.

Na Feira, os visitantes vão desfrutar de uma programação cultural e gastronômica diversificada apresentada nos palcos e ruas, conhecer e comprar os trabalhos de artesãos, artistas plásticos, fotógrafos, estilistas, designers e muitos outros talentos que fazem girar a economia criativa, na base do ‘compre de quem faz’.

A 31 ª Feira de Artes da Vila Pompéia terá ainda mais de 60 artistas na “Mostra de Grafite da Vila Pompéia”, renovando o mural idealizado pelo Centro Cultural Pompéia há 28 anos em postes e nos muros da Escolas Est. Miss Browne e da Municipal Santos Dumont. Com curadoria de Amauri Homeless e da Dedo Verde.

LUNETA VINIL >>> A banda guarulhense Luneta Vinil, apresenta as canções de seu cd ‘Tocando Amores‘. Formada por Elís Lucas (voz e violão), Cris Araujo (voz e percussão), Marcio Menechini (guitarra), Bruno Dela Torre (baixo) e Carlão (bateria). a banda vai tocar às 16h no Palco 2, Boulevard, entre as ruas Xerentes e Padre Chico.

 

… … …

VIRADA CULTURAL

… … …

SÁBADO e DOMINGO – 19 e 20 de maio … Virada Cultural … Na edição de 2018, a Virada vai das 18h de sábado às 18h de domingo.

No Vale do Anhangabaú vai ter parque de diversões com carrinho bate-bate e roda gigante. Cinema ao ar livre na Rua XV de Novembro.

A esquina da Rua da Consolação com a Xavier de Toledo será o ponto de partida dos cortejos do bloco Tarado Ni Você (com Caetano Veloso), Olodum e do grupo É o Tchan, entre outros.

A Biblioteca Mário de Andrade terá leituras dramáticas, intervenções, teatro e exibição de filmes. No domingo, às 18h, bate-papo sobre vida e obra de Hilda Hilst, com leitura do “O Caderno Rosa de Lori Lamby”, pela atriz Iara Jamra.

No Centro Cultural São Paulo, o Grupo Galpão apresenta o sarau literomusical ‘De tempo somos’, dirigido por Lydia Del Picchia e Simone Ordones apresentando 25 canções do repertório musical do grupo. No dia 19, às 21h e no dia 20, às 20h.

A Chácara do Jockey recebe a Nação Zumbi no palco principal. Os rappers Emicida e DJ Hum e o sambista Diogo Nogueira vão passar pela Praça do Campo Limpo na madrugada.

As Casas de Cultura e Bibliotecas participam sediando performances de diversas linguagens artísticas.

No MASP, tem visita estendida e gratuita das 18h à 0h com abertura das persianas do segundo andar do museu às 18h. Mostra de cinema no vão-livre. Destaque para ‘Sabotage: Maestro do Canão‘, de Ivan 13P

No Palco Groove (à rua General Osório X Av. São João (altura do número 1108) vai rolar Black Mantra e Gerson King Combo (18h), Bixiga 70 (20h30), Aláfia e Luis Vagner (1h30), Samuca e a Selva (4h) e São Yantó (18h, no Palco Queer)

22h30 – Sarau Bahiano – O pesquisador Roberto Amado conta histórias (ilustradas com músicas) sobre a amizade de Jorge Amado e Dorival Caymmi. No CCB – Centro Cultural Butantã, à av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882. Entrada R$5.

0h – Elza Soares se apresenta no Palco Queer, na praça da República

13h30 – Aíla apresenta o show ‘Em Cada Verso Um Contra-Ataque’, na praça da República.

18h – Luedji Luna apresenta seu cd ‘Um Corpo no Mundo’. No CCSP, à rua Vergueiro 1000.

Veja aqui a programação completa, com artistas, locais e horários.

 

