Comportamento

Reforma

Por Ruth Manus

15/03/2017, 12h07

   

Reformar para manter privilégios

 

Lá vem eles

Abocanhar

A Previdência!

“Abocanhar não!”

Eles dizem

Re-for-ma.

Nova forma

Nova norma

Nova estranha regra

Para quem

Já está no jogo

Trabalhando

Ando

Surpreendentemente

Incluída nessa lista

Lista

Traba-lhista

Já que falamos nisso

“Reforma!”

Reforma não…

Nós dizemos

Isso é desregulamentação

É supressão

De direitos

É andar para trás

Des-re-gu-la-men-tar

“Desregulamentar, não!”

Eles dizem

Fle-xi-bi-li-zar!

Flexi-bi-lixar

Lixar

Nos lixar

“Lixar, não!”

Eles dizem

Preservar a economia!

Essa nossa

Bela economia

Da desigualdade

Na qual é preciso

Sacrificar alguns

Para manter

Os privilégios de outros!

Outros tão grandes!

Tão mais importantes do que

Pessoas

Que trabalham

E tentam

Viver

Manter os privilégios!

Dizem eles

Silenciosamente

Silenciosa

Mente

“Vamos salvar a economia!”

Dizem eles

Tão homens

Tão brancos

Tão cheios de privilégios

Salvar a economia!

Com a ajuda das nossas

Mulheres amadas

Silenciosas

Na cozinha

Caladas

E no supermercado

Preservando o

Orçamento

Orça-mento

Mente!

Mentem!

Na previdência

No trabalhista

No orçamento

Nos privilégios

No supermercado

Mentem.

 

 

 

 

 

Comentário(s)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.