Neste post tem a Mostra da Cooperifa, o niver da Mercearia (com o sarau Som & Poesia), o niver do Menino Muquito Bar (com o Sarau Desvirtual e vários shows), a segunda edição do multissarau Feminino Infinito, a Mostra do Masp, a final do Slam da Norte, shows (como os de Blubell, Breno Ruiz e Daniel Medina), uma virada cultural em Guarulhos, tem lançamentos de livros (como o ‘Almanaque da Carne’), exibição de filmes (como o ‘Pelas Margens’), tem teatro (O que é o amor?) e dança (a Focus faz 5 apresentações gratuitas no Ceará e a Anacã se apresenta com Ismael Ivo em SP) e muitos saraus: o da Bodega, o Sará O Quê? (com a família Ozzetti), o Encontro de Utopias, o Lapada, o do Caixote (com Carol Naine), o Poesia é da Hora (na Cracolândia), os Poetas Ambulantes (nas ruas e trens), os Poetas do Tietê (nas bibliotecas), o Palco Madalena, o do Urbanista, o da Izabel, o da Aldeia e muitos outros… O acúmulo de eventos talvez se deva ao feriado da semana passada. Muita programação legal ficou de fora (prometo alternar e dar vez a todos). Sem falar nos livros e cds por ver, ouvir e comentar. E em alguns comentários adiados, que podem esperar, atropelados pela prioridade dada aos acontecimentos políticos (como a censura às artes) que exigem resposta imediata. A programação de domingo à quarta-feira será incluída aos poucos, na sexta e no sábado pela manhã. De tanto que cresceu, o ‘agendão’ já virou uma revista digital permanentemente atualizada. Leia, compartilhe e fortaleça. Afinal, aqui se expressa nossa música e poesia, nossa opinião política, nossa visão de educação e cultura, nossa postura diante da vida. Sem ódio nem rancor, cantando e espantando a uruca. Um ponto de amor no meio dessa louca muvuca.

… … …

SOM & POESIA NO
NIVER DA MERCEARIA

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h … Comemorando 25 anos de existência, o Bar e Mercearia Carauari promove festa e convida o escritor e editor da Reformatório, Marcelo Nocelli, para comandar a 9ª edição de seu sarau. Além do palco aberto, o evento terá show de abertura com o violonista Sandro Mendes (vídeo abaixo), performance poética de Silvia Camossa & Robsôn Luquêsi, feirinha de artes e artesanato, lançamento do livro “Balada do Crisântemo Fincado no Peito” (do escritor Marcio Dal Rio, vencedor do Prêmio Maraã de Poesia 2016) e a presença da dupla Giliane Meireles & Valter Gusmão, do poeta Filipe Luiz e dos músicos Rogerio Castagnoli e Arnaldo Afonso (eu!). Na Praça Carauari, 8, na Vila Maria.

A Mercearia aniversaria. Parabéns pra Andrea, pro Toninho e pra toda a galera que nos recebe com alegria. Localizada numa praça grande e arborizada chamada Carauari, é lá que a gente toma uma cerva no final de tarde. Ou bate uma feijuca e toma uns goró. Ou uns caldinhos de primeira no frio. Ou marca o encontro do bloco da Maria, no carnaval. Ou faz sarau. Ou quadrilha na festa junina. Quem dera todas as mercearias do mundo oferecessem esse alimento cultural, tão em falta, para nossas almas famintas. E que loucura sadia abrir espaço pra música e poesia em meio a enlatados, pães, verduras, frutas e peixaria. Lá você canta, bebe e já leva pão e café pro outro dia. Só mesmo na Mercearia…

 

… … …

FEMININO INFINITO,
O SARAU-PEÇA-EXPO

… … …

Sábado – 21 de outubro – das 16h às 21h … Feminino Infinito … Sarau superlegal, tipo ‘3 em 1’ (com música, poesia, artes plásticas e cênicas) que acontece no Teatro Garagem, espaço que completa 13 anos de arte e resistência cultural. Nesta segunda edição, Angelita Cardoso expõe aquarelas, desenhos e gravuras (acima), com curadoria de Eduardo Estrela.

Ainda tem o sarau de poesia e música com a presença do Coletivo Senhoras Obscenas, com leituras das poetas Andrea de Barros, Branca Lescher, Beatriz Di Giorgi, Silvia Maria Ribeiro. Cilla Amaral faz performance-poética (a palhaça Senhorita Scarlett). A cantora Branca Lescher faz show de lançamento do seu cd acompanhada por Paulo Pascalli Jr. (sax e flauta) e Sidney Ferraz (piano). Curadoria da poeta Paula Valéria Andrade.

Fechando a programação, “O Bote da Loba”, peça teatral com Anette Naiman e Ana Rita Abdalla (foto acima). O texto (um inédito do grande Plinio Marcos) discute o prazer feminino e a cultura misógina e machista de nossa sociedade. Direção de Marcos Loureiro. No Teatro Garagem, à rua Silveira Rodrigues, 331-A.

 

… … …

9 DIAS DE MOSTRA DO
SARAU DA COOPERIFA

… … …

Sábado – 21 de outubro – 16h … 10ª Mostra Cultural da Cooperifa … A Cooperifa, um dos maiores e mais tradicionais saraus da cidade, comemora 16 anos e apresenta nove dias de programação gratuita: vai ter dança, cinema, teatro, artes plásticas, palestras, literatura e música. “Vivemos um período de censura à arte e cultura. Nós, da Cooperifa, resistimos e vamos levar o que há de melhor feito na periferia e fora da periferia para a Mostra”, afirma o poeta Sérgio Vaz, fundador do coletivo. Veja AQUI toda a programação que se estende até o dia 29 de outubro.

 

… … …

AS ‘CONFISSÕES’ DA BLUBELL

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 21h … Blubell – Canções e Confissões … Cantora conta um pouco da sua história através das músicas que marcaram sua vida. Acompanhada do músico Zé Ruivo, Blubell canta e “confessa” pecados, desejos e aflições numa apresentação recheada de humor e teatralidade. No repertório, versões de clássicos do jazz, pop e mpb. Ingressos a R$35. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360, na Vila Madalena.