… … …

POESIA COM JAZZ

… … …

Na cinzenta terça-feira passada eu estava de folga no trampo e fui ao Teatro Cemitério dos Automóveis pra conferir a primeira edição do ‘Jazz Poetry‘, projeto do dramaturgo Mário Bortolotto (acima – fotos by Paula Avallone Lhamas) ao estilo dos poetas beats, em que escritores interpretam seus textos ao som de solos de jazz. A sala estava lotada e foram necessárias cadeiras extras pra acomodar as mais de 50 pessoas (ou 70? sou ruim de conta pra carái…) interessadas em curtir poesia num dia de semana às dez da noite. Aline Bei, Bruno Bandido, Carcarah, Carol Teixeira, Lucas Mayor, Marcelo Montenegro e o próprio Mário se alternavam lendo textos inspirados e inspiradores. Já saí de lá digitando algumas letrinhas no celular, louco pra parar em algum lugar e escrever ou compor. Os muitos personagens e seus/nossos dramas, as histórias criativas/vivas, a diversidade de estilos e ritmos e os modos pessoais e intransferíveis da leitura e literatura de cada um enriquecem e dão graça ao formato. Eu fiquei com vontade de voltar na próxima edição. Cada ‘Jazz Poetry‘ terá um escritor convidado. Nesta, foi o dramaturgo e poeta Luis Eduardo de Souza. O Teatro Cemitério dos Automóveis fica na rua Frei Caneca, 384. Em noites de terça também costuma rolar o ‘Terça em Cena‘, com montagens teatrais de três ou quatro pequenos textos. A casa ainda oferece pocket-shows com artistas alternativos nas noites de sábado e domingo. Fique ligado (sempre que possível, eu dou um toque por aqui).

Ame Devagar
(Luis Eduardo de Souza)

Sem pressa.
Como se lê uma poesia.
Como degusta um prato de comida.
Como uma criança
alimenta os peixes do aquário.
Ame devagar.
Porque a constância é mais importante que a velocidade.
A enxurrada é a irmã gêmea da estiagem.
Ame devagar.
Porque a obstinação é mais importante que a lentidão.
A ansiedade é a irmã gêmea da solidão.
Ame devagar.
Porque a surpresa é mais
importante que a expectativa.
Como os senhores lêem jornais na praça.
Como as mulheres tingem os cabelos.
Como ela me ensinou a me amar.
Ame devagar.
Sem pressa.
Porque enquanto os apaixonados
correm esbaforidos
pela escada de incêndio
de um prédio em chamas
você acende minuciosamente
cada palito da sua singular
e bem conservada
caixa de fósforos.

Literatura Comparada
(Marcelo Montenegro)

Quando o MUNDO é um cruzamento
movimentado cujo semáforo pifou.
FUTURO é um cartaz de filme antigo
num cinema que já fechou.
ANGÚSTIA é esse instante
durando meses. AFETO
é uma conversa entre velhos amigos
no bar mais perto ao velório de um deles.
MARCOS REY
foi meu Chuck Berry da literatura.
CARNE MOÍDA é o leite
condensado das misturas.
PAZ é sorrir por dentro. POEMAS
são imagens pingando
das goteiras do tempo.
ENTRAR é o começo
de sair. “SER ORIGINAL
é tentar ser como os outros
e não conseguir”.
ACADEMIA é a repartição pública
do corpo. SIMPLICIDADE
é a superfície do topo.
FRACASSO é o abajur da sorte.
CANTAR é roubar
uns minutos da morte.

Saindo do Jazz Poetry, ainda lembrando dos textos que a turma (na foto acima) declamou, entrei no meu velho 701-A, sentei no último banco e já fui escrevendo >>> >>> >>> você que não aguenta mais ver tevê novela Faustão. você que procura nos livros nos discos a resposta que o vento não sopra. venha  se ver sentir a verve arder na pele ferver na veia a palavra (des)en-cantada cravada nada light na lata (‘amor é o caraio’, na geladeira pichado). você menino antenado menina que se liga na vibe no dark side nada refrigerado da vida no dia a dia da lida dura na real na paralela literatura nas questões periféricas primordiais do lugar (o centro está em toda parte) na arte que se lança (sem rede de segurança) e tudo abraça. no podre poder que não passa (e não larga a rapadura nem a pau). meu bem meu mal meu irmão meu igual, é lá que você tem que ir tem que estar estalar a cuca chapar o coco ler ouvir curtir dialogar com a poesia desses loucos e suas idas (re)voltas derrotas viagens e os baques ataques e o monte de motes e suas pequenas mortes (deles de nós). no cárcere cotidiano dos planos de felicidade a prazo (que já vem que já vem que já vem…) estamos presos há tempos, neném, mas já temos voz: Jazz Poetry é um instante pra reverberar sem fim em ti em mim suas ondas estrondos ideias sensações. era um era dois era um time de craques sem esquema tático e seus versos dribles diversos. era o que nos faz refletir e ensaiar o salto mais alto pra cair em si. que bom que eu estava ali.

