Imagine só

Se a criança morta na praia não fosse síria

Se fosse francesa

Se fosse alemã

Se fosse inglesa

Se fosse sua filha

Imagine só

Se não fosse em Osasco a chacina de 19 pessoas

Se fosse nos Jardins

No Itaim

Na Barra

Na Lagoa

Imagine só

Se a prefeita louca não tivesse desviado verba de merenda

Mas da sua

Tão esperada

Restituição

Do imposto de renda

Imagine só

Se navios naufragados não transportassem africanos

Mas belos turistas

Brancos

De olhos claros

Norte americanos

Imagine só

Se a cabeça do mundo não fosse tão doente

E se fronteiras e dinheiro

Servissem para

Receber e salvar

Gente

Imagine só

Se a memória do mundo não fosse tão seletiva

E se gente pobre

Morta

Valesse tanto quanto

Gente rica

Viva