Blubell lançou no ano passado o belo cd ‘Confissões de Camarim’. Eu ouvi o disco, fui ao  show e sobre seu trabalho autoral, escrevi:

Passados dez dias do show, ainda estou ouvindo sem parar o cd ‘Confissões de Camarim’, da Blubell (especialmente a música ‘Cosmos’) e gostaria de dizer mais algumas coisas sobre o jeito dela compor. As músicas soam familiares, parecem saídas de um passado que vivenciamos. Trazem um arrepio nostálgico, uma saudade que não sabemos de quê, uma quase sensação de felicidade. Nos remetem a um oásis em meio ao concreto, um recanto recém-descoberto onde a alegrias e afetos estão preservados. Lembranças de épocas que nem sequer conhecemos, mas nos sentimos parte. Somos levados até lá pelas mãos magas da arte, pela voz de Blubell. Ela retrabalha o encanto das grandes canções americanas, os mais melodiosos e melados boleros, os rocks mais incrustados em nossa musculatura de adolescentes, as baladas que ainda guardam os suspiros mais puros, os charlestons mais divertidos e impõe sua visão pós-moderna, sua cicatriz exposta, a óbvia dor de quem carrega o fardo da consciência contemporânea. Mas sem fazer cover: os arranjos quebram tudo, desandam a levada, descompassam o ritmo da vida e alertam os incautos: não há felicidade gratuita. Junte a isso a ironia das letras e a empostação madura da intérprete toda-poderosa e aí se pode concluir: ela diverte sem tapeação. Jamais nos engana porque canta como quem proclama: se a vida é cruel, a arte é uma indispensável ilusão. Brinque, dance, se deleite como for. E aproveite enquanto der e puder. Tudo vai passar.

 

… … …

TEM SHOW DE BRENO RUIZ
(COM RENATO BRAZ)

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 21h … Breno Ruiz convida Renato Braz … O pianista Breno Ruiz é um grande artista da nova geração da mpb. Seu primeiro cd, ‘Cantilenas Brasileiras’, reúne choros, modinhas e lundús, com letras do poeta Paulo Cesar Pinheiro. No show, Breno é acompanhado por Igor Pimenta (baixo) e Gabriel Alterio (bateria), além da participação muito especial do cantor Renato Braz. No Sesc Bom Retiro, à al. Nothmann, 185, em Campos Elíseos.

Em fevereiro, fiquei muito emocionado com a beleza do show de Breno no Auditório Ibirapuera. Sobre suas composições escrevi um textão que (quase) resumo aqui:

Já conhecia algumas canções de seu belo cd ‘Cantilenas Brasileiras‘, todo em parceria com o genial letrista Paulo César Pinheiro. Eu não faço a polêmica (e preconceituosa) distinção entre a ‘boa música’, aprendida em conservatórios, e a ‘música ruim’, feita por mim e outros violeiros de botequim. Penso que, de todos os territórios, terrenos e terreiros, podem surgir chatices e genialidades, entretenimento efêmero ou obras imortais. O Breno compõe cantigas, chorinhos e lundus com entonação pop e visão contemporânea. Suas canções dão um nó nas pontas de dois séculos, juntando conceitos modernos e sofisticados às matrizes da música mais tradicional e reconhecidamente familiar, agradavelmente íntima. Breno coloca sua apurada técnica de instrumentista (e compositor) a serviço da canção popular. Quando os poemas de P. C. Pinheiro deslizam leves sobre suas esguias melodias, uma sensação de brasilidade perdida nos percorre. Águas, matas, onças, pássaros e cânticos de uma gente esquecida parecem invadir a sala, como que materializando tempos paralelos. São pescadores, cozinheiras, lavradores e lavadeiras cantando seu cotidiano sem memória, a escravidão, a desimportância a que foram relegados, o descaso e maus tratos que sofrem desde sempre. Seus amores e esperanças nos encantam, vigorosos. O canto de Breno é denso e dá conta das tocantes histórias. Mas quando esse pacote de emoções nos chega pela voz de Renato Braz, o arrepio é total, imediato e arrebatador. Todas as fortalezas desabam. A alma se despe de sua pesada armadura. Foi tanta beleza flutuando nos sons que eu simplesmente desabei, me desarmei e chorei. Chorei sem um porquê, chorei como um rio largo, torrentemente, chorei. Como chuva de orgasmo. Chorei pela beleza. Pelo encontro. Pela música. Pela cultura. Chorei de agradecimento por estar vivo. Chorei de felicidade por fazer parte disso. Desse coro mestiço de anônimos, desse choro que ninguém ouve. Chorei Brasil, chorei povo. Chorei com eles todos, no tom. Nossa voz embargada estava ali, ecoando na sala livre de Niemeyer, sob a língua vermelha de Tomie, num Ibirapuera tupi. Chorei até sorrir, até sentir de onde vim. Nós somos uma nação, sim.

 

… … …

A ONDA CONSERVADORA, A CENSURA,
O MASP E A RESISTÊNCIA DOS ARTISTAS

… … …

Na semana passada postei o vídeo com Caetano Veloso e vários artistas nacionais em defesa das liberdades democráticas e contra a censura às artes (como cancelamento da expo do Queermuseu e as acusações caluniosas de pedofilia inventadas por grupos fascistas sobre uma performance de nu artístico no MAM. Por falar nesse grupos, pensei que o MBL fosse bater panelas e ficar indignado com a ‘volta’ de Aécio ao Senado. Nada. Nenhum pio. Nem nenhum ‘revoltado online’ acampado na Paulista. Por que será? Parece que a indignação ‘política’ deles é bem seletiva). Voltando ao caso da censura à cultura, Fernanda Montenegro também gravou um importante depoimento, que posto abaixo.

Os artistas não podem se calar diante da onda conservadora que faz com que até o Masp (mesmo que o museu não admita isso) se renda à pressão dos retrógrados e não permita que menores de 18 anos assistam à sua exposição ‘História da Sexualidade’ (ver abaixo). Os apoiadores desse movimento hipócrita bem sabem que qualquer menor de idade, com um simples clique no celular, acessa vídeos pornôs e todo o tipo de sexo e perversidades que quiser e souber pesquisar. É justamente nos museus, sendo levados pelas mãos de seus pais, que as crianças podem adquirir alguma visão não preconceituosa e mais abrangente sobre o assunto. A humana compreensão do que nos move e nos enleva. E do que nos paralisa e aniquila.

De 20 de outubro/2017 a 14 de fevereiro/2018 … Exposição – Histórias da sexualidade … Com mais de 300 obras e cerca de 130 artistas, tanto do acervo do MASP, quanto de coleções brasileiras e internacionais, incluindo desenhos, pinturas, esculturas, filmes, vídeos e fotografias, além de documentos e publicações, de arte pré-colombiana, asiática, africana, europeia, latino-americana, entre outras. A mostra divide-se em nove núcleos temáticos e ocupa três espaços do Museu: o primeiro andar (Corpos nus, Totemismos, Religiosidades, Performatividades de gênero, Jogos sexuais, Mercados sexuais, Linguagens e Voyeurismos), a galeria do primeiro subsolo (Políticas do corpo e ativismos) e a sala de vídeo (Voyeurismos). No Masp, à av. Paulista, 1578. Só para maiores de 18 anos.