 

… … …

COMO EU ESCREVO

… … …

José Nunes de Cerqueira Neto é doutorando em direito na Universidade de Brasília. Ele criou o projeto ‘como eu escrevo‘ para revelar os bastidores do processo criativo de escritores e pesquisadores às ‘pessoas que sofrem para escrever; saber como escrevem os escritores que admiramos nos inspira a refletir sobre o nosso próprio processo criativo’. Entre os mais de cinquenta entrevistados estão escritores como Marcelo Ariel, Marcia Barbieri, Jarid Arraes, André Caramuru Aubert, Chris Herrmann, Rosana Banharoli, Ivana Arruda Leite, Frei Betto, Heloisa Seixas e Marcia Tiburi. Entre no site e confira. A mais recente é a entrevista com Aline Bei, escritora de ‘O Peso do Pássaro Morto‘.  Leia aqui.

 

… … …

FESTIVAL
DE MÚSICA

… … …

O Sesi-SP convoca compositores para a primeira edição do Festival da Canção Brasileira. Os interessados têm até 4 de junho para inscrever uma música inédita e concorrer a prêmios em dinheiro. Valem todos os gêneros e estilos musicais. Os participantes devem ter mais de 18 anos e morar no Brasil.
As inscrições acontecem somente via plataforma digital e as canções inscritas deverão já estar registradas, para proteção da obra por meio da Lei de Direitos Autorais. Leia o regulamento no site do festival.

 

… … …

SHOW DA MARIA 
DIA 26 DE MAIO

… … …

ANOTE NA AGENDA >>> No sábado, dia 26 de maio, tem Show da Maria. Nesta edição a cantora e compositora Beth Avelar (às 21h) interpreta as canções de seu cd ‘Pulsação‘, com participação especial de João Marques e Paulo Barroso. Depois (às 22h), a banda Jeca’s Blues, formada por Dari Luzio (guitarra e voz), Wagner Montagner (baixo) e Rod Magna Fúria (bateria) apresenta seu repertório de blues e rock autoral, além de alguns clássicos. No Clube Vila Maria.

 

… … …

PROPAGANDA
E POLÍTICA

… … …

CINISMO >>> Como pode a campanha publicitária do Metrô de SP comemorar 50 anos de atividades se a estação norte-sul começou a funcionar no dia 14 de setembro de 1974? E com os trens circulando apenas entre as estações Jabaquara e Vila Mariana atendendo ao público somente das 10h às 15h. Esse mesmo metrô, alvo de investigações por suspeita de corrupção envolvendo pagamento de propinas e formação de cartel na disputa de licitações, é o que tem a menor oferta de linhas e extensão de quilometragem entre os metrôs de principais metrópoles do mundo (ver dados aqui). Esse mesmo metrô, inaugurou com quatro anos de atraso a estação prometida para a Copa de 2014, que o nosso País sediou. O metrô comemora ’50 anos’, mas, pelas minhas contas (me ajude, leitor!) de 1974 a 2018 transcorreram 44 anos e não 50 (que ainda serão completados só em setembro). Se o nome dessa mentira não é oportunismo político-eleitoral em ano de eleição, o que é então?

BURRICE >>> Essa nem é preciso comentar. Só rir. Parece piada, mas os publicitários do governo Temer bolaram o ‘genial’ (só que não) slogan: ‘O Brasil voltou, 20 anos em 2‘. Concordo (risos). É o que eu acho: conquistas dos trabalhadores, dos artistas e dos movimentos em prol de inclusão, diversidade e cidadania nos últimos 20 anos têm sido eliminadas ou diminuídas durante esses dois anos de (des)governo Temer. Enfim, o governo que deu o golpe (sim!) disse algo verdadeiro: o Brasil voltou 20 anos em 2.

 

… … …

QUEM MATOU MARIELLE?

… … …

MAIS UMA SEMANA SE PASSOU >>> No dia 14 de março (há nove semanas), a vereadora Marielle Franco (PSOL), de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e voltava de um evento com jovens negras quando foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Protestos e manifestações contra o bárbaro crime se repetem diariamente em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos. As balas que a mataram também atingem a todos nós. Não podemos nos calar.

Na semana passada veio a público o depoimento de um delator que acusou um vereador, um miliciano e um PM. Eles negaram. E as investigações continuam. Queremos a resposta: quem matou Marielle?

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a superagenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras azuladas para acessar links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

.. … …

QUINTA-FEIRA – 17 de maio – 18h30Lançamento de “Identidades”, de Felipe Franco Munhoz … Felipe já publicou o romance “Mentiras” (em 2016), inspirado na obra de Philip Roth e, junto com Marcelino Freire e Carol Rodrigues, uma sequência de micronarrativas diárias no jornal Ponto Final, de Macau (sua ficção já foi publicada em inglês, francês e chinês). No lançamento, Felipe e Aline Bei fazem pocket-show do repertório do grupo Palavras Cruzadas (quarteto formado por eles dois, Marcelo Maluf e Rafael Gallo) que promove o casamento de citações musicais e literárias. Na Livraria da Vila, à rua Fradique Coutinho, 915.

No novo livro, Felipe “explora as transformações físicas e emocionais dos personagens – e diferentes formas de emprego da linguagem. ‘Identidades’ é uma espécie de Fausto do século XXI. Fausto, nesta narrativa, é mulher e está, em SP, à procura de um Mefistófeles que realize seu desejo de trocar de sexo”.

… … …

QUINTA-FEIRA – 17 de maio – 19hQuintas Elétricas e Delirantes do Refresco Lisérgico Autoral #4 … Festa tem show do power trio oSKArface, discotecagem de Ju Juliete & Eduardo Osmedio e a Feira de Vinil da Charada Discos. No Menino Muquito Bar, à avenida Vila Ema, 5090, na ZL.

… … …

QUINTA-FEIRA – 17 de maio – 19h … Lançamento de ‘Poesihahaha’, poemas de Carlos Castelo … Livro de poesias satíricas tem apresentação do poeta Glauco Mattoso. O exemplar estará à venda por R$40. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

… … …

QUINTA-FEIRA – 17 de maio – 20h … Encontros Autorais … Projeto de Cale Narman, agora em parceria com o produtor cultural Wolf do Vale, abre espaço para poetas, músicos e performers. Com co-produção de Lucas Golinelli. No Manjericanto, à rua Voluntários da Pátria, 3558, em Santana.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 18h … Clarimbó no Boutique Vintage … Banda apresenta o carimbó e outros estilos da música paraense como a lambada, brega, marabaixo e as guitarradas da Amazônia. Com Antonio Novaes (banjo, guitarra, teclados e voz), Fabio de Oliveira (trompete), Helder Gama (percussão e voz) e Tony (bateria e percussão). Entrada R$10. Na rua Padre Adelino, 949, quase em frente ao Sesc Belenzinho.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 18hSarau Espaço Livre convida músicos e poetas. Contribuição R$10. Na Livraria Nobel – Espaço Novo Mundo, à avenida Salgado Filho, 1453, em Guarulhos.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h … Músicos Telo Ferreira e Rafael Cirilo se apresentam no Eboteco, à av. George Corbisier, 653. Couvert R$5.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h … Lançamento do livro ‘Tempos de Penhasco‘, do poeta Daniel Tomaz Wachowicz (que já lançou ‘Convite ao Abismo’ e ‘As Musas Estão Esmagadas no Asfalto’). A entrada para o evento é gratuita e o exemplar estará à venda por R$38. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

Arte Poética
(Daniel Tomaz Wachowicz)

Caneta bate em surdos ecos brancos
Que já sangram insanos e inquietos.
Caneta bate nestes muros, vetos
Concretos se desfazem entre trancos.

Aqui se fura a pele e se despeja
O sangue aglutinado nesta tinta.
Aqui, planeja, pensa… pensa e pinta
Com a sanguínea tinta o que deseja.

O sangue livra o branco das tensões
De sua fúria cega para o inerte.
O sangue almeja mundos no furor

Deste intenso desejo de criações.
O sangue na caneta expele, inverte,
Reverte o branco e lhe converte em cor.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h … Slam da Norte … Além do palco aberto e da batalha poética (que vale vaga pra final de outubro), apresentação do músico André Carlos e lançamento do zine ‘Vertical’ da poeta Ingrid Martins. No Largo da Matriz, na Freguesia do Ó.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h … Lançamento do livro ‘Flores de Alvenaria’ … O poeta Sergio Vaz, um dos fundadores do Sarau da Cooperifa, lança seu novo livro de poemas. No Ornitorrinco, à rua Benjamin Constant, 400, em Curitiba.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h30 … Sarau Erótico Libertinagem … A Revista Libertinagem, de arte e literatura erótica, completa um ano e os editores Edson Valente, Fêre Rocha, Genio Nascimento e Lilian Sais convidam para a celebração. No programa, lançamento da Libertinagem #5 (em versão online e impressa) e sarau com convidados como Germana Zanettini, Natasha Félix, Bruno Gaudêncio e Daniel Wachowics, entre outros. Entrada franca. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h30 … Pocket-show e histórias de Shourin, artista que participou de festivais da Record. Com mpb, samba e chorinho. Couvert R$10. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 19h30Lançamento cd Idas e Vindas, dos violonistas Rafael Thomaz (7 cordas) e Guilherme Lamas (6 cordas). No álbum, composições instrumentais inspiradas no violonista Aníbal Augusto Sardinha, o famoso Garoto. Na Escola de Artes Pró Música, à av. Palmital, 41, em Campinas.