Pela primeira vez desde que foi fundado, em 1947, o Masp veta uma exposição para menores de 18 anos. Segundo Adriano Pedrosa, diretor artístico do museu, a decisão foi tomada por orientação do departamento jurídico da instituição, “para seguir a legislação vigente”, e não por temer as manifestações de grupos conservadores, como nos recentes casos no MAM e no Santander Cultural gaúcho. Do texto de seu diretor-presidente, Heitor Martins, extraio um trecho: “As fronteiras do que é moralmente aceitável deslocam-se a toda hora e no decorrer da história. Esculturas clássicas, hoje consideradas símbolos da arte europeia, não poucas vezes tiveram seus sexos tapados por folhas de parreira e outros subterfúgios. Em várias nações europeias, a nudez é exposta em parques, praias e lugares públicos; a poligamia é aceita em países islâmicos; prostituição é prática legal em algumas nações e condenada em outras; há países onde o aborto é livre e outros onde não é. Até mesmo o conceito de criança mudou ao longo do tempo, assim como sua especificação etária.”
Claro que não há do que se discordar nesse texto. Mas eu esperava que o poderoso Masp enfrentasse a onda conservadora e defendesse a civilização, a cultura, a arte e os artistas. Afinal, não se pode cair no jogo oportunista e manjado que leva as pessoas a confundir o amoral com o imoral. A arte, desafiadora e acima da moral, sempre estará à frente das mesquinharias e hipocrisias de seu tempo. De qualquer tempo. É esta sua função principal.

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a agenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras em negrito para acessar os links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

Outubro … Mês da Cultura Independente no CCSP … Criado originalmente no Centro Cultural da Juventude (CCJ), o Mês da Cultura Independente (MCI), é um festival que promove um mês de eventos com muita música, cinema, literatura, debates e festas em diversos locais da cidade. Além da presença de artistas já conhecidos e de alguns nomes internacionais, estão abertas as inscrições para a participação de coletivos no ‘SP NA RUA’, que acontece no dia 28. Todas as atrações são gratuitas. Veja a programação completa no site do CCSP.

… … …

Até novembro … Derivas Abertas _ CCSP (Projeto Deslocamentos Sonoros) … O Coletivo Teatro Dodecafônico foi selecionado pelo 6º Edital de Projetos de Mediação em Arte e Cidadania Cultural do Centro Cultural São Paulo. Na primeira fase, de setembro a novembro, realiza ‘Derivas Abertas’ pelos espaços e acervos do CCSP. Depois, convida a todos para percorrer e conhecer seus corredores, rampas, discos, livros, documentos e etc, de maneira experimental e lúdica. Cada ‘deriva’ começa e se encerra no mesmo dia. Inscreva-se: as próximas serão dias 13, 18 e 26 de outubro. Na Rua Vergueiro, 1000.

… … …

Até 5 de novembro … Ocupação Inezita Barroso … Projeto que abre espaço a mulheres fundamentais da cultura brasileira conta a história da artista por meio de gravações, livros, fotos, vídeos e objetos pessoais, entre outros materiais. De terça à sexta, das 9h às 20h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 20h. Entrada franca. No Itaú Cultural, à avenida Paulista, 149.

… … …

Até 30 de dezembro – das 10h às 20h … Robert Frank: Os americanos + Os livros e os filmes … A obra de Robert Frank, um dos nomes mais importantes da história da fotografia, será apresentada em duas exposições no IMS Paulista: “Os americanos” e “Os livros e os filmes”, com entrada franca. Em paralelo às exposições, o IMS promove retrospectiva de sua filmografia, exibindo 25 títulos, entre curtas, médias e longas-metragens. Inclusive “Pull My Daisy”, seu filme inaugural, baseado em texto de Jack Kerouac. Na avenida Paulista, 2424.

Quintas-feiras – 19 e 26 (out), 7 e 14 (nov) – das 19h às 21h … Curso “Robert Frank e os beats: diálogos” … Curso, ministrado por quatro professores, aborda a maneira como a produção do fotógrafo e cineasta dialoga com a geração beat no cinema, na literatura, na arte e na música. Do pop de Andy Warhol às improvisações do jazz e às letras de Bob Dylan, do cinema experimental americano à escrita de Kerouac. Investimento de R$200, com desconto de 50% para estudantes, professores e pessoas maiores de 60 anos. Para se inscrever, acesse o site.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 13h … Amanticidas – Lançamento do clipe ‘Freguesia’ … Banda formada por Joera Rodrigues, João Sampaio, Alex Huszar e Luca Frazão, lança seu primeiro videoclipe. Assim que der, eu posto aqui.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 18h … Poetas Ambulantes na Linha Lilás … Coletivo realiza intervenções poéticas com saraus e distribuição de poemas em ônibus, trens e metrô. Quem declama com os Poetas Ambulantes ganha livros. O encontro é na plataforma do Metrô Santo Amaro (últimos vagões) sentido Adolfo Pinheiro, com saída às 18h30.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 19h … Lançamento do livro E, de Edimilson de Almeida Pereira … Poeta lança livro na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. O exemplar estará à venda por R$45.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 20h … Palco Madalena – 5ª edição … Evento dedica dois palcos à apresentações autorais de música e teatro. Clique no cartaz para mais informações.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 20h … Show Marcos Manulu e Van – na Sensorial Discos … Vanessa Farias, cantora com formação lírica e popular, apresenta o show Daqui Pra Frente, baseado em seu primeiro trabalho solo. O músico pernambucano Marcos Manulu traz as canções de seu ep autoral, Rebobinado. Na Sensorial Discos, à rua Augusta, 2389, nos Jardins. Entrada R$12.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 20h30 … O Artesanato da Canção – Palestra de Luiz Tatit na Sim … O que significa ouvir uma melodia integrada a uma letra? Como se formou a linguagem da canção no Brasil? Por que os cancionistas não são propriamente nem músicos nem poetas? Essas são algumas questões que o professor de Linguística e grande compositor Luiz Tatit pretende esclarecer em palestra na Sim Escola de Música. Inscrições (e mais informações) pelos fones 3063-1070 e 98408-9777.

… … …

Quinta-feira – 19 de outubro – 20h30 … Fios de Choro – no Raíz Bar … Dentro da programação Mulheres na Música (um mês dedicado a mulheres instrumentistas e cantoras), a violinista Wanessa Dourado, do grupo Fios de Choro, é uma das convidadas (na sexta, dia 20, Cindy Borgani e Grupo; no sábado, dia 21, Renata Montanari).

… … …

Quinta-feira a segunda-feira – 19 a 23 de outubro … Focus Cia de Dança – no Ceará …. Companhia de dança carioca, dirigida por Alex Neoral, faz cinco apresentações no Ceará. Clique no cartaz e saiba mais. Entrada franca.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 14h … Poetas Ambulantes na Biblioteca Paulo Duarte … Edição do sarau na biblioteca, dentro do Projeto Veia e Ventania. Ligia Sophia e Akanni Alves participam de bate-papo sobre crianças na literatura e depois mostram suas artes no microfone aberto. Na rua Arsênio Tavolieri, 45, no Jabaquara.

… … …

Sexta e sábado – 20 e 21 de outubro – das 10h às 17h30 … MASP Seminários – Histórias Afro-Atlânticas … Ao longo de 2018, o MASP organizará exposições, palestras, oficinas, publicações e exibição de filmes em torno de histórias afro-atlânticas. A mostra homônima (organizada em conjunto pelo MASP e Instituto Tomie Ohtake) abordará tópicos como – retratos, viagens e tráfico, celebração e religião, liberdade e abolição, punição e insurreição, ativismo, bem como afro-modernismo. O seminário de discussão de dois dias incluirá esses temas e terá a participação de curadores, artistas, ativistas, pesquisadores e escritores. Inscrições gratuitas e presenciais. Veja AQUI a programação completa das mesas.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 18h … Festa Jardim Psicodélico #11 Na OMB … O coletivo Jardim Psicodélico promove festa na Ordem dos Músicos do Brasil-Oficial, com apresentação das bandas Os Subterrâneos e Os Longes. E a ainda tem a seleção especial de vinis da Charada Discos com sons que vão do classic rock às brasilidades. Entrada R$15 (porta) e R$10 (lista). Na avenida Ipiranga, 318, bloco A – 6º andar.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 19h … Slam da Norte – Final … Final do slam criado para trazer à ZN o movimento que já havia em outras regiões da cidade. Além do palco aberto, vão rolar dois pocket-shows (com Projeto Preto e Rap Plus Size) e uma feirinha de expo e venda de artes (zines, telas, livros, esculturas, acessórios ou brechó). No Largo da Matriz da Freguesia do Ó.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 19h … 2º Sarau Desvirtual … O Menino Muquito Bar é um point de resistência cultural da ZL que abre espaço para apresentações autorais de artistas independentes. É lá que acontece a segunda edição do Sarau Desvirtual, promovido por Giuliano Del Sole e a Jardim Psicodélico Produções, coletivo que já promove festas, shows e eventos diversificados de perfil alternativo, como Doces Tardes de Domingo, Festival Mosca Branca e A Idade da Terra em Transe. Na av. Vila Ema, 5090, com entrada franca.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 20h … Johnny De Las e Victor Cali – no CEU Ponte Alta … Johnny De Las, chileno naturalizado brasileiro, traz em seu repertório influências do rock com pitadas latinas. Victor Cali apresenta músicas do ep “Eu Vida” (a ser lançado em breve), onde mistura blues/rock, r&b e música brasileira. Entrada franca. Rua Pernambuco, 836, em Guarulhos.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 20h30 … JC Zeppelin Acústico … Músico também conhecido por Led Zé (tributo ao Led Zeppelin), apresenta canções de Elvis, Beatles, Bee Gees, Michael, Elton, Pink Floyd, Queen, Animals, Dire Straits, Frampton, Sabbath e muitos outros. No The Brothers Bar e Restaurante.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 20h30 … Crys Araújo no Projeto Música no Sebo … A cantora paulistana Crys Araújo apresenta músicas do seu novo álbum ‘Eu sou latino-americana’, além de clássicos da mpb, sob a produção musical do cantor e compositor Sapiranga. Ingressos a R$15. No Sebo Praia dos Livros, à av. Bernardino de Campos, 331, perto da estação Paraíso do metrô. O café do Sebo servirá bebidas e um cardápio especial de tapiocas.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 20h30 … Poéticas da Aldeia – no Taberna … Os artistas da Aldeia Satélite promovem noite autoral com músicos e poetas da região. Entrada franca. Lançamento do livro ‘Fantasmas, demônios, lendários’, de Claudemir Santos. Poemas e textos de Ivan Neris, Mariana Santana e Deise Leite. Na Taberna Cervejaria, à rua José Pereira Cardoso, 196.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 20h30 … Seis Canta em Identidades … Em seu novo projeto musical, o grupo intensifica o debate sobre tolerância e respeito à diversidade de gênero, sexualidade, raça, credo e classe social. No repertório, composições de Kiko Dinucci, Caetano Veloso, Douglas Germano, Gilberto Gil, Celso Viáfora, Itamar Assumpção, Afonso Felicori, Mauro Duarte, Paulo César Pinheiro, Edu Lobo e Vinícius de Moraes. No Espaço Cia da Revista, à al. Nothmann, 1135, entre as estações Santa Cecília e Marechal Deodoro do metrô.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 21h … Blubell – Canções e Confissões … Acompanhada do músico Zé Ruivo, Blubell canta e “confessa” pecados, desejos e aflições numa apresentação recheada de humor e teatralidade.  Ingressos a R$35. No Tupi or not Tupi, à rua Fidalga, 360, na Vila Madalena.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 21h … Breno Ruiz convida Renato Braz … O pianista Breno Ruiz apresenta as canções de seu primeiro cd, ‘Cantilenas Brasileiras’, todo em parceria com o poeta Paulo Cesar Pinheiro. Participação do cantor Renato Braz. No Sesc Bom Retiro, à al. Nothmann, 185, em Campos Elíseos.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – 22h … Lemon Rock … Após algum tempo sem apresentações musicais, o lendário Bar do Jhonny, que já abrigou o famoso (mas não muito) Luau do Limão (do qual fiz parte), recebe o intrépido Francisco Fanca e os Inrollando Stones (foto), além de outras duas bandas de rock e pop (Los Pityribas e Ed, Valdo & Cia), tocando Beatles, Elvis e hits dos anos 1970, 1980 e 1990. Só mesmo o carisma da promoter Regina Elizabeth (que aniversaria) pra juntar essas feras todas. Parabéns, Regina! O bar é coladinho no Estadão.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – das 23h às 6h … OBDM convida Suave Coisa Nenhuma – na Matahari … “O Bando do Mundo” apresenta no porão psicodélico seu tradicional repertório dançante, com músicas próprias e covers: Gil, Caetano, Novos Baianos, Tim Maia e samba, axé, groove e ritmos quentes. E ainda tem o show da banda “Suave Coisa Nenhuma”, com clássicos e autorais. Na rua Silva Bueno, 729, no Ipiranga.

… … …

Sexta-feira – 20 de outubro – das 23h45 às 4h … Café Aurora – Rock Insane … Banda do vocalista Rafael Andhra apresenta clássicos do rock nacional e internacional: Pantera, Whitesnake, The Cult, Judas Priest, Van Halen, ACDC, Led Zeppelin, Pearl Jam, Raimundos e outros. No Café Aurora, à rua Treze de Maio, 112.

No sábado, a partir das 21h, a banda se apresenta no LêRock Bar, à Chico Pontes, 1791, na Vila Maria.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 10h … Sarau da Izabel – LIBERDADE – proibido interditar … O Sarau da Izabel é um evento anual que acontece desde 2015. Versão de 2017 é inspirada na poesia de José Paulo Paes, “Liberdade Interditada’. Na rua Antonio de Souza Amorin, s/n, no Itaim Paulista.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 11h … Lançamento do livro ‘Sinceros Enganos’, de Marcos Magoli … Poeta lança livro (prefácio de Lourença Lou). No evento, sarau com microfone aberto. No Parque Madureira, no Rio de Janeiro.