… … …

SEXTA E SÁBADO – 18 e 19 de maio – 20hFocus Cia de Dança apresenta o novo espetáculo ‘3 Pontos…’ com direção e coreografia de Alex Neoral. A trilha sonora junta Bach com Nirvana. Entrada franca. No Sesi Sorocaba, à rua Duque de Caxias, 494, no Bairro Mangal em Sorocaba.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 20h … Cinejazz em São José do Rio Pardo … Espetáculo cênico-musical com a cantora mineira Jesuane Salvador interpretando clássicos do jazz imortalizados pelo cinema. Com a Orquestra Cinejazz, regência do Maestro Juliano Barreto. coreografias de Gisa Carvalho. Entrada franca. No Teatro de Arena Epidauro, à av. Dep. Eduardo Vicente Nasser, 125, no centro de São José do Rio Pardo.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 20h … Anhangabahy – no Dalí Daqui … Trio formado por Rui Condeixa Xavier, Hévelin Gonçalves e Wady Issa Fernandes apresenta seus sambas críticos, satíricos e bem paulistanos. Couvert R$10. Na rua Conselheiro Brotero, 71, na Barra Funda.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 20hSom da Estrada, duo composto por Giliane Meireles e Valter Gusmão, convida Fidel Sandelui. No repertório, música autoral, regional e clássicos de Milton Nascimento, O Terço, Almir Sater e Chico César, entre outros. Apoio R$10. No Ecla, à rua Abolição, 244, no Bixiga.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 20h … Čao Laru + Pipo Y Su Sabor … Dobradinha traz duas bandas legais. Čao Laru é um ‘grupo franco-méxico-brasileiro de músicos viajantes cantando canções dos quatro cantos do mundo’. Pipo Y Su Sabor é um ‘quinteto psicotrópico de cumbia instrumental, criado em SP e integrado por artistas do Chile, Argentina, Uruguai e Brasil. Entrada R$20. Na Casa do Mancha, à rua Felipe de Alcaçova.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 20h … Cobra Criada … Banda apresenta o melhor do rockabilly e clássicos do rock e do blues. No Carauari, Bar e Mercearia. à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 21h … Teatro – Rolex … Estreia de “Rolex – o Anti Velox“, uma peça besteirol de Mário Bortolotto com o Grupo Cemitério de Automóveis. Mário assina texto e direção e no elenco estão Eldo Mendes, Carolina Cardinale, Alexandre Tigano, Gilherme Lorandi, Paulo Jordão (Deus) e Marcos Amaral (Arroba). No Teatro Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384. Também aos sábados, às 21h.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 22h … Poema Novo … Grupo que mistura música, teatro e poesia faz show (e comemora o niver de um de seus integrantes, Xande Mello. Parabéns!). Couvert R$10. No Grupo Redimunho de Investigação Teatral, à rua Álvaro de Carvalho, 75.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 22hBanda Rock Insane apresenta o melhor do grunge, heavy metal, hard rock e rock nacional. Participação da banda Terapia de Grupo. No Refúgio Music Bar, à av. General Edgard Facó, 1279.

… … …

SEXTA-FEIRA – 18 de maio – 22h … Wagner Tiso no Julinho Clube … Bar é famoso por receber visitas (e canjas) de grandes artistas da mpb (principalmente aos domingos durante o sarau aberto Lua Nova). Nesta sexta, presença de Wagner Tiso, grande tecladista e arranjador do Som Imaginário (e dos músicos do Clube da Esquina) acompanhado por Heitor Branquinho. Na rua Mourato Coelho, 585.