… … …

Sábado – 21 de outubro – das 12h30 às 17h … Festival Maçãs – Mulher Vista-se de música … As organizadoras do Festival Maçãs promovem eventos musicais, workshop’s e bate-papos com o intuito de valorizar e estimular as mulheres na música. Nesta edição tem Workshop de Teoria e Prática Musical, com Gabi Juliano (às 13h, na Sala Multiuso) e, às 15h30, a roda de conversa ” Mulheres independentes no ramo musical”, com as artistas convidadas: Isis Vergilio, Nayra Lays e o ObinrinTrio. Entrada franca. No sesc Interlagos.

… … …

Sábado – 21 de outubro – das 13h às 23h … Churras de Inauguração – Bar e Mercearia Silva Santos + Mic Aberto … Inauguração de novo point de shows e saraus, com microfone aberto. Pocket-show com artista-surpresa. Na rua Um, 15, em Nova Carmela, Guarulhos.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 14h … Sarau na Biblioteca Álvares de Azevedo … O coletivo ds Poetas do Tietê organiza o Poesia na Faixa, o Sarau Asas Abertas (nos presídios e na Fundação CASA), o Ocupaz (na Brasilândia) e saraus para a população em situação de rua, além de atividades em bibliotecas. Nesta edição, presença do grupo VOPO (vozes Poéticas), formado por alunos e ex-alunos da emef Paulo Carneiro, que declamam poesias com temas do cotidiano nas periferias. Na Biblioteca Pública Municipal Álvares de Azevedo, na Vila Maria.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 14h … Sarau do Urbanista Concreto … Sarau organizado e apresentado pelo escritor Germano Gonçalves, o Urbanista concreto. Na Força Cultural – Organização de Fomento à Arte e Cultura, à rua Francisco Lobo, 10, esquina com Rua Coruqueamas, no Pq. São Rafael.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 14h às 18hh30 … Workshop PONTE – Jornalismo e Direitos Humanos … Após três anos de coberturas e reportagens, o Ponte, um canal de notícias sobre justiça, segurança pública e direitos humanos, promove wokshop a fim de fomentar o debate em torno do jornalismo independente e voltado para os direitos humanos. Investimento integral, R$180,00. Para estudantes, profissionais de mídia e participantes de movimentos sociais, R$130. Com os facilitadores Fausto Salvadori, Daniel Arroyo, Maria Teresa Cruz e Antônio Junião. Increva-se no http://bit.ly/WS-PONTE

… … …

Sábado – 21 de outubro – 14h … 61ª edição do sarau Poesia é da hora (Na Cracolândia) … Coletivo poético que há mais de cinco anos organiza saraus mensais para (e com) pessoas em situação de rua, em centros de acolhida e ocupações. Nesta edição, o ‘Poesia é da hora’ se apresenta na Cracolândia. Presença da poeta e ativista cultural Thata Alves, com seu novo livro ‘Troca’. Na rua General Rondon, 50, nos Campos Elíseos.

… … …

Sábado e domingo – 21 e 22 de outubro – das 14h às 14h … 3ª Virada Cultural – Espaço Novo Mundo … Vai ter show, festa, sarau, concerto, palestra, teatro e cinema. Vai ter apresentação da cantora Marcy Santtos, do duo D’Zambê e do cantor e promotor cultural Wolf do Vale com os artistas do seu ‘Terça Autoral’. Confira no cartaz a programação completa . Na avenida Salgado Filho, 1453, no centro de Guarulhos (próximo ao Bosque Maia).

… … …

Sábado – 21 de outubro – 14h … XI edição do Sarau do Caixote … Décima primeira edição do sarau organizado pela poeta Aline Bei tem palco aberto e os seguintes convidados: Fabio Manzione & Samya Enes, Carol Naine & Rafael Naine, Ingrid Morandian, Nathalie Lourenço, Natasha Felix, Fernanda Ribeiro de Lima e Márcio Lugó. Lançamento do livro “Sem Título”, de Fabio Manzione. No B_arco Centro Cultural, à rua dr. Virgilio de Carvalho, 426, em Pinheiros.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 15h … Exibição do documentário “Pelas Margens” – no Sesc Araraquara … Documentário de Jéssica Balbino mostra a participação feminina na literatura marginal/periférica brasileira nos últimos 15 anos. O filme é como um panorama dessa literatura contado a partir das vozes femininas dos saraus, slams e editoração. Após a exibição, bate-papo com Jéssica.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 15h … 16º Sarau Poético – Livraria Nobel Largo 13 … Organizado pela escritora Valdyce Ribeiro, com a colaboração de Marcelo Teles, sarau abre espaço para poetas, declamadores, contadores de causos, instrumentistas e performers. Na rua Amador Bueno, 229, ao lado do terminal Santo Amaro.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 16h … Picanha de Chernobill Convida … Excelente banda gaúcha de rock faz show com Beto Bruno e Marcelo Gross, da banda Cachorro Grande e Rafa Godói, da Triskell e Spoilers. Ingressos a R$15. No Sobrado Bem Longinho, à av. Álvaro Ramos, 1038, no Belém.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 16h … 10ª Mostra Cultural da Cooperifa … A Cooperifa, um dos maiores e mais tradicionais saraus da cidade, comemora 16 anos e apresenta nove dias de programação gratuita: vai ter dança, cinema, teatro, artes plásticas, palestras, literatura e música.  Veja AQUI toda a programação que se estende até o dia 29 de outubro.

… … …

Sábado – 21 de outubro – das 16h às 21h … Feminino Infinito … Nesta segunda edição, exposição de aquarelas, desenhos e gravuras de Angelita Cardoso (acima),  sarau de poesia e música com a presença do Coletivo Senhoras Obscena e a apresentação da peça “O Bote da Loba”, com Anette Naiman e Ana Rita Abdalla. No Teatro Garagem, à rua Silveira Rodrigues, 331-A.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h … Silvia Sant’Anna – na Sensorial Discos … Cantora e compositora paulista apresenta o repertório de seu primeiro álbum solo autoral “Ninho”. Entrada R$10. Na rua Augusta, 2389, nos Jardins (a quatro quadras da av. Paulista).