… … …

SEXTA A DOMINGO – 18 a 20 de maio … Festcine Poços de Caldas – Drops … Edição especial do Festcine (que ocorre em julho) com oficinas gratuitas (de roteiro, fotografia, direção e produção) ministradas por mestres em cinema do Instituto de Cinema de São Paulo (leia a programação no cartaz). No evento, exibição de quatro curtas: ‘Postergados’, de Carolina Markowicz, ‘Pássaro Azul’, de Magda Pinto, ‘Mercúrio’, de Wellington Bravo e ‘Homens Recicláveis’, de Alessandro Guimarães. Os diretores participam de roda de conversa aberta ao público. Em Poços de Caldas.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 10h … Curso: Malcolm X … A trajetória política de Malcolm X, seu legado e sua importância para o movimento de libertação coletiva dos negros. Entrada franca. Na Casa de Cultura Hip Hop Leste CT, à rua Sarah Kubitscheck, 165, na Cidade Tiradentes.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – das 11h às 21h … V Festival Autônomo Feminista … A Coletiva Vulva da Vovó convida para o festival de arte e cultura feminista. Vai ter performance da ‘aranha masturbatória’, com Juno Cipolla, flash tattoos, cortes de cabelo, artesanato e comidinhas veganas, além de exposição dos trabalhos dos artistas Josi Tainá, Catarina Dantas, Catharine Reis Gomes, Juno Cipolla, Vanessa Garcia e Natália Xavier. Entrada franca. Na União de Mulheres de São Paulo, à rua Coração da Europa, 1395. Veja a programação:

11h30 – Sarau com Mury’lher Safiya, Natasha Felix, Juno Cipolla e convidadis
13h – Mesa-redonda com Roberta Ribeiro, Sulamita Assunção e Formiga da Coletiva Fala Guerreira
14h30 – Oficina de tarot com Aline Micelli
15h30 – exibição do curta ‘Mulheres negras: projetos de mundo’ e bate-papo com a cineasta Day Rodrigues, a grafiteira NeneSurreal e Ketty Valêncio da Livraria Africanidades com mediação da escritora Paloma Franca Amorim
17h – Oficina sobre a ótica feminina da fotografia com o Coletivo Com.Sagradas
18h30 – Show do Obinrin Trio
19h30 – Show do Samba di Buteco SdB

… … …

SÁBADO – 19 de maio – das 12h às 17h … Feijoada Musical … O trio formado por Bal Santana (voz e violão), Leo Costa (violão) e Marina Santana (vocal) vai temperar e apimentar a Feijoada Musical com samba, forró, bossa e alguns trabalhos autorais. Couvert R$15. No Quinto Pecado Café Bistrô, à rua Coronel Artur de Godoi, 12, na Vila Mariana.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 14h … Sarau Urbanista Concreto … Idealizado e organizado pelo escritor e poeta Germano Gonçalves, sarau tem palco aberto e convidados como o poeta Rafael Carnevalli, a escritora Claudia Canto e o Coletivo Sarau das Bacantes. Na Força Cultural – Organização de Fomento à Arte e Cultura, à rua Francisco Lobo.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – das 14h às 18h … Feijuca com Serginho Acústico … Enquanto a feijuca borbulhante é degustada, o músico apresenta seu repertório de reggae, rock, mpb e blues. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 16h … Arte e cultura em diálogos múltiplos, com participação de participação de diversos artistas (ver cartaz). Mediação de Fernanda de Almeida Prado. Na Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária (Anexo), à rua Cardoso de Almeida, 1943.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 17h … Gabiroba Roda de Congo … O Gabiroba traz as cores de São Benedito, os tambores, as casacas e as toadas de congo do Espírito Santo. Jonathan Silva abre os trabalhos. Na Mora Mundo, à rua Barra Funda, 391. Entrada franca (colabore com os artistas na hora do chapéu).

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 17h … Caio Prado – Incendeia … Cantor e compositor se apresenta no Festival Path, acompanhado por Juliano Valle nos teclados, Webster Santos nas cordas e Vitor Cabral na bateria. No repertório, o hit ‘Não recomendado’, do disco de estreia ‘Variável Eloquente’ e inéditas do novo álbum. Na Praça dos Omaguás, em Pinheiros.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … Ratos & Office Blues … Banda de rock se apresenta no Uccigastrobar, à rua Soldado Francisco Gomes de Sousa, 100.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … Lançamento do livro ‘Das pequenas corrupções cotidianas que nos levam à barbárie e outros contos’ … Livro de Rodrigo Novaes de Almeida será vendido à R$38. No Patuscada – Livraria, Bar e Café – à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena.

Leia o trecho inicial de um dos contos do livro, “Eu, que já sou de barro”:

“Mamãe e papai estão brigando outra vez. Eles sempre brigam e a culpa é sempre minha. Papai diz para a mamãe que vai me afogar no mar. Eu ainda não descobri que papai não é meu pai de verdade, só vou saber disso aos vinte anos. Tenho doze e estou morrendo de medo sentada no banco detrás do automóvel. Papai dirige e grita que vai me matar e mamãe ao seu lado chora e murmura. Acho que está rezando. Ela não vai fazer nada além de rezar e chorar. Mamãe é pior do que papai. Eu olho pela janela lateral, vejo a cidade, os outros carros. Há poucos minutos, lá atrás, estávamos parados no semáforo. Pedi socorro para um motorista. Um socorro mudo, para papai não perceber. Fiz sinais com as mãos, esbugalhei os olhos. O motorista sorriu para mim, deve ter achado que eu estava brincando, pois ainda sou uma criança” (clique aqui para continuar lendo).

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … Duelo de Monobandas … Menino Muquito Bar apresenta o ‘duelo’: Congo Shock (Argentina), tocando baixo, bateria, kazoo e cantando seu crust jazz punk ‘enfrenta’ Xtreme Blues Dog (Brasil), tocando guitarra, bateria, gaita, kazoo e cantando seu dirty blues rock n’ roll. Na avenida Vila Ema, 5090.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … ‘Versão Brasileira’ no Espaço Bossa Zen … Fazer versões em bossanova de grandes sucessos internacionais é a proposta do projeto Versão Brasileira, além de apresentar alguns clássicos do gênero. Na rua José Antonio Coelho, 583, na Vila Mariana. Entrada R$20. Com cozinha vegana. Couvert artístico: R$ 20.

… … …

SÁBADO – 10 de maio – 19h30Recital Violão e Ponto com participação do Duo Rafael Thomaz e Guilherme Lamas lançando o cd ‘Idas e Vindas‘. No Espaço Cia do Pássaro, à rua Álvaro de Carvalho, 177, no centro de SP.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 17h30 … Sarau Encontro de Utopias – 108ª edição … Sarau organizado pelo grupo da cantora Regina Tieko tem palco aberto e traz convidados: grupo Zona de Fronteira, a cantora Madalena Pessoa e o poeta Cacá Mendes. No CCSP, à rua Vergueiro, 1000. Entrada franca.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … Sarau dos Sonhos ao Sonhar … Organizado pelos artistas Aécio Oliveira, Ju Gonçalves e grupo de amigos, o sarau promove encontro entre psicanálise, sonhos e arte. Entrada franca. Pede-se que os interessados levem bebidinhas ou comidinhas para compartilhar. Vai ter Feira de Trocas de roupas e acessórios. No Espaço terapêutico Escut’arte, à rua Fernandes Tourinho, 224, em Guarulhos.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h … Sará O Quê? … Sarau caseiro (com contribuição espontânea) estreia em novo endereço, na Casa da Cidade. Nesta edição com Dany López & Carolina Simoni, compositores uruguaios, no show “Aerostatic Kingdom” e Tabarana Trio, formado por Denilson Oliveira (percussão), Fernando Barros (violão) e Fernando Mumu (trombone), com sua música instrumental dançante.  Abertura com projeção de um episódio de “O Milagre de Santa Luzia“, do cineasta Sérgio Roizenblit. Na rua Rodésia, 398, em Pinheiros.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 19h30Rosa Rocha, cantora e compositora de São Miguel, apresenta o melhor da música brasileira, com samba autoral e releituras de clássicos da mpb. Participação do músico Ayrton Mugnaini. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233. Couvert R$10.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 20h … Socorro Lira em Porto Alegre … A cantora paraibana Socorro Lira apresenta o show ‘A Canção Brasileira‘, com canções de sua autoria e em parceria com textos poéticos de Maria Firmina dos Reis, Mia Couto e Zeca Afonso. No Clube de Cultura, à rua Ramiro Barcelos, 1853, em Porto Alegre/RS. Ingressos R$40.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – 20h30 … Tiê Alves – Show Tá Osso … Acompanhado de banda, o músico apresenta as canções de seu novo cd ‘Tá Osso‘ (em processo de gravação). Na Funarte, à alameda Nothmann, 1058, em Campos Elíseos. Ingressos a R$30 e R$15.

… … …

SÁBADO – 19 de maio – das 22h às 4h … Festa Kabul & – Musica, Diversão e ArteBanda Elástica apresenta o melhor da música dançante, além dos djs Paula Z. e Ju Decanine. E ainda tem a expo de Arista Bfrema. Entrada R$15. No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269.