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h … Som & Poesia na Mercearia … Sarau com show de Sandro Mendes, performance poética de Silvia Camossa & Robsôn Luquêsi, feirinha de artes e artesanato, lançamento do livro “Balada do Crisântemo Fincado no Peito” (do escritor Marcio Dal Rio, vencedor do Prêmio Maraã de Poesia 2016), entre outros. Na Praça Carauari, 8, na Vila Maria.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h … 47º Sarau Lapada Poética … Nesta edição, a Editora Urukum lança seu primeiro título, “Potestade e Pássaro”, do poeta, filósofo e performer Marcelo Ariel. Apresenteção do projeto Afroludicidades e palco aberto para quem chegar. No Bar Ferradura, à rua prof. Gieg, 15, em São Bernanrdo do Campo.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h … Sará o quê? … Sarau idealizado pelo cineasta Sergio Roizenblit (Milagre de Santa Luzia), com curadoria de Geórgia Gugliotta e organizado pelos músicos Caito Marcondes, Dante Ozzetti e Patrícia Bastos. Nesta edição, Mariana Furquim e o Maxixe da Família Ozzetti (com os músicos Érico, Thaís e Uirá Ozzetti, mais Paulinho Timor) que apresentarão temas de artistas consagrados, em arranjos originais, além de músicas autorais da cantora e dos integrantes da banda. Também estarão presentes outros Ozzetti, como Ná, Marta, Dante e os muitos talentos dessa grande família musical. Sarau caseiro, em clima intimista, com tempo para comidinhas (leve um prato), bebidinhas e bate-papos. Contribuições na base do ‘pague quanto puder/quiser’. Na rua Cristiano Viana, 1430.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 17h30 … Sarau Encontro de Utopias … Sarau com palco aberto e convidados. Nesta edição, presença da escritora Elaine Agustini, que lança ‘Conflitos de uma mulher X Y Z’, do cantor e compositor Roberto Mendes Barbosa e do compositor Carlinhos do Cavaco. No CCSP, à rua Vergueiro, 1000.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 18h e 21h … Encontros e Cantorias – 2 shows – Sesc e Al Janiah … O projeto ‘Encontros e Cantorias’ tem por objetivo resgatar e renovar a música regional, com base na diversidade da música brasileira. Cícero de Crato e Fabio Bello, mais os parceiros Adilson Casimiro e Antonio João Galba se apresentam às 18h, gratuitamente, na praça de convivência do sesc Bom Retiro. Mais tarde, às 21h, os músicos participam da Festa de Solidariedade às vítimas do furacão Irma, na casa Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269. Entrada R$10. O forrozeiro Marcio Dedéu também participa.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 18h … EPA – “O que é o amor?” … A peça é um ‘estudo poético e performático sobre o amor em nossas vidas e na arte’, por alunos da Escola de Artes Celia Helena. Direção de Sônia Machado de Azevedo. No EPA (encontro de propostas artísticas), que completa 20 anos e convida artistas a apresentarem performances. Na avenida São Gabriel, 462, no Itaim Bibi.

… … …

Sábado e domingo – 21 e 22 de outubro – 18h … Festa de Aniversário de 1 ano do Menino Muquito Bar … O Menino Muquito Bar é um point de resistência cultural da ZL que abre espaço para apresentações autorais de artistas independentes. As comemorações começaram na sexta-feira, com a segunda edição do Sarau Desvirtual (ver matéria mais acima) e continuam no fim de semana com shows de ótimas bandas. Sábado tem Santo Veneno e Projeto Nacional. Domingo tem Cigarras, Dharma Samu e CiriloAmém. Na avenida Vila Ema, 5090.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 18h30 … 103º Sarau Bodega do Brasil – Festa Do 8º Aniversário … O Prêmio Sarau Bodega do Brasil foi criado em 2016, para homenagear ativistas das áreas de Artes, Cultura, Educação, Saúde e Lazer. Será anualmente entregue a uma mulher e a um homem que se destacarem por seu ativismo no contexto popular urbano de SP. Os escolhidos deste ano são Ana Fonseca e Paulo Rams, dois expoentes das lutas sociais. Além da solenidade, haverá o tradicional sarau com palco aberto, comandado pelo organizador Costa Senna. Na Ação Educativa.

… … …

Sábado e domingo – 21 e 22 de outubro … Dança – na Funarte … Em sequência, dois ‘espetáculos adultos’ de jovens bailarinos cariocas: “Bota a cara no Sol”, com André Liberato e “Vira-Lata”, com Tiago Oliveira. No sábado a partir das 19h e no domingo a partir das 18h. Entradas a R$10 e R$5 cada sessão. Na alameda Nothmann, 1058, em São Paulo.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 19h … Lançamento do livro Almanaque da carne, de Edmilson Felipe … O grande poeta Edmilson Felipe já publicou ‘Um self no cadafalso’, ‘Dias de Rock and Roll’, ‘O Susto do Sapiens: Ensaios Antropoéticos’ e ‘Antes do Medo’. A entrada para o evento é gratuita e o ‘Almanaque da Carne’ estará à venda por R$38. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila M adalena. Abaixo, um dos poemas do livro:

O QUE FALTOU…
(Edmilson Felipe)

Um minuto de silêncio às vítimas do holocausto
um PF na Etiópia
um milionésimo de segundo no cálculo dos físicos
uma gota de sangue no diagnóstico dos tísicos
um poema inacabado no almanaque da carne
um dólar achado na calça esquecida
um herói mutilado no cinema 3D
um voto comprado na assembléia legislativa
um chiste na hora do rush
um gerânio brilhando na noite sem luar
um albatróz solitário boiando no mar
um arco-íris imperceptível
um óvulo que não fecundou
papeis guardados na gaveta da existência
uma fatia de amor na receita do mal-estar
uma vaca laranja na garupa do vento
um confete perdido no asfalto do carnaval
um suspiro em Manhatan
um giro da terra ao redor do sol
bemol – sustenido
um gemido no escuro
Epicuro sangrando na conversa do buteco
a razão e seu eco
um tendão latejando nas barbas de Tiradentes
um segredo alojado no canto dos lábios
um amor: real – simbólico – imaginário
uma certeza
:
(sempre haverá uma falta nas páginas do teu diário…)

… … …

Sábado – 21 de outubro – 19h30 … Sarau Boca Selvagem: Corpos cegos na metrópole … Quinta edição do sarau com palco aberto para poesia, causos, contos, música, performance e ainda ‘muita lacração’. Com Plinio Camillo lançando seu livro ‘Outras Vozes’ e muitos músicos e poetas convidados: Cacá Mendes, Bianca Gonçalves, Ricardo Martins, Lucas Silva, Chico Thomaz, Davi José Scorzato, Renato Marques Ator, André Chicoli e outros, além da artista plástica Kátia Santos fazendo uma pintura ao vivo. Couvert R$5. No República Bar e Gastronomia, à rua Visconde de Itaboraí, 233, no Tatuapé.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 20h … Sandro Premmero – no Apaixonado por Motocicletas … Nova casa temática da ZL apresenta o músico Sandro Premmero com seu repertório de clássicos do rock e da mpb. Na av. Conselheiro Carrão, 1027.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 20h30 … SALA – Sons Acústicos Latino-Americanos … Projeto abre espaço para os diversos sons produzidos na América Latina. Com curadoria do produtor Paulo Almeida e idealizado pela Revista Acorde!, o evento acontece quinzenalmente no Espaço Hedra, à rua Fradique Coutinho, 1139, 2º andar. Nesta edição, pocket-show do compositor e cantor cearense Daniel Medina, apresentando as músicas de seu primeiro disco solo, “Evoé!”, que teve produção musical de Saulo Duarte e Igor Caracas e participações especiais de Marcelo Jeneci, Gero Camilo e Juruviara. Ouça o cd todo AQUI.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 21h … Diário de Viagem Cantado no Teatro da Rotina … A cantora Verônica Ferriani e o violonista Swami Jr. apresentam show inspirado na websérie “Diário de Viagem Cantado”, com repertório que vai do cancioneiro brasileiro de várias épocas à chanson francesa e ao jazz. Ingressos a R$40 e R$20 (antecipado).