… … …

SÁBADO e DOMINGO – 19 e 20 de maio … Ribanceira – com Antonio Ginco … A peça tem texto de Aramyz, direção de Maria Basilio e uma emocionante atuação do ator e poeta Antonio Ginco. O espetáculo conta com projeções e jogo de luz que dinamizam as cenas. A temporada vai até 1 de junho (sábados às 21h e domingos às 20h). Ingressos R$25 e R$50. No Espaço Cia da Revista, à alameda Nothmann, 1135, entre as estações Santa Cecília e Marechal Deodoro do metrô.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 12h … Pessoa em Mim (a partir da obra de Fernando Pessoa) … Joana Reais (voz e direção musical) e o violonista Leo Costa apresentam espetáculo com canções autorais e releituras de grandes compositores portugueses, exclusivamente composto por poesias de Fernando Pessoa. Na Casa das Rosas, à avenida Paulista, 37, no Paraíso.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 13h … Sarau da Rua 8 … Sarau com palco aberto e convidados. Com Sarau Composição Urbana, Clovis Ribeiro, Aline Lopes de Souza, Paulino Alexandre, Marvin Gaye Cover, Gênio X, Ideologia Fatal, Ras Menor, Carlos Silveira (poesia urbana), Sarau militantes, Cartel ZO, Amigos do Samba, oficina de samba-rock, Robertinho, dj sorriso e dj Ramister. Apresentação de Mano Lyee. Na rua Vilar da Veiga, 129 – Rua 8 (São Domingos) portão 2 – atrás do CEU Butantã.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – das 13h às 22h … Slam Da (Re) Virada – Por Que Tentaram Nos Calar? … Poetas dos movimentos de literatura marginal, excluídos da Virada Cultural, organizaram evento paralelo em forma de protesto. Na praça Roosevelt, 100.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 16h … Grupo Clarianas convida Ilú Obá de Min para apresentação na Praça do Campo Limpo, na Zona Sul.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 16h … A poeta Inês Santos, do grupo que frequenta o Sarau da Casa Amarela, lança seu primeiro livro, ‘Mergulhos‘, com prefácio de Escobar Franelas, posfácio de Marcelo Adifa e quarta capa da poeta Marta Aguiar. Na Casa de Cultura de São Miguel Paulista, à rua Irineu Bonardi, 169. Leia alguns de seus poemas:

O tempo
Que nos
Ocupa
Conosco
Vive uma
Disputa

Manifesto 8M

Neste oito de março
E todos os dias

Como galinhas chocas
Esquentemos os ovos

Lutemos mulheres

Por dias e pintos
Melhores!

(A rua, a casa, a roupa suja, a cozinha, o prazer de comer; todo trabalho e o planeta, é lugar de todos nós, mulheres e homens)

Acidente de discurso

Poesia em excesso
Tropeça no verso
E morde a língua.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 17h30 … Caravana 10 Palavras … Apresentação do exercício cênico criado a partir do Laboratório Artístico Caravana das Dez Palavras com artistas brasileiros e de outras partes do mundo como Senegal, Congo, Angola, Haiti e Inglaterra. No Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 18h … Palco Dakota … Show de mpb, pop e hip-hop com Lenir Appes, USREC e Paulo Cézhar Luz. Couvert R$5. No Dakota Estúdio, à rua Frei Francisco Sampaio, 2, esquina com canal 4, em Santos.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 18h … Editora Patuá & Editora Fractal convidam para a feira de livros com leituras, com a presença de vários de seus autores, em comemoração aos oito anos do Gambalaia Espaço de Artes e Convivência. Na rua das Monções, 1018, em Santo André. Entrada franca.

… … …

DOMINGO – 20 de maio – 20h … A Casa Matahari mudou de endereço e nome. Agora chama-se ‘Sagrada’. Tem sinuca, comidas, bebidas e música ao vivo: ‘Especial Elis‘, com Mariana Duarte (voz), Stefano Moliner (baixo), Rodrigo Mardegan (bateria) e Renato Alves (guitarra). Na rua Silva Bueno, 493, no Ipiranga.

… … …

ATÉ 31 DE MAIO … Exposição ‘Madeira Velha’… O artista sergipano Euflávio Gois Lima, ou Madeirart, participante de saraus e eventos artísticos, expõe seus trabalhos em madeira na Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima, na Rua Henrique Schaumann, 77, em Pinheiros. De segunda à sexta, das 10h às 19h. Sábados, das 9h às 16h e aos domingos das 10h às 14h.

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado (muitos eventos ainda vão entrar). E toda quinta-feira tem um post novo. 

… … …