… … …

Sábado e domingo – 21 e 22 de outubro … Eternos e Oxygen … A Anacã Cia. de Dança apresenta duas coreografias se entrelaçam. Eternos, primeiro ato, criação de Edy Wilson, trata das pessoas que fazem a diferença em nossas vidas. Oxygen, segundo ato, criação de Ismael Ivo, questiona as percepções internas do nosso próprio corpo no ato de respirar, pensar, mover e organizar ideias. No Auditório Ibirapuera, sala Oscar Niemeyer. No sábado às 21h, no domingo às 17h. Ingressos a R$20 e R$10.

… … …

Sábado – 21 de outubro – das 22h às 4h … La Nuit du Gainsbarre – Halloween – Estúdio Lâmina … Sexta edição da festa recria a atmosfera sedutora da boemia parisiense para celebrar a obra atemporal do cantor e compositor Serge Gainsbourg. O show fica por conta do grupo Les Boomerangs, que apresenta as canções mais expressivas da carreira do artista, incluindo as parcerias com Brigitte Bardot e Jane Birkin. Entrada R$20. Na avenida São João, 108.

… … …

Sábado – 21 de outubro – 23h às 2h … Cigarras – Verónica Decide Morrer – Jonnata Doll e os G. S. …  Além das três bandas vai ter discotecagem com Jonnata Doll e Leo Breedlove. Ingressos R$15. No Espaço Zé Presidente, à rua cardeal Arcoverde, 1545.

… … …

Domingo – 22 de outubro – das 8h às 18h30 … 7ª Carreata Poética do CAPS – Grajaú – Campo Limpo … O evento é uma realização do Centro de Arte e Promoção Social (CAPS), ong que atua há mais de 27 anos no bairro do Grajaú, com o apoio de vários coletivos culturais: Imargem, Projeto Clamarte, Sarau das Águas, Grapishow, GraffitassA, Guetto Original Crew, ReggArte, Arteiros de rua, CITA (Cantinho de Integração de Todas as Artes) e Associação Comunitária Monte Azul. Saiba mais sobre o trajeto e outros detalhes pelo e-mail caps.comunicacao.grajau@gmail.com

… … …

Domingo – 22 de outubro – 10h … Sarau Matinal Beco dos Poetas – Edição 82 … Sarau com lançamento de livros e microfone aberto para poetas, músicos e performers. No CEU Caminho do Mar, à avenida engenheiro Armando de Arruda Pereira, 5241.

… … …

Domingo – 22 de outubro – 11h … Teia Urbana no Sarath … Manifestação artística focada nas conexões externas e internas, da alma corpo e da mente. Arte multi-sensorial que mistura a visão com sentidos táteis. Entrada franca. Mais informações no institutosarath@gmail.com

… … …

Domingo – 22 de outubro – 14h … Sarau Projeto Multicor II … Segunda edição do sarau tem palco aberto e os convidados Poetas do Tietê, Di Mandê, Origens e Guilvan Miragaya. Na Casa de Atividades, à av. Candea, 1717, em Guarulhos.

… … …

Domingo – 22 de outubro – das 16h às 22h … Encrespa Geral São Paulo retorna ao Tododomingo nas Caldeiras … O Instituto Encrespa Geral é uma associação sem fins lucrativos criada para divulgar a cultura popular brasileira com ênfase em matriz africana, por meio de ações positivas e afirmativas de cidadania e direitos humanos através da arte, bem como a valorização da estética negra. Já realizou 61 atividades, em 22 cidades, vinte estados e cinco países, tendo reunido mais de 30.000 pessoas desde o início do Projeto em 2013. Está em sua quarta edição na Casa das Caldeiras e nona em São Paulo. Na avenida Francisco Matarazzo, 2000. Clique no cartaz para ler melhor a programação.

… … …

Domingo – 22 de outubro – 20h … Canções de Torquato Neto … Show retoma as letras do grande poeta cantado por parceiros que vão de Edu Lobo aos Titãs. O trio Gustavo Galo, Gustavo Cabelo e Tomás Bastos (da Trupe Chá de Boldo), mergulha na atmosfera de Torquato, com as duas guitarras acompanhando as palavras cortantes daquele que ousou ‘desafinar o coro dos contentes’. Ingressos R$20. No Teatro de Bolso do IV Mundo, à praça Jesuino Bandeira, 124, na Vila Romana.

… … …

Domingo – 22 de outubro – 20h … Iasi Iaco – Rio Escuro – Show de Lançamento … Duo formado pelos compositores Giovanni Iasi e Pedro Iaco lança cd com canções que evocam temas relativos à natureza, ancestralidade, mitologia, amor e morte. No show, participações de Fabio Peron, Gian Correia e Luisa Lacerda. Na Casa Gramo, à rua Bento de Abreu, 223.

… … …

Segunda-feira – 23 de outubro – 10h … Ato em defesa de Paulo Freire “Patrono da Educação Brasileira” … O coletivo Paulo Freire por uma Educação Democrática convida a todos para o evento que contará com a participação de Nita Freire, viúva de Paulo Freire, deputada Luiza Erundina, personalidades do mundo acadêmico, artistas e representantes de entidades da sociedade civil. Na PUC, sala 239, à rua Monte Alegre, 984, em Perdizes.

… … …

Terça-feira – 24 de outubro – 21h … Pélico – participação de Filipe Catto … O cantor e compositor Pélico faz o último show da turnê do disco Euforia acompanhado por Regis Damasceno (guitarra), Jesus Sanches (baixo), Richard Ribeiro (bateria) e Tony Berchmans (piano). No Teatro Porto Seguro, à alameda Barão de Piracicaba, 740. Ingressos a partir de R$15.

… … …

Terça-feira – 24 de outubro – 21h … Bocato No Free.ta Jazz … Um dos maiores trombonistas do país se apresenta a partir das 22h. Depois ainda tem o Vinicius Chagas Quarteto e os djs Marina Caires & Capitã Billie Seara e Zinho Trindade. Entrada franca até a meia-noite, depois, R$5. Na NossaCasa Confraria das Idéias, à rua Mourato Coelho, 1032, na Vila Madalena.

… … …

Quarta-feira – 25 de outubro – 18h30 … Lançamento – “Flor de Algodão”, novo romance de Santana Filho … A história se passa na pequena cidade de Flor de Algodão, que sofre estiagem rigorosa. A chegada de um novo engenheiro para dar continuidade às obras paradas da represa local é marcada pela pane no motor do seu teco-teco, obrigado a um pouso forçado em plena Praça da Matriz. O livro, pela Editora Reformatório, tem 288 páginas, belas ilustrações de Ronaldo Mendes (acima) e estará à venda por R$40. Na Livraria da Vila, à rua Fradique Coutinho, 915. O maranhense José Santana Filho já publicou ‘O rio que corre estrelas’ (2012), o volume de contos ‘O beijinho e outros crimes delicados’ (2013) e ‘A casa das marionetes’ (2016).  Leia um trecho de ‘Flor de Algodão’:

“Eu sobrevoava Flor de Algodão, a pequena cidade entrincheirada pelas montanhas do Lírio D’Água, observando de cima a represa em construção, quando o teco-teco deu pane no motor. A hélice restou destrambelhada feito uma biruta de aeroporto que perdesse o juízo, nos atirando ao léu do voo, a mim e ao avião, e seguimos sobrevoando o município, flanando sem governo para um lado e outro, a dois passos de despencar. Peguei carona na lomba do vento procurando me alinhar a ele, agarrei o manche com as duas mãos e esquadrinhei lá embaixo à procura de alguma clareira entre casas e serras, tentando nos afastar dos telhados e do miolo da cidade, mas só sobrou o largo da igreja onde descer.
Embiquei.
Todo mundo abriu passagem num piscar de olhos. Tiraram os jumentos da rua, esquiparam os cavalos no rumo das quintas, tangeram os cachorros, tocaram as crianças para dentro de casa, e quando o aviãozinho botou o pneu na terra seca levantando o poeirão, os homens arrancaram o chapéu da cabeça, as mulheres acenaram com os panos de prato e a meninada voltou para a rua, peito nu e braços para cima, assanhada ao vento. Até um galo, por nome Menelau, mudo desde a viuvez dois anos antes, disparou a cantar alto e bem-disposto.
O sacristão e o prefeito, relógios silenciosos no bolso da calça, ao ouvir o canto de Menelau puderam atualizar o horário da terra: davam quatro horas e dezoito minutos no momento em que a tarde alaranjou lilás na miúda Flor de Algodão, a antessala do fim do mundo. Aí, toda a gente retornou para o meio da rua, se ajuntou ao rebotalho da poeira, danando-se a aplaudir com olhos, pernas e mãos, como tivesse desabado no oco da cidade o Apocalipse.”

… … …

Quarta-feira – 25 de outubro – 18h30 … Lançamento do livro ‘Pancho Villa não sabia esconder cavalos’ … A Editora Laranja Original convida para o lançamento do livro de Adriana Brunstein, com 70 contos e ilustrações de Marcos Garuti, à venda por R$35. Adriana já ganhou o troféu HQ Mix de melhor roteirista nacional e publicou o romance Estado Fundamental. No Drosophyla Bar, à rua Nestor Pestana, 163, na Consolação. Leia um dos contos:

“Todo dia alguém acorda num pequeno apartamento de um prédio com nome de uma pessoa, que ninguém sabe quem foi, que ninguém liga. E vem o cheiro de café e a frigideira suja de manteiga, a lembrança de um pão na chapa de um restaurante de beira de estrada de um sujeito que tirava nacos de cera da orelha. Alguns alimentam seus animais de estimação, outros escolhem pares de meias limpas, e há ainda aqueles que mais uma vez se esqueceram de comprar pasta de dente. Todo dia alguém pensa que deveria telefonar ou quem sabe fazer uma visita ou um pedido formal de perdão, e anota na agenda mas fica pro dia seguinte se não chover. Nas manhãs um pouco mais frias, garotas usam o dedo indicador que ainda não descobriu novos caminhos pra desenhar um coração no espelho embaçado do banheiro, depois uma flecha, depois a mão espalmada para apagar tudo. Alguns caras encostam a cabeça na janela do ônibus só pela sensação de que algo ainda vibra até a próxima parada. Outros perderam a hora e o tiroteio e agora agradecem diariamente à providência divina. Todo dia pessoas lotam academias e correm pra lugar nenhum na velocidade máxima de esteiras elétricas. Dúzias de garotos espinhudos se gabam por vidas perdidas em games e por meninas que um dia eles irão machucar. Algumas mulheres separam roupas para caridade mas decidem esperar um pouco para o caso delas voltarem a servir. Gerentes de farmácias encomendam mais banquinhos acolchoados porque sentadas as pessoas se tocam que precisam de algum remédio pra levantar. Todo dia funcionários de empresas de cobrança humilham de forma prazerosa devedores tão fodidos quanto eles. Antes de dormir ou logo que acordam idosos tentam se lembrar do nome dos filhos, outros não sabem se tiveram netos e não suportam mais mingau de aveia. Todo dia presidiários fazem mais um risco à unha na parede. Eles não estão na cadeia.”

… … …

Quarta-feira – 25 de outubro – 19h … Contramão Gig Apresenta: The Lonesome Duo e Roger Alex … Projeto traz música autoral ao Baixo Augusta com apresentações de The Lonesome Duo (lançando o disco “Smokey Dawn”) e Roger Alex (com seu ep “Toca e Canta 4 Músicas Dele Mesmo”). Discotecagem por conta dos organizadores Joyce Guillarducci (Cansei do Mainstream), Rafael López Chioccarello (Hits Perdidos), João Pedro Ramos (Crush em Hi-Fi), Jaison Sampedro e Helder Sampedro (RockALT) tocando rock alternativo, sons independentes, lados B e hits obscuros de todas as épocas. Durante o evento ainda tem venda e troca de discos com a Charada Discos, flash tattoos com a Lina Zarin, loja da casa com camisetas, chaveiros, posters e o material das bandas. No Bar da Avareza, à rua Augusta, 591.

… … …

Quarta-feira – 25 de outubro – 21h … Grená + Tropical Trupe – no Teatro Viradalata … Grená é o quinteto formado por Uirá Ozzetti (guitarra e voz), Rodrigo Lavorato (baixo e voz) , Adriano Morelli (teclado e efeitos), Thiago Boemeke (violão, guitarra e voz) e Leandro Amorim (bateria e percussão). Tropical Trupe é a banda de Álvaro Padilha (guitarra/vocais), Felipe Machado (baixo/vocais), Renato Zaccaro (teclado/vocais) e Thiago Nalin (bateria). Na rua Apinajés, 1387, em Perdizes. Ingressos antecipados a R$20.

… … …

Quartas-feiras – até 29 de novembro – 21h30 … Anhangabahy no Centro Cultural Butantã … O CCB recebe, às quartas-feiras, a banda Anhangabahy, formada por Hévelin Gonçalves, Rui Condeixa Xavier e Wady Issa Fernandes, artistas de práticas múltiplas, no teatro, na literatura e na música, que se uniram para dar voz aos sambas de Condeixa. Ingresso na base do ‘pague quanto puder/quiser’. Na av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882.

… … …

BOM FINDI A TODOS E ATÉ
QUINTA-FEIRA, COM NOVO POST

… … …

.